P. 1
Mecatronica Qualificacao Profissional MTE

Mecatronica Qualificacao Profissional MTE

|Views: 207|Likes:
Publicado porNathalíe Olivares

More info:

Published by: Nathalíe Olivares on Nov 15, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/09/2013

pdf

text

original

A não ser por raríssimas exceções, em inglês o adjetivo sempre vem à frente do substantivo

a que se refere.

Ex: beautiful house, high rate

Em português, dificilmente a mesma palavra desempenha a função de substantivo e adjetivo
ao mesmo tempo. Para qualificarmos um substantivo com outro, é necessário o uso de uma prepo-
sição.

Ex: férias de verão, casa de tijolos.

mecatrônica591

Adjetivação dos substantivos

Em inglês, substantivos podem ser usados como se fossem adjetivos.

Ex: summer vacation, brick house

Freqüentemente dois substantivos na função de adjetivos são acrescentados à frente do

substantivo principal.

Ex: Hygiene cost reduction programs

Em português, não existem quantificadores específicos para substantivos contáveis e
incontáveis. Relevância gramatical de substantivos contáveis e incontáveis.

A ambigüidade léxica do verbo ter.

Em português, o verbo ter tem dois significados predominantes: propriedade e existência. A
necessidade de diferenciar entre essas duas idéias representadas pela mesma palavra se traduz
numa dificuldade notória.

Toda ambigüidade léxica da língua materna sem equivalente na L2 representa dificuldade. A
ambigüidade do verbo ter, entretanto, devido à freqüência com que o mesmo ocorre, assume uma
importância maior. Em inglês, a idéia de propriedade é traduzida pelo verbo have.

Ex: I have a car.

A idéia de existência, entretanto, é construída com o verbo there is.

Ex: There is a book on the table.

Sujeito oculto, indeterminado ou inexistente

É comum em português a frase apresentar-se sem sujeito, seja ele oculto, indeterminado ou

inexistente.

Ex: Foste ao cinema? Bebeu-se muito na festa. Dizem que ele é capaz de ganhar nas elei-

ções. Vai chover.

Em inglês, a não ser pelo modo imperativo, não há frase sem sujeito.

Ex: Did you go to the movies? Everybody drank a lot at the party. They say he may win the

elections. It’s going to rain.

Posicionamento livre do verbo em relação ao sujeito

Em português o sujeito pode ser posicionado tanto antes como depois do verbo.

Ex: Sua casa é bonita. É bonita sua casa.

mecatrônica

592

Um vendedor apareceu no escritório. Apareceu um vendedor no escritório.

Em inglês, quando houver verbo auxiliar, o posicionamento do verbo em relação ao sujeito
tem a finalidade de identificar o modo interrogativo. Portanto, em inglês o sujeito deve sempre ser
colocado antes do verbo.

Ex: He is a student. Is she a student?

I have never been to England. Have you ever been to England?

Uso abundante de voz passiva

O uso freqüente da voz passiva é uma característica do português.

Uso restrito de voz passiva

A ocorrência da voz passiva em inglês se limita a determinadas situações. Seu uso
indiscriminado e freqüente como em português compromete a qualidade do texto. Da mesma for-
ma, um bom programa de português para estrangeiros deve ser direcionado aos contrastes entre a
língua materna do aluno e o português. Exemplo de aspectos gramaticais que representam dificul-
dades persistentes e exigem atenção especial de falantes nativos de inglês estudando português:

Quase inexistência de conjugação verbal

Com exceção do verbo to be, que tem 8 formas diferentes (am, is, are, was, were, be, being,
been), os demais verbos têm apenas 4 formas quando regulares (work, works, worked, working) e
5 quando irregulares (speak, speaks, spoke, speaking, spoken).

Conjugação verbal

O português possui mais de 40 sufixos diferentes para flexionar um único verbo em todas as
pessoas e tempos comuns. Isso representa um pesadelo para o estrangeiro cuja língua materna
não seja uma das línguas latinas.

Rara ocorrência de gênero em inglês

A única ocorrência de gênero masculino e feminino que se observa no inglês é nos pronomes
da terceira pessoa do singular (he, she, his, her, him). Gênero de substantivos, adjetivos e artigos.
O português, assim como as demais línguas latinas, apresenta sempre uma forma masculina e uma
feminina para substantivos, adjetivos e artigos, o que representa uma séria dificuldade para o
falante nativo de inglês.

Invariabilidade de adjetivos e artigos em inglês

Com exceção do artigo indefinido, que comporta uma variação fonética, adjetivos e artigos

são invariáveis em inglês.

mecatrônica593

Pluralização de adjetivos e artigos

Em português, todos os adjetivos e artigos, tanto no masculino como no feminino, são

pluralizados.

Ambigüidade léxica de palavras de alta ocorrência

Toda ambigüidade léxica da língua materna sem equivalente na L2 representa dificuldade.
No caso de palavras com alta ocorrência como os verbos to be e can, as formas equivalentes em
português precisam ser claramente explicadas e freqüentemente lembradas.

Ex: I’m a doctor. / I’m visiting Brazil.

Can I smoke here? / I can speak English. / Can you drive at night?

Em português a idéia de condição permanente é representada pelo verbo ser, enquanto que
a idéia de condição temporária é representada pelo verbo estar.

Ex: Eu sou médico. / Estou visitando o Brasil.

O verbo can do inglês comporta as idéias de permissão e habilidade, para as quais o portu-

guês usa diferentes formas.

Ex: Posso fumar aqui? / Eu sei falar inglês. / Você consegue dirigir à noite?

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->