Você está na página 1de 5

ESCOLA E.B.

2/3 FERNANDO CALDEIRA


Departamento de Línguas

6º ano  Língua Portuguesa

Teste de compreensão da leitura sobre O Rei Rique e Outras Histórias, de Ilse Losa

Nome: Nº: Turma:


Avaliação:
Professora: Enc. Educação:

Assinala estas frases VERDADEIRAS (V) ou FALSAS (F), baseando-te nas histórias que leste.

A. Rei Rique
V/F

1 O Rei Ciro, o Terceiro, era conhecido pelo povo de Okanom, como o Rei-Molengão.

2 Quando o Rei Ciro faleceu, a sua real esposa, a Rainha Cremilde, morreu de desgosto.

3 O Rei Rique, o Primeiro, era neto do rei Ciro, o Terceiro.

4 Como antes dele apenas um rei se chamara Rique, passou a ser Rei Rique, o Primeiro.

5 Os membros da Corte temiam perder as suas regalias e serem substituídos por pessoas
mais do agrado do Rei Rique.
6 O Rei Rique, moço de bom senso e de muito saber achava que a Lealdade se manifesta
por meio de vénias e lisonjas.
7 O Rei Rique não se divertiu no banquete do seu aniversário.

8 Não era comum que um rei se baixasse para apanhar coisas do chão.

9 Para agradar ao rei, os membros da Corte atiraram, ao ar, alfinetes, anéis, diademas e
colares.
10 Perante tal confusão, o Rei Rique não os despediu, elogiando o seu comportamento.

B. O País da Cucanha

1 O País da Cucanha foi descoberto por um glutão e por um pobretão.

2 No País da Cucanha há muita comida apetitosa à disposição de todos os seus habitantes.


ESCOLA E.B. 2/3 FERNANDO CALDEIRA
Departamento de Línguas

3 Todos os que lá vivem matam-se a trabalhar e a estudar horas a fio.

4 Este país fica a um milhar de quilómetros por detrás do Ano Novo e é preciso comprar
um bolo-rei para lá se poder entrar.

C. Dandy

1 Dandy era um cão de raça que descendia de dois rafeiros.

2 Dandy, com um ano e meio de idade, foi oferecido a um menino chamado Ferdinando.

3 Dandy, em casa do seu dono, roeu os pés da cama e os sapatos do avô, despedaçou o
baton da mãe e comeu a caneta do pai.
4 Zangados, os pais de Ferdinando entregaram o Dandy a um lavrador, para lhe guardar a
quinta.
5 Dandy, muito triste, fugiu da quinta e regressou a acsa de Ferdinando, mais amadurecido
e ajuizado.

D. Bisavô e Bisavô

1 O bisavô do Arturinho também se chamava Artur.

2 O Arturinho conheceu o seu bisavô através de um filme velho que a mãe encontrou numa
gaveta de secretária.
3 O Arturinho pediu ao seu pai para lhe tirar uma fotografia e à sua mãe para a guardar
na gaveta de secretária.

E. A História que Joana Escreveu

1 Joana, farta de fazer cópias, decidiu escrever uma história inventada por ela.

2 Esta história tinha cinco personagens: a mãe, um pintassilgo, um guarda-chuva, uma


begónia cor-de-rosa e uma violeta.
3 Joana ficou desiludida com os comentários da professora e, por isso, não teve coragem
de mostrar a sua história aos pais.
4 Joana decidiu não inventar mais histórias, porque só o seu cão Ali tinha gostado da que
ela escreveu.
ESCOLA E.B. 2/3 FERNANDO CALDEIRA
Departamento de Línguas

6º ano  Língua Portuguesa

Teste de compreensão escrita sobre O Rei Rique e Outras Histórias, de Ilse Losa

Nome: Nº: Turma:


Avaliação:
Professora: Enc. Educação:

Assinala estas frases VERDADEIRAS (V) ou FALSAS (F), baseando-te nas histórias que leste.

A. Rei Rique
V/F

1 O Rei Ciro, o Terceiro, era conhecido pelo povo de Okanom, como o Rei-Molengão.
V
2 Quando o Rei Ciro faleceu, a sua real esposa, a Rainha Cremilde, morreu de desgosto.
V
3 O Rei Rique, o Primeiro, era neto do rei Ciro, o Terceiro. F

4 Como antes dele apenas um rei se chamara Rique, passou a ser Rei Rique, o Primeiro. F

5 Os membros da Corte temiam perder as suas regalias e serem substituídos por pessoas V
mais do agrado do Rei Rique.
6 O Rei Rique, moço de bom senso e de muito saber achava que a Lealdade se manifesta F
por meio de vénias e lisonjas.
7 O Rei Rique não se divertiu no banquete do seu aniversário. V

8 Não era comum que um rei se baixasse para apanhar coisas do chão. V

9 Para agradar ao rei, os membros da Corte atiraram, ao ar, alfinetes, anéis, diademas e F
colares.
10 Perante tal confusão, o Rei Rique não os despediu, elogiando o seu comportamento. F

B. O País da Cucanha

1 O País da Cucanha foi descoberto por um glutão e por um pobretão.


F
ESCOLA E.B. 2/3 FERNANDO CALDEIRA
Departamento de Línguas

2 No País da Cucanha há muita comida apetitosa à disposição de todos os seus habitantes. V

3 Todos os que lá vivem matam-se a trabalhar e a estudar horas a fio. F

4 Este país fica a um milhar de quilómetros por detrás do Ano Novo e é preciso comprar F
um bolo-rei para lá se poder entrar.

C. Dandy

1 Dandy era um cão de raça que descendia de dois rafeiros. F

2 Dandy, com um ano e meio de idade, foi oferecido a um menino chamado Ferdinando. V

3 Dandy, em casa do seu dono, roeu os pés da cama e os sapatos do avô, despedaçou o F
baton da mãe e comeu a caneta do pai.
4 Zangados, os pais de Ferdinando entregaram o Dandy a um lavrador, para lhe guardar a V
quinta.
5 Dandy, muito triste, fugiu da quinta e regressou a acsa de Ferdinando, mais amadurecido V
e ajuizado.

D. Bisavô e Bisavô

1 O bisavô do Arturinho também se chamava Artur. V

2 O Arturinho conheceu o seu bisavô através de um filme velho que a mãe encontrou numa F
gaveta de secretária.
3 O Arturinho pediu ao seu pai para lhe tirar uma fotografia e à sua mãe para a guardar V
na gaveta de secretária.

E. A História que Joana Escreveu

1 Joana, farta de fazer cópias, decidiu escrever uma história inventada por ela. V

2 Esta história tinha cinco personagens: a mãe, um pintassilgo, um guarda-chuva, uma F


begónia cor-de-rosa e uma violeta.
3 Joana ficou desiludida com os comentários da professora e, por isso, não teve coragem V
de mostrar a sua história aos pais.
ESCOLA E.B. 2/3 FERNANDO CALDEIRA
Departamento de Línguas

4 Joana decidiu não inventar mais histórias, porque só o seu cão Ali tinha gostado da que V
ela escreveu.