Você está na página 1de 50
DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

Autores: Eng.º Rui Machado, Arq. Filipe Lopes, Prof. Jorge de Brito e Eng.º João Ribeiro Correia

Coordenação: Prof. F.A. Branco, Prof. Jorge de Brito, Eng. Pedro Vaz Paulo e Eng. João Pedro Correia

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC 1. INTRODUÇÃO 2. SOLUÇÕES NÃO TRADICIONAIS DE PAVIMENTOS 3. CAMPO DE APLICAÇÃO 4. PORMENORES

1. INTRODUÇÃO

2. SOLUÇÕES NÃO TRADICIONAIS DE PAVIMENTOS

3. CAMPO DE APLICAÇÃO

4. PORMENORES CONSTRUTIVOS

5. DIMENSIONAMENTO DE PAVIMENTOS NÃO TRADICIONAIS

5.1 Com vigotas e abobadilhas

5.2 Com pré-lajes

6. EXERCÍCIO

Porque surge a pré-fabricação ? DECivil • rapidez de execução; GESTEC • controlo de qualidade
Porque surge a pré-fabricação ?
DECivil
• rapidez de execução;
GESTEC
• controlo de qualidade eficaz;
• menos dependente da mão-de-obra local;
• alheia aos factores climatéricos na produção;
• melhoria e aperfeiçoamento do planeamento da obra.
Que se traduz
Solução mais
económica
DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC Elementos estruturais pré-fabricados Cobertura Lajes Asnas Vigas Paredes Pilares Sapatas

Elementos estruturais pré-fabricados

Cobertura Lajes Asnas Vigas Paredes Pilares Sapatas
Cobertura
Lajes
Asnas
Vigas
Paredes
Pilares
Sapatas

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC !" #$% "$&'( MAIOR VELOCIDADE DE EXECUÇÃO MAIOR MENOS ECONOMIA MÃO-DE-OBRA

!" #$% "$&'(

MAIOR VELOCIDADE DE EXECUÇÃO
MAIOR VELOCIDADE
DE EXECUÇÃO
#$% "$&'( MAIOR VELOCIDADE DE EXECUÇÃO MAIOR MENOS ECONOMIA MÃO-DE-OBRA MELHOR ISOLAMENTO
MAIOR MENOS ECONOMIA MÃO-DE-OBRA MELHOR ISOLAMENTO TÉRMICO (se aligeiradas)
MAIOR
MENOS
ECONOMIA
MÃO-DE-OBRA
MELHOR ISOLAMENTO
TÉRMICO
(se aligeiradas)
MENOR PESO PRÓPRIO (se aligeiradas)
MENOR PESO
PRÓPRIO
(se aligeiradas)
MENOR PERTURBAÇÃO DO ESPAÇO PÚBLICO
MENOR
PERTURBAÇÃO DO
ESPAÇO PÚBLICO
(se aligeiradas) MENOR PESO PRÓPRIO (se aligeiradas) MENOR PERTURBAÇÃO DO ESPAÇO PÚBLICO AUSÊNCIA DE COFRAGEM
AUSÊNCIA DE COFRAGEM
AUSÊNCIA DE
COFRAGEM

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC !" #$% "$&'( PIOR COMPORTAMENTO FACE AOS SISMOS PIOR ISOLAMENTO ACÚSTICO PIOR

!" #$% "$&'(

PIOR COMPORTAMENTO FACE AOS SISMOS
PIOR
COMPORTAMENTO
FACE AOS SISMOS
PIOR ISOLAMENTO ACÚSTICO
PIOR ISOLAMENTO
ACÚSTICO
PIOR COMPORTAMENTO FACE AO FOGO
PIOR
COMPORTAMENTO
FACE AO FOGO
PIOR ISOLAMENTO ACÚSTICO PIOR COMPORTAMENTO FACE AO FOGO REPETITIVIDADE DOS VÃOS ACESSOS AO ESTALEIRO LAJES COM
PIOR ISOLAMENTO ACÚSTICO PIOR COMPORTAMENTO FACE AO FOGO REPETITIVIDADE DOS VÃOS ACESSOS AO ESTALEIRO LAJES COM
REPETITIVIDADE DOS VÃOS
REPETITIVIDADE
DOS VÃOS
PIOR COMPORTAMENTO FACE AO FOGO REPETITIVIDADE DOS VÃOS ACESSOS AO ESTALEIRO LAJES COM PLANTA RECTANGULAR
PIOR COMPORTAMENTO FACE AO FOGO REPETITIVIDADE DOS VÃOS ACESSOS AO ESTALEIRO LAJES COM PLANTA RECTANGULAR
ACESSOS AO ESTALEIRO
ACESSOS AO
ESTALEIRO

LAJES COM PLANTA RECTANGULAR

DOS VÃOS ACESSOS AO ESTALEIRO LAJES COM PLANTA RECTANGULAR LOCALIZAÇÃO DO ESTALEIRO EM RELAÇÃO À FÁBRICA
DOS VÃOS ACESSOS AO ESTALEIRO LAJES COM PLANTA RECTANGULAR LOCALIZAÇÃO DO ESTALEIRO EM RELAÇÃO À FÁBRICA
DOS VÃOS ACESSOS AO ESTALEIRO LAJES COM PLANTA RECTANGULAR LOCALIZAÇÃO DO ESTALEIRO EM RELAÇÃO À FÁBRICA
LOCALIZAÇÃO DO ESTALEIRO EM RELAÇÃO À FÁBRICA
LOCALIZAÇÃO
DO ESTALEIRO
EM RELAÇÃO À
FÁBRICA
NECESSIDADE DE MEIOS DE ELEVAÇÃO
NECESSIDADE
DE MEIOS DE
ELEVAÇÃO

))

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC ++++ Estes pavimentos são constituídos por vigotas pré-fabricadas de betão, onde assentam os blocos

++++

Estes pavimentos são constituídos por vigotas pré-fabricadas de betão, onde assentam os blocos de cofragem, permitindo o aligeiramento do pavimento.

por vigotas pré-fabricadas de betão, onde assentam os blocos de cofragem, permitindo o aligeiramento do pavimento.

por vigotas pré-fabricadas de betão, onde assentam os blocos de cofragem, permitindo o aligeiramento do pavimento.
por vigotas pré-fabricadas de betão, onde assentam os blocos de cofragem, permitindo o aligeiramento do pavimento.

**

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC ++++ , ,

++++

DECivil GESTEC ++++ , ,
DECivil GESTEC ++++ , ,
DECivil GESTEC ++++ , ,

,,

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC Estes pavimentos são constituídos por pranchas pré-esforçadas e pré-fabricadas, de secção vazada,

Estes pavimentos são constituídos por pranchas pré-esforçadas e pré-fabricadas, de secção vazada, com espessuras constantes que variam entre 12 e 50 cm, cobrem grandes vãos e podem suportar cargas elevadas.

////

com espessuras constantes que variam entre 12 e 50 cm, cobrem grandes vãos e podem suportar

com espessuras constantes que variam entre 12 e 50 cm, cobrem grandes vãos e podem suportar
com espessuras constantes que variam entre 12 e 50 cm, cobrem grandes vãos e podem suportar

--

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC

DECivil GESTEC
DECivil GESTEC

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC 0000 Estes pavimentos são constituídos por lajes maciças executadas a partir de pré-lajes de

0000

Estes pavimentos são constituídos por lajes maciças executadas a partir de pré-lajes de betão armado ou pré-esforçado, que servem de cofragem a uma camada de betão complementar com função resistente.

de betão armado ou pré-esforçado, que servem de cofragem a uma camada de betão complementar com
de betão armado ou pré-esforçado, que servem de cofragem a uma camada de betão complementar com
de betão armado ou pré-esforçado, que servem de cofragem a uma camada de betão complementar com
de betão armado ou pré-esforçado, que servem de cofragem a uma camada de betão complementar com

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC + 1 1 2222 1

+

1

1 2222

1

DECivil GESTEC + 1 1 2222 1
DECivil GESTEC + 1 1 2222 1
DECivil GESTEC + 1 1 2222 1

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC . • ESTRUTURAS DE BETÃO ARMADO “ in situ ”, PRÉ-FABRICADAS, METÁLICAS E MISTAS

.

ESTRUTURAS DE BETÃO ARMADO “in situ”, PRÉ-FABRICADAS, METÁLICAS E MISTAS

3333

DECivil GESTEC . • ESTRUTURAS DE BETÃO ARMADO “ in situ ”, PRÉ-FABRICADAS, METÁLICAS E MISTAS
DECivil GESTEC . • ESTRUTURAS DE BETÃO ARMADO “ in situ ”, PRÉ-FABRICADAS, METÁLICAS E MISTAS
DECivil GESTEC . • ESTRUTURAS DE BETÃO ARMADO “ in situ ”, PRÉ-FABRICADAS, METÁLICAS E MISTAS
DECivil GESTEC . • ESTRUTURAS DE BETÃO ARMADO “ in situ ”, PRÉ-FABRICADAS, METÁLICAS E MISTAS
DECivil GESTEC . • ESTRUTURAS DE BETÃO ARMADO “ in situ ”, PRÉ-FABRICADAS, METÁLICAS E MISTAS
DECivil GESTEC . • ESTRUTURAS DE BETÃO ARMADO “ in situ ”, PRÉ-FABRICADAS, METÁLICAS E MISTAS

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC .

.

DECivil GESTEC .
DECivil GESTEC .
DECivil GESTEC .
DECivil GESTEC .
DECivil GESTEC .
DECivil GESTEC .
DECivil GESTEC .
DECivil GESTEC .
DECivil GESTEC .
DECivil GESTEC .

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC 0 •

0

DECivil GESTEC 0 •
DECivil GESTEC 0 •

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC 0 • ) )

0

DECivil GESTEC 0 • ) )
DECivil GESTEC 0 • ) )

))

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC + • ++++ BETÃO CLASSE C40/50 (NP ENV 206) FIOS DE AÇO CLASSES Rm

+

++++

BETÃO CLASSE C40/50 (NP ENV 206) FIOS DE AÇO CLASSES Rm 1670 e Rm 1770

RESSALTOS LATERAIS – APOIO NOS BANZOS (VIGOTAS) CERÂMICOS, BLOCOS DE INERTES LEVES (LECA) E BETÃO NORMAL

CLASSE C20/25 (NP ENV 206)

++++

FIOS DE AÇO

BETÃO

COMPLEMENTAR

VIGOTA

ABOBADILHAS

NORMAL • CLASSE C20/25 (NP ENV 206) ++++ FIOS DE AÇO BETÃO C O M P
NORMAL • CLASSE C20/25 (NP ENV 206) ++++ FIOS DE AÇO BETÃO C O M P
NORMAL • CLASSE C20/25 (NP ENV 206) ++++ FIOS DE AÇO BETÃO C O M P
NORMAL • CLASSE C20/25 (NP ENV 206) ++++ FIOS DE AÇO BETÃO C O M P
NORMAL • CLASSE C20/25 (NP ENV 206) ++++ FIOS DE AÇO BETÃO C O M P
NORMAL • CLASSE C20/25 (NP ENV 206) ++++ FIOS DE AÇO BETÃO C O M P
NORMAL • CLASSE C20/25 (NP ENV 206) ++++ FIOS DE AÇO BETÃO C O M P
NORMAL • CLASSE C20/25 (NP ENV 206) ++++ FIOS DE AÇO BETÃO C O M P
NORMAL • CLASSE C20/25 (NP ENV 206) ++++ FIOS DE AÇO BETÃO C O M P

NORMAL • CLASSE C20/25 (NP ENV 206) ++++ FIOS DE AÇO BETÃO C O M P

**

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC , ,
DECivil GESTEC , ,

,,

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC + + • ++++ NERVURAS MACIÇAS COM LARGURA MÍNIMA DE 10 cm PERPENDICULARES ÀS

++

++++

NERVURAS MACIÇAS COM LARGURA MÍNIMA DE 10 cm PERPENDICULARES ÀS VIGOTAS, AFASTADAS NO MÁXIMO DE 2 m, ARMADAS COM 2 VARÕES DE AÇO ACIMA DAS VIGOTAS (EM GERAL 2φφφφ12) FUNÇÃO: CONTRAVENTAR TRANSVERSALMENTE AS LAJES

COM 2 VARÕES DE AÇO ACIMA DAS VIGOTAS (EM GERAL 2 φφφφ 12) FUNÇÃO: CONTRAVENTAR TRANSVERSALMENTE
COM 2 VARÕES DE AÇO ACIMA DAS VIGOTAS (EM GERAL 2 φφφφ 12) FUNÇÃO: CONTRAVENTAR TRANSVERSALMENTE
COM 2 VARÕES DE AÇO ACIMA DAS VIGOTAS (EM GERAL 2 φφφφ 12) FUNÇÃO: CONTRAVENTAR TRANSVERSALMENTE
COM 2 VARÕES DE AÇO ACIMA DAS VIGOTAS (EM GERAL 2 φφφφ 12) FUNÇÃO: CONTRAVENTAR TRANSVERSALMENTE

