Você está na página 1de 2

Eu tenho um sonho

Um homem marcado pelo preconceito inter-racial, que durante anos viu

e sentiu na pela a humilhação pelo simples fato de ser negro. Esse homem

teve algo que o motivou e fez com que ele não desistisse em momento

algum de lutar pela igualdade entre brancos e negros.

Eu tenho um sonho, essa frase era pronunciada a todo instante por esse

homem determinado e que tinha como meta principal lutar pelos direitos

humanos que lhes foram um dia garantido, mas não cumprido.

Eu tenho um sonho, frase dita desde o amanhecer ao por –do- sol, sonho

esse de ver crianças negras tendo o mesmo ensino que as crianças brancas,

podendo brincar juntas sem a menor discriminação.

Eu tenho um sonho, foi à frase mais proclamada por um idealista que

sonhava com a nivelação de direitos num país onde somente o branco

poderia mandar; um negro no poder? Era motivo de risos para muitos, mas

para esse homem era um sonho.

Hoje esse sonho se tornou realidade nas mãos e na luta de outro homem

o qual também sempre dizia; Eu tenho um sonho.

Hoje estamos vendo em todos os jornais, revistas, internets que o

homem que sempre disse – Eu tenho um sonho; está tendo seu sonho

realizado, pois a desigualdade está sendo exterminada pelas mãos de outro

homem negro que procurou honrar toda a sua luta.

Diante de toda essa realidade eu ouso dizer – Eu tenho um sonho; sonho

esse de poder ver as guerras extintas em nosso mundo, crianças estudando

ao invés de estarem largadas nas ruas pedindo dinheiro para ajudar sua

família. Eu tenho um sonho; sonho de um mundo melhor.


Rossana Marinho Torquato

1ºA C.Contabéis