Você está na página 1de 2

Linguagem e Comunicação Gina Guerreiro

Textos Utilitário A Declaração

A DECLARAÇÃO
DEFINIÇÃO: uma declaração é uma exposição oficial, escrita ou oral, de
uma situação ou de um facto, apresentada a um órgão próprio e que
constitui prova de compromisso. O declarante afirma ou jura a veracidade
dos factos

TIPOS DE DECLARAÇÃO:

ESCRITA 0RAL
- Declaração amigável - Declaração de amor
- Declaração de amor - Declaração de um governante aos
- Declaração de frequência cidadãos do país
- Declaração de presença - Declaração do réu ou das
- Declaração de rendimentos testemunhas em tribunal
- Declaração de serviços prestados …
- Declaração dos direitos da criança
- Declaração médica
- Declaração Universal dos direitos
do Homem
- Declaração de compra e venda

Numa declaração escrita, o declarante assume a total responsabilidade das


afirmações que declara e esta será assinada e carimbada de forma a dar-lhe
mais credibilidade.

Numa declaração oral, a credibilidade é-lhe atribuída através dos meios de


comunicação social ou sob forma de juramento.

CARACTERÍSTICAS:
Registo formal: modelos predefinidos em impressos próprios consoante o
órgão a que se destina.

Utiliza um registo de língua corrente, linguagem denotativa com


vocabulário simples e terminologia específica (Declaro, juro por minha
honra etc.). Predomínio de orações subordinadas. Recurso à 1ª ou 3ª
pessoa.

ESTRUTURA:
Linguagem e Comunicação Gina Guerreiro
Textos Utilitário A Declaração

- Identificação do declarante (nome completo, número, data e local de


emissão do B.I., estado civil, morada, habilitações literárias e profissionais,
freguesia e centro de recrutamento)
- Formas específicas de abertura: «Declaro, por minha honra….»
«Para os devidos efeitos se declara que…»

- Motivo que fundamenta a declaração

- Data e assinatura do declarante conforme a do B.I.