Você está na página 1de 1

Regimento Interno TRT 21° região

Órgãos: TRT(sede: Natal) e juízes do trabalho

A criação de municípios por desmembramento não altera a jurisdição dos juízos do trabalho.

O TRT é composto de 08 membros.

São órgãos do TRT

a) Tribunal Pleno: A posse do magistrado se dá através do Tribunal. Estando ele em recesso poderá
se dar na presença do Presidente do Tribunal.
É necessário o voto de 2/3 dos membros para recusar o juiz mais antigo na promoção por idade.
Na promoção por merecimento a escolha dos candidatos se dará em sessão pública por voto aberto,
nominal e fundamentado. O juiz que tiver sofrido pena de censura não poderá integrar a lista de
promoção por merecimento por 01 ano.

b) Presidência: é eleito pelo Tribunal Pleno para mandato de 02 anos, em escrutínio secreto com
aceitação obrigatória do cargo, vedada a reeleição. Uma vez eleito presidente fica inelegível até
esgotados todos os nomes na ordem de antiguidade.
Os dirigentes eleitos eleitos indicam formalmente a equipe de transição com coordenador e
membros. Os interlocutores que auxiliarão a equipe de transição são indicados pelos dirigentes
atuais.

c) Turmas: composta de 03 magistrados vitalícios, incluído o presidente. São criadas por resolução
administrativa. É obrigatória a presença de 02 Desembargadores. Poderão funcionar como juízes
titulares, mas a presidência será obrigatoriamente de um Desembargador vitalício.
Na ausência de desembargador de uma das turmas, o Vice presidente atuará para a composição de
quorum mínimo, salvo em caso de ausência, impedimento ou suspeição, quando caberá ao
desembargador de outra turma.

d) Vice-Presidência

e) Corregedoria: O corregedor institui o processo de promoção por merecimento com informações


sobre os candidatos.

f) Vice-Corregedoria

Promoção por merecimento

Para a formação da lista tríplice de merecimento serão feitas três eleições, onde a cada eleição é
excluído o candidato mais votado. No caso de promoção de juiz temporário para juiz titular é feita
uma quarta eleição onde finalmente é escolhido o promovido.

Do Gabinete do Desembargador

A composição equitativa do gabinete do Desembargador será dada por resolução administrativa.


Caberá ao Desembargador o recrutamento e controle dos servidores.