Você está na página 1de 55

x i d açã o

Pintura em Tecido
decoupage
Nº 1 - Edição Gratuita Dezembro 2008

Reciclagem
ação Passeios fotograficos
Feito com muita imagin
Gastronomia
Poesia
Reflexos D’Arte Reflexos D’Arte Reflexos D’Arte
Indice

Reflexos D’Arte
Carta ao Leitor

Essa tarde foi de certa maneira, especial.

Procuramos um lugar numa esplanada ao sol, e precisavamos de


algo que nos ocupasse o espirito e a nossa vontade de criar, de
uma maneira mais agradável ao que já tinhamos.

Começam as chuvas e o frio e já não podemos fazer as nossas


feiras, e foi então que tivemos uma ideia : " Que tal fazermos
uma revista ? " .
Uma revista onde poderiamos mostrar ao mundo todos os
nossos conhecimentos, ideias, novidades e outros... Levar
ao leitor uma aprendizagem de algo novo e realmente
atraente e onde o leitor participasse activamente.
2
O ser humano é curioso por natureza e a sua forma de
percepcionar e entender o que é ARTE deve ser
transmitida.

Faltava-nos algo que inspirasse verdadeiramente o amor à


arte , e que pudessemos transmitir a motivação para uma
conquista incessante de novos saberes.

Queremos divulgar e dar a entender um pouco do que


acontece no mundo da Arte, e ao mesmo tempo pôr à
disposição o conhecimento de forma acessível aos menos
especializados nas matérias.
Ocorreu-nos fazê-lo de uma forma ecológica e lembrámo-nos
de uma revista on-line.

A arte é cada vez mais surpreendente. Praticamente


todos os dias surgem novas ideas, novos materiais, etc...

Reflexos D’Arte
Quem somos?

A Reflexos D'Arte é uma revista publicada por 3 amigas que


trata de assuntos relacionados com arte desde a pintura, à
poesia, passando pela fotografia e um pouco pela gastronomia.

O objectivo desta revista é tornar mais acessível e


compreensível a todos o mundo da Arte,e principalmente dar
uma nova perspectiva ao leitor.

Está encarregue de mensalmente divulgar e promover ideias,


actividades, eventos, encontros, feiras, exposições,
novidades e outros...

Queremos proporcionar um espaço de intercâmbio de ideias 3


onde todos possam exprimir e expôr à vontade os seus
trabalhos.

Esta revista serve assim não só um meio de troca de


informação sobre ARTE como também um meio de
aproximação entre pessoas que partilham uma mesma paixão
avassaladora.
Nesse sentido é muito importante para nós que todos
participem nos artigos a serem publicados.

Não deixem que a nossa vida se resuma a casa/trabalho.


Ajudem-nos para que possamos fazer desta revista uma
inovação. Quem sabe se esta revista não poderá ser para si o
princípio de uma futura e brilhante carreira no mundo da
ARTE ?

Reflexos D’Arte
Novidades

Abriu uma loja nova em Mem Martins.


Venha ver : tem tudo o que precisa para os bolos,
docinho, etc... Desde a forma à decoração.

( Perto da Estação dos Comboios)

Para puderes enviar as tuas


novidades basta enviares um mail para:

Novidades@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Novidades

Revendedor Oficial da SIZZIX


BlueCraft
Centro Comercial Drugs
Av. Chaby Pinheiro, 25 R/C loja 11
2725 - 265 Mem Martins
Bluecraft@mail.telepac.pt
http://bluecraft.blogspot.com

Reflexos D’Arte
Entrevista

Entevista com a artista Ana Estevão.

Como caracterizas o teu trabalho?

Antes demais é uma realização pessoal, e sem sombras de duvídas um acto de Amor... É um projecto
que já envolve toda a família, pois se tenho uma optima divulgadora do meu trabalho a minha Irmã,
também tenho um Pai fantástico que me vai cortando algumas coisas em madeira para serem peças
únicas, com a mesma qualidade mas a um preço mais baixo e uma Mãe que vai sempre vendo novidades
para eu gastar mais uns €. A estas Três pessoas devo muitooooooooooooooooo...por estarem sempre
ao meu lado a ajudar, por tudo o que me dão todos os dias e por tudo o que me ensinaram...

Quando e como inicias-te a tua actividade artística ?

Desde muito nova que em casa, comecei a fazer arraiolos, pois a minha mãe faz desde criança, e
neste momento é a actividade dela e ao que se dedica a tempo inteiro. Depois na escola aprendi ponto
de cruz, mas agora deixo isso exclusivamente para a minha irmã... Entretanto por motivos de doença,
que me faziam estar fechada em casa, fui explorando e conheçendo novas técnicas e materiais. Isso
já lá vão 2 anos... E fui investindo em material e conhecimentos. Aprofundando novas técnicas e
materias. As primeiras peças foram oferecidas à Família, e a partir daí foram aparecendo
encomendas de amigos. Quando fiz as primeiras feiras, e além das amizades que fiz, comecei a
perceber que muitas pessoas levavam as minhas peças com carinho. Por isso nunca mais parei.
6
Qual foi a peça que mais prazer te deu criar? Porquê?

Há uma peça que não me consigo esquecer, uma caixa de chá, foi a minha primeira experiência em
Decoupage. Por isso a ansiedade de ver o trabalho final era muita!!! Como ficou na Família vejo-a com
alguma frequência, e ainda tenho o brilho nos olhos, a cada vez que olho para ela por ter sido a
primeira e ter gostado mesmo muito do resultado final.

Em que pensas quando crias arte?

Se estou a fazer uma encomenda, tento seguir os gostos do cliente, e se é alguém que conheço, penso
nessa pessoa, nos seus gostos e manias... Se é uma peça ainda sem cliente à vista, sigo exclusivamente
os meus gostos pessoais. Liberto a minha mente... Penso em tudo e não penso em nada... O que me
acontece com muita frequência é dar por mim, de mente vazia a pintar, a cozer...

Quais são os teus materiais preferidos? Porquê?

São fases...
Neste momento, rendas, galões, fitas, botões e tecidos são a minha perdição.
Quando entro numa retrosaria nunca saio sem nada nas mãos. Muitas das vezes ainda nem sequer sei
o que fazer com eles, para que vão servir. Chego a casa sinto o toque, olho para eles e rápidamente
vem à cabeça o que fazer com estas coisas novas, deixa-me sempre com um sorriso nos lábios... E não
descanso enquanto não os utilizar!!! Ainda para mais quando se tem Amigas que não se esqueçem de
nós, e nos vão ofereçendo sempre mais...

Reflexos D’Arte
Entrevista

Quais os teus planos futuros?

Antes de tudo é voltar para o lugar que me viu nascer e crescer, Gaia. Depois gostava de me
dedicar apenas ao artesanato, poder abrir uma loja onde vários artesões podessem ter mais
divulgação das suas peças, e onde fosse um encontro de culturas e de gentes... Quero
registar a minha marca e o meu logotipo, para cada vez mais o que começou por um
passatempo e um sonho se tornar realidade.

O que mais gosta de fazer para além de arte?

Neste momento o tempo livre é muito pouco, pois quando o tenho dedico-o ao artesanato.
Mas adoro ler, ver futebol, e estar com a família pelo menos duas vezes por mês é
obrigatório para recarregar baterias...

Para encomendas :

Telemóvel: 915270598

amsestevao@hotmail.com
aluadaana@gmail.com
7

Http://aluadana.blogspot.com

Para puderes participar


nesta rúbrica basta enviares um mail
para :

Entrevista@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Ideias

Decorações de interiores

Mural
É importante renovar , mudando e decorando o ambiente. Transformar o nosso cantinho
em algo muito especial.
Nesta primeira edição decidimos mostrar uma pintura diferente - O Mural.

Um quarto de criança que estava com as paredes em branco foi transformado num fundo
do mar com algas, peixes, baleias, golfinhos, sereias e muitos outros animais marinhos.
Este trabalho foi executado com muito empenho, imaginação, dedicação e criatividade
pela nossa artista Cristina Bernardo.
8
Www.cris-art.com

Reflexos D’Arte
Ideias

Decorações de interiores

Mural

Reflexos D’Arte
Ideias

Decorações de interiores

Mural
Outros Exemplos de murais executados por esta artista.

10

Reflexos D’Arte
Ideias

Pintura

A Oxidação
A oxidação em madeira - desenvolva esta nova técnica, com um efeito atrativo.
Bons trabalhos.

Materiais usados :

!Goma laca
!Lixa
!2 pinceis
!Purpurina nas cores: Ouro, Bronze e Prata
!Frasco
!Tiner (é um solvente para tintas e vernizes)
!Tinta automotiva na cor azul ( Existem básicamente três tipos de tintas
automotivas: As tintas de poliéster, tintas a base de laca de nitrocelulose
(conhecidas como Duco) e tintas acrílicas. As tintas de poliéster são indicadas
11
para pinturas coloridas e brilhantes, ideal para modelismo de carros e motos. As
tintas Duco, formam uma camada meio que plástica e possuem vários tons.
Praticamente todas as cores estão nessa segunda categoria. As tintas acrílicas
devem ser diluídas em verniz acrílico e não atacam pinturas metálicas ou
transparências).
!Tinta verniz vitral nas cores : verde, violeta, vermelho e amarelo
!Trincha com 19 mm

Reflexos D’Arte
Ideias

Pintura

A Oxidação
Passo a Passo :

1º - Aplique duas camadas de goma laca com a trincha na mesma direcção.


Intercale as camadas com duas horas de secagem. Lixe a superfície para
obter um acabamento liso

12

2º - Aplique uma demão de tinta automotiva azul com um pincel em


movimentos sempre com a mesma direcção. Aguarde 40 minutos de secagem.

Reflexos D’Arte
Ideias

Pintura

A Oxidação

3º - Deposite as tintas vitrais com


o pincel, compondo pequenas áreas
manchadas.

4º - Disponha com um pincel mais


13
fino as purpurinas Ouro, Prata e
Cobre sobre as manchas.

5º - Coloque algumas gotas de


tíner sobre as manchas e
obsreve algumas reacções
instantâneas. Repita o
procedimento em toda a peça e
aguarde 48 horas de secagem.

Reflexos D’Arte
Ideias

Pintura

Em tecido
Materiais usados :

!Tintas para tecido


!Lixa fina
!Folha com desenho
!Tecido onde se vai pintar
!Pinceis ( um fino para os contornos
e outro mais grosso para se pintar)

Passo a Passo :
14
1º - Lavar o tecido para tirar qualquer resíduo de goma
2º - Passar o desenho para a camisola com papel quimico ou desenhar no
próprio tecido
3º - Colocar a folha de lixa por baixo do tecido para melhor se pintar
4º - Agora usando as tintas e a imaginação é só pintar. Fazer os contornos
com a ajuda do aplicador especial ou com um pincel fino e tinta preta.

Reflexos D’Arte
Ideias

Pintura

Falso Vitral
Fácil e rápido de se executar

Materiais usados :

!Vidro
!Bisnaga com tinta de relevo na cor Chumbo
Ou Preto
!Tintas vitral
!Palito ou pincel fino
!Caneta de acetato
!Desenho
15
Passo a Passo :

1º - limpe o vidro . Coloque o desenho por baixo e repasse-o com uma caneta
de acetato.

Reflexos D’Arte
Ideias

Pintura

Falso Vitral
2º - Faça os contornos com a tinta de relevo chumbo. Deixe secar pelo menos
24 horas.

16

3º - Com um palito ou pincel fino, colo-se a tinta nos espaços, mediante as cores
do desenho.

Reflexos D’Arte
Ideias

Pintura

Falso Vitral
4º - Deixe secar até ao dia seguinte

17

Reflexos D’Arte
Ideias

Miolo de pão

18

Executar trabalhos com miolo de pão tem muitas vantagens : é económico,


muito fácil de confeccionar, admite qualquer tipo de formas e qualquer tipo de
tinta. Com o miolo de pão pode-se modelar tudo. O acabamento com tintas e
vernizes dará outro aspecto e textura ao trabalho.
O miolo de pão requer um pouco de conhecimento de algumas técnicas mas
principalmente de prática. Por isso, vamos aqui apresentar uma pequena parte
da técnica do miolo de pão para que posso iniciar a destreza e sensibilidade
dos dedos, depois é só usar a imaginação e criatividade e continuar a fazer
belos trabalhos.

Reflexos D’Arte
Ideias

Miolo de pão

Massa - como fazer

Materiais usados :

!Um miolo de pão dos grandes


!Uma chávena grande de cola
!Uma colher de sopa de glicerina
!Duas colheres de sopa de porcenalizador
!Água q.b.

Preparação :

1º - Colocamos num recipiente o miolo de pão bem esfarelado, na quantidade


que considerarmos necessária para a obra a realizar.
2º - Adicionamos ao miolo de pão a cola branca.
19
3º - Misturamos bem com as mãos o miolo e a cola branca até formar uma
massa uniforme e sem caroços.
4º - Vamos acrescentando água em pequenas quantidades, enquanto
continuamos a amassar com as mãos sem interrupção.
5º - Obtida a massa, tiramo-la do recipiente para continuar a amassar sobre
uma superfície dura.
6º - Acrescentamos o porcelanizador e, aos poucos, vamos pondo a glicerina
7º - Terminada a massa, já se pode modelar com ela. Se sobrar, pode ser
guardada com folha de celofane e numa caixa de plástico.

Utensílios a utilizar :

Para modelar o miolo de pão basta usar a nossa criatividade, imaginação e as


mãos.
Mas existem algumas ferramentas que podem ajudar tais como : tesouras e
estiletes, pauzinhos modeladores e marcadores de folhas vegetais, arame e
fita adesiva, alicates e pinceis. Para colorir a massa pode-se usar tinta de
óleo obtendo tonalidades bastante precisas. Quando se quer usar cor mais
transparente usa-se uma tinta á base de álcool ou outras.

Reflexos D’Arte
Ideias

Miolo de pão
Presépio De Natal
O trabalho que apresentamos aqui como exemplo é muito simples de se fazer.

Preparação :

1º - Depois de ter amassado a massa de miolo de pão, separamos um pedaço


e repartimos em pequenas porções de tamanhos diferentes.

20

2º - Impregnamos um palito com tinta e tingimos uma das porções. Fazemos


o mesmo às outras porçoes com outras cores.

Reflexos D’Arte
Ideias

Miolo de pão
Presépio De Natal

3º - Fazendo ligeiras pressões com os dedos, vamos dando forma a cada um


dos módulos que vão compor o Presépio de Natal.

21

Reflexos D’Arte
Ideias

Miolo de pão
Presépio De Natal
4º - Trabalho finalizado.

22

Reflexos D’Arte
Ideias

Convites
Feito com muita imaginação

O trabalho que apresentamos a seguir foi enviado por uma artista que nos
presentiou com um dos seus lindos trabalhos.

ARTISTA : SANDRA REIS

A maternidade faz destas coisas! Permite entrar num novo mundo - o do


imaginário e das cores.
Com a chegada do meu filho entrei nessa nova etapa de vida e com ela uma
'mão' cheia de ideias que se concretizou com o primeiro aniversário e
baptizado dele. Começou a fantasia dos convites personalizados.
23

Reflexos D’Arte
Ideias

Convites
Feito com muita imaginação

Passo a passo :

1º passo : O computador

Ter um computador com acesso à Internet e pesquisar bonecos e desenhos


infantis. Estava o repositório de imagens feito.

2º passo: Usar a imaginação

Escolher, do repositório, as imagens que irão ser o tema da festa e dos


convites. No meu caso optei por estes deliciosos ursinhos por representarem
o crescimento da planta … o crescimento do bebé

24

Temos as imagens para o postal.

