P. 1
ANTENA DE POLARIZAÇÃO CIRCULAR

ANTENA DE POLARIZAÇÃO CIRCULAR

|Views: 3.166|Likes:
Publicado porRoberto Laurindo

More info:

Published by: Roberto Laurindo on Nov 03, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/02/2013

pdf

text

original

ANTENA DE POLARIZAÇÃO CIRCULAR

Espaço de comunicação tem forçado o uso de polarização circular. A vantagem fundamental de polarização circular é que todas as reflexões mudar a direção de polarização, impossibilitando a adição ou subtração de costume principais sinais e refletida. Portanto, há muito menos desbotamento e flutter quando polarização circular é utilizada em cada extremidade da ligação. A utilização de polarização circular de um lado só dá uma perda de cerca de-3dB. A fim de alcançar todas as vantagens de polarização circular, é necessário que todas as estações para usá-lo. A tabela abaixo mostra a relação entre a horizontal, vertical, RHCP (Right Hand Circular Polarization) e LHCP (Left Hand Circular Polarization) e perda em dB. RHCP é também conhecido como CW (sentido horário) Polarização e LHCP como CCW polarização (Counter Clockwise).

As imagens a seguir mostra a vertical, horizontal e polarização circular.

polarização vertical

polarização horizontal

Left Hand Circular Polarization (LHCP)

Right Hand Circular Polarization (RHCP)

Uma pergunta comum entre os operadores de rádio amador é a seguinte: como é possível alcançar a polarização circular? Na prática, os operadores de Amador por Satélite estão usando dois métodos básicos: antenas helicoidais e antenas cruzado Yagis. Helicoidal antenas facilmente oferecer a polarização circular queria, dependendo de como elas são construídas. Na prática é um grande

ar-bobina em um boom, sempre no sentido horário (CW) do enrolamento dá RHCP e Counter Clockwise dá LHCP. Às vezes, porém a polarização da antena espiral é uma desvantagem porque é impossível inverter a polaridade. Se a antena helicoidal é CW dá RHCP. A espiral dá LHCP CCW.

antena helicoidal típica: como você pode ver, esta espiral tem CW (horário) de enrolamento. Assim, esta antena gera RHCP.

Esta página irá descrever, principalmente o método de cross-Yagi. Reportagem do termo "Cross-Yagis", queremos dizer duas idêntica Yagi, as antenas, onde o primeiro é colocado na posição vertical eo segundo na posição horizontal. Em qualquer caso, o ângulo entre estas duas antenas deve ser sempre 90 º, assim também a sua possível colocar essas antenas em "X" arranjo, o primeiro com ângulo de 45 ° ea segunda, com ângulo de 135 ° vis-à-vis a "CrossBoom". A imagem abaixo mostra uma típica "X", com arranjo de VHF e UHF "cross-Yagi" antenas para cobrir os satélites LEO.

O "X" arranjo tem uma pequena vantagem por um motivo simples: o CrossBoom metálicos não afeta a eficiência da antena, em contraste com o arranjo VH (VH = vertical-horizontal), onde o CrossBoom está entre os elementos da antena horizontal é. Isso é indesejável! A figura abaixo mostra o que acontece com o arranjo VH: metade dos elementos horizontais são "sombreado" pela CrossBoom.

Mas, se o CrossBoom é feita a partir materiais não metálicos (como madeira, PVC, etc), não há efeito significativo entre as CrossBoom ea antena horizontal, então, nesse caso, é possível montar as duas antenas com Vertical e Horizontal arranjo clássico. Por outro lado, o arranjo VH oferece uma pequena vantagem no caso de você precisa ter um sistema de antena "selecionável" para mudar a polarização entre a vertical (para celulares), horizontal (DX) e polarização circular (satélites). O arranjo VH precisa de um número mínimo de Relés coaxial, a fim de ser capaz de fazer este sistema "selecionáveis" entre polarização vertical-horizontal-RHCP, em contraste com o "X", disposição que precisa muito mais Coaxial-relés (e fase -topos). OK, agora como ligar os dois cruzaram antenas Yagi? em paralelo? Bem, sim e ... Não! Para gerar polarização circular com "CrossedYagis" dois requisitos básicos são necessários: a) é preciso "combinar" estas duas antenas b) precisamos de um "atraso de fase" para gerar a polaridade Circular (detalhes abaixo). Analisando "a", é óbvio que se tivermos duas antenas que serão conectados entre si, precisamos de uma maneira melhor do que simplesmente conectá-los em paralelo. A razão para isso é simples: se duas antenas de 50 Ohms serão ligados em paralelo, a impedância no ponto de ligação é 50 / 2 = 25 Ohms. Isso é um problema, porque você tem uma incompatibilidade com o cabo coaxial, transmissor, etc Nesta condição os cabos de aço será de 2:1. Ainda assim, o objetivo é conectar as duas antenas em paralelo de tal forma que a impedância comum coincide com o cabo coaxial da / RX TX no barraco. Como o cabo coaxial é de 50 Ohms precisamos de 50 Ohms, bem no ponto de ligação das duas antenas. Isso significa que cada antena deve ser de 100 Ohms porque então a impedância no ponto de conexão será de 100 / 2 = 50 Ohms.

Por esta razão, nós usamos "Stubs Matching" entre as duas antenas e cabo coaxial comum que vai até a barraca. O que é um "Stub correspondência"? A "Correspondência de Stub" é um pedaço de cabo coaxial com o cálculo apropriado da impedância (Z), etc comprimento total, que atua como uma espécie de "transformador de impedância" entre dois conhecidos, mas desigual impedâncias (Z1, Z2). Com o "Bairro Wave" fórmula, é possível calcular o intermediário "Z" de um "quarto de onda" ( ) Pedaço coaxial, a fim de ser capaz de combinar duas impedâncias diferentes. fórmula Bairro Wave = Um exemplo simples: eu tenho uma antena com Z = 50 e preciso como um ponto de terminação de uma impedância de 100 Ohm. Será isto possível? Sim, usando um "Quarter-Wave" cabo coaxial com diferentes (intermediário) Z, a fim de "match" Z da antena (50 ohms) para uma gravidez "terminação" Z (100 Ohms). Neste caso, temos: Z = Desconhecido Z Z1 = Antena Z Z2 = Encerramento Z Z1 e Z2 são conhecidos. Antena de Z = 50, Rescisão Z = 100 Ohms .... Assim, a fórmula será: Z = Z1 * Z2 => Z = 50 * 100 => Z = 5000 => Z = 70,7 Ohms Voila! a impedância de novo é 70,7 Ohms OK, descobrimos um novo Z = 70,7 Ohms ... mas o que fazer agora com esse novo "Z"? Como dissemos antes, usando um "Bairro Wave"Peça ( ) Do cabo coaxial com esse valor-Z (70,7 Ohms), é possível para corresponder à antena de 50 Ohms para uma terminação de 100 ohms. Mas é muito importante manter em mente que estamos falando aqui de "Electrical Bairro Wave".

"Quarto de onda elétrica" ( ) Significa, um quarto pedaço de onda coaxiais de comprimento reduzido pela Fator de velocidade (VF) do cabo coaxial, devido à reduzida velocidade de propagação da corrente elétrica no cabo coaxial vis-à-vis à propagação de velocidade no "espaço livre". O PV de cada cabo coaxial é conhecido a partir das tabelas relacionadas da fabrica. Por exemplo, o PV de RG213, RG11 é de 0,66. OK, agora como calcular a peça inteira Coaxial necessárias, a fim de coincidir com o 50 Ohms com 100 Ohms? O método para resolver este problema é o seguinte: 1) nós escolher o tipo de coaxial. Um cabo coaxial com impedância de 70,7 Ohms não existe. O mais próximo da impedância dos cabos coaxiais de 75 Ohms, como RG11, RG59, etc Na prática, o "descasamento" entre 70,7 e 75 Ohms é muito pequeno, assim que o RG11 é perfeito para este trabalho. Suponha que nós escolhemos RG11, o VF = 0,66. 2) Precisamos de saber o comprimento de onda ( ) Da freqüência de operação. A fórmula é , Onde f é a freqüência de operação em MHZ. Por exemplo, na faixa de 2m do ponto médio do satélite subzone (145,8-146,0 MHz) é 145,9 MHZ, então a fórmula é o seguinte: M = 300 / 145,9 = 2,056 3) Agora nós dividimos o por 4, a fim de ter o = 2,056 / 4 => :

= 0,514 m (ou 51,4 cm) ) Para

4) Agora sabemos que o comprimento de "Bairro Wave"( 145,9 MHz. Assim, a eléctrica " Bairro Wave"( ) É: * VF O VF para RG-11 também é conhecida (0,66), assim que o 0,66 = 0,514 =>

*

= 0,339 m CONCLUSÃO: entre dois diferentes impedâncias de 50 e 100 Ohms, um pedaço de "Electrical Bairro Wave" ( E) de 75 Ohms (designados como "Correspondência de Stub") é o suficiente, para

"combinar" estas duas impedâncias desigual (ver imagem abaixo).

