Você está na página 1de 3

OBSERVAÇÕES:

Universidade Nova de Lisboa - A duração da prova é de 3H00


Faculdade de Ciências e Tecnologia - É permitida a consulta apenas do Formulário
Departamento de Engenharia Civil - Resolva todas os grupos em folhas separadas
- Identifique todas as folhas com o nome e nº de aluno
- Justifique todas as respostas

Resistência de Materiais II
Licenciatura em Engenharia Civil

Exame de Recurso – 10 de Julho de 2007

1º Grupo [6.0 valores]

Considere a estrutura representada na figura seguinte (admita que não existe


plastificação por esforço axial).

(2.0) a) Com base no teorema da análise limite desenhe os mecanismos possíveis


associados à estrutura representada na figura, indicando todos os
elementos necessários à sua perfeita definição (rotações e
deslocamentos).

(2.0) b) Calcule os momentos de plastificação associados a cada mecanismo de


plastificação e determine o mecanismo de colapso.

(2.0) c) Considere que a secção da barra CF se encontra representada na figura


seguinte. Determine a altura H por forma a que a secção plastifique para
um momento de 250 kNm (fyA=355MPa).
Resistência de Materiais II Exame de Recurso – 10 de Julho de 2007

2º Grupo [6.0 valores]

Considere a estrutura em aço representada na Figura (E=210 GPa; G=80 GPa),


constituída por duas barras com a secção representada, um apoio cilíndrico (A) e um
apoio fixo (D). A carga concentrada em B está aplicada de acordo com a
representação na secção transversal e a carga distribuída na barra CD encontra-se
aplicada no centro de corte da secção.

Secção transversal

(0.5) a) Calcule a posição do centro de gravidade da secção.


(2.0) b) Trace os diagramas de esforços da estrutura.
(1.5) c) Desenhe os diagramas das tensões tangenciais actuantes no secção B
(Considere que Ix = 2.79x10-4 m2).
(1.0) d) Desenhe os diagramas das tensões normais na secção B.
(1.0) e) Verifique as tensões máximas na barra AC de acordo com o critério de
Tresca, considerando σseg=250MPa.

3º Grupo [3.0 valores]

(1.5) a) Justifique porque razão a teoria elementar do corte não é exacta.

(1.5) b) Explique porque razão e em que situações no dimensionamento de peças


à encurvadura se considera que o coeficiente de redução χ pode ser igual
à unidade.
Resistência de Materiais II Exame de Recurso – 10 de Julho de 2007

4º Grupo [5.0 valores]

Considere a estrutura metálica representada na Figura em que o nó B não está


impedido de se deslocar perpendicularmente ao plano da estrutura.

Secção da barra AB
a

α
α

(2.0) a) Calcule a carga crítica da estrutura, admitindo que:


• as barras BC e CD são totalmente rígidas;
• a=2.5m;
• L=4m

b) Considerando agora que a secção da barra CD é um coroa circular em aço


S235 com as seguintes propriedades: I=1980cm4 e A=52,2cm2:
(2.0) b1) Calcule a carga máxima que pode ser aplicada à estrutura de acordo
com o EC3 (a=2.5m).
(1.0) b2) Calcule o ponto de aplicação a da carga Pu, de forma a que a rotura
(de acordo com o EC3) das barras AB e CD seja simultânea. Indique o
valor de Pu.