Reflexos D’Arte
Ideias

Convites
Feito com muita imaginação

Vamos passar às simulações usando a imaginação e o que o nosso computador


nos oferece: Microsoft Office Publisher.
Abrir o programa e seleccionar POSTCARD para obter os formatos de postais:

25

Reflexos D’Arte
Ideias

Convites
Feito com muita imaginação

Uma vez seleccionado o POSTCARDS, vamos escolher um fundo para o postal. Eu


escolhi este fundo:

26

Reflexos D’Arte
Ideias

Convites
Feito com muita imaginação

Com as medidas que estão indicadas na parte esquerda do programa:

27

Reflexos D’Arte
Ideias

Convites
Feito com muita imaginação

E resolvi colocar toda a barra à volta da mesma cor, aumentando-a e eliminando o


fundo que vem no postal. Ficou assim:

Agora temos os ursinhos para decorar e um texto para colocar. O resultado final
foi este:
28

Reflexos D’Arte
Ideias

Convites
Feito com muita imaginação

3º passo: Os envelopes

Para os envelopes, foi usada outra pitada de imaginação e o mesmo


programa. Foram feitos dois tipos de envelopes: para entregar em mão e
para enviar por correio.
Os passos são os mesmos: Abrir o Microsoft Office Publisher e seleccionar
ENVELOPES.

Tendo em conta as medidas do postal seleccionar o envelope mais indicado:

29

Este é o envelope para entrega em mão.

Reflexos D’Arte
Ideias

Convites
Feito com muita imaginação

O envelope criado para enviar por correio foi o seguinte:

30

4º passo: Imprimir os convites e envelopes

Para os convites foram compradas folhas A4 tipo cartolina e imprimiram-se.


Bastou recortar e colocar nos envelopes também já imprimidos e
personalizados.

Para tudo isto foi usada muita imaginação!

A tal 'mão' cheia de ideias contagiou a minha irmã, dada a outras artes, e
com isso começou a formar-se o 'Mimos às Cores' onde expomos os
nossos trabalhos e ideias.

'Mimos às Cores' porque fazemos mimos num mundo de cor e fantasia.

Http://mimosascores.blogspot.com

Reflexos D’Arte
Ideias

Découpage
Caixa para garrafa
Curiosidades:
A découpage é uma tecnica que não existe uma data
precisa do seu aparecimento. Os primeiros trabalhos
existentes vem da época medieval, quando se colavam
tiras de papel na parede. Mas, no século XVI do
Oriente chegaram à Europa os primeiros móveis e
objectos decorados com papel recortado.
Foi durante o século XIX, na Inglaterra vitoriana
que a técnica teve grande divulgação, produziam-se
móveis e objectos decorados com estampas
recortadas.
Os praticantes mais famosos desta técnica foram 31
Maria Antonieta, Madame Pompadour e mais
recentemente, Matisse e Picasso.

Retrosaria Graça Maio


#Ajur
#Meio Ponto #Tricôt
#Ponto Castelo Branco #Macramé
#Ponto Arraiolos #Arraiolos
#Ponto Grilhão #Trapilho
#Ponto Cruz #Meio Ponto
#Bainhas Abertas #Colocação de molas e ilhoses
#Bordados à mão e à máquina #Botões forrados
#Arranjos de costura

Estrada de Mem Martins, 276

Estrada de Mem Martins,


Centro Comercial Galáxia, lj 8 B
2725 Mem Martins
Email: retrosaria.maio@sapo.pt
Tel: 219203479

Reflexos D’Arte
Ideias

Découpage
Caixa para garrafa
Trabalho enviado por uma das nossas artistas convidadas a participar : Ana Estevão

Amsestevao@hotmail.com

Http://aluadana.blogspot.com

Material Usado:

! Caixa de garrafa
! Tinta Acrilica Americana D003
! Guardanapo
! Pincel
! Cola para guardanapo
! Lixa Verniz 32

Passo a Passo :

1º Começar por lixar a caixa, e retirar as impurezas com pano húmido.

2º Pintar toda a peça, deixar secar bem e voltar a lixar. Dar uma segunda de mão
com tinta e deixar secar.

Reflexos D’Arte
Ideias

Découpage
Caixa para garrafa

3º Recortar o guardanapo, para ficarmos só com a imagem a utilizar. Tirar as duas


folhas brancas e só usar a que tem a imagem. Depois da peça bem seca, colar o
33
guardanapo com pincel grosso, para evitar que se enrrugue, sempre do meio para as
pontas.

4º Dar verniz por toda a peça


para o acabamento final!

Reflexos D’Arte
Gráficos

34

Gráfico do trabalho de Falso Vitral da página 15

Reflexos D’Arte
Gráficos

35

Gráfico do trabalho da pintura em tecido da página 14

Reflexos D’Arte
Velho Vira Novo

Numa época em que muito se fala de reciclagem e, ainda, pouco se faz, lembrámo-nos de
dar algumas ideias.

Normalmente, e principalmente nesta altura do ano, com o Natal à porta, quando temos
que dar um presente a alguém, corremos para o Centro Comercial mais próximo,
gastamos horas à procura de estacionamento. Outras tantas, à procura do presente
ideal, e acabamos sempre por comprar qualquer coisita.

Recordando velhos tempos, em que os presentes de Natal, muitos deles, eram feitos em
casa, apresentamos aqui algumas ideias para belos presentes feitos a partir de “lixo”.
Embalagens de sumos, de café, de leite, de iogurte, de detergentes, etc, etc. Tudo se
aproveita, basta um pouco de imaginação!

Hoje apresentamos o Pai Natal. Feito com embalagem de sumo concentrado de fruta (
bastante conhecido, mas que não vamos dizer a marca… ), uma velha bola de ping pong,
um resto de cartolina, pedaços de lã branca que andavam lá por casa e eis o nosso Pai
Natal. Para colocar em cima de qualquer móvel e dar o espírito natalício à casa, ou para
pendurar na árvore de Natal.
36

Reflexos D’Arte
Velho Vira Novo

Podemos fazer uns sininhos com as cápsulas de café, também bastante conhecidas. E
com o velho saco plástico fazemos um cordão de croché. E prontos, temos uma corrente
de sinos, prontinha para pendurar na porta da sala.

Espero que gostem das sugestões. Quem sabe na próxima edição é você a dar uma ideia
brilhante, de algo para se fazer em casa, junto com os filhotes, numa tarde chuvosa de
inverno.

Trabalhos realizados por : Alexandra Rodrigues

Para contactar:

Tralhitas

Hhttp://tralhitas.blogspot.com 37
Http://armadaemartista.blogspot.com
Http://www.flickr.com/photos/alexis7218/

Para puderes participar


nesta rúbrica basta enviares um mail
para :

Reciclagem@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Divagações

Este poema foi-nos enviado por Maria Cristina Baptista

Quando me deste uma flôr


Prometi-te o coração,
E brincando com o amor,
Nasceu a nossa afeição.

Dediquei-me com ardor,


Nesse viver de ilusão;
E quasi...senti rancor
Pela tua ingratidão!

Foi grande a desilusão,


Para puderes participar
Mas tu pedis-te perdão nesta rúbrica basta enviares um mail
Com tanta, tanta ternura: para :

Com a minha compaixão Poemas@reflexosdarte.com

Perdoei mas que ilusão...


Que me resta de ventura?!
38

Reflexos D’Arte
Passeios Fotográficos
Nesta rubrica damos algumas sugestões para belos
passeios onde se conjuga o gosto pela natureza,
arquitectura, etc com o gosto pela fotografia. Não
é preciso ser um grande fotógrafo ou ter uma
grande máquina fotográfica, basta a ideia de
querer passar um dia diferente dos outros,
apreciar o que há de bonito e brincar com a
máquina fotográfica!

Fábrica da Pólvora de Barcarena

Em 1988 encerra a sua actividade uma das mais antigas unidades de produção
de pólvora negra do nosso País a Fábrica da Pólvora de Barcarena.

39

Uma extensa propriedade localizada no vale de Barcarena, com mais de 40


hectares, dá testemunho do ofício da pólvora negra num período que abarca
cerca de 400 anos. Estruturas e equipamentos de inegável valor do domínio do
património industrial ficaram sujeitos à degradação e ao abandono, em situação
semelhante à de tantas outras unidades fabris que, chegadas a um ponto de
ruptura, se viram obrigadas a pôr termo à sua actividade.

Com o intuito de se preservar e perpetuar a memória do trabalho deste


complexo fabril, a Câmara Municipal de Oeiras tomou a iniciativa de o adquirir à
INDEP (Industrias de Defesa EP), e m 1994, para, após os primeiros trabalhos
de recuperação o transformar num espaço especialmente vocacionado para o
lazer e fruição cultural. Para tal, foi necessário reanimar os velhos edifícios que
se dispersam pelo vale, sem esquecer contudo, a importância do seu passado.

Reflexos D’Arte
Passeios Fotográficos

A ocupação deste vale para fins produtivos remonta aos finais do período quatrocentista
quando foi necessário armar as naus das descobertas Barcarena, terra afastada dos
centros populacionais mas perto da capital e com abundância de água, foi o local
escolhido para o acolhimento duma primitiva oficina para o fabrico de armas, instituída
em 1487 por D. João II as Ferrarias d' El Rei e é comum atribuir-se ao reinado de D.
Manuel a engenhos de pilões para o fabrico da pólvora. No entanto, quanto ao fabrico de
pólvora negra, no período indicado, a verificar-se, tratar-se-ia, certamente de uma
pequena estrutura.

40

A Fábrica da Pólvora que hoje identificamos deve-se à figura do Marquês de Alenquer


D. Diogo da Silva e Mendonça, Vice-Rei de Portugal entre 1617 e 1621, que terá
encarregado o engenheiro-mor do reino, Leonardo Turriano, a projectar e a edificar uma
casa onde foram instalados os primeiros moinhos para o fabrico de pólvora negra, cerca
de 1618/19, que inauguraram com o revolucionário sistema de galgas.

No entanto, nos últimos anos a degradação dos equipamentos, a grande explosão de


1972, que paralisou completamente o fabrico da pólvora negra, e a quebra da produção,
tornaram insustentável esta enorme unidade industrial, que empregou gerações de
famílias e condicionou a freguesia de Barcarena.

Reflexos D’Arte
Passeios Fotográficos

A Fábrica da Pólvora de Barcarena terá constituído durante séculos um espaço


aglutinador de população e a sua importância foi vital para o desenvolvimento socio-
económico desta localidade, assim como o seu funcionamento também foi imprescindível
em momentos da História de Portugal, particularmente quando se tornava urgente a
necessidade da sua produção, de acordo com os objectivos nacionais

Contactos:
Estrada das Fontainhas 2745-613 Barcarena
Tel. (351) 214 391 128/30
Jardim: Aberto 24h
Entrada gratuita.

Http://www.fabricadapolvora.com/

41

Fotografias por :

Alexandra Rodrigues

Reflexos D’Arte
Gastronomia

Cada vez se torna mais necessário saber


poupar e, juntando o útil ao agradável, 42
conhecer também a arte de confeccionar
pratos saborosos com as sobras do Natal e
do Ano Novo. Nem sempre se torna fácil
imaginar rapidamente um prato delicioso.
Por isso, vamos aqui apresentar algumas
óptimas receitas.

Reflexos D’Arte
Gastronomia

Curiosidades:

De acordo com o Giacomo Devoto sobra era :


“ Sobra é um vocábulo que se pronuncia com acento
dos mais depreciativos “
Terminada uma refeição procura-se dar fim às sobras
e aos restos, e não é sem razão que se tornou
proverbial o ditado : “ Deitar as sobras ao cão “ .
Na realidade ninguém pretende repetir ao almoço a
refeição do dia anterior.
Mas, com o alto custo da alimentação nos orçamentos
43
7
familiares, foi-se aos poucos introduzindo na cozinha
o conceito de poupança
A arte de utilizar sobras já foi abordada num livro que
é considerado um “clássico da cozinha pobre“,
escreveu-o em 1915 Olindo Guerrini, embora
afastado da mentalidade e dos costumes da época foi
uma maneira pomposa de arranjar formas depoupar e
mudar os tempos difícies da altura.
Quem encorajou Guerrini a publicar as suas receitas
foi Pellegrino Artusi, conhecido pelo livro “ A ciência
na cozinha ou a arte de comer bem “.

Reflexos D’Arte
Gastronomia

Bolo de pão com amêndoas

Ingredientes para 4 pessoas:

! 300 g de pão duro


!½ litro de leite
!2 ovos
!100 g de amêndoas picadas
!4 amêndoas amargas
!50 g passas
!3 colheradas de açúcar
!30 g de manteiga
!Casca de limão ralada q.b.

Tempo necessário :

1 hora mais o tempo do pão amolecer

***************
Partir o pão, colocá-lo numa terrina, regá-lo com leite e deixá-lo amolecer por umas duas horas,
44
em seguida, misturar bem de modo a obter uma papa homogénea. Mergulhar as passas em água tépida.
Juntar o pão as amêndoas picadas e as amêndoas amargas também picadas, as casca de limão ralada, os
ovos e as passas já escorridas e secas. Deitar a mistura numa forma ligeiramente untada de manteiga,
polvilhar a superfície com o açúcar e regar com o resto da manteiga derretida. Levar ao forno durante
45 minutos. Desenformar e servir antes que seque demasiado.

Este espaço
pode ser seu!!!!
Contacte-nos
publi@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Gastronomia

Sobras de Bacalhau

Ingredientes para 4 pessoas:

! 600 g de bacalhau cozido


! ½ kg de tomates pelados
! 4 grandes pimentos encarnados ou amarelos
! 1 dente de alho
! 1 molho de salsa
! 1 cebola
! 1 copo de azeite
! Sal, pimenta
! Couves cortadas aos bocados

Tempo necessário :

Cerca de 1 hora

***************
Grelhar os pimentos e retirar-lhes a pele. Cortar a cebola e colocar numa caçarola juntamente
45
com as couves cortadas juntar o azeitee deixar dourar um pouco. Juntar os tomates sem sementes e os
pimentos, temperar com sal e pimenta e, depois, acrescentar a salsa picada e o alho.
Cobrir a caçarola e deixar cozer em lume moderado por cerca de meia hora, mexendo de vez em quando.
Juntar o bacalhau, baixar o lume ao mínimo e deixar cozer ainda uns dez minutos, deitando, se secar
uma concha de caldo. Acompanhar com batatas salteadas.

Bom apetite

Reflexos D’Arte
Gastronomia
Peito de Perú com Vinho da Madeira

Ingredientes para 4 pessoas:

! 8 fatias de peito de perú


! 70 g de manteiga
! Um pouco de farinha
! 3 colheres de sopa de parmesão ralado
! ½ copo de vinho da Madeira Seco ( pode ser substituido por Vinho do Porto)
! Um pouco de caldo
! Sal, pimenta

Tempo necessário :

Cerca de 45 minutos

***************
Deitar sal e pimenta nas fatias de peito de perú e polvilhá-las ligeiramente de farinha; dourá-las
em seguida na frigideira com cerca de 50 g de manteiga. Escorrê-las para uma forma untada de
manteiga e polvilhá-las com o parmesão. Juntar ao molho da cozedura o vinho da Madeira, deixar que se
evapore um pouco, adicionar algumas colheradas de caldo e o resto da manteiga, deixar aquecer e verter
o molho sobre as fatias de perú. Levar ao forno até que o queijo se derreta ligueiramente. 46
Acompanhar com arroz branco.

Bom apetite
Para puderes participar
nesta rúbrica tens de enviar um email
para :

Gastronomia@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Feiras e Workshops

WORKSHOPS Centro Comercial Drugs


Av. Chaby Pinheiro, 25 R/C loja 11

Sábado dia 13 de Dezembro - Encaustica em Vidro

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Sábado dia 20 de Dezembro - Pintura Country

!Estrada de Mem Martins, 276


47
!Estrada de Mem Martins
C.C. Galáxia, lj 8 B
2725 Mem Martins
Retrosaria.maio@sapo.pt
219 203 479

Aulas de Bordados

!Castelo Branco
!Ponto Cruz
!Ponto Grilhão
!Bainhas abertas
!Tricôt
!Macramé
!Arraiolos
!Trapilho, etc...

Reflexos D’Arte
Feiras e Workshops
Feira de Artesanato em Alcobaça

A Feira de Artesanato irá realizar-se no dia 14 de Dezembro - Domingo. A Feira terá lugar em
ALCOBAÇA no espaço de um antigo Lagar de Azeite que foi recuperado por forma a possibilitar
a sua utilização como espaço para eventos culturais.
Se alguém estiver interessado é favor contactar : termartins@yahoo.com

Feira de Artesanato em Caldas Rainha

Organização de uma feira de Natal, que irá decorrer nos Domingos que antecedem o Natal, dias
7, 14 , 21. Se vos interessar enviem uma foto do vosso trabalho ou blog para
xoxogiandme@gmail.com.

Ondas de Inspiração

Feira de Artesanato em Setúbal

Artesanato ganha feira


Feira de Artesanato de Setúbal é o nome de uma nova iniciativa da Câmara Municipal e da
ACOES - Associação do Carnaval e Outros Eventos de Setúbal, a realizar no Jardim da Beira-
Mar, todos os meses, durante o 4º fim-de-semana de cada mês. O certame, destinado a
contribuir para o desenvolvimento do artesanato local e regional enquanto actividade económica,
cultural e social, decorre entre as 10h00 e as 18h00.
Está agendada em Dezembro para os dias 20 e 21. 48
Os artesãos interessados em participar nesta feira devem fazer a inscrição até a segunda
quarta-feira.
As inscrições e a obtenção de informações devem ser dirigidas ao endereço paula.silva@mun-
setubal.pt ou ao número de telefone 265547900, extensão2546, da Câmara Municipal.

Exposição de presépios em Vila Alda - Sintra

Vai realizar-se de 20 de Dezembro de 2008 a 6 de Janeiro 2009 uma exposição de presépios de


Natal na Vila Alda - Casa do Electrico - em Sintra.

A Feira Internacional de Lisboa vai realizar a


2ª edição da NATALIS
Feira de Natal e da Solidariedade de Lisboa - de 02 a 10 de Dezembro.
A Natalis 2006 tem como objectivo reunir uma ampla oferta de produtos, dos sabores e
saberes ao gift, passando, como não podia deixar de ser nesta altura do ano, pela diversão e
entretenimento, especialmente para as crianças
As receitas de bilheteira revertem a favor de organizações de solidariedade social, permitindo
também que, nesta época especial, os mais desfavorecidos sejam lembrados e apoiados.
Bilhete Individual: 1€
Sénior (> 65 anos) e Pessoas portadoras de necessidades especiais: 0,50€
Menores de 12 anos: Grátis

Reflexos D’Arte
Feiras e Workshops

Mercado de Natal Oeiras

A Ideias do Parafuso, em conjunto com a Câmara Municipal de Oeiras, decidiu este ano realizar o
evento, Mercado de Natal Oeiras, um evento com características únicas no nosso país, pela conjugação
de várias iniciativas no mesmo evento, transportando-nos para o imaginário do Natal.

Este evento irá ser realizado entre os dias 28 de Novembro e 24 de Dezembro, com um total de 27
dias.

Centro Histórico de Oeiras e Mercado Municipal (Largo 5 de Outubro)O Mercado de Natal, irá
decorrer no 1º andar do Mercado Municipal de Oeiras (Sala de Exposições), com exposição e venda de
artesanato e artigos tradicionais, e outros produtos que de alguma forma sejam apelativos nesta
quadra natalícia.

Estão incluídas neste evento, para além do Mercado de Natal, um conjunto de iniciativas, entre as quais
podemos destacar:

!Espectáculos
!Animação
!Actividades
!Teatro Infantil
!
E muito mais surpresas 49
Aos fins de semana o Mercado estende-se para o exterior, com mais áreas de exposição e venda, e
mais actividades.
Existem também espaços reservados para vendedores de pipocas, algodão doce, castanhas, farturas e
fritos de natal.

Gostaríamos de o convidar a participar no Mercado de Natal Oeiras, enquanto Expositor, dando a sua
contribuição para tornar este evento ainda mais dinâmico e enriquecedor, trazendo a qualidade dos
produtos tradicionais portugueses.

Toda a informação sobre o evento encontra-se disponível nos seguintes locais:

On-line:Site do Evento - oeirasnatal.co.cc


Pedidos de Informação para o e-mail - oeirasnatal2008@gmail.com

Presencial:
Junta de Freguesia de Oeiras e São Julião da Barra
Rua Marquês de Pombal, 42, 2780-289 OEIRAS

Horário de Funcionamento:
Segunda, Terça, Quinta e Sexta9h00 - 12h30 / 14h00 - 17h30
Quartas-feiras9h00 - 12h30 / 14h00 - 19h30

A Organização

Reflexos D’Arte
Feiras e Workshops

Casa Animada - Massamá


O GAVE(Grupo de artistas Vale de Eureka) inaugurou um espaço de exposição de Artesanato e
Artes Plásticas no dia 02 de Novembro de 2008 - no espaço " Casa Animada " em Massamá.
Este espaço terá o nome de Oficina de Artesanato e Artes Plásticas.
Houve outro projecto na Casa Animadao foi o estágio dos dois alunos da Escola Profissional de S.
João da Pesqueira - Esprodouro ( alunos de S. Tome e Principe).
A inauguração do espaço colminou com a apresentação da Prova Final do Curso deles, contando com a
presença do Sr. Director da Esprodouro e respectivo Professor do Estagio.

A Direcção da GAVE espera com o apoio dos associados na divulgação do espaço , bem como espera
tambem estar a conseguir dar mais um passo em frente na divulgação do Artesanato e dos trabalhos
dos seus associados.

Feira de Artesanato da Parede

De 01-01-2008 até 31-12-2008 em Parede, Parque Morais, Portugal 2ºs Sábados de cada mês.


Horário: 8:00h às 19:30h
Para mais informações: VR@jf-parede.pt
50
Feira de Artesanato em Azeitão
De 01-01-2008 até 31-12-2008 em Azeitão, Rossio, Portugal 2º Domindos de cada mês
Para mais informações: saolourencodel@sapo.pt

Feira de Velharias e Artesanato Urbano em Vila


Franca de Xira
De 01-01-2008 até 31-12-2008 em Vila Franca de Xira, Rua do Chave D'ouro, Portugal
1ºs sábados de cada mês na Rua Almirante Cândido dos Reis, mais conhecida por cá como a Rua do
Chave D'ouro.
O horário é das 9h às 18h.
Para mais informações: mailto:freguesia@jf-vfxira.pt

Reflexos D’Arte
Feiras e Workshops

Feiras de Artesanato de Aveiro

De 01-01-2008 até 31-12-2008 em Aveiro, Portugal 2º Domingo de cada mês.


Organização: Barrica (Ass. de Artesãos de Aveiro) Contacto: 234 424 014.

Crafts & Design


Até 31-12-2008 em Lisboa, Jardim da Estrela, Portugal
Uma mostra de artesanato e design que já conquistou um espaço muito seu. Ao primeiro domingo de
cada mês no Jardim da Estrela.

Zimbr'ARTE - Feira das Artes e do Artesanato


De 01-01-2008 até 31-12-2008 em Sesimbra, Portugal 4.º Domingo do mês.
Para mais informações: gdae_ggfm@cm-sesimbra.pt

Feira de Velharias e Artesanato Urbano em


Sintra
De 01-01-2008 até 31-12-2008 em Sintra,no Jardim do Soldado Desconhecido,perto da estação de
51
comboios de Sintra, Portugal. 1ºs e 3ºs sábados de cada mês
O horário é das 9h às 19h.
Para mais informações: 219236101

Feira de Artesanato de Cascais


De 01-01-2008 até 31-12-2008 em Cascais, Portugal, 2º Sábado de cada mê, no largo Visconde da
Luz
Organização: Grupo Ecológico de Cascais
Contacto: 214 847 136 email: gec@sapo.pt

Se souberes de algum
workshop ou feira e quizeres expôr
aqui envia um email para :

feirasw@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Penso logo Digo
Porquê 25 de Dezembro

Todos festejam o Natal no dia 25 de Dezembro. É data unânime. Mas porquê? Apesar de a resposta «
foi nesse dia que Jesus Cristo nasceu» ser a mais comum, é uma resposta inexacta.
A data exacta do nascimento de Jesus Cristo é incerta. Um facto que não preocupou a igreja visto que
o aquilo que realmente interessava era o Messias ter chegado para salvar a humanidade.
Consta que foi perto dos anos 243 e 336 que o dia 25 de Dezembro foi escolhido para celebrar o
nascimento de Jesus.
Mas qual a razão desta escolha? Porquê o dia 25 de Dezembro?
A origem está no Imperador Aureliano, quando este oficializou o culto ao Sol, no ano de 274,
mandando construir um templo e fixando a sua festa no dia 25 de Dezembro, no solstício de Inverno.
A passagem para o festejo do Natal aconteceu com o objectivo de dar o novo sentido cristão a uma
celebração de origem pagã.
Foi assim que os cristãos passaram a festejar no vigésimo quinto dia de Dezembro o nascimento de
Jesus e o Natal.

De onde veio o Pai Natal

As decorações de Natal, hoje em dia, não deixam de lado uma das figuras mais populares desta
quadra. Mal chega o mês de Dezembro começam a encontrar-se nos telhados, nas janelas e nas portas
das casas as figuras penduradas de um velhote barbudo, vestido de vermelho e branco dos pés à
cabeça e com um saco de prendas.
A história desta figura, o Pai Natal, é baseada numa história verdadeira: a história de S. Nicolau, um
52
bispo que viveu no século IV. Este bispo tinha o hábito de oferecer presentes a todos aqueles que não
tinham posses para os receber.
Dada a sua idade, o Bispo Nicolau, tinha longas barbas brancas e, durante as cerimónias solenes,
envergava um traje avermelhado, o que inspirou a figura que habitualmente reconhecemos como a do
Pai Natal.
A S. Nicolau são atríbuidos vários milagres, entre os quais o facto de ter ressuscitado três crianças
que haviam sido mortas e colocadas numa salgadeira. Este Bispo é ainda hoje o patrono dos
marinheiros, comerciantes e crianças de vários países como a Grécia, Bélgica, Bulgária, ou Sérvia.
Bem mais tarde, em 1866, surgiu a figura que hoje em dia todos sabem de cor. O desenho, feito por
Thomas Nast, importante cartoonista norte-americano, foi a primeira encarnação desta simpática
personagem. Uma imagem que foi usada diversas vezes em conteúdos publicitários ao longo dos anos e
que hoje é indissociável desta quadra.

Esperamos ouvir notícias e saber as tuas


opiniões, dúvidas e sugestões.

Reflexos D’Arte
Participa

Como devem calcular uma revista não é uma coisa


fácil de se organizar e isso requer trabalho e
empenho da nossa parte e agradecemos a vossa
participação.
Neste momento somos poucos a ter esta
responsabilidade, e como tal, pedimos-te que te
juntes a nós participando com ideias, pensamentos e
trabalhos.
Se quiseres participar na
revista com os teus trabalhos envia
um mail para :

Participa@reflexosdarte.com

53

Este espaço
pode ser seu!!!!
Contacte-nos
publi@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Reflexos D’Arte