Você está na página 1de 6

Mauro Cesar Doneda

Elton Ogawa Chui


Helyson Viana
Rennan Henk do Vale

RELATÓRIO DAS MEDIÇÕES DE FONTES SONORAS


Trabalho II apresentado à disciplina
de Fundamentos de Controle de
Ruídos do departamento de
Engenharia Mecânica da Universidade
Federal do Paraná.

Professor Dr. Eng. Paulo H. T. Zannin

Curitiba 2010
Objetivo:
Avaliar o nível de ruído em um laboratório com um retroprojetor ligado e
tambem o nivel de ruido de um gerador de ruido.

Introdução
Dentro de uma sala de aula existem diversos tipos de ruídos, que podem
gerar desconforto á alunos e professores, a serem avaliados, nesse experimento
avaliaremos o ruído gerado por um retroprojetor ligado durante uma aula no
laboratório de conforto acústico no centropolitecnico da UFPR, assim como o ruido
gerado por um gerador de ruidos conectado a um amplificador.

Metodologia:

Materiais: Com o auxílio de um analisador sonoro (BK-2260), obteve-se o


valor de nível sonoro em 4 pontos em torno de um retroprojetor ligado e em torno
do amplificador conectado ao gerador de ruidos da Bruel & Kajer tipo 1405.

Metodos: Para a analise de niveis sonoros as medicoes dos quatro pontos


foram efetuadas a meio metro de de distancia do centro da fonte de ruido, nesse
caso ou o retroprojetor ou o gerador de ruidos, em um primeiro passo tomamos a
medida do ruido de fundo no ambiente estudado, laboratorio de conforto acustico
do centro politecnico da UFPR, para tanto desligamos todos os aparelhos do
ambiente e todos ficaram em silencio, assim foi possivel determinar o ruido de
fundo, apos isso com os aparelhos ligados fizemos as tomadas de niveis sonoros
dos 4 pontos, para a analise transferimos todos os dados salvos no aparelho para
um computador com o auxilio do programa da Bruel & Kjer type 7815.
Figura 1: retroprojetor

Figura 2: geradores de ruidos

A partir desses valores é possível encontrar o valor do ruído da fonte


subtraindo os valores obtidos da fonte do ruído de fundo utilizando a equação:

Lf= 10 Log [10 ( L ( f +rf ) / 10 ) −10 ( L ( rf ) / 10 ) ]

Com o analisador 2260 foi possivel efetuar a analise em frequencia em


tempo real porem
a média do nível sonoro para cada freqüência pôde ser obtida com a equação:

1 m 
 LP ( i ) 

 10 
L = 10 ⋅ LOG  ⋅ ∑10  

 n i =1 
 

Resultados:
Medições Leq L max L min Tempo
Ruído f. 34.1 38.2 32.4 31
M1 71.7 72.3 69.9 31
M2 70 71.2 68.7 31
M3 70.2 70.5 68.2 32
M4 69.5 70.1 67.9 31

Tabela 1: dados de Nivel Sonoro do retroprojetor em dB(A)

Medições Leq L max L min Tempo


Ruído f. 34.1 38.2 32.4 31
M1 71.7 72.3 69.9 31
M2 70 71.2 68.7 31
M3 70.2 70.5 68.2 32
M4 69.5 70.1 67.9 31

Tabela 2: Dados de Nivel Sonoro do gerador de ruidos

Assim o ruido da fonte para cada um dos pontos medidos e:

ruído da fonte Lf
F1-Rf 46.8
F2-Rf 45.7
F3-Rf 45.2
F4-Rf 45.6
Tabela 3: Ruido do Retroprojetor

Gerando um ruido da fonte equivalente de 46.1 dB(A)

ruído da fonte Lf
F1-Rf 71.7
F2-Rf 70.0
F3-Rf 70.2
F4-Rf 69.5

Tabela 4: Ruido do gerador de ruido

Gerando um ruido da fonte equivalente de 70.4 dB(A)


Os valores médios dos níveis sonoros juntamente com as respectivas freqüências
foram analisados de acordo com as curvas de avaliação de ruído apresentadas na
NBR10152, obtendo-se a curva característica para o ambiente. Este resultado foi verificado
comparando os valores médios de nível sonoro com as respectivas freqüências no gráfico.

O nível que mais se aproximou da maior curva, a definiu como característica do


ambiente.
Uma vez definida a curva (NC), verificou-se que a mesma está de acordo com a
norma para o ambiente em estudo (Escolas – Salas de aula) NC 35 - 45. Verificou-se,
também, que nível sonoro equivalente (Lq) está dentro da faixa aceitável da norma (de 40 a
50dB).

Conclusão: Com o experimento realizado pode-se verificar que o nível de ruído da sala de
aula em questão (PG – 06) está em concordância com a NBR10152.
```` ````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````````

Você também pode gostar