--

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC + + • ZONAS MACIÇADAS - RESISTÊNCIA A MOMENTOS NEGATIVOS

++

ZONAS MACIÇADAS - RESISTÊNCIA A MOMENTOS NEGATIVOS

DECivil GESTEC + + • ZONAS MACIÇADAS - RESISTÊNCIA A MOMENTOS NEGATIVOS
DECivil GESTEC + + • ZONAS MACIÇADAS - RESISTÊNCIA A MOMENTOS NEGATIVOS
DECivil GESTEC + + • ZONAS MACIÇADAS - RESISTÊNCIA A MOMENTOS NEGATIVOS

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC + + • LIGAÇÃO LATERAL COM MACIÇAMENTO (LIGAÇÃO DA VIGA COM O PAVIMENTO CONTÍGUO)

++

LIGAÇÃO LATERAL COM MACIÇAMENTO

(LIGAÇÃO DA VIGA COM O PAVIMENTO CONTÍGUO)

NOTA: DEVE SER MACIÇADO 40 cm PARA CADA LADO DO APOIO

NOTA: DEVE SER MACIÇADO 40 cm PARA CADA LADO DO APOIO LIGAÇÃO LATERAL SEM MACIÇAMENTO (LIGAÇÃO

LIGAÇÃO LATERAL SEM MACIÇAMENTO

(LIGAÇÃO DE REMATE COM UMA VIGOTA)

APOIO EM VIGA COM CONTINUIDADE

CADA LADO DO APOIO LIGAÇÃO LATERAL SEM MACIÇAMENTO (LIGAÇÃO DE REMATE COM UMA VIGOTA) APOIO EM
CADA LADO DO APOIO LIGAÇÃO LATERAL SEM MACIÇAMENTO (LIGAÇÃO DE REMATE COM UMA VIGOTA) APOIO EM

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC + + • RECOMENDÁVEL A EXISTÊNCIA DE UMA ARMADURA CAPAZ DE ABSORVER OS ESFORÇOS

++

RECOMENDÁVEL A EXISTÊNCIA DE UMA ARMADURA CAPAZ DE ABSORVER OS ESFORÇOS DE TRACÇÃO (CONTROLO DE FENDILHAÇÃO)

LIGAÇÃO LATERAL SEM MACIÇAMENTO

(LIGAÇÃO DE REMATE COM DUAS VIGOTAS)

SEM MACIÇAMENTO (LIGAÇÃO DE REMATE COM DUAS VIGOTAS) LIGAÇÃO LATERAL COM MACIÇAMENTO (LIGAÇÃO A CINTA DE

LIGAÇÃO LATERAL COM MACIÇAMENTO

(LIGAÇÃO A CINTA DE COROAMENTO)

LIGAÇÃO LATERAL COM MACIÇAMENTO (LIGAÇÃO A CINTA DE COROAMENTO) LIGAÇÃO DE REMATE COM UMA VIGOTA E

LIGAÇÃO DE REMATE COM UMA VIGOTA E BLOCO MAIS LARGO

LIGAÇÃO LATERAL COM MACIÇAMENTO (LIGAÇÃO A CINTA DE COROAMENTO) LIGAÇÃO DE REMATE COM UMA VIGOTA E

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC + + • 4444 REFORÇO DA ARMADURA DE DISTRIBUIÇÃO COLOCAÇÃO DE VIGOTAS SUPLEMENTARES •

++

4444

REFORÇO DA ARMADURA DE DISTRIBUIÇÃO COLOCAÇÃO DE VIGOTAS SUPLEMENTARES

DE DISTRIBUIÇÃO COLOCAÇÃO DE VIGOTAS SUPLEMENTARES • ++++ (EQUIPAMENTOS) ABOBADILHAS NÃO POSSUEM
DE DISTRIBUIÇÃO COLOCAÇÃO DE VIGOTAS SUPLEMENTARES • ++++ (EQUIPAMENTOS) ABOBADILHAS NÃO POSSUEM

++++ (EQUIPAMENTOS)

