Você está na página 1de 37

nç a

Cr i a
d a
Dia

Caixinha para agulhas


Suporte de colheres de pau

A
V
E
em
ros
t
ou
e
ns
a
m
Nº 7 - Edição Gratuita Junho 2009

ho p s Reciclagem
ork s Passeios fotograficos
s e W
Feira Gastronomia
Poesia
Reflexos D’Arte Reflexos D’Arte Reflexos D’Arte
Indice

Reflexos D’Arte
Editorial
Dia 1 de Junho

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o Dia Mundial da Criança não é só uma festa onde as crianças ganham
presentes.

É um dia em que centenas de crianças continuam a sofrer de maus tratos, doenças, fome e discriminações
(discriminação significa ser posto de lado por ser diferente). Por isso, devemos pensar nelas todos os dias, não só
em especial neste dia.

Sabiam que o primeiro Dia Mundial da Criança foi em 1950?

Tudo começou logo depois da 2ª Guerra Mundial, em 1945. Muitos países da Europa, do Médio Oriente e a China
entraram em crise, ou seja, não tinham boas condições de vida.
As crianças desses países viviam muito mal porque não havia comida e os pais estavam mais preocupados em voltar à
sua vida normal do que com a educação dos filhos. Alguns nem pais tinham.
Como não tinham dinheiro, muitos pais tiravam os filhos da escola e punham-nos a trabalhar, às vezes durante
muitas horas e a fazer coisas muito duras.

Sabias que mais de metade das crianças da Europa não sabia ler nem escrever?

E também viviam em péssimas condições para a sua saúde. Em 1946, um grupo de países da ONU (Organização das
Nações Unidas) começou a tentar resolver o problema. Foi assim que nasceu a UNICEF.
Mesmo assim, era difícil ajudar todas as crianças, uma vez que nem todos os países do mundo estavam
interessados nos direitos da criança.

Foi então que, em 1950, a Federação Democrática Internacional das Mulheres propôs às Nações Unidas que se 2
criasse um dia dedicado às crianças de todo o mundo. Este dia foi comemorado pela primeira vez logo a 1 de Junho
desse ano!

Com a criação deste dia, os estados-membros das Nações Unidas, reconheceram às crianças, independentemente
da raça, cor, sexo, religião e origem nacional ou social o direito a:

! afecto, amor e compreensão;


!alimentação adequada;
!cuidados médicos;
!educação gratuita;
!protecção contra todas as formas de exploração;
!crescer num clima de Paz e Fraternidade universais.

Sabias que só nove anos depois, em 1959 é que estes direitos das crianças passaram para o papel?

A 20 de Novembro desse ano, várias dezenas de países que fazem parte da ONU aprovaram a "Declaração dos
Direitos da Criança".
Trata-se de uma lista de 10 princípios que, se forem cumpridos em todo o lado, podem fazer com que todas as
crianças do mundo tenham uma vida digna e feliz. Claro que o Dia Mundial da Criança foi muito importante para os
direitos das crianças, mas mesmo assim nem sempre são cumpridos.
Então, quando a "Declaração" fez 30 anos, em 1989, a ONU também aprovou a "Convenção sobre os Direitos da
Criança", que é um documento muito completo (e comprido) com um conjunto de leis para protecção dos mais
pequenos (tem 54 artigos!).Esta declaração é tão importante que em 1990 se tornou lei internacional!

Reflexos D’Arte
Entrevista
Entrevista à artista Carla Rodrigues - Artista Plástica - Moçambicana de 45 anos

Http://mylixuteca.blogspot.com
http://aarteemmim.blogspot.com

Como caracterizas o teu trabalho?

Eu não consigo dar um nome aos meus trabalhos, não sei se é arte ou não porque não me preocupo em classificar,
mas eu faço um pouco de pintura em acrílico, sob cartão ou tela, e neste momento, dado que estive anos a trabalhar
com acrílico resolvi começar a explorar o pastel óleo também em papel e Tela, pois é sempre um desafio. Para além
disso faço esculturas em pasta de papel, com o objectivo de explorar e aperfeiçoar, visto que aqui em Moçambique
não há muita exploração desse material. Também reaproveito lixo transformando nas esculturas obviamente e em
outros objectos decorativos e úteis.

Quando e como inicias-te a tua actividade artística ?

Eu sempre tive um gosto para trabalhos manuais, desenho etc, mas sou muito bicho-do-mato e por isso só me atrevi
a sair um pouco por causa do marido, filhas e amigos e comecei pelos brincos e colares feitos em corda de algodão e
conchas. Em relação à pintura, comecei a mostrar o meu trabalho ao público em 1997, com muito custo e medo, pois,
não sou uma pessoa muito de convívio e portanto foi um esforço, numa mini colectiva com mais dois colegas. Depois
continuei a participar em tudo o que era exposição colectiva e concursos, e em 2000 acabei fazendo a minha 1ª
exposição individual, pois precisava de uma avaliação mais alargada sobre os meus trabalhos, para puder decidir
por onde ir. Fiz uma exposição individual de quadros em acrílicos desenhados a corda, e aplicações de capulanas,
juntamente com esculturas de barro e de papel, que estavam muito no princípio. Em 2003, a segunda individual, 3
tendo como característica a pintura e a escultura, mas desta vez só em pasta de papel e reaproveitamento de
materiais, como garrafas, plásticos etc. e assim continuei até hoje a participar também em colectivas para
divulgar o meu trabalho.

Qual foi a peça que mais prazer te deu criar? Porquê?

Em todas as minhas fases, e nas áreas em que eu trabalho, todas as peças, esculturas e quadros me deram prazer
em faze-las, pois cada vez que trabalho é uma realização, um desligar do dia a dia, é a minha imaginação a funcionar
e como se ela fosse autónoma e as mãos executassem e quando termino, parece que nunca está pronto, pois nunca
consigo fazer o que está na imaginação, mas aproximo me muito…

Em que pensas quando crias arte?

Em que penso? não te sei dizer em que penso, pois como disse acima, eu normalmente desligo o sistema e ponho a
imaginação a funcionar e as mãos fazem o trabalho. É o momento em que estou comigo, que estou sem pensar nos
problemas, no que tenho que fazer….gosto de brincar com as linhas e as cores e ver no que posso transformar.

Podes participar nesta


rúbrica enviando um mail para :

Entrevista@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Entrevista
Quais são os teus materiais preferidos? Porquê?

Eu adoro o acrílico, pois seca mais rápido e dá efeitos muito diferentes, podendo brincar com a tinta à vontade,
mas depois de muitos anos a pintar em acrílico, em 2007 resolvi partir para outra técnica e aprender e estou a
adorar na mesma pois eu tenho que estar sempre a aprender. Em relação às esculturas eu adoro trabalhar com a
pasta de papel, pois é uma técnica muito simples, aprendida na escola primária, mas que posso transformar em
diversas coisas, moldando. Gosto também de fazer o meu artesanato, que é o reaproveitamento de frascos, latas,
vidros, plásticos, madeiras, conchas, e enfim tudo o que me aparece à frente, em objectos de decoração e úteis, o
que me dá gozo.

Quais os teus planos futuros?

Eu aprendi a não fazer projectos para futuros muito distantes, pois não é uma área fácil, mas gostaria, ou este ano,
ou para o próximo ano, fazer uma individual desta vez com os pasteis a óleo e as esculturas, mas estou a juntar um
número de obras suficientes para ver se depois vou à luta para angariar os patrocínios, visto que é muito difícil.

O que mais gostas de fazer para além de arte?

Na realidade eu gostaria de ter um atelier aberto para ir ensinando a crianças e adultos a aproveitar os materiais e
mesmo em relação à pintura. O que gostaria de fazer para além da arte….não faço ideia nenhuma, pois acho que
quando comecei a pintar, a fazer as esculturas me encontrei e portanto, acho que depois de ter tido outras
profissões, o que gostaria mesmo é de estar nesta área.
4

Como evoluiu a tua vida de artista?

Sou praticamente uma auto didacta, depois da minha primeira exposição individual, apareceu um mestre,
professor de artes, Cubano, Ulisses, que veio ver a exposição e olhou para mim e disse, tens muitas ideias, mas
precisas de aprender algumas técnicas, se estiveres disposta eu dou te aulas e a partir daí comecei a ir a casa dele
aprender a pintar com acrílico, os contrastes, as texturas, as cores, a luz o escuro, enfim aprendi muito, pois eu
realmente estava muito verde, mas como disse anteriormente precisava de expôr para ver para onde ir. Depois de
um ano tive que me soltar do mestre, para puder correr sozinha, pois por vezes aprendemos e achamos que
precisamos da bengala para sempre e aí partir para a luta. Aos poucos, timidamente, mas cada vez mais segura.

Podes participar nesta


rúbrica enviando um mail para :

Entrevista@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Entrevista
O que dizem as pessoas quando vêm e compram as tuas peças?

Eu fico admirada, pois quando pinto não penso no público, mas felizmente sou bem recebida, gostam, conversam
sobre as obras e até descobrem novos pontos de vista. Essa é a parte divertida de se expor, cada olhar é um
observador diferente e vê uma coisa diferente.

Em relação às esculturas, as pessoas gostam, pensam que é ferro, bronze ou outro metal, mas ainda penso que aqui
em Moçambique as pessoas ainda não estão acostumadas a comprar esculturas que não sejam de madeira, e em
especial, estão a aprender a dar valor ao material reaproveitado, mas gostam do meu trabalho, alguns compram, e
portanto acho que têm uma boa opinião.

Reflexos D’Arte
Ideias

Decorações de interiores

Ferramentas e Materiais
Nesta edição vamos falar de alguns materiais necessários para preparar a superfície
ou o espaço a pintar.

LIXAS

As lixas podem ter diversos tipos de granulosidades e espessuras. A escolha da dimensão do grão deve ser
feita, tendo em conta a quantidade de tinta velha, pasta para juntas ou qualquer outro tipo de material que
será eliminado. Assim aconcelha-se a ter diversos tipos de lixa em casa. As superfícies com muitas
irregularidades devem ser tratadas com uma lixa de grão muito grosso ( 80 ou 120). Em seguida já poderá
passar com um mais fino.

Existem para além das lixas normais, as que necessitam de água. São de grão fino ( 320, 400), servem para
lixar até à perfeição ou para retirar o verniz de uma superfície. Além disso, a utilização da água, evita os
riscos irregulares. Também serve para eliminar as partículas de poeira e outras impurezas que se alojem
entre duas ou mais camadas de tinta. As lixas que tem a base feita em tecido são mais resistentes e duráveis,
mas mais caras. 6
Existem também as tiras abrasivas que se colocam nas lixadeiras eléctricas.

É muito importante utilizar a lixa correctamente, uma má utilização pode comprometer o resultado final.
Utilize com muito cuidado as lixas de grão grosso, podem produzir riscos difíceis de eliminar. Para remover
irregularidades use uma lixa de grão mais fino , demora mais tempo mas o trabalho final é mais controlado.
Se lixar uma peça de madeira, lixe no sentido dos veios da madeira.

