Estrutura do Balanço Patrimonial

O termo patrimonial tem origem no patrimonio, ou seja, conjunto de bens, direitos e obrigações. Balanço patrimonial é uma demonstração que reflete a posição financeira e patrimonial da empresa em dado momento. É a demonstração de maior utilização pelas empresas e tem como finalidade demonstrar a posição de bens, direitos e obrigações em determinado momento, evidenciando a situação líquida. É muito importante para a análise da estrutura de capital e da capacidade financeira da empresa. O balanço patrimonial de uma empresa serve para ³medir´ a quantidade de bens acumulada por ela. Ele é fundamental par a mostrar como se encontra a situação econômica e contábil da mesma. O Balanço tem como resultado a diferença entre os bens, os direitos os seus deveres de uma empresa. Ele geralmente ocorre uma vez por ano, e mostra tudo o que foi ganho durante esse período. O balanço patrimonial é parte de um conjunto de relatórios que compõem as demonstrações contábeis de uma entidade. Além do balanço, há a demonstração do resultado do exercício , a demonstração das mutações do patrimônio líquido , a demonstração de origens e aplicações de recursos , exigidas pela atual legislação societária brasileira. São também consideradas demonstrações contábeis a demonstração do valor adicionado , a demonstração dos lucros e prejuízos acumulados e a demonstração do fluxo de caixa. Tais demonstrações devem ser sempre apresentada s acompanhadas de notas explicativas. O Balanço patrimonial é a demonstração contábil que evidencia, resumidamente, o patrimônio da empresa, quantitativa e qualitativamente.

COMPOSIÇÃO
O Balanço Patrimonial é constituído pelo:  Ativo- Os bens e direitos que uma empresa tem, contabilmente falando chamam-se de Ativo, a empresa tem num determinado momento, resultante de suas transações ou eventos passados da qual futuros benefícios econômicos podem ser obtidos. Cumpre ressaltar a evolução da Teoria Contábil na conceituação do Ativo: durante muito tempo se definiu os bens do Ativo como aqueles que a Entidade detivesse o chamado "Direito de Propriedade" (escola do Personalismo, por exemplo). Com o advento do Patrimonialismo, qualquer bem que seja utilizado economicamente pela Entidade, passou a figurar no Ativo. Na

Contabilidade Pública brasileira. serviço em andamento dentre outros. Sendo que os nos créditos tributários se enquadra o imposto de renda. realizados) em dinheiro em curto prazo: normalmente ³duplicatas a receber´ e ³estoques´. no caso da conciliação de saldos. Dinheiro e itens que se transformarão rapidamente em dinheiro. matérias de consumo. que figuram em Ativos para fins de controle e análise. Para seguir de maneira correta. será obrigatoriamente efetuada por ocasião de levantamento dos balancetes mensais. notas promissórias a receber. cheques e ordens a receber e por fim nos créditos vencidos a liquidar se enquadram. mercadorias recebidas em consignação ou comodato. ‡ Despesas do Exercício Seguinte: Esta conta registra nos subtítulos apropriados o valor das despesas de exercícios futuros. entram as duplicatas a receber. intermediários. devem. independem das relações diretas jurí dicas e econômicas com um determinado bem. há grande quantidade de contas de compensação.cartões de créditos. ou seja. pois seus itens sempre renovando. carnês vencidos.Esse grupo é conhecido como capital de giro. Ativo Circulante: No ativo circulante estão classificados: dinheiro disponível (caixa e bancos) em poder da empresa e também todos os valores que serão transformados (convertidos. com regularização das pendências .O ativo circulante é o grupo que gera para a empresa pagar suas contas a curto pra zo.créditos a receber e cr éditos vencidos a liquidar. de liquidez imediata. o saldo e a movimentação dos subtítulos da conta devem ser periodicamente conciliados. nos créditos a receber. no Ativo Circulante as contas são dispostas em subgrupos sendo alguns eles: y Disponíveis: são representados por numerário em caixa. dos balanços patrimonia is e dos balanços e balancetes. créditos tributários. ‡ Créditos : os créditos podem ser subdivididos em grupos podendo citar como exemplos. matérias primas. dentre outros. saldos bancários para livre movimentação e as aplicações em títulos vinculados ao mercado aberto. ser classificados no Ativo Circulante. podendo citar como exemplo: estoque de mercadorias para revenda. ‡ Estoques: São os valores referentes. duplicatas vencidas à receber. matérias para reposição na prestação de serviços. portanto. aos produtos acabados.

a tendência é que em breve essa expressão seja muito mais usada que hoje. Duplicatas a Receber de Longo Prazo. Como exemplos: os empréstimos que a empresa faz a diretores.mediante o seu registro na contabilidade. Para encontrá -lo você deve somar todas as contas que não fazem parte do Ati vo Circulante. 488/05 já obriga as companhias abertas a publicarem com a nomenclatura ATIVO NÃO -CIRCULANTE e também visto que uma das alterações recentes da lei apresenta a possibilidade as companhias fechadas seguirem as normas da CVM. em período superior a um ano. nem no realizável a longo prazo. de vendê -los. y Imobilizados . y Realizável a longo prazo Compreende Itens que serão realizados (transformados) em dinheiro a longo prazo. Quando a empresa vende um imóvel para receber em cinco anos. a CVM através da Deliberação n°. não classificáveis no circulante. mas existe essa classificação dada pelos doutrinadores e professores. Somando as contas que não Ativo Circulante você encontra o Ativo Não Circulante. Os investimentos permanentes têm como principal característica o fato de não haver intenção. Móveis e Utensílios. como exemplo.404/76 não apresentar o item Ativo Não-Circulante. ou seja. y Ativo não circulante: A classificação da Lei 6404/76 não traz o "ativo não circulante". as contas de Veículos. por parte da empresa. etc. Em uma questão ou outra você encontra o pedido para encontrar o Ativo Não Circulante. Apesar de a lei 6. Para encontrar o ativo não circulante você pega o total do Ativo e diminui o Ativo Circulante. devidamente comprovados por documentos verdadeiros. Participações em Outras Sociedades. y Investimentos Devem ser classificadas como investimentos as participações permanentes em outras empresas e os direitos de qual quer natureza. assim: (+) Total do Ativo (-) Ativo Circulante (=) Ativo Não Circulante Essa classificação serve apenas para demonstrar o valor que a entidade possui que não é circulante.

por exemplo. Os ativos intangíveis são importantes fontes de valorização das empresas. impostos a pagar. os bens tangíveis como terrenos. sendo assim. municipais e estaduais de conta própria e a contribuição social sobre o lucro líquido e y y y . encargos a pagar etc. desenvolvimento e domínio do conhecimento humano tornam essenciais para a sua valorização y  y Passivo. salários a pagar. salários a pagar.compreende as origens de recursos representados pelas obrigações para com terceiros. a prazo determinado ou indeterminado. resultantes de eventos ocorridos que exigirão ativos para a sua liquidação. É dividido nos seguintes subgrupos: Obrigações comerciais : Registram-se as obrigações para com fornecedores. Segundo Walter. realista. patentes.O imobilizado é composto dos direitos que tenham por objeto a manutenção das atividades da empresa. pesquisas. consolidado. honorários. móveis e utensílios. edifícios. Obrigações trabalhistas : Registram-se as obrigações decorrentes das relações trabalhistas com os empregados. decorrentes da aquisição de bens ou serviços. veículos e os intangíveis como marcas. tecnologia. para exploração de uma jazida de minério. bem como os direitos de propriedade industrial ou comercial. empréstimos bancários a pagar. y Intangível Conceito clássico. bens intangíveis são aqueles que não tem existência própria. Passivo circulante No passivo circulante ficam agrupadas as dividas com terceiros que serão pagas mais rapidamente com fornecedores de mercadorias. São classificados no imobilizado. Obrigações fiscais : Registram-se impostos federais. patentes e custo de exploração de fundo de comércio. o denominado ³Intangível´ é atribuível ao componente patrimonial que não possui representação física compatível com a função que desempenha como utilidade no patrimônio de um empreendimento. fatores como marcas. assim como contribuição ao INSS etc. Por exemplo: Uma empresa de mineração pode adquirir os direitos. mas assumem uma expressão econômica do patrimônio da empresa. ou que sejam exercidos com essa finalidade. inerentes aos salários.

Reservas de capital: são geradas de acréscimos de valor a elementos do ativo. y A principal reserva de capital é a correção monetária do capital realizado. também. assim a empresas prestadoras de serviços. com retorno a prazo indeterminado. nesse grupo de contas. ou à prestação de serviço contratado. Quando o valor do Passivo for maior que o valor do Ativo. o resultado é denominado Passivo a Descoberto. Portanto. y Capital social: corresponde ao investimento inicial efetuado pelos sócios. y Ajuste de avaliação patrimonial: que tem a função de receber os valores que pertencem ao patrimônio da entidade e que tiveram seus valores revistos. Os valores resultantes das reservas de capital constituídas não transitam no resultado do exercício. todos esses exercícios deverão ser classificadas como não-circulantes.O ajuste de avaliação patrimonial pode ser entendido . y Outras obrigações : registram-se os valores que não entraram nas contas acima. sociedades coligadas ou controladas. Os empréstimos efetuados à empresa por acionistas. Exemplo: aluguéis recebidos antecipadamente.também os retidos pela fonte pagadora a funcionários e autônomos.compreende os recursos próprios da Entidade.Circulante. Resultado de exercícios futuros: são as receitas de exercícios futuros correspondem a um acréscimo no ativo da companhia que ocorre antes de ela cumprir sua obrigação contratua l. e seu valor é a diferença positiva entre o valor do Ativo e o valor do Passivo. passivo exigível a longo prazo: As obrigações com vencimento após doze meses devem ser classificadas no passivo exigível a longo prazo. devem ser registrados. são todas as obrigações das empresas cujo vencimento seja após o exercício seguinte. o que normalmente corresponde à entrega da coisa vendida. a expressão Patrimônio Líquido deve ser substituída por Passivo a Descoberto. Capital social é o mesmo que capital nominal. acrescido dos aumentos de capital pela incorporação de reservas ou injeção de novos recursos.  Patrimônio Líquido. y y y passivo não circulante: Passivo Não.

Essa conta representa a interligação entre o Balanço e a Demonstração do Resultado do Exercício . não capitalizados porém já apropriados para constar no Patrimônio Líquido na data do Balanço. reservas para investimentos. deverão ser destacadas no balanço como redutora da conta do patrimônio líquido que registrar a origem de recursos aplicados na sua aquisição. reservas para contingências. reservas estatutárias. y Prejuízos acumulados: Representa o saldo remanescente dos prejuízos líquidos das apropriações de lucros e dos dividendos ainda não distribuíd os. conceito que veio acompanhando a nova rubrica contábil. ou seja.como uma espécie de correção dos valores de ativos e passivos em relação ao valor justo. . reserva de lucros a realizar. nem a voto. Devem ser contabilizadas pelo custo de aquisição. e são de cinco espécies: reserva legal. Ações em tesouraria: que são ações da própria empresa por ela adquiridas. Enquanto mantidas em tesourar ia não dão direito a dividendo. y Reservas de lucros: é a retenção de uma parte do lucro liq uido do exercício. pelo valor efetivamente foram pagas.

: Atlas. http://www.org/wiki/Balan%C3%A7o_patrimonial FAVERO.com.asp?arquivo=p_contas13 acesso em 25/04/2010 20:40 WALTER.asp?arquivo=padron404 http://www.net/o -que-e-o-balanco-patrimonial-de-uma-empresa/ http://www.com. Contabilidade.M. LONARDONI.br/ acesso em 25/04/2010 2010 MARION.com.htm http://pt. Ed.C..wikipedia. Volume I.com.J.ht m acesso em 27/04/2010 14:55 http://pt.C3.com. São Paulo: Atlas S. 1986-1988.aplicms.htm acesso em 27/04/2010 14:11 http://www.wikipedia.br .Referências http://007blog. http://www.investidura. Introdução à análise de balanços..H.. TAKAKURA.portaldecontabilidade.ADzo s_acumulados acesso em 27/04/2010 15:06 http://www.cosif.br/noticias/ajustesavaliacaopatrimonial. 5º edição.M.. Ed: Saraiva.M. Volume I. São Paulo.ind.org/wi ki/Patrim%C3%B4nio_l%C3%ADquido#Preju.br/guia/balancopatrimonial.com. Teoria e Prática..cosif.A 1998 http://www. 6ª edição. SOUZA.br/mostra.br/mp%20449 -08. Contabilidade Básica.br/mostra.contabilidade.portaldecontabilidade.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful