P. 1
Como Escrever Um Projeto de Pesquisa

Como Escrever Um Projeto de Pesquisa

|Views: 1.624|Likes:
Publicado porIgor Estrada Achá
Orientacoes básicas de Como Escrever Um Projeto de Pesquisa.
Orientacoes básicas de Como Escrever Um Projeto de Pesquisa.

More info:

Published by: Igor Estrada Achá on Nov 11, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/01/2013

pdf

text

original

´ RT LaCA - Volume 1, Serie 1, 2009

Como Escrever um Projeto de Pesquisa
´ Uma Abordagem Pratica
´ Sirlei de Fatima Albino

´ Biblioteca Setorial do Colegio Agr´cola de Camboriu ı ´ Rua: Joaquim Garcia, s/n - caixa postal 16 88340-000 - Camboriu - SC ´
Marouva Fallgatter Faqueti

´ Biblioteca Setorial do Colegio Agr´cola de Camboriu ı ´ Rua: Joaquim Garcia, s/n - caixa postal 16 88340-000 - Camboriu - SC ´

´ Durante os ultimos anos, tem-se observado que, apesar dos crescentes esforcos dos docentes pes¸ quisadores e da quantidade de informacao sobre a elaboracao de projetos cient´ficos, os discentes ¸˜ ¸˜ ı ainda apresentam muitas dificuldades na utilizacao da metodologia cient´fica. Este relat´ rio, tem ¸˜ ı o por objetivo descrever uma estrutura fundamental para a elaboracao de projetos e ante-projetos. O ¸˜ modelo pode ser usado para a elaboracao dos projetos de Trabalho de Graduacao (TG) dos dis¸˜ ¸˜ centes do Curso de Ciˆ ncia da Computacao (CC), Sistemas de Informacao (SI) e Engenharia de e ¸˜ ¸˜ Computacao (EC) assim como para os projetos/ante-projetos dos discentes dos Programas de P´ s¸˜ o Graduacao em Engenharia de Producao (PPGI) e Inform´ tica (PPGI) que se encontram vinculados ¸˜ ¸˜ a ao LaCA. Palavras-chave: metodologia cient´fica, modelo, relat´ rio, projeto de pesquisa. ı o

˜ Versao Preliminar: Para avaliacao interna do LaCA. ¸˜

Como Escrever um Projeto de Pesquisa

´ SUMARIO

´ Sumario
1 2 3 ´ O que e Pesquisa? ´ O que e um Projeto de Pesquisa? A Metodologia da Pesquisa 3.1 Tipos de pesquisa . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.2 Procedimentos T´ cnicos da Pesquisa . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . e 3.3 Instrumentos de Coleta de Dados . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Passos para a Elaboracao de um Projeto ¸˜ 4.1 O que Vou Pesquisar? . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.2 A Definicao do Problema . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ¸˜ ´ 4.3 Por que Esta Pesquisa e Importante? A Justificativa . . . . . . . 4.4 O que pretendo desenvolver? Os Objetivos . . . . . . . . . . . . 4.5 O que J´ Sei Sobre o Tema? A Revis˜ o da Literatura . . . . . . a a 4.6 Como Vou Fazer Meu Trabalho? A Metodologia . . . . . . . . 4.7 Quando Desenvolverei Cada Etapa da Pesquisa? O Cronograma 4.8 Quanto e Com o que Irei Gastar? O Orcamento e os Recursos . . ¸ 4.9 Onde pesquisei? As Referˆ ncias . . . . . . . . . . . . . . . . . e Organizacao de um Projeto ¸˜ 1 1 1 2 2 2 3 3 3 3 4 4 4 4 4 5 5

4

. . . . . . . . .

. . . . . . . . .

. . . . . . . . .

. . . . . . . . .

. . . . . . . . .

. . . . . . . . .

. . . . . . . . .

. . . . . . . . .

. . . . . . . . .

. . . . . . . . .

. . . . . . . . .

. . . . . . . . .

. . . . . . . . .

5

Relat´ rios T´ cnicos [LaCA] o e Centro de Tecnologia (CT) Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) Pr´ dio 07 - Sala 216 - Campus Universit´ rio e a 97105-900 Santa Maria - RS Brasil
tel: +55 (55) 220 9588 fax: +55 (55) 220 8030 http://www.lacawebportal.com.br

Contato: Marcos C. d’Ornellas tel: +55 (55) 32209588 http://www.lacawebportal.com.br

Secao 1 ¸˜

´ O que e Pesquisa?

1

1

´ O que e Pesquisa?

´ Pesquisa e um conjunto de acoes, propostas para encontrar a solucao de um problema, que tˆ m por base ¸˜ ¸˜ e ´ procedimentos racionais e sistem´ ticos. A pesquisa e realizada quando se tem um problema e n˜ o se tem a a informacoes para solucion´ -lo(BOAS, 2007). ¸˜ a Etapas de uma pesquisa cient´fica: ı 1. elaboracao do projeto de pesquisa (escolha do tema; revis˜ o da literatura; justificativa; formulacao ¸˜ a ¸˜ do problema; determinacao dos objetivos; metodologia; organizacao de um cronograma; definicao ¸˜ ¸˜ ¸˜ dos recursos); 2. execucao (coleta de dados, organizacao dos dados; an´ lise e discuss˜ o dos resultados; conclus˜ o); ¸˜ ¸˜ a a a 3. apresentacao dos resultados (artigo, monografia, tese, trabalho escolar, etc.). ¸˜

2

´ O que e um Projeto de Pesquisa?

Realizar um projeto de pesquisa (PP) antes de tudo significa preparar-se para executar uma acao que ¸˜ vise buscar uma resposta a uma indagacao inicial. Ele representa uma b´ ssola, indicando o norte do ¸˜ u ´ pesquisador. Ou seja, o documento chamado projeto e o resultado obtido ao se projetar no papel tudo o ´ que e necess´ rio para o desenvolvimento de um conjunto de acoes a serem executadas. a ¸˜ ´ comum entre jovens pesquisadores ou pesquisadores iniciantes, empolgar-se com algum assunto E geral querendo trabalh´ -lo como um todo. Resultado: pesquisadores, exaustos, fluxo de dados dif´cil de a ı ser analisado, pesquisa enrolada e sem objetividade... Salienta-se que qualquer pesquisa antes de ser desenvolvida, para seu sucesso e conclus˜ o positiva, a dever´ primeiro ser planejada, detalhada, analisando-se todas as possibilidades, os pr´ s e os contras, caso a o contr´ rio, corre-se o risco de iniciado o trabalho, o pesquisador perder o rumo do mesmo, desistindo ou a esbarrando em empecilhos que dificultam ou descaracterizam seus estudos. Para que isso n˜ o ocorra o interessado em desenvolver pesquisas de iniciacao cient´fica, precisa antes a ¸˜ ı ´ ´ de tudo, definir qual e a area (de preferˆ ncia aquela em que haja maior afinidade com o pesquisador), e ´ conversar com o respons´ vel pelo setor, area ou especialista no assunto, (no caso do CAC, o ideal seria a ´ uma conversa com o professor titular da disciplina relacionada a area de seu interesse), para que atrav´ s e de discuss˜ es delimite-se o problema exato, os objetivos a serem alcancados. o ¸ Lembre-se: • A pesquisa parte do tema geral para o problema espec´fico e quanto maior a especificidade, melhor ı as condicoes do trabalho a ser desenvolvido; ¸˜ • ap´ s a elaboracao do projeto e aprovacao dos orientadores, vocˆ ou a equipe respons´ vel, ir˜ o o ¸˜ ¸˜ e a a execut´ -lo, ou seja, efetivar todas as pesquisas previstas e organizar um novo documento contendo a os resultados alcancados. Este relato final poder´ ser apresentado em formato de resumo, artigo ¸ a ou trabalho escolar.

3

A Metodologia da Pesquisa

Segundo Gil (1994), a pesquisa cient´fica pode ser caracterizada de diversos tipos, procedimentos t´ cnicos ı e e t´ cnicas espec´ficas. Nesta apostila abordaremos apenas aqueles mais compat´veis ao n´vel de iniciacao e ı ı ı ¸˜ cient´fica no ensino m´ dio e t´ cnico que, obviamente, tamb´ m s˜ o utilizados em outros n´veis de estudo. ı e e e a ı

2

Marcos C. d’Ornellas

3.1

Tipos de pesquisa

Apresentamos a seguir trˆ s tipos de pesquisa b´ sicos: e a • Pesquisa Explorat´ ria - Explora um problema, procurando, atrav´ s de uma investigacao aprofuno e ¸˜ dada, esclarecˆ -lo. Pode envolver levantamento bibliogr´ fico, entrevistas com pessoas relacionae a das/conhecedoras do problema pesquisado. Ex.: O universo dos celulares. (FLORES; ROZA; THIEL, 2006.). • Pesquisa Descritiva - Descreve um problema. Atrav´ s de t´ cnicas padronizadas de coleta de dados e e (question´ rios, entrevistas, filmagens,...), procura levantar e descrever informacoes sobre o tema a ¸˜ proposto. Exemplo: Pesquisas eleitorais, perfil dos alunos do CAC. • Pesquisa Explicativa - Explica o problema estudado. Preocupa-se em responder, com base em dados coletados e estudos de campo implementados, o porquˆ dos fatos analisados. e

3.2

´ Procedimentos Tecnicos da Pesquisa

De acordo com o tipo de pesquisa escolhido, (variando conforme o problema proposto e os objetivos estabelecidos), definem-se os procedimentos t´ cnicos da pesquisa, conforme a seguir: e ´ • Pesquisa Bibliogr´ fica - E a busca por informacoes e fundamentacoes a partir de livros e artia ¸˜ ¸˜ gos cient´ficos. Um trabalho de pesquisa n˜ o deve basear-se somente em conte´ dos retirados da ı a u Internet, principalmente pela incerteza da veracidade dos mesmos, pois, vale a pena lembrar: qualquer indiv´duo pode publicar algo na rede, sem a preocupacao com a fundamentacao do que est´ ı ¸˜ ¸˜ a digitando. ´ • Pesquisa Experimental - E o desenvolvimento de um experimento, onde vari´ veis ser˜ o impostas e a a controladas, ou apenas analisadas. Ex.: Efeitos do Pastoreio Racional Voisin no sistema radicular de plantas forrageiras no Col´ gio Agr´cola de Cambori´ . e ı u • Estudo de campo - Procura atrav´ s de t´ cnicas como entrevistas, question´ rios e outros, investigar e e a a realidade de determinado grupo de acordo com o problema e os objetivos estabelecidos.

3.3

Instrumentos de Coleta de Dados

A pesquisa experimental e a pesquisa de campo utilizam coletas de dados diversificadas. Conheca a ¸ seguir alguns instrumentos: ´ • Question´ rio - e uma lista ordenada de perguntas que s˜ o respondidas na forma escrita. Pode a a conter perguntas abertas (quest˜ es subjetivas) ou fechadas (quest˜ es objetivas de assinalar); o o ´ • Entrevista - e uma conversa entre o pesquisador e pessoas previamente selecionadas. Nessa conversa pretende-se obter dados necess´ rios para melhor compreender a situacao problema da pesa ¸˜ quisa. A entrevista pode ser estruturada (ter um roteiro de perguntas pr´ -estabelecidas) ou n˜ o e a estruturada (o entrevistador tem liberdade para dirigir a entrevista de maneira informal podendo fazer alteracoes no decorrer da conversacao para melhor alcancar os objetivos proposto na pes¸˜ ¸˜ ¸ quisa); ` • observacao - se refere a coleta de dados atrav´ s da utilizacao dos sentidos para se compreender ¸˜ e ¸˜ como ocorrem determinados fenˆ menos. O pesquisador n˜ o interfere na realidade dos fatos, apeo a nas observa, registra e relata.

