Você está na página 1de 1

FICHA INFORMATIVA – 9.

º ANO

Antes de estudares o teatro vicentino, recorda alguns dos elementos/categorias do texto


dramático e os processos de cómico estudados no 8.º ano.

1. ACÇÃO - corresponde ao desenrolar dos acontecimentos através do diálogo e da movimentação das


personagens; decorre rapidamente, sem paragens; desenvolve-se num andamento progressivo ( exposição –
conflito - desfecho)

- ESTRUTURA DA ACÇÃO
• Interna - compõe-se de três momentos: exposição (apresentação das personagens e dos
antecedentes da acção); conflito (conjunto de peripécias, de acontecimentos que fazem avançar a
acção. Inclui momentos de expectativa, de retardamento e momento culminante: clímax) e desenlace
(desfecho da acção dramática).

• Externa - pode apresentar divisões especiais a marcar os momentos da acção: actos (grande divisão
do texto dramático que decorre no mesmo espaço) e cenas ( divisão do acto determinada pela
entrada ou saída de personagens).

2. PERSONAGENS – agentes da acção.


- Papel / relevo - Principal ou protagonista - desempenha o papel de maior importância.
- Secundária – desempenha o papel de menor relevo.
- Figurante – não desempenha qualquer papel específico, embora a sua presença
física seja importante para compreensão da acção.

- Composição - Modelada ou redonda - personagem dinâmica, dotada de densidade psicológica, capaz de


alterar o seu comportamento e, por conseguinte, de evoluir ao longo
da acção.
- Plana ou tipo - personagem estática, sem evolução; não apresentam transformações no
carácter que façam delas personalidades individuais; a personagem plana
comporta-se da mesma forma previsível ao longo de toda a acção. Muitas
vezes representa um grupo social ou profissional. É o caso das personagens
do Auto da Barca do Inferno.

- Caracterização - Retrato físico (traços fisionómicos da personagem)


- Retrato psicológico (características psicológicas, sentimentos, pensamentos, opiniões ...)

- Modos de caracterização - Directa - através de palavras da personagem acerca de si própria, de


palavras de outras personagens (e da didascália no texto escrito...)
- Indirecta - deduzida pelo leitor ou pelo espectador através dos gestos, do tom
de voz, do comportamento, do modo como fala a personagem.

3. ESPAÇO - local onde decorre a acção (espaço cénico).

4. TEMPO – momento em que decorre a acção.

5. MODALIDADES DO TEXTO DRAMÁTICO


• Discurso dramático – texto principal constituído pelas falas das personagens, que podem
apresentar-se sob a forma de diálogo, monólogo e /ou apartes.
• Didascálias ou indicações cénicas – texto secundário constituído pelas informações do autor sobre
o cenário, os movimentos e atitudes das personagens, os gestos, a entoação, o guarda roupa, os
adereços, o som, a luz...
_________________________________________________________________________________

PROCESSOS DE CÓMICO (meios usados pelo dramaturgo para provocar o riso)

Cómico de carácter Cómico de situação Cómico de Linguagem


A maneira de ser e de se As circunstâncias que envolvem a O discurso e o próprio vocabulário
apresentar da personagem causam personagem fazem rir. que o compõem provocam o riso
o riso. (exemplos: jogos de palavras,
calão, pragas, diferentes registos de
língua, ironia, latim macarrónico,
etc.)

AB