Colégio Integral

O Antigo Regime

Antigo Regime 1453/1789
Profa. Telma Souza

PRIMEIRAS CONSIDERAÇÕES: Principais Características do Antigo Regime:
Consolidação dos Países; Poder Político Centralizado/Unificado; Economia Mercantilista/Capitalismo Comercial; Sociedade de Ordens ou Estamental (Clero, nobreza e povo).

O Estado Nacional Moderno é resultado da composição da Nobreza com a Burguesia ou seja: BURGUESIA+ NOBREZA= ESTADO NACIONAL MODERNO
Força Econômica Força Política País

O QUE DIZ O HISTORIADOR?
“Sem Estado Nacional Moderno Absolutista não há Mercantilismo, Sem Mercantilismo não há Estado Nacional Moderno Absolutista.” (Hilário Franco JR - História EC. Geral do Brasil , p.163) CONCLUSÃO Absolutismo e Mercantilismo são faces /lados de uma mesma moeda e que está guardada no cofre.

Pergunta-se:
Qual o nome da Moeda? R - Estado Nacional Moderno Qual o nome do Cofre? R - Antigo Regime

O ABSOLUTISMO
DEFINIÇÕES:
“O Estado Nacional Moderno Absolutista foi típico da maior parte dos países europeus na Idade Moderna. Era caracterizado pela concentração total do poder político nas mãos dos reis ...” (Florival Cáceres - História Geral. Edt. Moderna P.116) “As Monarquias Nacionais Absolutistas significaram paulatina concentração de poderes nas mãos de um monarca.” (Antonio Pedro - História Geral. Edt. FTD. P.147) PALAVRA

ABSOLUTISMO É ?
R - CENTRALIZAÇÃO

Atenção

Em uma só palavra Absolutismo é sinônimo de centralização/concentração do poder nas mãos de um líder, rei, monarca, príncipe, czar, kaiser etc ...

Características Básicas do Absolutismo:
Predominou na Idade Moderna/ Europa Oc.; Concentração de poderes nas mãos do líder (Executivo, Legislativo e Judiciário); Povo é considerado súdito, ou seja possui apenas deveres; Poder é legitimado pelo Direito Divino de Governar.

Principais Teóricos do Absolutismo
Nasceu em Florença - Itália; Profissão - Funcionário Público; Obra de Destaque - O Príncipe.

Importância de Maquiavel:
Destacado Escritor Renascentista; Pai da Ciência Política Moderna, foi o 1 a, secularizar a política ou seja separar religião e política, separar ética /moral da política. Utilizava o método da observação para criar e afirmava:

Nicolau Maquiavel “Minha teoria veio da prática” 1469/1527

CONSELHOS PARA MANTER O PODER: Matar a todos que te ajudaram! OBS: CONSELHOS PARA MATAR:
Matar todos de uma só vez; Cometer o belo crime; Não confiscar bens dos familiares. Possuir um Exército Nacional; Ter bons conselheiros, mas decidir sozinho; Dar a palavra, mas só manter se ela o beneficiar; Dividir para governar, semeando a discórdia entre os grandes com o objetivo de enfraquece-los ;

Principais Teóricos do Absolutismo
Nasceu na Inglaterra Profissão - Preceptor Obra - O Leviathã.
Importância de Hobbes:

Thomas Hobbes 1588/1619

1 a formular uma explicação sobre a origem do Estado e da sociedade civil .

Breve Análise da obra O Leviathã Aristóteles afirmava que o Homem Natural é: Zoo Politikon Animal Político

Que naturalmente o homem é um ser social, político, gregário, coletivo, grupal e bom.

“Se um homem não vive em sociedade ele é um deus ou um animal.”

Hobbes discorda de Aristóteles, pois
afirma que o Homem Natural é: Homo Homini Lúpus Homem é um lobo para o homem!

Que naturalmente o homem é um ser egoísta, violento e que vive em uma guerra de todos contra todos!

“O Homem é Naturalmente Mau”
“O homem em Estado natural é tentado a satisfazer sua necessidade sem consentimento do outro, a se apropriar do corpo do outro sem permissão, a se apropriar de seus bens, a humilhá-lo, infligir-lhe sofrimentos, martirizá-lo e até matá-lo.”

Tal situação levaria a espécie humana a extinção e foi diante de tal risco e em uma atitude de auto-preservação e perpetuação que os homens fizeram um pacto-social, um contrato entre si.

ESTADO - LEVIATHÃ - REI LEIS E REGRAS SOCIEDADE CIVIL HOMEM ARTIFICIAL

PACTO SOCIAL

COMO SURGE O REI?
O Rei surge do próprio processo do Pacto/Contrato entre os homens, como se cada homem dissesse a cada homem: “Eu cedo e transfiro meu direito de governar-me a mim mesmo a este homem (O REI). ATENÇÃO Para Hobbes os homens NÃO tem Direito a Rebelião, nem mesmo quando o líder torna-se um tirano, pois segundo ele foram os homens que criaram o Estado e o Rei e Portanto devem obedece-lo silenciosamente.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful