Dicionário Grego A *Aboulía – irreflexão; em termos aristotélicos, consiste em “não atingir a meta”, “não atingir aquilo a que se aspirava

, deliberava, aquilo para que se voltava”; *Achaeans (Achaians) dórios; *Actium - um promontório a noroeste da costa grega onde Otávio derrotou Antônio e Cleópatra em uma batalha naval; *Adíkema – delito intencional; *Adikía – falta moral; *Aéi – sempre; *Aegina - ilha grega no golfo Saronic, originalmente chamada Oenone, uma ilha de difícil acesso por ser cercada por rochas submersas e recifes; Aegina, localizada em uma posição marítima chave, comercializava com o continente grego e outras ilhas; repopulada no século 10 ac pelo povo da Grécia, Aegina foi independente dos laços que a uniam ao continente pelo século 8 ac; Aegina era conhecida por sua cerâmica e bronze e seu comércio atingiu do Egito à Espanha; adotou a cunhagem antes de qualquer outra cidade-estado grega; a relação de Aegina com Atenas foi pobre durante do século 6 ac entretanto foi um aliado grego durante a Batalha de Salamis; 487 ac, Aegina iniciou sua primeira guerra com Atenas que acabou em 483 ac; Atenas e Aegina lutaram de novo em 458 ac e os ateniense expulsaram os habitantes de Aegina e estabeleceram uma "cleruchy" ateniense; perdido o poder e muitos de seus habitantes, Aegina caiu no controle macedônico e passada ao comando de Pergamon; em 210 ac; *Aegis - armadura de peito usada por Atena ou Zeus que pode estar ornada com a cabeça de uma górgona; o aegis era feito com pele de bode e seu nome é derivado de uma antiga palavra grega para bode, aisk, por exemplo; habitantes aborígenes do Peloponeso que foram conquistados pelos

1

*Aïchmalotoï – pessoas que. *Aisk – bode. após sua captura.refere ao formato de vaso. objetos e ações possuem sentido metafórico. *Aitía – causa. *Alástor – gênio vingador. *Anagnorisis . *Alétheia – verdade. * Aker -antigo deus egípcio da terra. *Agonas – combate.*Agathós – bom. *Alké – socorros. assembléia popular.nos antigos jogos Olímpicos. *Alytarches . *Allegory . *Akoúsion – delito não intencional. *Aleiptes . *Amazonomachia . * Alabastron . treinadores de atletas na grécia antiga que untavam o corpo dos atletas com óleo para massagens musculares.literalmente.uma cena de batalha na qual Amazonas enfrentam gregos a pé ou montadas a cavalos. *Agôn – espírito de competição. 2 .traduzido às vezes como "descoberta'ou "reconhecimento". não possuem destino fixado ainda pelo vencedor. força policial que auxiliava o Hellanodikai para impor penalidades aos atletas que não obedecessem às regras e regulamentos do evento.ou "anointers". um importante elemento na tragédia segundo a Poética de Aristóteles onde o protagonista trágico ganha uma informação desconhecida que irá levar a uma importante conclusão. feira ou lugar de encontro. *Aíguiptos – Egito. *Agrámmatos – iletrado.lugar de negócios. * Agora . "dizendo algo a mais". *Ágos – polução. desenhos mostravam Aker com um leão de duas cabeças ou dois leões sentados um de costas para o outro com o Sol e o céu aparecendo entre eles. Aker guardava os portões da alvorada e pôr-do-sol através dos quais do Sol nascia toda manhã e se recolhia todo anoitecer. uma história em que personagens. concurso.

Ammut era desenhado com a cabeça de um crocodilo. trabalhava como deus da mumificação. após sua captura. não responsável. *Anánke – necessidade. Amon era desenhado com a cabeça de cobra ou sapo. 3 . Amon era desenhado como um homem sentado em um trono segurando um ankh e uma lança na outra. no evento Olímpico. *Amyetos . que atrapalhavam a paz da mente. *Antagoría – direito de réplica. *Amon . ganância. machos e sem barba. orgulho. *Anubis . os estóicos doutrinavam que o homem deve aprender a ignorar as paixões (como medo. *Aphoría – esterelidade.antigo monstro egípcio devorador de almas. este evento foi introduzido para os Oympics em 500 ac mas acabou em 444 ou 440 ac. *Andrapoda – pessoas que. A esposa de Amon é Mut e seu filho Khonsu (a lua). *Anagnorisis .antigo deus egípcio da criação. Anubis assistia aos rituais funerários dos mortos para permitir a admissão do morto no mundo subterrâneo. *Anabásis – expedição.um carro de corridas usado com duas mulas. *Ánguelos – mensageiro. *Apatheia . seu nome significa "o que esta escondido ou não pode ser visto".antigo deus egípcio da morte. *Anaítios – não culpado. as patas de um leão e corpo de um hipopótamo.pequenos seres alados. Anubis é retratado como um cachorro negro que acompanha Ísis ou como um homem com cabeça de Chacal que segura uma lança. são condenadas à escravidão. mulheres e sátiros. um importante elemento na tragédia segundo a Poética de Aristóteles onde o protagonista trágico ganha uma informação desconhecida que irá levar a uma importante conclusão. separar.traduzido às vezes como "descoberta'ou "reconhecimento".festival celebrado no outono frequentado por maenads. *Apene . Maaty. *Aphístasthai – verbo que designa afastar. Ammut testemunhava o julgamento dos mortos no "Salão das Duas Verdades"."a falta de sentimento". dizem que Anubis inventou o processo de embalsamento para preservar o corpo de Osiris que logo após seria ressucitado por Ísis. alegria). *Andréia – coragem. *Anthesteria . *Apathy – indiferença.*Ammut .

de acordo com o livro dos mortos. *Ápolis – excluído. *Aquarius . uma constelação. ex: o assassinato de Palas por Atena. *Aporthètos – alcunha de uma cidade qualquer na qual seu território não havia sido devastado por invasões. Aquarius é associado fortemente à água em muitas culturas. *Atýkhema – acidente imprevisível. algo como “comandante”.também conhecida como Ganimede. *Ariétè – valor. excelência. *Aristéia – prêmios de valor dados aos exércitos ou soldados que se destacaram em combate. Também chamado de o criador do homem. deus da cura. Aten era desenhado como um disco solar enviando raios para a Terra. mas na época clássica possuia forte conotação militar. o mais famoso médico e professor de medicina desta época. *Aretê .“o altar” uma constelação comemorando os sacrifícios feito pelos gregos e romanos aos deuses. *Archein – comandar. como a babilônica.deusa.a metamorfose de um humano em deus. os falecidos clamam por ele para nutrir os vivos.antiga competição em que um guerreiro fortemente armado pulava de carros em movimento. parece que Hipócrates.um olho pintado em um objeto para espantar o mal. *Arkhé – princípio. *Áristos – o melhor.*Apobasis . não-devastado. *Apotropaic ." *Ara . a deidificação de uma pessoa. *Arché – império. 4 . *Asty – cidade.Asklepiads eram membros de um grêmio de médicos que determinaram as origens de Asklepios. chamada constelação Ara Centuri. Aten nasce de novo a cada dia. onde ela era a "carregadora de água. *Aten -antigo deus egípcio do Sol. Aten nutre a Terra e . egípcia e etiópia. *Asklepiads . excluído socialmente. domínio. *Apotheosis (apoteose) . ver a história da apoteose de Herácles. como o Sol. *Archonte – magistrado. seria um asklepiads.

o que é errado.. *Bouleústhai – deliberar. Aparece em algumas traduções como flauta.uma empregada que ajudava a patroa a se vestir todo dia e em diferentes ocasiões. codigno do rei. *Boúlesthai – aspirar. como o oboé. *Auriga . pertencente ao rei. D 5 . *Bía – dominação. preferir. *Boúlema – intenção.*Aukhmós – a seca. *Boulé – conselho. *Áypnos – insone. *Bouleutái – conselheiros. *Boulésis – aspiração. *Bouléusis – deliberação. *Aveste . força pura. *Boúlomai – querer. violência. *Autón – ele. B *Basiléos – do rei. *Aulós – instrumento de palheta.um controlador de carros. desejar. C *Cella – santuário.

dominador. *Ephíesthai – tender a. *Despozein – comportar-se como senhor. *Despotikè – arte do senhorio. potência exterior. *Despotikôs – senhor. *Demotikói – termo usado por Aristóteles. *Ekklesía – assembléia. *Eiresióne – ramo de oliveira ou de loureiro amarrado em uma fita de lã usado em rituais de clamor por prosperidade. *Dianóia – reflexão. *Dólos – astúcia. mas não inventado por ele. *Eleuthería – liberdade. *Ekphrásis – descrição. na Política para se referir aos “fanáticos”. falou. *Épitèdéia – abastecimento. 6 . termo concebido ao tirano Pisístrato por Platão. E *Efebia – procedimento pelo qual um jovem ateniense deveria passar para se tornar cidadão pleno. *Despostoï – aqueles que podem ser sujeitados a um senhor. do além. força exterior que leva muitas vezes o homen a praticar atos malignos. *Dunastéia – governo arbitrário. *Êipen – do verbo falar.*Daimon – gênio mal. *Epithymeîn – desejar. *Ektemórioi – arrendatários. *Demotikótatos – o “popular por excelência”. *Dómata – moradas. *Douloï – escravo.

*Gnóme – decisão ou opinião racional. vir a ser. *Erastés – o amante. julgamento. *Guélos – riso. objeto-paciente. *Erómenos – o amado. *Ginecomo – entre as funções públicas. *Êthos – caráter. F G *Génos – raça. passivo e penetrado. *Hamartánein – enganar-se no sentido mais forte de desvario da inteligência. pode aparecer no texto como um “erro de espírito” ou uma “fraqueza moral”. sujeito-agente.*Epithymía – apetite. *Guígnomai – tornar-se. 7 .) *Érga – fato. homem que perdeu o senso.C. uma cegueira que leva à ruína. delírio. *Erékhtheion – um célebre templo localizado na Acrópole de Atenas. ativo e penetrante. atos. *Gerousía – assembléia de anciãos em Esparta. *Éranos – empréstimo sem ônus. H *Haíresis – escolha. era o inspetor de mulheres. *Hamartía – doença mental. *Eusebés – santo. V a. acontecimento. *Hamártema – falta. *Gueras – velhice. erguido durante a Guerra do Peloponeso (séc. *Érgon – ação.

*Homerikótatos – “o mais homérico”. *Hieréus . *Ho politikos – chefe de Estado. *Hilota – tipo de escravidão organizada pelos espartanos na qual a população em jogo era mantida escrava em suas próprias terras.*Hekón – agir de bom grado. *Hélen – grego. *Isonomía – expressão que tem como idéia o “ direito legal à elaboração e à recepção da lei” *Ísos – igual. *Hyperoría – em Atenas este termo delimitava o mundo além das fronteiras da cidade. I *Isegoría – expressão que tem como idéia o “direito legal à palavra”. *Hoplitas – soldados de infantaria fortemente armados. J 8 . *Héllinas – grego.sacerdote. *Heliáia – tribunal de Atenas mais conhecido por ser o local onde foi votada a pena que condenou Sócrates à morte. mais especificamente “vejo”. *Homónoia – expressão que tem como idéia o “princípio de concordância”. como Heródoto foi conhecido por alguns. *Horo – palavra que designa o verbo ver. *Hierós – sagrado. *Homós – semelhante. *Hellás – Grécia. *Hýbris – excesso. efetivamente a partir do monte Citéron e inclui tanto as cidades súditas quanto as cidades inimigas ou as neutras. desmesura.

