Você está na página 1de 6

c  

 
  c 
 
Infecção (estomatite, Gengivite, doenças) de Vincent
Gengivite ulceromembranosa aguda
Boca de trincheira
GUNA
GUA
Gengivite Necrosante
Estomatite espiroquetária
͞ Fétida
͞ de Plaut ʹ Vincent
͞ ulcerosa
Gengivite Ulcerativa Necrosante ʹ GUN

c
Papel das Bactérias + Fatores Predisponentes

 

   
Doenças Sistêmicas
Infecção por HIV
Higiene oral deficiente
Gengivite pré-existente
Estresse psicológico e sono inadequado
Fumo e álcool



       !  
Ulceração e necrose da papila e margem gengival ʹ inserção papilar
Ulceras cobertas por camada branco-amarelada ou cinza = pseudomembrana
Dor
Sangramento
Odor fético / mal hálito.
Gosto metálico, Aumento do fluxo salivar, Higiene oral deficiente, Rápida evolução, Lesão
inicial: Lesoes limitadas as pontas de poucas papilas.

CC: Sinais e Sintomas Gerais


Linfoadenopatia local
Febre e mal-estar
Leucocitose
Pulsação aumentada
Perda...


   
 
  
Quando a progressão da doença é acompanhada de parta do ligamento periodontal e osso
alveolar, esta lesão passa a ser chamada de periodontite ulcerativa necrosante (PUN)

CC: Sinais e Sintomas


Após episódios de GUN
Sinais e sintomas iguais aos da GUN
Crateras interproximais > Extensa necrose gengival.
Divisão da papilar: Vestibular e lingual com depressão necrótica entre elas
Envolvimento do LP, Osso alveolar e perda de inserção
União de áreas necróticas interproximais = áreas necróticas contínuas.


! 
"  c 
Erros de identificação de episódios recorrentes
GUN não tratada ou inadequadamente tratada:
Fase aguda pode ceder
Sintomatologia < Desagradável
Menor velocidade de destruição tecidual
Areas de ulceração e necrose desaparecem
Permanecem crateras interproximais repletas de cálculos e placa subgengival.

RECORRENTE E NÃO CRONICA

# $ #%
  
Gengivoestomatite herpética primária
Gengivite descamativa
Penfigóide Benigno das membranas mucosas
Eritema multiforme exesudativo
Gengivite estreptocócica
Gengivite Gonocócica

 ! &' 
Noma ou estomatite necrosante (gangrena)
Celulite (angina de Ludwig)
Infecções Pulmonares


 !   c  
Tratamento da fase aguda
Tratamento da fase de manutenção


 !   %  ( 
Eliminar atividade da doença manifestada pela progressão da necrose tecidual
Evitar a dor e o desconforto geral


 !   %  ( 
Debridamento da região com gaze ou algodão embebido em H²O² (!0vol.)
Bochechos de H²O² + H²O Morna.
Bochechos com clorexidina a 0,12%
OHO
Antibioticoterapia.


 !   %   ! ( &) (
RACR
OHO
Remoção de fatores iatrogênicos
Reavaliação
complementação cirúrgica
Controle e manutenção

*   ## 
Abcesso Gengival, Periodontal e Pericoronário.

+  
,Coleções localizadas focais de esudato purulento, ou inflamações purulentas cirunscritas,
causadas por supuração contida em um tecido... faltou͟

 % &) 
Abcesso Gengival > Gengiva marginal
Abcesso Periodontal > Tecidos Gengivais adjacentes a uma bolsa periodontal
Abcesso Pericoronário > Capuz gengival pericoronário de um dente parcial ou totalmente
irrompido.

+  c  
Lesão Localizada
Sintomatologia dolorosa
Rápida expansão *Faltou

   
Penetração de agentes irritantes no sulco Gengival
ex: Fio dental, Impacção de alimentos, Material de Prótese ou Ortodontia.


Edema na margem ginvival ou papila interndetal
Coloração avermelhada
Superficie lisa e brilhante


 !  
Remoção do agente irritante
Drenagem
Tratamento Periodontal Básico.

Acúmulo de pus > Bolsa Periodontal > Destruição das fibras colágenas gengivais e perda óssea

 % &) 
c#
Curso rápido
Fase inicial: Aspecto difuso
Dor irradiada e pulsátil
Edema flutuante e circunscrito
Superfície lisa e brilhante
Destruição óssea rápida e extensa

 
Cruso Longo
͞dor Surda͟ e desejo de apertar os dentes
Presença de fístula
drenagem Intermitente

c
1) Paciente não tratados periodontalmente, em tratamento ou em fase de manutenção.

62% Periodontite não tratada


14% Em tratamento
24% Durante a fase de manutenção

2) Alterações na integridade da Raiz e na sua morfologia


Perfurações, Cisto Lateral infectado, Pérolas do esmalte, Reabsorção radicular externa,
Fraturas radiculares.

*c
Bacterias anaeróbias Gram Negativas
Bacilos Gram positivos
Bacterióides melaninogênicos
estreptococos e esfa... Faltou

-  * 
  
F. Nucleatum 70,8%
P. Micros 70,6%
P. Gingivalis 62,5%
P. Intermedia 50%


Elevação ovóide na gengiva ao longo da face lateral da raiz
Colocaração avermelhada
Ascpecto edematoso
Superfície lisa e brilhante
Presença de secreção purulenta
*Faltou

    ! 
Leve desconforto a dor severa
Sensibilidade a percussão e mastigação
Pode apresentar mobilidade dentárias ou uma leve extrusão
 !   .! 
Febre, Mal-Estar, Leucocitose, Linfoadenopatia

# $ 
CC
Histórico do paciente
Associado a uma periodontite pré-existente

/#c0
Perda óssea e/ou aumento do espaço do ligamento periodontal
(FALTOU)

* # 111* 


1. Polpa ínegra ou canal tratado sem lesão | 1. Polpa Necrosada
2. Bolsa periodontal | 2. Histórico de cárie
3. Fistula mais coronária | 3. Fistula mais apical
4. Dor menos intensa | 4. Dor pulsátil e intensa
5. Teste de vitalidade + ou - | 5. Teste de vitalidade -
6. Maior mobilidade dentária | 6. Mobilidade dentária menor
7. Percussçao horizontal ** Faltou

 
IMEDIATO (Urgência)
Drenagem via bolsa periodontal
Irrigação c soro ou clorexidina a 0,12%
Bochechos com água morna e sal
Manifestação sistêmica: Antibiótico (penicilina)

MEDIATO
Terapia periodontal básica
Tratamento Cirúrgico periodontal

*  0


,Inflamação da área gengival em volta da coroa de um dente total ou parcialmente ...͟

c
Retenção de restos alimentares e bactérias sob o capuz pericoronário
Traumatismo de tecidos...


Coloração avermelhada
Edema
Intenso exsudato inflamatório
Dificuldade de mastigação
Trismo
... Faltou
 22   3
Patógenos anaeróbios Gran negativo


 
IMEDIATO (Urgência)
Drenagem e limpeza cuidadosa da região
Irrigação com soro ou clorexidina a 0,12%
Bochechos...