ABOBADILHAS NÃO POSSUEM RESISTÊNCIA SUFICIENTE PEÇAS APROPRIADAS (NO PAVIMENTO)

NERVURAS TRANSVERSAIS (DIMENSIONADAS)

ELIMINAÇÃO DE UMA OU MAIS ABOBADILHAS ENTRE VIGOTAS

(NO PAVIMENTO) • NERVURAS TRANSVERSAIS ( DIMENSIONADAS) ELIMINAÇÃO DE UMA OU MAIS ABOBADILHAS ENTRE VIGOTAS
(NO PAVIMENTO) • NERVURAS TRANSVERSAIS ( DIMENSIONADAS) ELIMINAÇÃO DE UMA OU MAIS ABOBADILHAS ENTRE VIGOTAS
(NO PAVIMENTO) • NERVURAS TRANSVERSAIS ( DIMENSIONADAS) ELIMINAÇÃO DE UMA OU MAIS ABOBADILHAS ENTRE VIGOTAS

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC + + • CONSOLAS MACIÇAS COM INTERRUPÇÃO DAS VIGOTAS NO PAVIMENTO CONSOLA PERPENDICU- LAR

++

CONSOLAS MACIÇAS

DECivil GESTEC + + • CONSOLAS MACIÇAS COM INTERRUPÇÃO DAS VIGOTAS NO PAVIMENTO CONSOLA PERPENDICU- LAR
DECivil GESTEC + + • CONSOLAS MACIÇAS COM INTERRUPÇÃO DAS VIGOTAS NO PAVIMENTO CONSOLA PERPENDICU- LAR

COM INTERRUPÇÃO DAS VIGOTAS NO PAVIMENTO

CONSOLA PERPENDICU- LAR ÀS VIGOTAS

(LIGAÇÃO LATERAL)

+ • CONSOLAS MACIÇAS COM INTERRUPÇÃO DAS VIGOTAS NO PAVIMENTO CONSOLA PERPENDICU- LAR ÀS VIGOTAS (LIGAÇÃO
+ • CONSOLAS MACIÇAS COM INTERRUPÇÃO DAS VIGOTAS NO PAVIMENTO CONSOLA PERPENDICU- LAR ÀS VIGOTAS (LIGAÇÃO

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC 0 As lajes de pré-lajes são constituídas por: - painéis de pré-laje - h

0

As lajes de pré-lajes são constituídas por:

- painéis de pré-laje

- h = 4 a 5 cm, L = 0,7 a 2,5 m

- armadura nas direcções longitudinal (ordinária ou pré- esforçada) e transversal - armadura de suspensão e solidarização em treliça (“treillis”)

- camada de betão complementar

- armadura superior de distribuição (em zona corrente)

- armadura superior de continuidade (sobre os apoios)

- armadura superior de distribuição (em zona corrente) - armadura superior de continuidade (sobre os apoios)

0 5 DECivil GESTEC ARMADURA DE DISTRIBUIÇÃO As lajes executadas com pré-lajes devem possuir, na
0 5
DECivil
GESTEC
ARMADURA DE DISTRIBUIÇÃO
As lajes executadas com pré-lajes
devem possuir, na camada de betão
complementar, uma armadura de
distribuição de área não inferior ao
referenciado no documento de
homologação.
Pré-lajes a betonar juntamente com a viga
AMARRAÇÃO DAS PRÉ-LAJES
Nos pavimentos a betonar juntamente com as vigas que os suportam,
as pré-lajes deverão ser apoiadas na cofragem das vigas. As
armaduras, principal e complementar, deverão ser prolongadas para
dentro da viga, de forma a garantir o comprimento de amarração
adequado.
))
DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC

DECivil GESTEC 0 5 APOIOS SIMPLES Nos apoios simples, deve existir uma armadura junto à face

0 5

APOIOS SIMPLES Nos apoios simples, deve existir uma armadura junto à face superior do pavimento, constituída por varões espaçados no máximo de 250mm e com um comprimento de L/10, contado a partir da face do apoio do pavimento. Esta armadura, no caso de não existir momento flector no apoio, deve ser calculada para um valor de 15% do momento resistente último de cálculo.

flector no apoio, deve ser calculada para um valor de 15% do momento resistente último de

Apoio simples

**

DECivil GESTEC
DECivil
GESTEC
<