*Keraméus – oleiro. L *Limós – a fome.o pior. *Kérygma – decreto público proclamado pelo chefe da cidade. *Khóra – campo. *Lógos . *Katadoulousthaï – escravizar. *Kastro – fortaleza. *Kratýnon – soberano. *Lógoi – discursos. *Krateia – soberania. *Ktèsis – propriedade.K *Kákistos . *Koiné – universal. *Kakós – mau. *Metaítios – corresponsável. junto com o coro ou com outros atores. M *Mégas – grande. 9 . *Kratein – dominar. *Kommos – no teatro grego antigo.palavra *Loimós – peste. *Mêtis – astúcia. música de lamentação entoada por um ator sozinho. *Ktètiké – arte da aquisição em uma guerra.

pois na Antígona de Sófocles. *Órexis – desejo.*Misanthropía – ódio. *Nómos – palavra de sentido ambigüo. *Óligoi – minoria. Seu poder era exercido ou por tempo vitalício. *Misthrophoría – ajuda de custo dada aos que exercem magistratura. O *Oesinetas – antigo tipo de reis que existiu entre os gregos. designa tanto uma “regra religiosa” na boca de uma personagem como “decreto promulgado pelo chefe de Estado” na boca de outra. Na Grécia antiga a semântica de algumas palavras era totalmente diversa dependendo do sentido em que era empregada. *Mnemonêuein – memorizar. *Orgé – cólera. jurídico ou comum. *Môusa – musa. N *Nikân – vencer. *Ousia – riqueza. por exemplo. religioso. ou por algum tempo ou segundo um determinado fim. 10 . *Orgué – cólera. P *Padônomo – entre as funções públicas. *Mythos – mito. oligarcas. *Noûs – intelecto. era o inspetor de infantes. podendo ser político.

*Parrhesía – liberdade da palavra. *Phtónos – inveja em relação aos grandes. *Phaûlos – ser desprezível. soldados de tropas ligeiras. *Parodoi – no teatro grego antigo. aplicado simultaneamente à transgressão de fronteiras e de acordos diplomáticos. *Phóbos – terror. *Phoros – tributo. que carregam um escudo leve. *Parodos – no teatro grego antigo. *Parabaïneïn – verbo que designa “passar além de”. música de entrada entoada após o prólogo pelo coro quando este se dirige à orquestra. *Peltasta – soldados de tropas ligeiras. *Paustérios – cessar. *Pélte – leve escudo carregado pelos peltastas. *Polémos – guerra exterior. *Philái – agrupamento. mais poderosos ou mais eficazes. *Pharmakós – procedimento ritual. bode expiatório. *Phrónesis – inteligência. *Peitho – persuasão racional. pessoa que deve ser expulsa da pólis. a pélte. *Phratríai – fratias. *Páter – pai. *Philakaloûmen – amante da beleza. *Paraitía – responsabilidade parcial. franqueza. *Póleis – cidades. *Pléonektein – possuir mais. *Poinikastés – escriba público. *Phygè – exílio.*Pantokrátor – O Todo-Poderoso. *Patróus – paterno. *Páthea – paixão. *Philosophoûmen – amante da filosofia. 11 . *Pléious – majoritários. duas rampas usadas pelo coro para alcançar a orquestra.

*Prónoia – conhecimento. *Pýlai – portas.*Poliocértica – arte da tomada manutenção e defesa de cidades. *Pollói – maioria. Q R *Rhomiosyne – romanidade. *Pólis – cidade. “personagens em ação”. *Pségein – censurar. *Proaíresis – decisão. *Práttontes – no teatro grego. *Politéia – república. premeditação. *Psykhé – alma. *Polítes – cidadão. S *Sebás – respeito. *Sóma – pessoa. *Politikói – cidadãos. *Práttein -agir. intelecção feita previamente. *Rômios – bizantino. *Skopós – sentinela. *Poús – pé. 12 .

guerra civil. um engenheiro militar ou um arquiteto utilizam a tékhne. *Sôter – salvador. *Týrannos – rei. (singular=stasimom). *Sufetas – juízes em cartago escolhidos por ordem de merecimento. Um escultor. *Sylleptor – auxiliar. boa sorte. músicas entoadas pelo coro que eram acompanhadas com uma dança. T *Tékhne – palavra que designa a um tempo a arte e a técnica. guerra interior. “os 104 de Cartago”. um mineiro. *Stásis – facção. tirano. *Strategós – general. *Stasima – no teatro grego antigo. *Tokos – palavra de sentido difuso. onde áreas batizadas de “lugares de reflexão” funcionariam como verdadeiros campos de concentração. *Thymós – impulso.*Sophronistería – idéia concebida por Platão em seu livro Leis. *Týkhe – fortuna. discórdia civil. *Theatái – espectadores. *Telon – autor. um oleiro. *Stasis – sedição. *Tekhnai – profissão. U V 13 . pois pode significar tanto “lucro”como “criança”. *Trophè – alimentação. *Syngéneia – parentesco. nas quais os que pensam mal e ou agem mal seriam enviados para meditar sobre a melhor das constituições.

em caso de guerra. sem perigo. juntou toda a população ateniense em um fortificado para defendê-la de um ataque.. no início da guerra do Peloponeso. sem cansaço.” (Jean-Pierre Vernat) 14 . dizimou grande parte da população e acarretou em sua própria morte. e os que cultivam a terra decidirão defendê-la pelas armas. permanecerão tranqüilos. torna as almas mais frouxas” (Jean-Pierre Vernat) *“. *Xénos – estrangeiro.X *Xéne – estrangeira. *“Para compreender em que plano psicológico se situa esse “ardor para o trabalho”(agrícola e guerreiro) deve-se observar que este aparece em oposição à atividade artesanal que. ao obrigar os operários a uma vida caseira. *Péricles (comandante dos atenienses). mas como sua educação os acostumou. Z KURIOUS *No século V o principal título de glória de uma cidade era que seu território pudesse ser chamado “aporthètos”( não-devastado).divida-se. junto com a atividade guerreira. *Xynaitía – responsabilidade comum. os agricultores e artesão em dois grupos para perguntar-lhes o que querem fazer. já os “artesãos [resolverão] não lutar. em 430.. vem para associar-se ao campo das ocupações viris. Isso foi a principal causa da famosa “peste” que. *Na Grécia Arcaica o trabalho agrícola.

*“Qual o alcance dessa oposição tão fortemente assinalada por Xenofonte entre trabalho agrícola e ofícios de artesão? Os dois planos de experiência se excluem. no mundo grego. como em Atenas. excluídos da cidadania nas cidades dóricas de organização guerreira. “potências da razão”.” (Jean-Pierre Vernant) * “Thíos olóion” – expressão usada em Dreros na ilha de Creta que quer dizer “Que o Deus seja benevolente” * “àd’éFade póli – expressão que quer dizer “estas coisas (que aqui estão redigidas) foram do agrado da cidade”. sistema de “rendeiros”. de duas formas bem diferentes de propriedade e de exploração agrícolas. A atividade do artesão pertence a um campo onde já se exerce na Grécia um pensamento positivo. “potências irracionais”. * “dynámeis álogois” – segundo Aristóteles. (Jean-Pierre Vernant) *“Existência. com estatutos sociais opostos para os agricultores: regime de pequena propriedade explorada por camponeses cidadãos livres. 15 . A agricultura. ao contrário. permanece integrada a um sistema de representação religiosa. * “Psêphos mía” – expressão que quer dizer “único voto”. * “Metà lógou” – segundo Aristóteles.” (Jean-Pierre Vernat) *Deve-se observar o desenvolvimento da escravidão nos campos a partir da época helenística e a concentração da propriedade fundiária.