Você está na página 1de 1

Detecção do cancro cítrico

Dispositivo portátil faz a identificação rápida do cancro cítrico, permitindo que a decisão
de descarte das plantas infectadas seja tomada ainda no campo.

Animal Vegetal
Pesquisadores
Luís Gustavo Marcassa Transversal
Instituto de Física de São Carlos - USP São Carlos

Competências do Laboratório
Segundo o pesquisador, esta tecnologia é uma contribuição
isolada deste laboratório para a agropecuária. O laboratório
de Interações Atômicas, LIA, do Instituto de Física de São
Carlos, é especializado em óptica e no estudo da interação
luz-matéria.

Descrição da Tecnologia ou Competência


O pesquisador desenvolveu um equipamento para detecção
do cancro cítrico, causado pela bactéria Xanthomonas
axonopodis pv. Citri, através da espectroscopia de
fluorescência, que consiste em analisar a absorção de energia
radiante e a emissão de parte desta energia, em forma de luz.
A proposta do equipamento é funcionar como um leitor de
código de barras. Quando posicionado sobre o fruto, uma luz
indica há ou não infecção pelo cancro cítrico.
O pesquisador não informou mais detalhes sobre a tecnologia, Idéia Laboratório Protótipo Mercado
pois esta ainda não possui patente.

Diferenciais Estágio de Desenvolvimento


Até o final de 2009, deverá ser criado um padrão de
Atualmente, a detecção do cancro é feita visualmente por um
identificação do cancro cítrico que utilize métodos estatísticos.
especialista. Após a detecção, uma amostra é enviada ao
O cancro cítrico possui legislação específica no Brasil.
laboratório para confirmação e, então, decide-se se as plantas
Portanto, o padrão precisa estar de acordo com esta
contaminadas devem ou não ser descartadas. Com esta
legislação. Segundo o pesquisador, a tecnologia tem potencial
tecnologia de fácil utilização, a detecção poderá ser feita
de ser aplicada a outras culturas, mas estas também
rapidamente ainda no campo.
dependem da criação de um padrão de identificação da
doença.
Benefícios
Detecção instantânea de praga na planta que pode ser feita Aplicações
no campo por qualquer pessoa com treinamento básico sobre A tecnologia permite a detecção de pragas e doenças em
a utlização do equipamento, que tem baixo custo. Poder ser plantações, tornando-se uma importante ferramenta para
utilizada por produtores e órgãos de fiscalização. fruticulturos e agentes de fiscalização.
Até então, os testes realizados foram específicos para o
Outras Informações cancro cítrico, mas o pesquisador afirma que a tecnologia
pode ser adaptada a detecção de pragas e doenças em
Ainda não foi feito o pedido de patente.
outras culturas.

2009 - Inovação Tecnológica para Defesa Agropecuária