Passe sempre a lixa em fases precisas : primeiro o grão mais grosso depois o médio e para terminar o fino. Não
esqueça nem esquinas, nem os bordos. Para as zonas de difícil acesso, existem esponjas, blocos e espátulas
abrasivas. Mas também pode executar com uma lixa normal dobrada ao meio fica mais resistente e plana, e
permitirá trabalhar as zonas de difícil acesso.

ESPÁTULAS E FACAS

Espátulas e facas servem para aplicar massa nas paredes ou painéis. Existem uma diversidade de marcas,
modelos e preços. Por isso, o melhor no início não faça grandes gastos, pois a diferença não é muita. Mas para
um profissional a conversa já é outra. Para os pequenos buracos e irregularidades, pode utilizar uma faca de
pequena ou média dimensão, tanto no caso de madeiras, como no de paredes. Para as grandes reparações, será
necessário adquirir uma espátula maior. Escolha uma espátula relativamente larga, pois facilitará o alisamento
das irregularidades.

Outros instrumentos : plásticos pra proteger o chão, régua graduada e metro desdobrável, lápis, ou giz, nível
de água, fio de prumo, ou um cordel de pó, e um escadote.

Reflexos D’Arte
Ideias
Caixinha para as agulhas
Todos os dias é dia da Criança, deviamos todos nos lembrar mais disso. Não só no dia 1 de
Junho. Por isso, nesta edição vamos apresentar algumas ideias que poderão fazer com elas,
todos os dias. Brinquem, divirtam-se, sejam crianças nem que seja por uns momentos. Vão
ver que se vão sentir melhor e mais felizes.

Material Utilizado :

! Rolo do papel de cozinha ou os rolos do papel de celofane ou do alúminio ( aproveitamento


dos mais rijos)
! Guardanapo a gosto
! Cola
! Verniz
! Rolha de cortiça

Passo a Passo :

1º Recorta-se o guardanapo do tamanho do rolo

2º Pincela-se a cola muito bem esticada no rolo, e com muito cuidado vai-se colando o guardanapo. Deixa-se
secar.
07
3º Pincela-se novamente com mais um pouco de cola. Entretanto enquanto seca a cola, corta-se a rolha de
cortiça a meio. E se necessário desbasta-se um pouco dos lados da rolha para se conseguir encaixar no rolo.

4º Coloca-se as rolhas de cortiça em cada lado do rolo. Depois enverniza-se e deixa-se secar. E está pronto
para colocar umas agulhas de croché, ou de malha conforme o tamanho do rolo.

Reflexos D’Arte
Ideias
Suporte para colheres de pau
Materiais usados:

Garrafa plástica de água ou sumo, pano com desenhos decorativos, pedrinhas ou missangas,
ferro de soldar( os papás tem de ter muito cuidado e fazer esta parte às crianças), agulha e
linha.

1º - Corta-se a garrafa , retirando a parte do gargalo.

2º - Liga-se o ferro de soldar e faz-se alguns furos pequenos


em volta na parte superior e no fundo da garrafa.

3º - Corta-se o tecido ao tamanho da garrafa colocando um


pouco a mais para fazer as dobras de ambos os lados do
tecido.

4º - Coloca-se o tecido em volta da garrafa e vai-se cosendo


usando os buracos já efectuados com o ferro.

5º - No final decora-se com as missangas ou pedrinhas a gosto


( cosidos ou colados).

08

Reflexos D’Arte
Ideias
Suporte de Escova de Dentes
Aqui vai mais um exemplo bem giro para fazerem com as vossas crianças.

Material usado:

! Pacote de yogurt liquido ( bem lavado)


! Guardanapo a gosto
! Cola
! Verniz
! Ventosa
! Pincel
! Tinta relevo para decorar

Passo a passo:
1º Depois de bem lavado o frasco do yogurt, faz-se um furo na parte de
cima para se encaixar a ventosa.

2º recorta-se o desenho do guardanapo e cola-se no frasquinho a gosto


e deixa-se secar.

3º Pincela-se a cola por cima do guardanapo e deixa-se secar novamente depois pincela-se um pouco de verniz,
deixando secar. E, para finalizarmos a peça podemos enfeitar com tinta relevo de bisnaga.
09

Podes enviar os teus


trabalhos para:

Participa@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Ideias
Imans e decoração de lápis em EVA
Materiais:

! Eva da cor que se quer


! Caneta de feltro ou de acetato, e tinta em bisnaga de relevo ( várias cores)
! Iman e lápis
! Cola de contacto

Passo a passo :

1º Desenha-se na folha de eva os desenhos a gosto. Depois com uma tesoura que corte
bem, corta-se pelo risco os desenhos.
2º Com a caneta de feltro ou acetato delinea-se o que falta do desenho. Pode-se acabar a
decoração com as tintas de relevo.
3º Colam-se os imans na parte de tráz das flores neste exemplo. Para as peças dos lápis
corta-se uma tira e cola-se na parte de traz para encaixar nos lápis.

E aqui temos mais umas peças bem giras para nos divertirmos com os nossos filhos.

10

Podes enviar os teus


trabalhos para:

Participa@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Ideias
Frasquinhos de cheiro

Materiais usados:

! Frasco de yogurtes bem lavados


! Cola de contacto
! Peças para decorar o frasco
! Fita de seda , de algodão ou rendas
! Tecidos variados ou papel decorativo
! Flores secas com cheiro

Passo a passo :

1º Desenha-se um circulo no tecido e recorta-se. O circulo tem de ser um pouco maior que a abertura do frasco.

2º Caso se queira enfeitar o frasco, colam-se as pecinhas no frasco. Depois colocam-se as flores secas dentro do
frasco.

3º Ata-se o circulo do tecido na parte de cima do frasco com a fita de seda, ou com uma renda. ( É a gosto). E,
finalizamos mais um trabalho muito giro e engraçado.

Como é giro nos divertirmos um pouco !!! 11

Loja, design, decoração, workshops. artes decorativas

( Nova Morada )

Galerias São Sebastião, lj 26


2655-319 Ericeira
963259339

blog em: http://fabricaarcoiris.blogspot.com

Podes enviar os teus


trabalhos para:

Participa@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Ideias
Postal Feito em computador

Passo a passo:

1º Abrir a folha de fundo no fireworks e os restantes elementos.

2º Colocar a foto a gosto ( neste caso foi de um gato) na folha de fundo juntamente com as linhas , o laço e os
botões.

3º Para colocar cada elemento na janela da folha de fundo só tem que arrastar com o rato. E, temos
assim,mais um trabalho bem giro enviado por uma das nossas participantes e leitoras.

Trabalho enviado por : Ana Rute 12

Podes enviar os teus


trabalhos para:

Participa@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Ideias

Arranjos Florais
Secar com Dessecantes

De todos os métodos de secagem, o que é feito com agentes dessecantes é o mais eficaz, pois as flores
mantém toda a sua beleza. As flores secas mediante este processo não se comercializam, o que as torna
mais insólitas e apreciadas. Consiste num processo de desidratação da flor pelas suas pétalas, por isso é
a corola que tem que ser coberta com o dessecante. O dessecante mais antigo é a areia, mas não é o mais
aconcelhável porque demora algumas semanas a absorver a humidade das flores. É preferível usar a areia
que se vende para os gatos, que é muito absorvente, mexendo-a bem antes de usá-la. O bórax (
tetraborato sódico) pode usar-se misturado com areia ou detergente em pó ( 3 partes de bótax para
duas partes de areia ou detergente em pó). Com esta mistura o processo de secagem demora 10 dias. O
melhor agente de secagem é a sílica gel, que absorve 45% do seu peso em água e demora entre 2 a 5 dias
a concluir o processo. Vende-se na forma de grãos cristalinos e traz também um corante indicador,
quando está seco é azul intenso, e quando está húmido é cor-de -rosa pálido. Tem a vantagem de poder
ser usado muitas vezes se o metermos em forno brando depois de cada utilização. Daí a meia hora estará
novamente azul intenso e pronto para ser usado.
Este método permite-nos secar qualquer tipo de flor por mais delicada que seja, incluvise as que tem
formas ocas, como a túlipa ou a orquídea, seria impossível com outros processos. As flores conservam o 13
seu aspecto inicial, tanto no formato, como na cor. O inconveniente deste método é exigir muito cuidado.
Temos de controlar o tempo de secagem se não queremos que todas as flores se estraguem, pois acabam
por se queimar ou estragar. Não existem normas de tempo estabelecidas, pelo que tem de se
experimentar em flores diferentes. Dependendo da forma, da grossura, da textura, etc... Cada flor
demorará mais ou menos tempo a secar. Pode ajudar ir apontando num bloco de notas os tempos de
secagem das flores que experimentarmos. Depois de secas as flores tornam-se muito quebradiças e
partem-se facilmente , por isso, teremos de ter muito cuidado a manejá-las.

Reflexos D’Arte
Ideias

Arranjos Florais
Passo a passo

1º os elementos necessários são : um recipiente com tampa ( de metal ou vidro, pode ser uma lata vazia de bolachas),
uma broxa de pêlo macio, uma colher, uma tesoura e um dessecante.

2º deita-se a sílica na lata até obter uma camada de 2 cm. Se o grão for muito grosso convém pisá-lo num almofariz
para que o seu peso não deforme as flores.

3º preparamos as fores cortando o caule a 2 ou 3 cm. As flores devem ser todas iguais, porque cada espécie tem um
tempo de secagem diferente.

4º se vamos precisar de flores com caules compridos pomos-lhes arame antes de as secarmos, porque depois
tornam-se muito quebradiças e seria mais difícil colocá-lo.

5º em seguida colocam-se as flores viradas para cima sobre a camada de secante separadas umas das outras, para
que não choquem entre si e as suas pétalas não se dobrem.

6º com uma colher enchemos o recipiente com gel até cobriras flores, mas sem as tapar completamente para que
possa circular o ar e evitar que o seu interior apodreça. 14
7º por último tapamos o recipiente e deixa-se num sítio muito seco e á temperatura ambiente, pois o calor e a
humidade favorecem a putrefacção.

8º passados 2 dias abrimos a lata para ver se as flores estão secas. O gel deve estar cor-de-rosa e as plantas como
papel. Se ainda não estiverem, voltamos a tapar o recipiente e verificamos diariamente. O máximo que podem
demorar é 7 dias.

9º com uma broxa macia tiramos a camada superir de sílica. Depois pegamos nas flores com delicadeza e limpamo-
las uma a uma com a broxa.

10º Uma vez fora da lata insistimos na limpeza individual de cada flor. Se for necessário com a ajuda de um pincel
mais fino para limpar todos os recantos.

O gel pode voltar a ser usado se o metermos


no forno durante meia hora e o guardarmos numa Lata.

As flores indicadas para secar com dessecantes :


peónia, narciso, cravo, rosa, jacinto, rododendro, amor-perfeito,
anémona, dália, frésia, gerbera, margarida, passiflórea, flor de
cera, prímula, lilium, violeta, íris, zínia, camélia, campainha,
açucena, lírio, tulipa, crisântemo, hortênsia, malva, orquídea.

Reflexos D’Arte
Ideias

A planta medicinal
Dores de estômago

As causas mais frequentes da dor de estômago são a dispesia, a úlcera gastroduodenal e neurose gástrica
(nervos no estômago). Estas plantas contribuem eficazmente para aliviar a dor de estômago de forma
fisiológica, mas só devem aplicar-se com prévio diagnóstico da causa da dor.

Vamos aqui apresentar algumas plantas e legumes dos quais pode usar para tratamento:

Laranjeira - acalma as dores gástricas de origem nervosa. Infusão de folhas e/ou flores.

Alcaçus - Acalma a acidez e as dores de estômago. Infusão, maceração, extrato de raiz e rizoma.

Condurango -Acalma a dor e os espasmos do estômago. Usa-se em Decoção de casca.

Zaragatoa - A mucilagem que contém cria uma camada protectora no estômago e intestino. Maceração de
sementes.

15

Reflexos D’Arte
Ideias
Ponto baixo
Passo a passo
Seguindo as imagens efectuamos o ponto baixo, que serve para fazermos malas em trapilho,
camisolas de lã, e de algodão, e outros acessórios de moda.

16

Reflexos D’Arte
Ideias
Ponto Cruz
Gatinho

17

Podes enviar os teus


trabalhos para:

Participa@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Velho Vira Novo
Jogos
Os brinquedos estão caros! Os jogos estão caros! É claro que a miudagem prefere os jogos de computadores, dos
telemóveis, das playstations, etc. Mas também não será um pouco culpa dos adultos que não incentivam a novas
criações?

Vamos de férias e metade da bagagem da criançada são jogos ultra modernos, ultra tecnológicos, e ainda temos
que levar os cabos, os transformadores, as baterias, e todos os acessórios necessários para que esses novos
brinquedos possam funcionar.

Nós, aqui no Reciclar é Preciso, sugerimos alguns jogos feitos com embalagens, quer sejam de plástico, quer sejam
de lata, quer sejam de cartão. Como é o nosso lema, basta pôr a imaginação a funcionar.

Desta vez mostramos dois jogos muito simples de fazer, e outros mais complicadinhos. Com tampas e gargalos de
velhas garrafas de plástico podemos fazer belos peões e pôr a criançada a jogar.

Ainda com garrafas de plástico podemos fazer um belo e simples jogo… nós aqui chamamos-lhe o Jogo Vai-Vai.
Feito com metade de uma garrafa de plástico. Se quizermos dificultar o nível do jogo, fazemos com garrafas
pequenas.

18

Podes enviar os teus


trabalhos para:

Reciclagem@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Velho Vira Novo
Os outros dois jogos, mais difíceis de fazer, que apresentamos são o Jogo da Glória e o Jogo do Galo. Aproveitámos
velhas latas de bolachas, forrámos e fizemos dois jogos interessantes.

Estas são as nossas sugestões! E as vossas?

Ficamos à espera!

Trabalhos realizados por :


19
Alexandra Rodrigues e Alda Nunes

Para contactar:

Para participares nesta


rúbrica basta enviares um mail para :

Reciclagem@reflexosdarte.com

Http://tralhitas.blogspot.com
Http://armadaemartista.blogspot.com
Http://www.flickr.com/photos/alexis7218/

Reflexos D’Arte
Divagações
Poema escrito por João Marcelo
Http://www.poemas-de-amor.net/poema_para_meu_filho

Poema para Meu Filho

Puro amor de minha alma


Estrela linda e brilhante
De rostinho fascinante
Razão desse meu viver

Orgulho, carinho...bem querer.


És toda a felicidade
Na minha vida meu filho
Razão de todo amor

Iluminando meus dias


Que Deus te abençoe pra sempre
Um anjo em forma de gente
Eu te amarei para sempre.
20
Suave riso inocente
Infinita admiração
Luz divina e reluzente
Voce meu filho querido

Amor... pulsar do meu coração

Para participares nesta


rúbrica basta enviares um mail para :

Poemas@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Passeios Fotográficos

Nesta rubrica damos algumas sugestões


para belos passeios onde se conjuga o gosto
pela natureza, arquitectura, etc com o gosto
pela fotografia. Não é preciso ser um grande
fotógrafo ou ter uma grande máquina
fotográfica, basta a ideia de querer passar
um dia diferente dos outros, apreciar o que
há de bonito e brincar com a máquina
fotográfica!

Portinho da Arrábida
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre

Portinho da Arrábida é uma pequena aldeia, pertencente à freguesia de São Lourenço,


concelho e distrito de Setúbal, mais conhecida pela praia adjacente à localidade.
Localiza-se na Serra da Arrábida que a rodeia a Norte, a Oeste de Setúbal (cerca de 13
km) e a Este de Sesimbra cerca de 21 km), tendo a Sul o Oceano Atlântico, junto à foz do
rio Sado.

Acesso
21
O acesso, vindo de Setúbal, é difícil e faz-se, por terra, de duas maneiras:
!Pelo coração da Serra da Arrábida, uma estrada montanhosa, estreita e com um
pavimento algo irregular, apesar de ser um percurso pitoresco com paisagens
bonitas;
!por uma estrada com problemas de estabilização de vertentes e com trânsito
condicionado: só se pode regressar antes das 9 horas e depois das 18 horas; só para
veículos ligeiros (ou outros devidamente autorizados).
!
Por Sesimbra, é a estrada montanhosa que leva a Setúbal. Ao chegar ao Portinho, a
estrada é estreita e de trânsito condicionado durante o fim-de-semana, das 9H às 18H.

Gastronomia

Em tudo igual à de Setúbal sendo de destacar dois dos restaurantes estarem,


parcialmente, sobre o mar.

Pontos de Interesse

Apesar da sua pequena dimensão, o Portinho da Arrábida tem três locais de interesse: o
Museu Oceanográfico, a Pedra da Anicha e, claramente a mais conhecida, a praia do
Portinho da Arrábida.

Reflexos D’Arte
Passeios Fotográficos

Museu Nacional do Traje e Moda


Praia do Portinho da Arrábida

Localizada entre as praias de Alpertuche (a ocidente) e de Galápos (a oriente) é uma praia


rochosa, junto à localidade, sendo mais arenosa à medida que se caminha para este (em
direcção a Setúbal).
Recentemente foi melhorado um acesso à praia, com parques de estacionamento, que facilita
aos visitantes chegarem à praia e permite um desanuviamento de trânsito no Portinho.Vindo
do Portinho, os turistas/veraneantes escolhem a parte mais rochosa ou caminham, numa via
de terra batida, bastante acidentada, até à parte maior e mais arenosa.

22

Fotografias por :

Alexandra Rodrigues

Museu Oceanográfico

Localiza-se no Forte de Santa Maria da Arrábida e possui uma colecção de fauna e flora da
Arrábida, fundada pelo naturalista setubalense Luíz Gonzaga do Nascimento.

Pedra da Anicha
É uma afloramento rochoso, pertencente a uma antiga linha de costa, a 100 metros da praia e
é Reserva zoológica do Parque Natural da Arrábida, pela sua fauna marinha e algumas algas.
É também conhecida por ser um local de caça submarina, apesar de haver alguma
controvérsia sobre a legalidade desta acção.

Reflexos D’Arte
Passeios Fotográficos

Fotografias por :

Alexandra Rodrigues

23

Este espaço
pode ser seu!!!!
Contacte-nos
publi@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Gastronomia

Receitas simples para fazer com as nossas crianças

Nesta edição vamos apresentar algumas receitas bem giras e fáceis para fazer com as nossas crinças.
Esperamos que goste e que continuem a enviar os vossos cozinhados.

24
7

Este espaço
pode ser seu!!!!
Contacte-nos
publi@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Gastronomia

Gelado Fácil
Ingredientes:

! 1 lata de leite condensado


! 1 creme de leite
! 1 gelatina ( qualquer sabor)

***************
Faça a gelatina e não leve ao frigorifico. Ainda quente coloque no liquidificador junto com
o leite condensado e o creme de leite. Bata bem. Depois leve ao congelador numa
embalagem tapada para não criar bloquinhos de gelo. Depois de congelado, bata na
batedeira para ficar cremoso. Volta para o congelador novamente. E está pronto um
gelado bem fácil de se fazer.

25

Este espaço
pode ser seu!!!!
Contacte-nos
publi@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Gastronomia
Biscoito Amanteigado de Canela
Ingredientes :

! 250 g de manteiga
! 1 colher de sopa de canela em pó
! 12 colheres sopa de açucar
! 3 ½ chávenas de chá de farinha de trigo

***************
Peneire numa tigela a farinha com o açucar e a canela. Junte a manteiga, misture bem até
obter uma massa homogénea, adicionando 3 colheres de sopa de água. Faça com a massa 2
cilíndros de 4 cm de diâmetro cada um e enrole-os com filme plástico. Leve ao congelador
por 5 horas. Em seguida, ligue o forno à temperatura média. Retire a massa do congelador
e corte em rodelas de 1 cm de espessura cada uma. Disponha-as num tabuleiro e leve ao
forno por 10 minutos, ou até dourar. Retire do forno e desenforme com a ajuda de uma
espátula depois de morno.

26

Este espaço
pode ser seu!!!!
Contacte-nos
publi@reflexosdarte.com

Para participares nesta


rúbrica tens de enviar um email para:

Gastronomia@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Feiras e Workshops

WORKSHOPS
Todos os meses
Http://bluecraft.blogspot.com

Centro Comercial Drugs


Av. Chaby Pinheiro, 25 R/C loja 11
2725 - 265 Mem Martins

27

WORKSHOPS
Visitem o nosso site

Se souberes de algum
workshop ou feira e quizeres expôr
aqui envia um email para :

feirasw@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Feiras e Workshops
Feira de Artesanato - Volta do Duche - Sintra

O GAVE (Grupo de Artistas Vale de Eureka) está na Volta no Duche de Abril de 2009 até Setembro
de 2009 ao 2º Domingo de cada mês

Http://gave2004.blogspot.com

Visitem-nos !!!!

Feira de Artesanato - Ericeira - Na rua principal

O GAVE (Grupo de Artistas Vale de Eureka) está na Ericeira de Março de 2009 até Outubro de 2009
ao 1º e 3º fim de semana de cada mês

Http://gave2004.blogspot.com

Visitem-nos !!!!

!Estrada de Mem Martins, 276


28
!Estrada de Mem Martins
C.C. Galáxia, lj 8 B
2725 Mem Martins
Retrosaria.maio@sapo.pt
219 203 479

Aulas de Bordados

!Castelo Branco
!Ponto Cruz
!Ponto Grilhão
!Bainhas abertas
!Tricôt
!Macramé
!Arraiolos
!Trapilho, etc...