Tudo bem, aprendemos a combinar uma impedância de 50 ohms para uma impedância de 100 Ohms. Mas como é possível ligar dois Yagis com 50 Ohms 50 Ohms coaxial? ainda pensando .. A conexão de duas antenas Yagi, na sequência da referida exige uma abordagem ligeiramente diferente: Cada antena é conectada a um ponto comum, usando um pedaço de "Electrical Bairro Wave" ( ) Cabo coaxial de 75 Ohms (Matching Stub), a fim de transformar cada 50 Ohms antena até 100 Ohms e os dois são colocados em paralelo para produzir 50 Ohm novamente. A imagem seguinte mostra essa combinação. Na foto da esquerda, o "up" e "para baixo" pontos nas bordas de cada peça 75 Ohms coaxial está conectado com antenas de 50 Ohms. Na ponta oposta de cada Coaxial temos 100 ohms de impedância. Se esses 100 ohms de impedância, os pontos são conectados em paralelo, a impedância de novo, será de 50 Ohms (100 / 2 = 50), por isso neste momento a impedância comum coincide com os habituais 50 Ohms cabos coaxiais (como o RG213, H100, etc AirCom ) até o Shack. Isso é tudo!

Tenha em mente, a mesma abordagem é usada também para o "empilhamento" de antenas Yagi, etc dipolos colineares A "Adequação Stub" é um método comum, a fim de coincidir com dois (ou mais) antena idêntica de impedância . Assim, neste ponto, não há nada de anormal com "Crossed-Yagis". Eles são apenas dois idêntica Yagi antenas conectadas umas às outras, a fim de ter o "matching" ideal. A única diferença com Crossed Yagis é que eles não são tanto na polarização horizontal (ou vertical), como empilhados-Yagis, mas o primeiro está na horizontal eo segundo na polarização vertical. Fechando o "Matching Stubs" capítulo, o quadro abaixo mostra alguns detalhes sobre a preparação da parte do coaxial, a fim de ser capaz de funcionar como correta "Matching Stub" ( ).

... Sobre atraso de fase O segundo requisito, a fim de gerar Polarização Circular (exceto "Matching") de duas antenas cruzadas é um caso muito interessante e por vezes difícil. Estamos falando sobre o "atraso de fase". Como mencionado no capítulo anterior, o Comunicação via satélite Serviço de Radioamador utiliza basicamente RHCP (Right Hand Circular Polarization) e, por vezes LHCP (Left Hand Circular Polarization). Mas, engenheiros até mesmo o mundo de telecomunicações da coisa está errada em uma primeira transmissão transatlântica de televisão via satélite Telstar comercial! Em primeiro lugar, a fim de compreender a relação entre Linear, circular e polarização elíptica corretamente, é necessário algumas palavras sobre a teoria ... assim: Teoricamente, a polarização linear e circular são casos especiais de polarização elíptica. Considere dois vetores elétricos perpendicularmente uns aos outros. As frequências são as mesmas, mas as magnitudes e ângulos de fase pode variar. Se um ou outro de magnitudes é zero, sob esta condição a polarização é linear. Se as grandezas são as mesmas eo ângulo de fase entre os dois vetores (em base de tempo) é de exatamente 90 graus, nesta condição, temos polarização circular. Qualquer outra combinação entre esses dois limites dá polarização elíptica. A partir desta teoria, se estamos falando de polaridade circular é óbvio que, a sua mais fácil de conseguir .... polarização elíptica, que o queria Circular! É alto o suficiente apenas ... uma pequena falha ("selo" fase errada, ruim "correspondência" etc) como a polarização circular só acontece quando os dois vetores elétricos têm 90 ° em fase de diferença, Todos os casos dar descanso a polarização elíptica

e linear! Assim, é bastante clara, de modo a ser capaz de gerar em uma antena poalarization sistema cruzado Yagis Circular, precisamos inserir a primeira antena de um "atraso de fase" exatamente igual a 90 ° vis-à-vis a segunda antena ( ou vice-versa). Como é possível inserir necessário "90 ° atraso de fase"Em cruzado Yagis? Na prática, isso pode ser feito por dois métodos: 1) Método Elétrica 2) método de Física Analisando o "Método Elétrica", Eu não vou estender em teorias complicadas e por vezes difíceis sobre "Phase", etc atraso linhas Basta ter em mente a regra fundamental de "linhas de transmissão": um pedaço de O cabo coaxial produz um "atraso" na fase igual a 90 ° (Reconhecido aqui como "phasing Stub").

A figura a seguir mostra com suficiente clareza o que acontece no circuito acima mencionadas, que tem sido utilizado para conectar duas antenas Yagi-idênticos.

Como você pode ver na foto acima, na prática, este sistema inclui o arranjo que foi descrito no capítulo anterior sobre a "Correspondência de Stubs". Além disso, o necessário "phasing Stub" em série com ANT-2 foi adicionado. Assim, a alimentação da antena é "atrasado" em fase de 90 °, a fim de ser capaz de gerar a polarização circular queria. Isso é tudo!

OK, mas que impedância deve este "phasing Stub" ser? 75 ou 50 Ohms? Definitivamente 50 Ohms! Este pedaço de coaxial está funcionando como uma "fase de 90 ° Delay - Stub", não como um "Matcing-Stub". Por isso, deve ser igual em Ohms de impedância da antena. Não se esqueça disso. Além disso, o comprimento total é também "Elétrica", que significa * VF, Então estamos falando também sobre "Quarto de onda elétrica" ( ). O cálculo deste "Stub" é semelhante ao "Stub Matching", como acima mencionado, assim para o Subzone por Satélite (145,9 MHz) de um "90 º Fase-Stub", na prática, tem um comprimento total = 0,339 m. (Ou 33,9 cm). A diferença básica de "Correspondência de Stub" é que o cabo coaxial que usou como "Phase-Stub" é de 50 Ohms. Portanto, tenha em mente que: nós usamos 50 Ohms para "90 ° Phasing Stubs", 75 Ohms para "Stubs Matching". OK ... é possível controlar o RHCP - polarização LHCP em cruzado Yagis? Sim. .. dependendo da alimentação das duas antenas dipolos de cross-Yagi. A figura a seguir mostra com suficiente clareza como é possível gerar RHCP ou LHCP (retrovisor de dipolos).

A "+" mostra a ligação do centro de condutores de cada cabo coaxial. A "0" ponto indica a alimentação directa do dipolo vertical (ANT.1) eo "1" indica a alimentação "atrasado" do dipolo horizontal (ou seja, através de uma "fase de rascunho" em ANT.2). É óbvio que, na prática, é alto o suficiente apenas a simples mudança de alimentar o condutor central do coaxial, entre a parte esquerda ou direita do dipolo horizontal, a fim de alterar a polarização entre RHCP e LHCP.

Bem, agora eu estou realmente confuso! A imagem da esquerda acima mostra a geração de RHCP, mas devido a "0" ponto de partida e continue com o atraso do ponto "1", essa circularidade (rotação) é definitivamente CCW! Por polarização RHCP? Você tem certeza? Boa observação! Bem, você está certo, mas a antena de vigas para o lado oposto, a "Frente" (o lado onde o diretor-elementos são colocados). Então, olhando para a imagem Dipolo-esquerdo do retrovisor, a circularidade parece ser CCW. Mas se você transformar o seu eu para o lado da frente da antena, a circularidade é exatamente o oposto (CW)! Sempre o RHCP (ou LHCP) polarização é reconhecido pelo olhar da "antena" do lado da frente, sorrindo lado. Em outras palavras, a "antena" e os "observadores" são sempre "face a face". Assim, as fotos acima são 100% correto. Parece ser muito fácil! É também o método mais simples? Teoricamente sim, mas na prática o método "Elétrica" mencionado acima pode causar uma série de problemas! Por exemplo, o ponto de alimentação (dipolo) em uma antena Yagi de carbono não é um "puro" resistor de 50 Ohms, mas tem uma impedância. Por exemplo, de acordo com o comportamento capacitivo ou indutivo (-j ou + j) de antenas Yagi, o agregado "phasing-Stub" às vezes altera significativamente a quantidade igual de "Poweralimentação" entre os dois cruzaram-antenas. Além disso, uma incorreta "Correspondência de Stub" ou "Fase Stub" é um outro cenário ruim. Na prática, muitos operadores por satélite-ainda não têm a experiência eo "Know-How", a fim de ser capaz de fazer "stubs", com a precisão necessária. Assim, conclusivamente, se cruzaram duas antenas Yagi-alimentação desigual, especialmente devido a uma peça adicional de "Fase Stub", que transforma a impedância de uma das antenas longe de 50 ohms, no ponto onde os dois cabos coaxiais são unidas das duas antenas individuais a impedância será desigual. Portanto, o poder não é dividido igualmente entre as duas antenas cruzadas ea polarização elíptica se! O pior cenário é que, vários operadores Sat-só que eles não percebem a referida! Eles supõem que eles têm de polarização circular, mas eles têm? Essa é uma boa pergunta! Por esta razão é muito mais fácil, especialmente para inexperientes Sat-operadores (estreantes), para fazer um sistema de antena Yagi cruzadas de polarização circular, usando o "Método Físico". método de Física

Este método difere da "importação técnica" da diferença de fase é. No capítulo anterior foi descrito como, na prática, é possível alimentar a antena 2 com o 90 º "diferença de fase" vis-à-vis a primeira antena, usando uma pedaço coaxial (50 Ohms), que funciona como a "Fase Stub". O "método físico", seguindo uma técnica diferente, a fim de evitar o uso de parte coaxial para a diferença necessária fase de 90 ° é. Aqui, a "diferença de fase" foi conseguido através da "transferência" (movimento), cada elemento da segunda (horizontal) da antena exatamente um quarto do comprimento de onda ( ) Para a frente no espaço, vis-à-vis a cada elemento da primeira (vertical) da antena sobre o Boom comum. A imagem seguinte mostra este arranjo com suficiente clareza. Como você pode ver, o espaço entre VD1 (dipolo vertical) e HD1 (dipolo horizontal) é . Exatamente o mesmo acontece entre VE1 (Vertical elemento-1) e HE1 (Horizontal elemento-1), Ve2 & HE2 etc

Assim, com este método não é necessário o uso de uma peça adicional de cabo coaxial como um "phasing Stub". A construção é simples, basta apenas um "Matcing-Stub" sistema a fim de manter contato (e divisão) do Poder alimentar entre as duas antenas. No entanto, a grande vantagem não é a construção mais simples, mas: "Dividir poder" entre as duas antenas agora é igual, Como os dois "Stubs Matching" (2 peças Coaxiais 75 Ohms ) Na divisão têm

comprimento exatamente iguais e, portanto, dar transformação idêntica da impedância da antena. Assim, a desvantagem básica do Yagis cruzado com um coaxial de "phasing Stub" agora tem sido completamente eliminados! Complementares: a "conexão-points" em cabos coaxiais entre a "harmonização" e "phasing Stubs" são reduzidos (na prática, a "Fase Stub" não existe mais), o que significa um número muito menor de conectores (ou pontos de solda), especialmente importante em UHF e freqüências mais elevadas, onde a "perda" aumenta o uso de conectores adicionais, mesmo nos casos em que os conectores são tipo-N. A "divisão" entre as duas antenas é mais fácil, ele pode ser alcançado agora usando apenas um divisor comercial / unidade Combiner (1 a 2 antenas), que está facilmente disponível no mercado. Assim, é possível evitar o cálculo ea construção de "Adequação e Faseamento Stubs" com coaxial-peças. A "Espaço" entre as antenas é um número, física pura ( =300 / F e depois dividir / 4, Onde F= Freqüência de operação). Assim, não é necessário envolver os "fatores de velocidade" de cabos coaxiais, e outras tenebrosas (para estreantes) "Praça raízes, equações complexas e normas para os cálculos. Por exemplo, usando a fórmula acima mencionada, por satélite VHF subzones o "deslocamento" do espaço ( ) É: =300 / F => 300/145.9 = => = 2.056m = 2,056 / 4 => = 0.514m ou 51,4 centímetros é 17,2 centímetros (Por 435-436 MHz).

Para UHF, respectivamente, a

Finalmente, as fotos a seguir mostram Lado Direito e Lado Esquerdo polarização circular, dependendo da conexão do centro de condutores do cabo coaxial para o dipolo horizontal.

Na foto acima, o condutor central do cabo coaxial é conectado à parte esquerda do dipolo horizontal (como mostra a "+"). Assim, a polaridade é RHCP (CW). A figura abaixo mostra a polarização circular oposto (LHCP ou antihorário). Aqui no centro-condutor do cabo coaxial é conectado à direita da parte do dipolo horizontal, a fim de gerar LHCP (PCF) de polarização circular.

Em ambos os casos o condutor central do alimentador do dipoloVertical de-coaxial é conectado a seção "superior" do dipolo, como mostrado pelo "+".

* EMANIM: Excelente software para educação a polarização circular * As imagens animadas (com fundo preto) São retirados EMANIM Todas as imagens resto são drawned com COREL DRAW e PhotoShop programas por SV1BSX

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->