P. 1
ECOCERT - Manual Do Operador (v07)

ECOCERT - Manual Do Operador (v07)

|Views: 123|Likes:
Publicado porrvbco2

More info:

Published by: rvbco2 on Nov 14, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/14/2010

pdf

text

original

            

MANUAL DO OPERADOR  PARA CERTIFICAÇÃO ECOCERT 
        Documento de orientação para os clientes    ECOCERT, sobre os procedimentos de contratação,    inspeção e certificação de serviços e produtos.    A reprodução parcial ou total deste documento só  pode ser feita mediante autorização expressa da    certificadora.        Este manual é considerado parte do sistema de  qualidade da Ecocert Brasil, validado pela Ecocert.  S.A.     

 
www.ecocert.com.br 

  Turquia.A  e certifica  mais  de  3.  Romênia. Colômbia.    Naturalmente  este  documento  está  longe  de  esgotar  o  assunto  e  nem  essa  foi  nossa  intenção. Japão.     A  ECOCERT  BRASIL  foi  constituída  em  2001.09.700.  Nele  você  pode  tirar  as  principais  e  mais  freqüentes  dúvidas  acerca  do  processo  de  contratação. elaboramos  este  pequeno  manual.    O  grupo  possui  as  acreditações  que  permitem  acesso  pleno  dos  produtos  a  todos  os  principais mercados mundiais.Rosa de Lima/SC Nome arquivo Autor Verificação Aprovação MO(v07)_manual_do_operador Difusão: ECOCERT BRASIL Nº / Data 1º.10. perfazendo uma presença em mais de 80 países.  Sérvia. nossos telefones e contatos:  Fone/Fax: (48) 3232.      Primeiramente  agradecemos  pela  escolha  da  ECOCERT  para  certificar  seu  projeto. Japão  e Coréia.com.ecocert.  inspeção  e  certificação  dos  seus  produtos  ou  serviços. versão 01. Canadá.Schuch L.  Espanha.     Cerca  de  80. tais como: Brasil. União Européia.br  ECOCERT BRASIL Rua Germano Hermesmeyer s/n 88763-000 S.  com  participação  da  ECOCERT  S.000  empresas  são  certificadas  nos  diferentes  países.  Burkina  Faso.     A  ECOCERT  BRASIL  atua  em  todo  o  território  nacional  e  obtém  seus  recursos  financeiros única e  exclusivamente através dos projetos de certificação  por ela  desenvolvidos.000  produtores  (agricultores  e  extrativistas)  com  cerca  de  1. Selecionamos os tópicos mais  importantes ou pelo menos. aqueles que com  mais freqüência aparecem no dia a dia das relações com nossos clientes. Índia. China.com.2007 2  Nº/ Data ultima versão 07.  recomendamos  uma  leitura  atenta  dos  regulamentos  e  orientações  escritas.Schmidt A.  Madagascar. o que certamente facilitará seus contatos e trocas  comerciais.  Além de escritórios e representantes.  Desejamos que esta parceria seja duradoura!    A  ECOCERT  é  uma  marca  reconhecida  mundialmente  e  está  presente  nos  cinco  continentes.8033 ­ E.2010 V.ecocert.  Marrocos.br  .mail geral: ecocert@ecocert.  Tunísia.  Você  agora  pode  se  beneficiar  dessa  rede  de  milhares  de  produtores  e  empresas certificados mundo afora.  Portugal.01.0000  hectares  controlados  no  Brasil.01.    Para  um  conhecimento  mais  aprofundado.  Sociedades  Ecocert  locais  existem  atualmente  na  França.  Possuímos  um  quadro  de  inspetores  qualificados para inspeções nacionais e internacionais.  Alemanha. Estados Unidos. Equador e Brasil.    Para melhor informá­lo sobre o passo a passo do processo de certificação.com.br  Para quaisquer informações adicionais.  África do Sul.APRESENTAÇÃO  Prezado Cliente. Estados Unidos.Mazzon   www.000  produtores  e  5.  colocados  à  disposição  de  todos  em  nosso  website: www.

com.  Mercado  Europeu  (Reg.)..  Documento  emitido  a  cada  venda  de  produto  certificado.  níveis  de  poluição  além  dos  níveis  tolerados  (metais  pesados. plantas.  quantidades/volumes.  As  análises  são  normalmente  realizadas por laboratórios terceirizados. credenciados.).  Procedimento  utilizado  para  maior  garantia  do  processo  de  certificação quanto à ausência de resíduos de pesticidas de síntese  química.  rotulagem.  Mercado  Japonês  (regras  JAS)  ou certificação múltipla (vários regulamentos).  permanecendo  uma  com  o  operador  e  outra  com  a  certificadora.  sendo  uma  enviada  ao  laboratório..TERMOS UTILIZADOS  Auditoria/  Inspeção  Verificação  “in  loco”.br  .  Serve  para  rastrear a mercadoria (confirmar a origem e destino) e comprovar  que  o  lote  em  questão  refere­se  ao(s)  produtos(s)  orgânicos(s)  e  se  está  certificado. a período de validade e o regulamento segundo o qual os  produtos foram certificados.  Documento emitido após todo o processo de certificação concluído.  água.  Documentos  de  diversos  teores.  micotoxinas.  Nele consta o nome e endereço do operador.  que  produtos  e  serviços  determinados  atendem  os  requisitos  do(s)  regulamento(s)  para  os  quais  foi  proposta  a  certificação:  Mercado  Brasileiro  (Lei  10831/03).  a)Coleta de material para análises (solo. sementes. Normalmente são coletadas três amostras na presença do  operador.  radioatividade.  do  produto  (nome/marca).  exigidos  pelos  regulamentos  orgânicos  como  evidências  do  cumprimento  de  exigências  dos  mesmos ou  para  acordar  uma  derrogação  sobre  uma exigência  de    Amostragem  Análises de  laboratório  Certificação  Certificado de  Conformidade  Certificado de  transação  Declarações e  anexos    www.  para  eventual  necessidade de contra análise em caso de dúvida. do comprador.ecocert. Em caso de  controvérsia  sobre  um  resultado.  Esse  documento  é  emitido  pela  certificadora  mediante  solicitação  do  operador  (vendedor)  e  não  tem  custo  adicional. o nome e endereço da  certificadora.  análise  de  confirmação  é  realizada em contra amostra.  como  terceira  parte  independente  e  imparcial.  de  organismos  geneticamente  modificados  (OGM).  a  data  de  emissão.  Nele  constam as informações do produtor.  procedimentos  de  separação e registros que garantam a rastreabilidade dos produtos.  Mercado  Norte  Americano  (National  Organic  Program  ­  NOP).  Processo  pelo  qual  a  certificadora  expressa.  nº  nota  fiscal/fatura.  por  um  auditor/inspetor  habilitado. do  vendedor.  CE  834/2007). Nas vendas no mercado interno este documento pode ser  substituído pela Declaração de Venda.  nº  documento  de  embarque.  a  relação  dos  produtos  certificados.  etc.  b)Procedimento  estatístico  para  determinar  o  número  de  produtores/  propriedades  a  visitar  nos  casos  de  inspeção  por  amostragem  em  grupos  de  pequenos  produtores  organizados  ou  terceirizados em projetos maiores.  nº  lote(s). frutos.  de  todos  os  locais  e  procedimentos  de  produção  e/ou  processamento  e/ou  estocagem  e/ou  comercialização.

  será  considerada orgânica. em sistema  orgânico  sem  uso  de  adubos  ou  pesticidas  não  autorizados  (ex:  adubos  ou  pesticidas  não  listados  nos  anexos  I  e  II  do  Reg.  Procedimento.  cooperativa.  Produtor  orgânico  (individual.  registro.  declaração  de  que  a  coleta  extrativa  de  determinada  planta.  As  não  conformidades  podem.  Pastagens:  Serão  consideradas  orgânicas  após  12  meses  de  manejo orgânico.  Os  tempos  são diferentes conforme os diversos regulamentos:  Regulamento nacional (Lei 10831/03)  Cultivos  anuais:  A  produção  resultante  do  primeiro  plantio  em  determinada  área.  Animais:  Período  de  conversão  em  função  das  espécies. fotos.   Tempo  durante  o  qual  as  exigências  dos  regulamentos  orgânicos  são respeitadas para  a passagem de uma agricultura convencional  a uma agricultura orgânica.  criação  de  animais  ou  de  produtos  animais.  associação.ecocert.com..  não  disponibilidade  de  sementes  orgânicas.  estocagem  e  comercialização  de  produtos  orgânicos  em  desacordo  com  as  exigências  dos  regulamentos.  processamento.  Documento  elaborado  pela  equipe  de  certificação.  semente  ou  parte  de  planta  não  afeta  o  habitat  nem  a  sobrevivência  da  espécie  coletada.  em  função  dos  resultados  registrados  no  relatório  de  inspeção.  onde  uma  proposição  de  certificação  dos  produtos  ou  serviços  é  feita.  ser  classificadas  em  três  níveis  conforme  sua  gravidade:  menores.  insumo.  empresa.  Uma  solicitação  de  redução  do  período  de  conversão  poderá  ser  feita  desde  que  possam  ser  apresentados  elementos  de  prova  de  que  a  parcela  foi  manejada  em  sistema  orgânico  nos  últimos  18  meses  (culturas  perenes)  ou  12  meses  (culturas  anuais  e  pastagem)  (croquis  identificando  a  parcela.  em  grupo  de  produtores.  documentação  disponível.  www. de  pastagem.  rotulagem  ou  outro  item  qualquer  na  produção.  Cultivos  perenes:  A  produção  resultante  da  primeira  colheita  em  determinada  área. em uma área de produção vegetal.Decisão de  certificação/  notificação de  revisão do  relatório  Grade de  sanções  Não  conformidade  Operador  Período de  conversão  difícil cumprimento.).  Pode  variar  desde uma advertência até o cancelamento da certificação.  A  revisão  do  relatório  é  igualmente  assinada  pelo  operador  e  pela  ECOCERT.  declarações  de  órgãos  oficiais ou associativos.  Estabelece  as  diversas  medidas  em  função  das  diversas  não  conformidades  e  respectivos  graus  de  importância.  após  18  meses  de  manejo  orgânico..  CE  889/2008 para as certificações conforme o regulamento europeu).  O  mesmo  que  cliente.  resultados  de  análises  de  laboratório. Pode ser uma declaração de ausência de OGM  em  sementes.  será  considerada orgânica.  médias  ou  maiores  (detalhes  podem  ser  visualizados no Anexo I deste Manual).  após  12  meses  de  manejo  orgânico.  declaração  de  que  uma  determinada área foi manejada. Quem assina o contrato com a certificadora.br    .  de  modo  geral.  distribuidor.  condomínio).  produto. nos últimos 36 meses.  Favor  consultar o serviço de certificação.  transporte.

  transporte. em cooperação com a Humane Farm  Animal Care dos Estados Unidos). independentemente dos cultivos.Regulamentos  orgânicos  Referencial  privado  Relatório de  inspeção  Regulamento europeu (CE 834 / 2007.  Uma  solicitação  de  redução  do  período  de  conversão  poderá  ser  feita  desde  que  possam  ser  apresentados  elementos  de  prova  de  que  a  parcela  foi  manejada  em  sistema  orgânico  nos  últimos  36  meses  (culturas  perenes)  ou  24  meses  (culturas  anuais  e  pastagem)  (croquis  identificando  a  parcela.  Cultivos  perenes:  A  produção  resultante  da  primeira  colheita  em  determinada  área.com. CE 889/2008).  será  considerada orgânica.  regras  para  produção. artigos 36.  Regulamento norte americano (NOP Rules):  Um período de conversão de 36 meses é exigido para todas as  terras.  será  considerada orgânica..).  estocagem.  após  24  meses  de  manejo  orgânico. Reg.  Normas  privadas.  em  acordo  com  o(s)  www.  Reg.  Cultivos  perenes:  A  produção  resultante  da  primeira  colheita  em  determinada  área.  Animais:  Período  de  conversão  em  função  das  espécies.  Animais:  Período  de  conversão  em  função  das  espécies.  onde  é  registrado  o  que  foi  constatado  durante  a  visita  de  inspeção  (lista  de  produtos  a  certificar.  Pastagens:  Serão  consideradas  orgânicas  após  24  meses  de  manejo orgânico. entre outros.  processamento.br    . fotos.  não  conformidades. 37 e 38. Regras JAS.).  CE  834/  2007  e  seus  regulamentos  de  aplicação  (especialmente Reg.  Pastagens:  Serão  consideradas  orgânicas  após  24  meses  de  manejo orgânico. Regras NOP ­ National Organic  Program.  Regulamento japonês (JAS Rules):  Cultivos  anuais:  A  produção  resultante  do  primeiro  plantio  em  determinada  área.  após  36  meses  de  manejo  orgânico.  rotulagem  dos  produtos  orgânicos.  Textos  oficiais  onde  constam  os  procedimentos  de  inspeção  e  certificação.  Favor  consultar o serviço de certificação. CE  889/2008)  Cultivos  anuais:  A  produção  resultante  do  primeiro  plantio  em  determinada  área. conforme o destino dos produtos certificados.  será  considerada orgânica..  será  considerada orgânica (se o plantio é feito após 24 meses).  após  24  meses  de  manejo  orgânico.  declarações  de  órgãos  oficiais ou associativos.  para  atestação  de  conformidade  de  produtos  e  serviços.  Os  principais  regulamentos  em  uso  no  Brasil  são:  Lei  10831/03  e  seus  anexos.ecocert.  A ECOCERT BRASIL desenvolve referenciais privados por solicitação  das  empresas  ou  organizações  de  produtores  ou  por  iniciativa  própria..  Documento  elaborado  pelo  inspetor.  após  36  meses  de  manejo  orgânico.  Favor  consultar o serviço de certificação.  criadas  para  atender  solicitações  particulares  de  mercado.  Exemplo:  referencial  para  atestação  da  responsabilidade  sócio  ambiental  das  empresas;  referencial  para  bem  estar  animal  (selo Certified Humane Brasil..

  O passo seguinte é a assinatura de um Contrato.   Os  termos.  Regras NOP  para  Estados  Unidos. por fax. para prestação do serviço de inspeção e certificação  desejado.  Não  são.  para  União  Européia.  se  de  acordo.  A  rotulagem permite aos consumidores reconhecer rapidamente se o  produto  é  certificado.  Obrigatória  em  produção  orgânica.  para  quais  mercados.ecocert. Solicitação  2. ingredientes e produtos  acabados.  portanto. Aplicável no caso de  certificação de grupos por amostragem.  cobradas  porcentagens de qualquer natureza.  Os  custos  da  ECOCERT  BRASIL  são  calculados  exclusivamente  pelo  tempo  de  trabalho  gasto  no  projeto  mais  custos  associados  que  são  apenas  transferidos  ao  operador  (análises  de  laboratório. O relatório de inspeção é assinado pelo  operador e pelo inspetor.  Pecuária  e  Abastecimento)  será  obrigatório  sobre  todos  os  produtos  certificados. pelo menos uma vez ao ano. com visitas de inspeção em 100% (cem por cento)  Interno  dos produtores. entre o operador e  a certificadora.  A  ECOCERT BRASIL envia ao mesmo um formulário de solicitação que  será  preenchido  e  tratado  de  maneira  confidencial  e  que  permite  a  elaboração  de  uma  estimativa  de  custos  da  certificação.mail.br    1.  documento. escaneado ou por e.com.CE  834/2007 e  seus  regulamentos  de  aplicação. Orçamento  /Contrato  Referencial  Técnico    .  por  qual  certificadora.regulamento(s) utilizado(s).  A  partir  de  1º  de  janeiro  de  2011  o  uso  do  selo  nacional  orgânico  (selo  do  Ministério  da  Agricultura.  Lei  www.  A menção à certificadora é obrigatória sobre o rótulo dos produtos  Rotulagem  certificados.    ETAPAS DO PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO  O operador contata a ECOCERT BRASIL. Regras  JAS  para  Japão.  conforme  a  Lei  10831/03 e seus anexos.  Processo pelo qual uma certificadora reconhece e valida a condição  Recertificação  de orgânico de um produto certificado por outra certificadora. solicitando informações.  assina­o e devolve à certificadora.  rótulo  acompanhando  o  produto.  Condição  pela  qual  é  possível  Rastreabilidade  garantir a origem e o destino de insumos.  menções  e  indicações  que  aparecem  sobre  qualquer  embalagem.  Consiste  num  corpo  administrativo  de  técnicos  (um  ou  mais  Sistema de  inspetores internos treinados previamente pela certificadora) capaz  Controle  de acompanhar.  porém  o  selo  da  certificadora  é  de  uso  facultativo.  despesas  de  deslocamento  e  estadia  do  inspetor).  Um  orçamento  é  apresentado  ao  operador  que.   Obs:  A  forma  de  pagamento  dos  serviços  de  certificação  deverá ser feita da seguinte maneira:   Uma  parcela  (50%)  no  ato  (até  sete  dias)  da  assinatura  do  orçamento  e  a  segunda  parcela  em  30  dias  após  o  primeiro  pagamento    O(s)  regulamento(s)  a  ser  (em)  utilizado(s)  na  certificação  depende(m)  dos  mercados  de  destino  dos  produtos:  Reg.

  da visita de  conforme o caso. Elaboração de  técnicas  de  manejo  utilizadas.com.  onde  se  solicita  a  preparação  de  alguns  documentos  exigidos  pelos  regulamentos  orgânicos.  a  inspeção  é  liberada  para  agendamento.  diferentes indicativos de certificação: desclassificação (em caso de  não conformidade grave).  insumos  aplicados.  de  folhas  ou  outros  produtos  vegetais.  Se  necessário. Coleta de  Sendo  necessário.  um  Plano  de  Manejo  Orgânico  deve  ser  preenchido  pelo operador.  5.  Na  seqüência.   A  grade  de  sanções  da  certificadora  prevê  desde  uma  recomendação.  Antes da visita. o operador recebe do setor técnico um checklist.  é  possível desde que solicitada pelo produtor.ecocert.  controles  e  Manejo  registros.  no  momento  da  inspeção.   Orgânico  O  Plano  de  Manejo  Orgânico  é  então  revisado  pelo  Serviço  de  Certificação.  a  partir  da  mesma  visita  de  inspeção. Ele deve trazer detalhes sobre aspectos importantes  das  unidades  envolvidas  no  projeto  orgânico.br  .  Quanto  mais  prontamente  o  4.  A  visita  é  marcada  segundo  as  conveniências  do  operador  e  disponibilidade  de agenda do inspetor.1.831/03 para mercado interno brasileiro.   A  certificação  múltipla.  estocagem.   A  inspeção  é  realizada  nas  lavouras  e/ou  criações.  discriminando  as  3.  locais  de  5.  documental  Assim  quando  o  operador  retorna  o  checklist. em conversão ou orgânica.  contendo  inclusive  eventuais não­conformidades encontradas. mais rapidamente a  preparação  inspeção poderá ser realizada. Agendamento  processamento.  análises  de água ou de produto final.  estocagem.10.  no  relatório.  inspeção  Concluída  a  inspeção. o setor  de  agendamento  entra  em  contato  com  o  operador. durante e após a inspeção.  informações  complementares  são  solicitadas  ao  operador  para  esclarecer  dúvidas  ou  pontos  pouco  claros.   Uma  Ordem  de  Missão  de  Inspeção  é  então  emitida  ao  inspetor  designado para o respectivo projeto.A um contrato com  cláusula de confidencialidade sobre as informações fornecidas pelo  operador antes.  expedição  e  comercialização.A.  o  inspetor  elabora  o(s)  respectivo(s)  relatório(s)  de  inspeção.  processos  um Plano de  envolvidos.  detalhado(s).  Uma vez liberada a inspeção pelo Serviço de Certificação.  correções  com  prazos  determinados  até  a  negativa ou recusa da certificação em casos de não conformidade  grave.   Outros  referenciais  privados  podem  ser  adotados  na  inspeção  mediante  prévia  solicitação.  amostras para  coletar  amostras  de  solo. Checklist –  operador dispuser dos referidos documentos.    www.   Diferentes  parcelas  inspecionadas  podem  receber.  assinalando  os  documentos  disponíveis  à  Ecocert.  o  inspetor  pode.  freqüências. para envio a laboratório credenciado.  transporte.   Por  exemplo:  certificação  de  cosméticos  naturais  e  orgânicos  com  base  nos  referenciais  da  ECOCERT S. Todos os inspetores mantêm  com a ECOCERT BRASIL e com a ECOCERT S.

  que  é  (são)  entregue(s)  ao  operador. Recursos e  Reclamações  Essas  coletas  e  formação  de  amostras  obedecem  a  padrões  técnicos e legais e são realizadas na presença do operador. o produto orgânico certificado deverá ser  comercializado com uma das seguintes menções no rótulo:    “Certificado pela ECOCERT BRASIL” para produtos destinados  exclusivamente ao mercado brasileiro. Certificado de  Conformidade  e Rotulagem  dos produtos  8. Emite. Revisão  técnica do  Relatório de  inspeção  7.  em  caso  de  não  aceitação  ou  dúvidas  sobre  a  decisão  de  certificação.    “Certified  by ECOCERT  SA”  para  produtos  destinados  ao  mercado norte americano;    “BR­BIO­602" para produtos destinados ao mercado europeu;    Para  produtos  e  serviços  inspecionados  segundo  referenciais  privados.com. fax.  em  seguida.  Reclamações  de  qualquer  natureza  podem  ser  endereçadas  pelo  operador  à  Ecocert  Brasil  via e­mail. telefone ou correspondência.  antes  da  impressão  final.  pode  recorrer ao  Diretor  Geral  (primeiro  recurso)  e  ao  Comitê  de  Imparcialidade  (segundo  recurso).  ou  programadas  para eliminar eventuais dúvidas que persistirem.  a  certificadora  emite  então  o(s)  Certificado(s)  de  Conformidade.  que  possui  o  mesmo  valor  de  um  certificado. O relatório de inspeção e  a decisão de certificação (que pode conter solicitação de correções  sobre  as  não  conformidades  leves  eventualmente  encontradas)  são assinados pela certificadora e pelo operador.ecocert.  www.5.2 Resultados  de análises e  relatório  6. em seguida.  uma  revisão  das  informações  do  relatório  e  o  respectivo  enquadramento  em  função do referencial e da grade de sanções utilizadas.  O  responsável  de  certificação  realiza.  A  menção  sobre  a  certificadora  é  obrigatória  e  poderá  ser  feita  no  idioma  apropriado  de  interesse  do  produtor/ exportador dos  produtos  certificados.  Podem  ser  eventualmente  sugeridas  novas  inspeções  sem  aviso  prévio.br    .  o  operador.  Os  produtos  que  atendem  aos  referenciais  privados  devem  ser  comercializados  com  a  seguinte  menção no rótulo:    “Inspecionado pela ECOCERT BRASIL”    O  uso  do  logotipo  da  certificadora  nas  embalagens  e/ou  documentos  é  facultativo.  O  uso  do  nome e  logo  da  certificadora  não  tem  qualquer  custo  adicional  para  os  operadores certificados. realiza  o  processamento  dessas  informações.  necessitando  em  todos  os  casos  uma  consulta  prévia  à  mesma  para  aprovação  dos  rótulos.  De  acordo  com os  procedimentos  legais.  Assinados  o  relatório  e  a  decisão  de  certificação.  e  atendidas  eventuais  não  conformidades.  é  emitido  um  atestado  de  conformidade.   Os  resultados  de  análise  e  o  relatório  do  inspetor  são  então  encaminhados ao serviço de certificação que. Sendo assim. uma decisão de certificação. em  seguida.

     PREPARAÇÃO DA INSPEÇÃO  Para  a  realização  da  visita  de  inspeção.ecocert. antes da data de inspeção. Certificados  de transação/  inspeção ou  Declaração de  venda  A  cada  operação  de  venda  de  produto  orgânico  o  operador  (vendedor)  poderá  ser  solicitado. dos produtos. o operador recebe um e­ mail  com  todas  as  orientações  quanto  aos  documentos  e  informações  a  serem  preparados por ele. não hesite em entrar em contato com nosso serviço de certificação. Após a inspeção:      www.  No caso de dúvidas acerca do preenchimento de documentos de preparação da inspeção.  1.  Exemplo:  fichas  técnicas  de  insumos.  a  fornecer  um  certificado  de  transação/inspeção. o certificado de transação pode ser substituído por  uma  declaração  de  venda  emitida  e  firmada  pela  certificadora  e  pelo vendedor.  comprovantes  de  origem  de  matérias primas etc.    PRAZOS PARA A CERTIFICAÇÃO  A  agilidade  na  conclusão  do  processo  de  certificação  depende  fundamentalmente  do  comprometimento  do  operador  em  fornecer  os  documentos  e  informações  solicitadas  pela certificadora.  obrigatória na produção orgânica.  declarações  de  ausência  de  elementos  geneticamente  modificados  (OGM).  hortigranjeiros. O  não  atendimento  do  segundo  item  pelo  operador  acarreta atrasos  indesejáveis ao  processo de certificação. Antes da inspeção:   Preparação dos documentos ou informações solicitados pela certificadora;   Disponibilidade de agenda (dos inspetores e da empresa/ operador).  mediante  apresentação  da  nota  fiscal/  fatura  e  conhecimento  de  embarque  da  mercadoria.  Para  produtos  de  entrega  freqüente  como.  por favor.com.  Este  documento  é  emitido.  2. especialmente o preenchimento do  Plano de Manejo Orgânico.9.  Os  seguintes  passos  devem  ser  assim  cumpridos  antes  de  agendar  a  inspeção:  1­ Assinatura do contrato e do orçamento  2­ Após o recebimento do orçamento e contrato assinados.  pelo  comprador.  gratuitamente  pela  certificadora.  3­ O agendamento da visita fica condicionado ao atendimento dos itens 1 e 2 acima.  por  exemplo. Recebe ainda um Check­list contendo uma lista de  documentos a serem preenchidos e apresentados ao inspetor por ocasião da visita  de  inspeção.  alguns  encaminhamentos  devem  ser  feitos  com  antecedência.br  .  Esses  documentos  contribuem  muito  para  a  rastreabilidade.

 Após a realização da visita de inspeção.  Qualquer informação ou documento do produtor ou empresa somente serão fornecidos  a  terceiros  mediante  autorização  do  operador  ou  se. município.  recebimento  dos  laudos  de  análise  de  laboratório  (quando  for  o  caso)  e  preparação  da  decisão  de  certificação.mail para contato direto).br  .  decidida  pelo  Comitê de Imparcialidade ou autoridade competente.      www.  dependendo  do  tipo  de  análises.  No caso de envio de amostras para análise.  entre  a  data  da  inspeção  e  a  emissão  do  certificado  de  conformidade. nos prazos determinados.  iniciando  o  processo  de  renovação  60  dias  antes  dessa  data.  Solicita­se  aos  operadores  que  observem  a  data  de  vencimento  do  seu  certificado  de  conformidade.  por  força  da  lei.  A  certificadora  se  compromete  com  sigilo  total  (confidencialidade)  em  relação  às  informações prestadas pelo operador.  forem  requisitadas por uma autoridade competente.  Em  geral.  RESPONSABILIDADE E SIGILO  O  operador  assume  a  obrigação  de  fornecer  informações  ou  documentos  solicitados  pela certificadora.  os  laboratórios solicitam entre 3­4 semanas para emissão do laudo.  salvo  no  caso  de  suspensão  ou  retirada  da  Certificação.   Observação:   Estando toda a documentação disponível e sem atrasos.    Após  a  revisão  do  relatório.  o  certificado  de  conformidade poderá ser emitido para os produtos conformes. observado nos  últimos  três  anos. o que pode gerar transtornos indesejáveis. telefone e e. é de 6­8 semanas. o tempo médio.   No contrato firmado entre a certificadora e o operador consta um item a ser assinalado  (sim  ou  não). o inspetor tem até 14 dias para enviar o  relatório de inspeção à ECOCERT Brasil.  autorizando  a  certificadora  a  difundir  no  seu  website  as  informações  mínimas  que  possibilitem  aos  interessados  manter  contato  com  os  responsáveis  do  projeto certificado (nome do produtor/empresa.ecocert. de modo a possibilitar o bom andamento  do serviço. A Certificadora estabelece  que  a  data  de  emissão  do  Certificado  não  poderá  ser  posterior  a  30  dias  contados a partir da Decisão da Certificação.   Importante!  A validade do Certificado é de 12 (doze) meses contados a partir da data da sua  emissão. o prazo para emissão do certificado  de conformidade fica igualmente sujeito ao prazo solicitado pelo laboratório para  emissão  do  laudo  respectivo. produtos certificados e para  quais mercados.  Produtos  comercializados  como  orgânicos  sem  a  cobertura  de  um  certificado  válido  ficam  em  situação  irregular  à  vista  dos  regulamentos.com.

  Uso  da  logomarca  ECOCERT  em  outros  materiais.  as  regras  de  rotulagem  para  os  diferentes  mercados  (Brasil.  A  logomarca  ECOCERT  é  uma  marca  registrada  e. A certificadora encaminhará um formulário de solicitação que deverá  ser preenchido pelo operador e devolvido por e­mail à ECOCERT BRASIL.com.  União  Européia.  tais  como  o  código de defesa do consumidor e outras.  Esta  carta  gráfica será fornecida ao operador certificado mediante simples solicitação. website.ROTULAGEM – ORIENTAÇÃO E CONDIÇÕES  A utilização do selo de Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica (selo  do MAPA) passa a ser obrigatória a partir de 1º de janeiro de 2011. Japão.   As menções e rótulos sobre produtos destinados a diferentes mercados são distintas.. conforme o caso).pdf    O uso de rótulos com referência à qualidade orgânica de um produto. Estados Unidos. destinado a cobrir o tempo de trabalho interno.ecocert.   Dependendo do tipo de inclusão desejada.).    INCLUSÃO DE PRODUTOS. diferentes medidas podem ser tomadas:  1.).  mediante  simples  solicitação.br/fmanager/eco/upload/docs_modelos/in_50_. Detalhes sobre o  seu uso (cores.  tamanho. A menção ‘‘Certificado pela  Ecocert  Brasil’’  deve  ser  aplicada  sobre  o(s)  rótulo(s)/etiqueta(s).com.  antes  da  impressão  final  (os  rótulos  devem  igualmente  atender  a  legislação  vigente  no  Brasil.Inclusão de novas áreas:   Uma visita de inspeção complementar será necessária.  no  entanto.. tamanho.  portanto  deverá  ser  utilizada  conforme  carta  gráfica  correspondente  (cores.  além  das  embalagens  dos  produtos  (exemplo: folhetos.  a  logomarca da certificadora é de uso facultativo..   Somente  produtos  com  o  Certificado  de  Conformidade  em  curso  de  validade  podem  fazer uso da referência à certificação ECOCERT.  isto  poderá  ser  feito  mediante  contato  com  ECOCERT BRASIL.br  .. As inclusões  poderão ter um custo adicional. somente poderá  ser feito após a emissão do Certificado de Conformidade..  Qualquer  alteração  na  embalagem/rótulo  deve  ser  comunicada  à  certificadora  e  passará pelo mesmo procedimento de validação.selo_n. NOVAS ÁREAS  OU RECEITAS  Se durante o período em curso da certificação o operador desejar certificar novas áreas  e/ou  produtos  e/ou  novas  receitas. localização. A  ECOCERT  BRASIL  disponibilizará  aos  operadores  certificados.      www. banners) é autorizado desde que respeitadas  as condições de uso acima mencionadas.  localização.  Os  rótulos  devem  ser  enviados  à  ECOCERT  para  aprovação. publicidade.) podem ser visualizados em:  http://ecocert..

  A elaboração e emissão do certificado de transação/inspeção não tem custo adicional.  solicitem  os  respectivos  Certificado(s)  de  Conformidade  e/ou  Certificado(s)  de  Transação  aos  seus  fornecedores.  uma  nova  decisão  de  certificação  e  um  novo  Certificado  de  Conformidade  são  emitidos  com  validade  igual  ao  certificado  existente. deve ser enviado a ECOCERT BRASIL os seguintes documentos:    formulário padrão de solicitação de CT preenchido.br  .ecocert.2.  antes  da  compra. depende principalmente da agilidade do operador em fornecer os  documentos  necessários  solicitados  pela  certificadora  em  função  dos  regulamentos  orgânicos. bem como.com.mail ou fax;   documentos fiscais da transação comercial (cópia nota fiscal ou fatura) e. fornecido mediante simples demanda. fora do país.   Para a emissão do CT.  3.  cuja  aceitação não é autorizada pelos regulamentos orgânicos.  evitando  transtornos  relacionados  a  produtos  sem  documentação.       www. Essa medida simples permite normalmente. OBS: Solicitações de CT fora deste  prazo mínimo serão processadas na medida do possível.  CERTIFICADO DE TRANSAÇÃO/ INSPEÇÃO  E DECLARAÇÃO DE VENDA   A emissão do certificado de transação/inspeção (CT) deve ser solicitada por e. com um mínimo de 48 horas de antecedência. enviado por e.  copia  da  invoice  e  do  conhecimento  de  embarque (BL) ou Air Waybil.   Recomendamos  aos  operadores  que. o correspondente custo de  remessa deverá ser coberto pelo operador. no  caso  de  embarque  internacional.  Neste  caso. substituindo­o.Documentos e condições necessários para a inclusão de novas receitas:   As  novas  receitas  devem  ser  enviadas  à  ECOCERT  BRASIL. Relatórios de inspeção  poderão  ser  enviados  diretamente  à  ECOCERT  BRASIL  pela  certificadora  de  origem.Inclusão de novos produtos ou receitas:   Caso a última inspeção tenha sido realizada no decurso dos últimos 12 meses.mail  ou  fax.   Os ingredientes orgânicos incluídos na receita devem estar certificados conforme  os  regulamentos  dos  mercados  aos  quais  se  destina  o  produto  final  acabado  e  devem  estar  acompanhados  do(s)  respectivo(s)  Certificado(s)  de  Conformidade  e/ou Certificado(s) de Transação. sem garantia de prazo. cópia da autorização de importação  (caso da União Européia) fornecida pelo importador.  No caso do envio diretamente ao comprador. é  possivel  a  inclusão  dos  produtos  pela  verificação  documental. um ganho enorme de  tempo.  se  o  respectivo  processo  foi  validado.  em  formulário  próprio.  OBS: O tempo necesário para o processo de inclusão de novas receitas/produtos numa  certificação em curso.

 eventuais análises de laboratório. como por exemplo. A tarifa diária  cobre todos os custos da certificadora. uma  visita de  inspeção seja  realizada  a  cada  ano. para que possamos estimar corretamente o custo da operação.  bem  como.ecocert.    CUSTOS DE INSPEÇÃO/CERTIFICAÇÃO  Os  custos  da  certificação  ECOCERT  são  calculados  exclusivamente  pelo  tempo  de  trabalho  no  projeto.      www.  sem  compromisso  prévio.   As  tarifas  são  diferenciadas  para  certificação  nacional  ou  internacional.com. não tem custo adicional.  processamento. por sorteio entre os projetos certificados.Importante!  Não  poderão  ser  emitidos  Certificados  de  Transação  para  produtos  que  não  constem  em um Certificado de Conformidade válido.  deslocamentos locais e despesas de estadia do inspetor.  a  emissão  de  certificados  de  transação.  antes  do  vencimento  do  certificado  de  conformidade  atual.  Custos associados. O uso da logomarca da  certificadora  nos  produtos  certificados.  são  apenas  repassados  ao  cliente.  Atrasos na renovação podem ocasionar transtornos pois um produto orgânico só pode  ser  assim  denominado  e  comercializado  se  estiver  acobertado  por  um  Certificado  de  Conformidade em curso de validade.  iniciando  pelo  preenchimento  do  formulário  de  solicitação.  nacional e internacional. alteração de fórmulas ou outras devem ser comunicados à certificadora. no mínimo.br  . por exemplo.  é  importante  que  o  formulário  de  solicitação  seja  preenchido  com  o  máximo  de  informações  possíveis:  qualificar  claramente  os  locais  de  produção.  Para  apresentação  do  orçamento.  O  processo  de  renovação  segue  os  mesmos  trâmites  descritos  anteriormente  neste  manual.  Isto  não  desobriga  o  operador  a  observar  os  prazos  necessários para realizar o processo de renovação anual da certificação.  para  que  o  processo  de  renovação  seja  iniciado.  estocagem  e  comercialização.  Em  caso  de  certificação múltipla. deslocamento  e  estadia  do  inspetor.  em  função  de  tarifas  pré­fixadas.  Não  são  cobradas  porcentagens ou outras taxas sobre produtos comercializados.  além  de  eventuais  visitas  complementares  em  caso  de  dúvida  remanescente ou de visitas não anunciadas.  iguais  para  todos  os  projetos.  A ECOCERT BRASIL entrará em contato com o operador. com antecedência suficiente. é aplicada a maior tarifa.  O  contrato  é  renovado automaticamente se não houver rescisão por interesse de uma ou ambas as  partes.  Observação: Os regulamentos orgânicos demandam que quaisquer mudanças no projeto tais como  endereço. exceto os custos associados como.  RENOVAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO  Os regulamentos orgânicos estabelecem que.

 Para grupos de produtores com inspeção por amostragem   Aplica­se  a  grupos  de  pequenos  produtores.  o  que  reduz  o  custo  da  certificação.  contratante  do  serviço.com.  e  que  atendam os seguintes requisitos:  Estar localizado em regiões próximas geograficamente.br  .como no caso anterior.  projetos  de  assentamento.  empresas  integradoras  etc.   A ECOCERT inspecionará uma amostragem sorteada dos produtores e fará uma  auditoria  no  SCI.  2.   3.  a  Ecocert  disponibiliza  um  treinamento  para  o(s)  responsável(s)  do  SCI  sobre  os  regulamentos orgânicos.     ESCOPOS DE CERTIFICAÇÃO  Além  da  certificação  de  produtos  orgânicos. a saber:        www.  associação.  Na  certificação  individual  o  produtor/empresa  é  detentor(a)  do  Certificado  de  Conformidade.  indígenas  e  extrativistas  organizados  em  cooperativas.  cooperativa  ou  empresa  em  que  as  inspeções  da  Ecocert  são  feitas  de  forma  individual  (100%  de  visitas  Ecocert  Brasil).  o  Certificado  de  Conformidade  é  emitido  em  nome  da  associação. 100% dos  produtores pelo menos uma vez ao ano. Para produtores/empresas individuais   Nessa modalidade os custos são arcados integralmente pelo operador solicitante.ecocert.O  valor  total  do  orçamento  será  a  soma  de  todos  os  custos  (diretos  e  indiretos)  envolvidos; sendo que para o cálculo dos valores respectivos ao tempo de inspeção a  campo  e  à  elaboração  do  relatório  uma  tarifa  base  é  utilizada  (atualmente  R$  600.  As  despesas  poderão  ser  compartilhadas  com  expressiva diminuição do custo de certificação por produtor. Para grupos de produtores com inspeções individuais   Esta  modalidade  é  destinada  a  grupos  de  produtores  organizados  em  torno  de  uma  associação. os modelos de documentos a preencher com cada produtor e  estrutura de funcionamento de um SCI.  as  despesas  poderão também ser compartilhadas.  quilombolas.  Neste  caso.00/dia para certificação nacional e R$ 850.  ribeirinhos.  condomínios.  conforme a característica do projeto:  1.  a  ECOCERT  BRASIL  oferece  também  a  inspeção e certificação/ atestação da conformidade de outros escopos. em controle interno.   OBS:  No  caso  da  necessidade  de  existência  de  um  Serviço  de  Controle  Interno.  Dispor de um SCI que deverá inspecionar.  agricultores  familiares.  MODALIDADES DE INSPEÇÃO/CERTIFICAÇÃO  Diferentes modalidades de organização da inspeção e certificação podem ser utilizadas.  cooperativa  ou  empresa.00/dia para certificação internacional).  Além  disto.

br. porém implicam em demanda de ações corretivas as quais devem ser tomadas  pelo operador nos prazos acordados com a certificadora.  onde  será  encontrada  a  lista  de  projetos  atualmente  certificados no Brasil.com. o envio de um inspetor para acompanhamento de colheita segregada. regulamentos. a fim de adequar as  ações corretivas as situações encontradas.  A mesma é implementada pelo Setor de Certificação.  como  por  exemplo.br  .ecocert.    ANEXO I   PLANO DE CORREÇÃO DE NÃO CONFORMIDADES   Se. em área de  risco.   Toda divergência deve gerar uma correção/ ação corretiva por parte do operador. não conformidades médias e não conformidades maiores. baseado no    regulamento  e/ou  no  referencial  privado  e  nos  problemas  técnicos  dos  operadores  será  aplicado. divergências forem constatadas.  As  não  conformidades  são  classificadas  em  três  diferentes  níveis:  não  conformidades  menores.  Um  custo  adicional  poderá  ser  imputado  ao  operador.  Para  cada  tipo  de  não  conformidade  o  Setor  de  Certificação  determina  uma  sanção  correspondente e decide também sobre o tratamento a ser dado a cada divergência.   A cada nível corresponde um diferente tratamento. o qual submete ao Comitê de Imparcialidade as  divergências não previstas. normas e outras informações úteis.  a  qual  pode  ser  concedida  de  forma  condicional.  Essa lista é revisada periodicamente tendo em conta a evolução do setor.com. sendo mantida sob responsabilidade do Responsável  de Certificação.  gerado  por  essas  ações.  nós  lhe  convidamos  a  visitar  o  website  www. isto é:        NÃO CONFORMIDADES MENORES   Não  impedem  a  certificação  dos  produtos  abrangidos. durante a inspeção.  Para  maiores  informações. Atestação  da  conformidade  de  insumos  apropriados  para  uso  em  produção  orgânica;   Bem­Estar  Animal  (Certified  Humane  Brasil)  em  parceria  com  a  Humane  Farm  Animal Care dos Estados Unidos;   Responsabilidade Sócio Ambiental de Empresas;   Cosméticos.ecocert. um plano de correção.    www.

   As medidas corretivas são monitoradas e.  além da descrição. a certificação é confirmada.   Se for o caso. No relatório de inspeção as não conformidades maiores são identificadas.         NÃO CONFORMIDADES MÉDIAS   Os  produtos  abrangidos  ficam  com  sua  certificação  pendente  ou  bloqueada.  No relatório de inspeção as não conformidades menores são identificadas.Caso as medidas corretivas não sejam implementadas pelo operador nos prazos fixados.ecocert.com. negativa de acesso do inspetor aos locais de produção durante  a visita de inspeção.  pela cor amarela.br  . pela cor vermelha.        www. assim que implementadas.           NÃO CONFORMIDADES MAIORES  Impedem a certificação dos produtos abrangidos por se constituírem em não conformidades  cuja adoção de uma medida corretiva revela­se impossível. o mesmo deverá cumprir os prazos de conversão previstos no regulamento ou  referencial aplicável. além da descrição.   Essa  confirmação  ocorrerá  quando  forem  recebidos  documentos  adicionais  e/ou  relatório  complementar de inspeção e/ou resultados adicionais de análises indicando que a não conformidade  deixou de existir.  pela cor laranja. as não conformidades médias são identificadas. uso de herbicidas.  até  que  a  não  conformidade seja corrigida. Exemplo: utilização de material  transgênico.  O  processo é encerrado  com  a  negativa  de certificação e  o  produtor  deve  apresentar  nova  solicitação de certificação. além da descrição.  No relatório de inspeção. por  duas  vezes  consecutivas  uma  não  conformidade  menor  passa  a  ser  classificada  como  uma  não conformidade média.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->