Secao 4 ¸˜

Passos para a Elaboracao de um Projeto ¸˜

3

4

Passos para a Elaboracao de um Projeto ¸˜

´ Para elaborar um bom projeto e importante seguir um caminho que j´ est´ consagrado pela comunidade a a de pesquisadores, que envolve desde a mobilizacao de uma id´ ia at´ a sua formatacao final. ¸˜ e e ¸˜

4.1

O que Vou Pesquisar?

Inicialmente deve-se escolher o tema, para tanto, o pesquisador dever´ observar: a 1. Afetividade em relacao ao tema (gosto pelo assunto a ser tratado) ¸˜ 2. Tempo dispon´vel para a realizacao do trabalho de pesquisa e entrega do relat´ rio ı ¸˜ o 3. Disponibilidade de orientador para acompanhar a projeto 4. Limite das capacidades do pesquisador em relacao ao tema ¸˜ 5. A importˆ ncia do tema escolhido a 6. Material de consulta e dados necess´ rios ao pesquisador a

4.2

A Definicao do Problema ¸˜

´ A capacidade de ler a realidade do cotidiano e fazer questionamentos a ela e fundamental para o sucesso de um projeto. Os melhores projetos surgem quando somos capazes de visualizar um problema no cotidiano e queremos buscar uma solucao ou uma resposta. Esse questionamento, criado pelo pesquisador, ¸˜ ir´ definir o que a pesquisa se prop˜ e a responder, esclarecer. Pode ser expresso em forma de pergunta a o ou descrito como afirmacao. Sugere-se, neste curso, que seja descrito como pergunta. ¸˜

4.3

´ Por que Esta Pesquisa e Importante? A Justificativa

´ Fazer uma justificativa significa argumentar, esclarecer, fundamentar porque o trabalho e importante, ´ tanto para a comunidade escolar, quanto para a sociedade, ou at´ mesmo para um indiv´duo. E um e ı ´ um dos pontos que mais pesa na selecao convencimento sobre o valor do projeto a ser desenvolvido. E ¸˜ de trabalhos para concorrer a bolsas ou financiamentos. Alguns pontos podem ser abordados na justificativa: • qual a importˆ ncia do tema do ponto de vista geral; a • esclarecer de forma mais detalhada o problema que o projeto vai contribuir para resolver; ´ • mostrar poss´veis relacoes do projeto com outros j´ desenvolvidos na area; ı ¸˜ a • indicar quais os benef´cios que poder˜ o ser alcancados com a execucao do projeto. ı a ¸ ¸˜ Deve-se atentar para o fato de que n˜ o deve haver respostas ou conclus˜ es ao problema proposto. a o

4

Marcos C. d’Ornellas

4.4

O que pretendo desenvolver? Os Objetivos

Deve esclarecer o que se pretende atingir com a realizacao do trabalho de pesquisa, com a implementacao ¸˜ ¸˜ do projeto. Pode ser apresentado em Objetivos Gerais e Objetivos Espec´ficos. ı • Objetivo Geral: Corresponde a finalidade maior que a pesquisa quer atingir. Deve expressar o que se quer alcancar ao final do projeto. (CRUZ; RIBEIRO, 2004) ¸ ` ¸˜ • Objetivos espec´ficos: Corresponde as acoes que se prop˜ e a executar dentro de um determinado ı o per´odo de tempo. Apresentam car´ ter mais concreto. Tem funcao intermedi´ ria e instrumental, ı a ¸˜ a indicando o caminho para se atingir o objetivo geral. (LAKATOS; MARCONI, 1991). Inicia-se com o verbo no infinitivo. Exemplo: conhecer, identificar, descobrir, caracterizar, descrever, analisar, avaliar, verificar, investigar, etc.

4.5

´ ˜ O que Ja Sei Sobre o Tema? A Revisao da Literatura

´ Toda pesquisa parte de alguns referenciais j´ conhecidos pela comunidade cient´fica. Nesta etapa e que a ı se define os conceitos utilizados e esclarece quais os autores que fundamentam o trabalho. ´ Mesmo numa pesquisa de car´ ter explorat´ rio, e fundamental que se busque em fontes documentais a o ou bibliogr´ ficas (impressas ou digitais) outras pesquisas semelhantes ou complementares j´ desenvolvia a das. Lembre-se qualquer fonte consultada deve ser anotada detalhadamente para compor as referˆ ncias e ao final do projeto.

4.6

Como Vou Fazer Meu Trabalho? A Metodologia

Explicar detalhadamente como o trabalho ser´ desenvolvido, etapa por etapa e quem participar´ de sua a a pesquisa (definicao da populacao). Explicacao sobre o tipo de pesquisa, os procedimentos t´ cnicos, as ¸˜ ¸˜ ¸˜ e t´ cnicas que ser˜ o utilizadas e como os dados ser˜ o tabulados e analisados. Informar tamb´ m sobre e a a e poss´veis materiais que ser˜ o utilizados e a equipe envolvida. ı a

4.7

Quando Desenvolverei Cada Etapa da Pesquisa? O Cronograma

Detalhamento do tempo a ser destinado a cada etapa da pesquisa. Descrever pontualmente data de in´cio, ı data de realizacao de cada fase e data de conclus˜ o/apresentacao dos trabalhos. ¸˜ a ¸˜

4.8

Quanto e Com o que Irei Gastar? O Orcamento e os Recursos ¸

Item essencial somente quando o projeto for apresentado para uma Instituicao financiadora de Projetos de ¸˜ Pesquisa ou se for necess´ rio a aquisicao de algum material, equipamento pelo CAC ou pelo pesquisador. a ` ¸˜ Podem ser divididos em: ´ • Material permanente - Aqueles que tˆ m longa vida util e ser˜ o incorporados ao patrimˆ nio. (come a o putadores, impressoras, cˆ meras digitais,...). a • Material de consumo - podem ser definidos como aqueles que ser˜ o consumidos, gastos, durante a a realizacao da pesquisa. Ex.: papel, tinta para impressora, gasolina, material de limpeza. ¸˜

Secao 5 ¸˜

Organizacao de um Projeto ¸˜

5

4.9

ˆ Onde pesquisei? As Referencias

Item obrigat´ rio e o que dar´ validade aos conceitos, teorias utilizadas. Citar qualquer fonte utilizada no o ´ a desenvolvimento do trabalho: livros, Internet, CDs, filmes, apostilas, arquivos digitais, artigo de jornais ou revistas, entrevistas... Devem ser elaborados de acordo com as normas da ABNT (vide material na p´ gina do col´ gio: a e http://bu.ufsc.br/framerefer.html).

5

Organizacao de um Projeto ¸˜
1. Introducao ¸˜ 2. Descricao/Definicao do Problema ¸˜ ¸˜ 3. Justificativa 4. Hip´ teses e Vari´ veis o a 5. Objetivos e Metas Objetivos Objetivo Geral Objetivos Espec´ficos ı Metas 6. Metodologia e Estrat´ gias de Acao e ¸˜ Metodologia Estrat´ gias e 7. Cronograma Cronograma de Atividades Cronograma F´sico-Financeiro e Orcamento ı ¸ 8. Relevˆ ncia dos Resultados e Impactos Esperados a Indicadores de Progresso do Projeto Indicadores de Resultados ao Final do Projeto Repercuss˜ o e/ou Impacto dos Resultados a 9. Riscos e Dificuldades 10. Atendimento aos Crit´ rios do Edital/Chamada/Processo Seletivo e

ˆ Referencias
´ [1] ASSOCIACAO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS. NBR 10520: informacao e ¸˜ ¸˜ documentacao: citacoes em documentos: apresentacao. Rio de Janeiro: ABNT, 2002. 7p. ¸˜ ¸˜ ¸˜ ´ [2] ASSOCIACAO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS. NBR 15287: informacao e ¸˜ ¸˜ documentacao: projeto de pesquisa: apresentacao. Rio de Janeiro: ABNT, 2005.6p. ¸˜ ¸˜

6

ˆ REFERENCIAS

´ [3] ASSOCIACAO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS. NBR 6023: ¸˜ documentacao - referˆ ncias - elaboracao. Rio de Janeiro: ABNT, 2002. 24p. ¸˜ e ¸˜

Informacao e ¸˜

[4] BOAS, V. V. PGM0101 Metodologia da pesquisa. Caxias do Sul, RS: UCS, 200-. Dispon´vel em: ı http://www.ucs.br/ccet/defq/vvbgmiss/aula1.pdf. Acesso em: 20 maio 2007. [5] CRUZ, C; RIBEIRO, U. Metodologia cient´fica: teoria e pr´ tica. 2.ed. Rio de Janeiro: Axcel Books, ı a c2004. 324p [6] DEMO, P. Pesquisa e construcao do conhecimento: metodologia cient´fica no caminho de Haber¸˜ ı mas. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1994. [7] DEMO, P. Metodologia do conhecimento cient´fico. S˜ o Paulo: Atlas, 2000. ı a [8] FLORES, M. L.; ROZA, R.J. da; THIEL, A. A. Hist´ ria dos celulares. In: o ´ ˜ ´ MOSTRA DE INICIACAO CIENTIFICA E TECNOLOGICA INTERDISCIPLI¸ NAR, 1., 2006, Camboriu. Anais... Cambori´ : u UFSC/CAC, 2006. Dispon´vel em: ı http://www.cac.ufsc.br/micti/anais/autores.html Acesso em: 10 maio 2007. [9] GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 3. ed. S˜ o Paulo: Atlas, 1994. a [10] LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. de A. Fundamentos de metodologia cientifica. 3. ed. rev. e ampl. S˜ o Paulo: Atlas, 1991. 270p. a [11] RUDIO, F. V. Introducao ao projeto de pesquisa cientifica. Petropolis: Vozes, 1978. 121p. ¸˜ [12] SANTOS, A. R. Metodologia cient´fica: a construcao do conhecimento. Rio de Janeiro: DP&A, ı ¸˜ 1999. [13] WIECZORKOVSKI, A.; CHAVES, Isaac ; SILVA, M. C. da; KERBER, R. L. Kerber. Efeitos do Pastoreiro Racional Voisin no sistema radicular de plantas forrageiras no Col´ gio e ´ Agr´cola de Cambori´ . In: MOSTRA DE INICIACAO CIENT´ ı u ¸˜ IFICA E TECNOLOGICA INTERDISCIPLINAR, 1., 2006, Camboriu. Anais... Cambori´ : UFSC/CAC, 2006. Dispon´vel em: u ı http://www.cac.ufsc.br/micti/anais/autores.html Acesso em: 10 maio 2007.

A Esta classe L TEXfoi elaborada por Marcos C. d’Ornellas

Agradecimentos
O Laborat´ rio de Computacao Aplicada (LaCA) do Centro de Tecnologia (CT) da Universidade Fedeo ¸˜ ` ral de Santa Maria (UFSM) agradece as autoras deste trabalho pelo consentimento para a publicacao ¸˜ ´ deste trabalho no contexto dos Relat´ rios T´ cnicos do LaCA. Esta iniciativa e suportada pelos Projetos o e CAPES/Pr´ -Equipamentos e CAPES/PROCAD. o

´ ´ Relatorios Tecnicos [LaCA]
Este texto faz parte da s´ rie de relat´ rios t´ cnicos do Laborat´ rio de Computacao Aplicada (LaCA) do e o e o ¸˜ Centro de Tecnologia (CT) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Dentro desta s´ rie, os e seguintes relat´ rios est˜ o dispon´veis: o a ı O arquivo lacareport1.bbl n˜ o foi encontrado. a Voce poder´ solicitar c´ pias dos relat´ rios diretamente com o autor. A maioria destes relat´ rios pode ser a o o o encontrado na p´ gina do LaCA. (Veja na parte interna da capa). a

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->