Você está na página 1de 1

Título: no lugar de alternativa (possibilidade)

Objetivos do trabalho: quais foram os objetivos? Foram alcançados? Percebi na


introdução a indicação, porém com maior clareza, ficaria mais simples entender se
foram ou não alcançados com a realização do trabalho.

Resumo: Formatar com o mesmo estilo de fonte do restante do trabalho. O resumo não
diz de fato o que o trabalho apresenta, vale lembrar, que é este pequeno texto que tem
que apresentar, em termos gerais, do que o trabalho fala, sua proposta, o que se
trabalhou.

Introdução: considero desnecessária a citação da nova escola, até porque a escrita de


autoria própria relatou suficientemente a relevância da matemática.
No último parágrafo, considero um pouco forte a afirmação de “transformação”, penso
que a resolução de problemas é uma alternativa como outras existem e precisam ser
adotadas pelo professor de acordo com o conteúdo e realidade da turma, mas não é uma
metodologia/tendência que dará conta do recado sozinha.

Justificativa: p.12 cita Piaget mas não indica a referência da obra.


p.15 Ao indicar Mizukami, todas as abordagens posteriores do tópico 3.2 são baseadas
neste autor?, penso ser interessante esclarecer isso mais ao leitor.
p.18 Atualmente... neste parágrafo, o interesse é apontar que a mesma turma de alunos
mudou o comportamento? Ao indicar que a postura dos alunos melhorou, melhorou em
que e comparando-se com o que?
p. 18. no capítulo 4, é indicando muito superficialmente que foi realizado trabalho sobre
resolução de problemas com alunos e que teve melhora, indicar mais do que foi
realizado, esclarecer com mais detalhes ao leitor, justificando assim a relevância da
resolução de problemas.
p. 19 e 0. 20 tem três citações da revista nova escola praticamente na sequência, são
necessárias de fato? Procure relacionar mais com o próprio texto, ou se julgar melhor,
excluir parte das citações. Caso julgar oportuno que permaneçam consultar nas normas
técnicas como indicar uma mesma referência em sequência.
p. 20 Mediante... indica uma apresentação a seguir que não ocorre, seriam os relatos? É
preciso, então, indicar, fazer uma relação com esse item a ser tratado no trabalho ainda.
Os dois últimos parágrafos da p. 20 para mim ficaram confusos. Ao dizer “outros
trabalhos deixaram uma pergunta no ar? Que outros trabalhos? Penso não ter nenhum
trabalho ou obra que apresente uma forma que sempre funcionará com qualquer grupo
de alunos.... No último parágrafo da mesma página, é impossível atualmente, julgar que
não exista relação entre os aspectos familiares e sócio-econômicos com a escola e
pensar que na relação professor-alunos isso não pese e influencie.

Acho interessante observar que as atividades propostas no relato que foram realizadas
com os alunos não tratam da utilização do cotidiano direto dos alunos, penso ser pouco
provável que os alunos que participaram da atividade precisem trabalhar com questões
do câmbio ou já tenham visto um pomar de macieiras, porém pelo relato apresentado,
mesmo assim participaram em sua maioria das atividades, realizando-as e apresentando
dúvidas/questionamentos. Talvez explorar essa ideia na conclusão seja interessante, ou
seja, ser motivador para o aluno não precisa ser algo relacionado ao que ele vê ou vive
todos os dias.

Interesses relacionados