P. 1
ELETROQUÍMICA

ELETROQUÍMICA

|Views: 274|Likes:
Publicado porclayssonx

More info:

Published by: clayssonx on Nov 24, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/15/2014

pdf

text

original

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ COLEGIADO DE ENGENHARIA FLORESTAL QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA EXPERIMENTAL

ELETROQUÍMICA
VASCONCELOS, Caroline da Cruz. (1); BACELAR, Heidelanna Cilibelly da Silva. (1); FREITAS, Marciane Furtado. (1) (1) Universidade do Estado do Amapá cc_vasconcelos@hotmail.com

Resumo
Nesta prática observamos três experimentos relacionados à eletroquímica, isto é, o ramo da físico-química que estuda as transformações recíprocas das energias elétrica e química. Com a utilização de materiais alternativos, os experimentos constituíram na construção de uma Pilha de Daniell, na demonstração da ocorrência de eletrólise e galvanoplastia como processo eletrolítico para recobrimento metálico de objetos, sendo todos demonstrados pelo professor. O objetivo desta prática é estudar e entender a eletroquímica como resultado da tendência das substâncias em receber ou doar elétrons, formando íons e culminando na criação de corrente e outros fenômenos elétricos.

1. Introdução
A Eletroquímica é um ramo da química que estuda reações químicas que ocorrem em uma solução envolvendo um condutor (um metal ou um semicondutor) e um condutor iônico (o eletrólito), envolvendo trocas de elétrons entre o eletrodo e o eletrólito. [1] Este campo científico abrange todos os processos químicos que envolvam transferência de elétrons entre substâncias, logo, a transformação de energia química em energia elétrica. Quando tal processo ocorre, produzindo transferência de elétrons, produzindo espontaneamente corrente elétrica quando ligado a um circuito elétrico, ou produzindo diferença de potencial entre dois polos, é chamado de pilha ou bateria (que muitas vezes é formada de diversas células). Quando tal processo é proporcionado, induzido, pela ação de uma corrente elétrica de uma fonte externa, este processo é denominado de eletrólise.[1]

Figura 1 - http://www.scribd.com/doc/3395687/QuimicaAula-18-Eletroquimica

A galvanoplastia é um tratamento cujo nome homenageia o físico e químico italiano Luigi Galvani (1737-1798). O processo da galvanoplastia consiste na transferência

isto é.  Em seguida.  Em seguida foi mergulhada a chapa de zinco na solução de sulfato de zinco e a chapa de cobre na solução de sulfato de cobre. Experimento 2 (Eletrólise) 2.  O mesmo procedimento foi feito em solução de sulfato zinco. depois a extremidade aberta foi tampada com o algodão. Materiais e Métodos 2. faz-se necessário um pré-tratamento químico à peça que se deseja galvanizar [3]. foi realizado separadamente o mesmo processo em solução de ZnSO4. através da eletrólise. Experimento 3 (Galvanoplastia)  Antes de iniciar este processo. e o carregador foi ligado à tomada.  Em seguida o carregador foi ligado à tomada. recobrir com um metal através da eletrólise. 2 béqueres de 25.0 mL Estilete Pisseta Pinça Chapa de Zinco e Cobre Fios elétricos (eletrodos) Algodão Multímetro Água destilada Ponte Salina Carregador de celular Grafite Chave Solução de Sulfato de Cobre (CuSO4)  Solução de Sulfato de Zinco (ZnSO4)  Solução de Ácido Sulfúrico 2. em seguida anotamos o valor mostrado no visor do multímetro. primeiramente. 3.1 Materiais Os materiais trabalho foram:               usados neste  Em cada extremidade dos fios de um carregador de celular foi conectada uma grafite.2 Métodos a) Identificação das amostras Experimento 1 (Pilha de Daniell)  Em um béquer foi adicionado à solução de CuSO4 e no outro béquer adicionado a solução de ZnSO4.  As extremidades do canudo foram mergulhadas. Análise resultados e discussão de Experimento 1 Na pilha de Daniell.[2]  Depois foi conectado o fio positivo do multímetro na chapa de cobre e o fio negativo na chapa de zinco.  Após isto. o eletrodo de zinco é o pólo – (negativo) chamado .  A chave foi conectada ao pólo negativo do fio do carregador de celular e mergulhada.  Primeiramente a peça desengordurada foi banhada em ácido (solução de Ácido Sulfúrico). foi feita a lavagem da peça com água destilada para remover resíduos da operação realizada evitando a contaminação em outros processos. uma em cada solução.  Em seguida. foram mergulhadas em solução de CuSO4. em solução de sulfato de cobre.de íons a partir de um metal imerso em um substrato para outra superfície (metálica ou não).  Uma extremidade do canudo foi tampada com o algodão e colocada a solução saturada de NaCl. constituindo assim a ponte salina.

enquanto que o eletrodo de cobre está com muitas cargas negativas. os cátions da ponte migram para lá [4]. O eletrodo de cobre é o pólo + (positivo) chamado de cátodo. Disponível em: <http://pt. Figura 2 . isto é. 5. o funcionamento da eletrólise e da galvanoplastia. havendo desprendimento de gás (evidência de reação) e o zinco na forma iônica. Vale ressaltar também que os experimentos descritos neste relatório visam reforçar conceitos fundamentais de Química Geral. Wikipédia: a enciclopédia livre. Quando em solução de ZnSO4. um dos eletrodos formou uma capa avermelhada. foi se depositando ao eletrodo na forma metálica.com/doc/3395687/QuimicaAula-18-Eletroquimica 4.http://www. ou do ânodo para o cátodo. visto que compreendemos melhor o funcionamento das pilhas. os elétrons passaram a migrar e o visor do multímetro mostrava aproximadamente 550 mV. O eletrodo de zinco teve sua massa diminuída enquanto que o eletrodo de cobre teve sua massa aumentada. os íons fluem para equilibrar os eletrodos. Os elétrons sempre fluem pelo circuito externo de quem oxida para quem reduz.scribd. eletrodo que sofre redução. havendo consumo do Cobre. Figura 3 . eletrodeposição. constituindo assim a pilha de Daniell.[4] Abaixo as reações que ocorreram na pilha quando ligada: Experimento 2 Quando os eletrodos de grafite foram mergulhados em solução de CuSO4. eletrodo que sofre a oxidação. Observamos também que a solução se tornava mais clara. Referências [1] Eletroquímica. à exemplo da pilha de Daniell. no eletrodo de zinco o sistema está com muitas cargas positivas então os ânions migram para lá. ocorreu desprendimento de gás e escurecimento da mesma.http://www. Acesso em 08 de novembro de 2010.wikipedia. portanto.com/doc/3395687/QuimicaAula-18-Eletroquimica Quanto à ponte salina.de ânodo. Experimento 3 Ao colocar a chave em solução de CuSO4. observamos que os íons de cobre da solução foram se depositando no eletrodo da grafite. processos muito utilizados hoje. o zinco formou uma camada sobre a chave.org/wiki/Eletroqu% C3%ADmica>. havendo formação de bolhas. quando a pilha começou a funcionar. Quando colocada em solução de ZnSO4. Conclusão A prática realizada foi de suma importância acadêmica. . Representação da pilha Zn / Zn2+ // Cu2+ / Cu Neste experimento.scribd. e o carregador ligado à tomada.

br/fileadmin/Gr aduacao/EE/Revista_on_line/Galvaniza cao_a_Quente. Wikipédia: a enciclopédia livre. Acesso em 08 de novembro de 2010. Disponível em: <http://www. FALDINI. Universidade Presbiteriana Mackenzie. Acesso em 08 de novembro de 2010.wikipedia. Scribd.mackenzie.org/wiki/Galvanopla stia>. Galvanização a quente.pdf >. Acesso em 08 de novembro de 2010. [3] SILVA. Disponível em: < http://pt.[2] Galvanoplastia. Fernanda Cristina da.com/doc/3395687/Qu imica-Aula-18-Eletroquimica >. Disponível em: < http://www. . Sonia Braunstein.scribd. [4] Eletroquímica.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->