Reflexos D’Arte
Feiras e Workshops

Feira de Artesanato em Azeitão


De 01-01-2009 até 31-12-2009 em Azeitão, Rossio, Portugal 2º Domindos de cada mês
Para mais informações: saolourencodel@sapo.pt

Feira de Velharias e Artesanato Urbano em Vila


Franca de Xira
De 01-01-2009 até 31-12-2009 em Vila Franca de Xira, Rua do Chave D'ouro, Portugal
1ºs sábados de cada mês na Rua Almirante Cândido dos Reis, mais conhecida por cá como a Rua do Chave
D'ouro.
O horário é das 9h às 18h.
Para mais informações: mailto:freguesia@jf-vfxira.pt

A 32ª Feira Nacional de Artesanato de Vila do


Conde
Realiza-se de 25 de Julho a 9 de Agosto de 2009
Av. Júlio Graça, Vila do Conde, Portugal
Para mais informações : http://fna.vconde.org/index.php 29

Site de Feiras de Artesanato Internacionais


Https://www.querofeiras.com/viagens%5Ffeiras/

Feira de Artesanato - Queluz - Parque Conde de


Almeida Araujo

O GAVE (Grupo de Artistas Vale de Eureka) está em Queluz de Março de 2009 até Outubro de 2009 ao
último sábado de cada mês. O parque fica em frente à junta de freguesia.

Http://gave2004.blogspot.com

Visitem-nos !!!!

Reflexos D’Arte
Feiras e Workshops
Casa Animada - Massamá

O GAVE (Grupo de Artistas Vale de Eureka) tem um espaço de exposição e venda de Artesanato e
Artes Plásticas no espaço " Casa Animada " em Massamá.

Este espaço tem o nome de Oficina de Artesanato e Artes Plásticas.

A Direcção da GAVE espera com o apoio de todos na divulgação do espaço , bem como espera também
estar a conseguir dar mais um passo em frente na divulgação do Artesanato e dos trabalhos dos seus
associados.

Horário da Casa Animada - Massáma

Terça a Sexta das 10h00 às 17h00 - encerrado 13h00 às 14h00


Domingos das 10h00 às 17h00 - encerrado 13h00 às 14h00

Http://gave2004.blogspot.com

Visitem-nos !!!!

Fabrica do Arco-Íris

loja, design, decoração, workshops. artes decorativas


30
Workshops:

Pintura em tecido, pintura em madeira, bijutaria, pintura acrílica, feltro com Agulha,
feltro com sabão, pasta fimo, desenho á vista, découpage, velas artesanais, flores de
sabonete, scrapbooking, biscuit, flores de papel, pintura com espátula

Galerias S. Sebastião, lj. 26


2655-319 ERICEIRA

visite o nosso blog em: http://fabricaarcoiris.blogspot.com/

Se souberes de algum
workshop ou feira e quizeres expôr
aqui envia um email para :

feirasw@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Feiras e Workshops
Feiras de Artesanato de Aveiro

De 01-01-2009 até 31-12-2009 em Aveiro, Portugal 2º Domingo de cada mês.


Organização: Barrica (Ass. de Artesãos de Aveiro) Contacto: 234 424 014.

Crafts & Design


Até 31-12-2009 em Lisboa, Jardim da Estrela, Portugal
Uma mostra de artesanato e design que já conquistou um espaço muito seu. Ao primeiro domingo de
cada mês no Jardim da Estrela.

Zimbr'ARTE - Feira das Artes e do Artesanato


De 01-01-2009 até 31-12-2009 em Sesimbra, Portugal 4.º Domingo do mês.
Para mais informações: gdae_ggfm@cm-sesimbra.pt

Feira de Velharias e Artesanato Urbano em


Sintra
De 01-01-2009 até 31-12-2009 em Sintra,no Jardim do Soldado Desconhecido, perto da estação de
comboios de Sintra, Portugal. 1ºs e 3ºs sábados de cada mês 31
O horário é das 9h às 19h.
Para mais informações: 219236101

Feira de Artesanato de Cascais


De 01-01-2009 até 31-12-2009 em Cascais, Portugal, 2º Sábado de cada mês, no Largo Visconde da
Luz
Horário: das 9:00 até ás 19 horas
Organização: Grupo Ecológico de Cascais
Contacto: 214 847 136 email: gec@sapo.pt

Se souberes de algum
workshop ou feira e quizeres expôr
aqui envia um email para :

feirasw@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Feiras e Workshops
Artesanato na Vila Alda - Sintra

Dias 06 e 07 de Junho na Vila Alda em Sintra, perto do museu Olga Cadaval.

Feira Alegria - Artesanato Urbano


Até 31-12-2009 em Lisboa, na praça da Alegria
1º e 3º fim de semana de cada mês, Sábado e Domingo.

Se souberes de algum
workshop ou feira e quizeres expôr
aqui envia um email para :

feirasw@reflexosdarte.com

32

Este espaço
pode ser seu!!!!
Contacte-nos
publi@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Penso logo Digo
Junho é o mês dos Santos Populares

Santo António a 13, São João a 24 e São Pedro a 29. Sardinha assada, bailes pelas ruas, manjericos e versos
populares: assim é a tradição portuguesa no mês de Junho.

Santo António de Lisboa (para os italianos Santo António de Pádua), com o nome de baptismo Fernando
Martim de Bulhões e Taveira Azevedo, (Lisboa, cerca de 1191 / 1195 Pádua, 13 de Junho de 1231), é um frade
franciscano português, foi canonizado pela Igreja Católica e por esta proclamado Doutor da Igreja.

Protetor dos pobres, o auxílio na busca de objetos ou pessoas perdidas, o amigo nas causas do coração. Assim
é Santo António de Pádua, frei franciscano português, que trocou o conforto de uma abastada família
burguesa pela vida religiosa.
Contam os livros que o santo nasceu em Lisboa, em 15 de agosto de 1195, e recebeu no baptismo o nome de
Fernando. Ele era o único herdeiro de Martinho, nobre pertencente ao clã dos Bulhões y Taveira de Azevedo.
Sua infância foi tranqüila, sem maiores emoções, até que resolveu optar pelo hábito. A escolha recaiu sobre a
ordem de Santo Agostinho. Os primeiros oito anos de vida do jovem frei, passados nas cidades de Lisboa e
Coimbra, foram dedicados ao estudo. Nesse período, nada escapou a seus olhos.

Desde os tratados teológicos e científicos às Sagradas Escrituras. Sua cultura geral e religiosa era tamanha
que alguns dos colegas não hesitavam em chamá-lo de "Arca do Testamento".
Reservado, Fernando preferia a solidão das bibliotecas e dos oratórios às discussões religiosas. Bem, pelo
menos até um grupo de franciscanos cruzar seu caminho. O encontro, por acaso, numa das ruas de Coimbra
marcou-o para sempre. Eles eram jovens diferentes, que traziam nos olhos um brilho desconhecido. Seguiam
para Marrocos, em África, onde pretendiam pregar a Palavra de Deus e viver entre os sarracenos.
A experiência costumava ser trágica. E daquela vez não foi diferente. Como a maioria dos antecessores,
nenhum dos religiosos retornou com vida. Depois de testemunhar a coragem dos jovens frades, Fernando 33
decidiu entrar para a Ordem Franciscana e adotar o nome de António, numa homenagem a Santo Antão.
Disposto a se tornar um mártir, ele partiu para Marrocos, mas logo após aportar no continente africano,
António contraiu uma febre, ficou tão doente que foi obrigado a voltar para casa. Mais uma vez, os céus lhe
reservava novas surpresas. Uma forte tempestade obrigou seu barco a aportar na Sicília, no sul da Itália.
Aos poucos, recuperou a saúde e concebeu um novo plano: decidiu participar da assembléia geral da ordem em
Assis, em 1221, e deste modo conheceu São Francisco pessoalmente.
É difícil imaginar a emoção de Santo António ao encontrar seu mestre e inspirador, um homem que falava com
os bichos e recebeu as chagas do próprio Cristo. Infelizmente, não há registros deste momento tão
particular da história do Cristianismo. Sabe-se apenas que os dois santos se aproximaram mais tarde, quando
o frei português começou a realizar as primeiras pregações. E que pregações! Santo António era um orador
inspirado. Suas pregações eram tão disputadas que chegavam a alterar a rotina das cidades.
De pregação em pregação, de povoado em povoado, o santo chegou a Pádua. Lá, converteu um grande número
de pessoas com seus actos e suas palavras. Foi para esta cidade que ele pediu que o levassem quando seu
estado de saúde piorou, em junho de 1231. Santo António, porém, não resistiu ao esforço e morreu no dia 13,
no convento de Santa Maria de Arcella, às portas da cidade que batizou de "casa espiritual".
Tinha apenas 36 anos de idade.

Esperamos ouvir notícias e saber as tuas


opiniões, dúvidas e sugestões.

Reflexos D’Arte
Penso logo Digo
O pedido do religioso foi atendido dias depois, com seu enterro na Igreja de Santa Maria Mãe de Deus. Anos
depois, seus restos foram transferidos para a enorme basílica, em Pádua. O processo de canonização de frei
António encabeça a lista dos mais rápidos de toda a história. Foi aberto meses depois de sua morte, durante
o pontificado de Papa Gregório IX, e durou menos de um ano.
Graças a sua dedicação aos humildes, Santo António foi eleito pelo povo o protetor dos pobres.
Transformou-se num dos filhos mais amados da Igreja, um porto seguro a qual todos sem exceção podem
recorrer. Uma das tradições mais antigas em sua homenagem é, justamente, a distribuição de pães aos
necessitados e àqueles que desejam proteção em suas casas.
Homem de oração, Santo António se tornou santo porque dedicou toda a sua vida para os mais pobres e para o
serviço de Deus.
Diversos factos marcaram a vida deste santo, mas um em especial era a devoção a Maria. Em sua pregação,
em sua vida a figura materna de Maria estava presente. Santo António encontrava em Maria além do
conforto a inspiração de vida.
O seu culto, que tem sido ao longo dos séculos objecto de grande devoção. Santo António torna-se um dos
santos de maior devoção de todos os povos e sem dúvida o primeiro português com projeção universal.
De Lisboa ou de Pádua, é por excelência o Santo "milagreiro", "casamenteiro", do "responso" e do Menino
Jesus. Padroeiro dos pobres é invocado também para o encontro de objectos perdidos.
Sobre seu túmulo, em Pádua, foi construída a basílica a ele dedicada.

34

Esperamos ouvir notícias e saber as tuas


opiniões, dúvidas e sugestões.

Reflexos D’Arte
Participa
Como devem calcular uma revista não é uma coisa
fácil de se organizar e isso requer trabalho e
empenho da nossa parte e agradecemos a vossa
participação.
Neste momento somos poucos a ter esta
responsabilidade, e como tal, pedimos-te que te
juntes a nós participando com ideias, pensamentos e
trabalhos enviando-nos até ao final de cada mês para
sair no próximo.
Se quiseres participar na
revista com os teus trabalhos envia um
mail com fotografias e descrição do passo a
passo para :

Participa@reflexosdarte.com

35

Este espaço
pode ser seu!!!!
Contacte-nos
publi@reflexosdarte.com

Reflexos D’Arte
Reflexos D’Arte

Reflexos D’Arte