Você está na página 1de 34

RELAÇÕES ENTRE

CONCEITOS
 Equivalência
 Hierárquicas
 Associativas
 Oposição
Relações entre conceitos
• A análise dos conceitos representados
por termos, constitui a base para se
estabelecer as relações nos tesauros.
• Um dos postulados do tesauro é que os
conceitos de uma área se inter-
relacionam formando um sistema. Não
existe conceito isolado: ele está
sempre relacionado com, pelo menos,
um outro conceito.
Relações entre conceitos
 Uma relação é uma associação entre duas ou
mais entidades ou classes de entidades.
 Conceitos são os tijolos de uma estrutura
conceitual, as relações entre eles são o
cimento que os mantêm juntos.
(Bean;Green;Myaeng, 2002)
RELAÇÕES DE
EQUIVALÊNCIA
Relações de equivalência (identidade)
• Quando o conceito pode ser representado por vários
símbolos distintos ou quando se quer reduzir, por
questões pragmáticas, os níveis de implicação
conceitual, estabelecem-se as relações de
equivalência semântica.
Relações de equivalência (identidade)
• Estas relações, ou remissivas, são utilizadas para:
 Indicar o termos preferido
 Remeter de um termo específico para um mais genérico
 Indicar a preferência ortográfica ou explicar a Sigla
 Aconselhar o uso de dois termos para expressar um conceito

• Essas relações irão controlar as dispersões semânticas:


Dispersão léxica
 Sinônimos
(Professor e Docente)

 Quase sinônimos
(Linguagem documentária e Tesauro)
Relações de equivalência (identidade)
• Dispersão simbólica
 Grafias diferentes (conceptual e conceitual)
 Abreviaturas (USP e Universidade de São Paulo)
 Razão social e Nome fantasia (
 Tradução (software e programas)

• Dispersão sintática
 Coordenação (ensino e ensino/aprendizagem)
 Gênero e número (aluno e aluna; casa e casas)
Relações de equivalência

• Junto às relações de equivalência são


estabelecidas as relações de pertinência, que
envolvem o estabelecimento de um termo
padrão ou termo preferido, com conceito e
escopo bem definidos.
• Desta forma, fica instituído que o termo padrão
será pertinente e seus sinônimos proibidos. Isto
impede a pesquisa pelos sinônimos, mas
sempre remete o usuário, ao utilizar um termo
proibido, ao termo pertinente ou permitido.
Relações de equivalência
TESAURO

Termos
Termo 1 Termo 2
Definição: Definição:
permitidos
Escopo: Escopo: ou
preferidos

Sinônimo Sinônimo

Sinônimo Sinônimo Termos


proibidos

Sinônimo
Relações de equivalência (identidade)
• Nesse sentido, as relações de equivalência
envolvem o estudo e delimitação de termos
diferentes com um mesmo significado e termos
idênticos com significados diferentes, entre outras
relações de equivalência entre termos já
estabelecidos pela gramática das línguas, ou seja,
sinônimos, antônimos, parônimos e homônimos.

• Por isso a importância do uso de dicionários e


glossários para analisar cada termo que estará
presente no tesauro.
RELAÇÕES HIERÁRQUICAS
Relações hierárquicas (implicação)
• Se dois conceitos diferentes possuem características
idênticas e um deles possui uma característica a mais do
que o outro, então entre eles se estabelece a relação
hierárquica ou a relação gênero-espécie. Este tipo de
relação pode também ser chamada de relação de
abstração.
ÁRVORE
ÁRVORE FRUTÍFERA (todas as características da anterior +1=frutas)
MACIEIRA (todas as características da anterior +1= maçã)
Relações hierárquicas
• No conjunto das relações hierárquicas ,
devemos levar em conta o conceito de ordem e
de subordinação. A ordem deve ser observada
como uma superordenação que consiste na
possibilidade de subdivisão de uma noção
hierárquica mais alta em um certo número de
noções de nível inferior, chamadas de noções
subordinadas. (CINTRA et al., 2002)
Relações hierárquicas

Fonte: COLEPÍCOLO, E. et al. MeSH: de cabeçalho de assunto a tesauro. 2006. Disponível em: www.sbis.org.br/cbis/arquivos/994.pdf .
Acesso em: 02/09/2010
AS RELAÇÕES HIERÁRQUICAS
podem ser:
• Genéricas (gênero/espécie)
 ANIMAIS
• TE Gatos
• ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO
• TE Gatos

• Partitivas (todo/parte)
 SISTEMA SOLAR
TE Galáxias
Marte (planeta)
 BRASIL
TE São Paulo
Rio De Janeiro
Relações hierárquicas
GENÉRICAS
• Indicam um conceito que pertence à categoria do
conceito específico (a espécie) é a parte da extensão
do conceito amplo (o gênero).

TG Animais
de estimação

TE Cachorro TE Gato TE Papagaio

Coordenação
Relações hierárquicas
PARTITIVAS
• Existe entre um todo e suas partes. Em relação aos
conceitos e suas características, isso significa que o
conceito de um todo, por exemplo, um corpo, um
organismo, um sistema, inclui como suas
características os conceitos de suas partes.
ÁRVORE

Raiz Caule

Frutos Folhas

Flores
Relações hierárquicas
PARTITIVAS
• Para não confundirmos as relações genéricas e
partitivas, podemos observar as diretrizes para
elaboração de tesauros da UNESCO que reconhece
quatro tipos principais de classes que representam
relacionamento todo/parte:
• Sistemas e órgãos do corpo
• Localidades geográficas
• Disciplinas ou áreas do conhecimento
• Estruturas sociais hierarquizadas
RELAÇÕES HIERÁRQUICAS

• As relações estruturais de hierarquia são representadas


pelos símbolos:

• TG (termo genérico ou termo mais geral)


• TE (termo específico)

Em alguns sistemas podem constar:


• TGP (termo genérico partitivo)
• TEP(termo específico partitivo)
• TEG (termo específico genérico)
Classificação Hierárquica
RELAÇÕES ASSOCIATIVAS
Relações associativas

• As relações associativas entre termos de


um tesauro são aquelas que não se
enquadram nas relações hierárquicas,
nem nas de equivalência e ainda assim,
permanecem e são importantes para a
recuperação da informação.
Relações associativas

• Podem ser chamadas também de:


 Relações de afinidade
 Relações funcionais
• São indicadas por meio da abreviatura
TR (Termo relacionado).
 Há sistemas que preferem a expressão
“termo correlato – TC” ou “termo associado
– TA”, no entanto por consenso usa-se TR.
Relações associativas

• Conceito oposto
 FRIO
• TR CALOR

• Relação genética
 PAI
• TR FILHO
Relações associativas

• Coordenação (conceitos derivados de


um mesmo termo genérico)
 ABACAXI
• TG FRUTA TROPICAL
• TR BANANA
CAJU

 CAJU
•TG FRUTA TROPICAL
•TR BANANA
ABACAXI
Relações associativas

• Relação material (uma coisa dá origem


a outra)
 ENTOMOLOGIA
• TR INSETO

• Similaridade
 ENSINO
• TR TREINAMENTO
Relações associativas

• Causa e efeito
 ENSINO
• TR APRENDIZAGEM

• Relação instrumental
 PINTURA
• TR PINCEL
RELAÇÃO ASSOCIATIVA

• Processo/Etapas de um processo
 TG Ciclo de vida
TR Infância
Adolescência
Juventude
Maturidade
Velhice
Relações funcionais (interseção)

• As relações funcionais aplicam-se sobretudo a


conceitos que expressam processos. Pode-se
conhecer o caráter semântico de tais relações tendo
por base as chamadas valências semânticas dos
verbos, dando atenção aos verbos e respectivos
complementos.

• “Produção” - produto - produtor – comprador

DODEBEI (2002, p. 95)


RELAÇÕES DE OPOSIÇÃO
Relações de oposição (negação)

• A oposição entre os conceitos pode


acontecer contradição. E não atribuímos
destaque na apresentação do tesauro,
podendo aparecer tanto em categorias
distintas, quanto fazendo parte de uma
mesma estrutura hierárquica, essas
hierarquias podem ser chamadas de
dicotômicas.
Relações de oposição (negação)

• As relações de oposição podem ser das


seguintes espécies:
• Contradição = presente — ausente
• Contrariedade = branco — preto
• Gradação = favorável – neutro –
desfavorável
Obrigada!

edneia@usp.br
Exercícios

• Dê dois exemplos de cada relação:


 Equivalência
 Hierárquica
 Associativa