Você está na página 1de 17

QUESTÕES DE ECONOMIA – II TURMA

2ª ADM

Prof.: Evangelista

1) Uma curva de possibilidades de Produção mostra:

a) A taxa de desemprego da economia;

b) Quantos recursos são usados para produzir o bem x;

c) A taxa de inflação associada com o nível de produção;

d) As várias combinações possíveis de dois bens que podem ser


produzidos com o uso de todos os fatores de produção;

e) o máximo de uma mercadoria que pode ser produzido com um


mínimo de recursos produtivos;

2) A “Lei dos rendimentos decrescentes” afirma que:

a) A produção total cresce indefinidamente, quando um fator de


produção varia, permanecendo os demais constantes;

b) O produto marginal dos fatores fixos, é constante;

c) Mantendo-se os fatores fixos, exceto um, o produto total cresce, no


início, mais que proporcionalmente, e depois cresce a taxas cada vez
menores, podendo até se reduzir, a partir de um certo ponto;

d) O produto marginal do fator variável é constante;

e) O produto total, após certo ponto, cairá, mesmo que todos os fatores
sejam variáveis.

De acordo com o anunciado abaixo responda as questões de nº 3, 4 e 5.

Com relação à curva de possibilidades de produção, marque C (certo)


ou E (errado), nas sentenças a seguir e , marque a alternativa correta.
3) 1( ) Os custos crescentes de produção se refletem em uma curva
côncava de possibilidades de produção.

2( ) No mundo real, geralmente, nos defrontamos com custos


decrescentes de de produção.

3( ) Custos crescentes de produção podem ocorrer mesmo que os


custos de oportunidades sejam decrescentes

4( ) Custos crescentes de produção significam que a produção adicional


de uma mercadoria exige um sacrifício cada vez maior de outra
mercadoria.

a) C, E, E, C

b) E, E, E, C

c) E. E, C, C

d) C, C, C, E

e) C,C , E, E

4) 1( ) Os custos de produção são crescentes porque os fatores os fatores


de produção são homogêneos e têm a mesma produtividade.

2( ) Quanto mais se produzir uma mercadoria, maior é o custo relativo


de produção adicional do mesmo.

3( ) Pontos dentro da curva significam nível de produção eficientes e


possíveis de serem atingidos.

4( ) Com o aumento dos recursos produtivos, a curva se desloca para


fora.

a) E,C, E, C.

b) E,C, E, E.

c) E,C, E, E.

d) E, C,C,E.

e) C,C,E, E.
5) 1( ) Os pontos de eficiências máxima de produção se localizam sobre a
curva.

2( ) Se os fatores produtivos tivessem uma produtividade constante, a


curva de possibilidades de produção seria representada por uma linha
reta.

3( ) Os pontos fora da curva de possibilidade de produção indicam


níveis de produção inatingíveis com os recursos atuais.

4( ) Existem maneiras para a sociedade atingir o ponto fora da curva.

a) C, E, E, E.

b) C, C, C, C.

c) E, E, E, C.

d) E, E, C, C.

e) NDA

6) A quantidade demandada de um produto qualquer é influenciada pelos


fatores abaixo, exceto:

a) Custo ou tecnologia de produção;

b) Gosto ou preferência do consumidor;

c) Nível de renda dos consumidores;

d) Preço do produto considerado;

e) Preço de produtos substitutos.

7) A quantidade ofertada de um produto qualquer é afetada pelos fatores


abaixo, exceto:

a) Preços dos produtos com técnica de produção semelhantes;

b) Renda dos consumidores;

c) Preço do produto considerado;

d) Custo ou tecnologia de produção

e) Crescimento da população de recém nascidos.


8) Os fatores abaixo causam variação de demanda ( deslocamento da
curva), exceto:

a) Um aumento da renda real dos consumidores;

b) Mudança na preferência dos consumidores;

c) Mudança no preço do produto considerado;

d) Mudança no preço dos produtos substitutos;

e) Crescimento da população do mercado considerado.

9) Com relação às curvas de oferta e demanda, estão corretas as


afirmativas abaixo, exceto:

a) Se o preço do produto considerado se alterar, as duas curvas se


deslocam;

b) Se o preço do produto substituto se elevar a curva de demanda se


desloca para a direita;

c) Se o custo de produção se reduzir, a curva de oferta se desloca para


a direita e para baixo;

d) A curva de demanda não é afetada pela tecnologia de produção;

e) O preço de equilíbrio é aquele que iguala as quantidades ofertadas e


demandadas.

10) Numa economia em concorrência perfeita, as curvas de oferta e procura


de determinado bem são Qs = 4p + 4 e Qd = 16 – 2p, onde Qs , Qd e P
são, respectivamente, quantidades ofertadas e quantidades
demandadas e preço.

Neste caso, o preço e a quantidade de equilíbrio são respectivamente:

a) 120 e 20;

b) 12 e 12,00;

c) 10 e 15,00;

d) 2,00 e 12;

e) Indeterminados.
11) Numa industria em concorrências perfeita, a curva de oferta é
definida por X = 600p – 1000,na ausência de impostos , enquanto a
curva de demanda é definida por X = 4500 – 400p. Neste caso, a
quantidade transacionada de equilíbrio (Xe) e o preço de equilíbrio
serão, respectivamente:

a) 2,00 a 5,50;

b) 2300 e 5,50;

c) 5.00 e 4500;

d) 20,00 e 5500;

e) 5,00 e 5500;

12) Admitidas as seguintes equações:

Demanda: Qdx = 4000 – 500Px

Oferta: Qsx = -2000 + 1.000Px

O preço de equilíbrio será de:

a) $ 1.000,00

b) $ 4,00

c) $ 500,00

d) $ 1,90

e) $ 1.500,00

f)

13) Se a recita total se eleva quando o preço se reduz, pode-se


dizer, então, que a demanda é: x

a) Elástica;

b) Inelástica

c) Tem elasticidade unitária

d) Vertical
e) Horizontal.

14) A proporção da renda gasta na aquisição de carne à medida que


aumenta a renda do indivíduo ( mantidos constante os preços). Logo, a
elasticidade-renda da procura da carne é, para ele:

a) Zero;

b) Negativa;

c) Menor que 1;

d) Maior que 1;

e) NDA.

15) São características da concorrência perfeita, exceto: x

a) Produtos homogêneos;

b) Pequeno número de grandes empresas vendendo uma grande


variedade de produto;

c) Atomização de vendedores e compradores;

d) Livre entrada e saída de compradores e vendedores;

e) Perfeito conhecimento das condições do mercado (preço e


quantidade) pelos agentes econômicos;

16) São características do oligopólio, exceto: x

a) Grande nº de pequenas empresas vendendo produtos bastante


diferenciados;

b) Alto grau de controle sobre os preços pelas empresas participantes;

c) As empresas não fazem guerra de preços;

d) As empresas fazem guerra de publicidade;

e) Existe uma “interdependência” entre as empresas.


17) Com relação ao monopólio, estão correta as afirmativas abaixo, exceto:

a) Só existe um produtor do produto;

b) Em principio, o monopólio é proibido por lei;

c) O produto não tem substituto próximo;

d) O monopolista fixa o preço no nível que bem entender, isto é, fixa-o


sempre no nível mais alto

e) Não é fácil a entrada de novos produtos nesse mercado.

18) Com relação à concorrência monopolística, estão corretas as


afirmativas abaixo, exceto

a) Muitas empresas vendendo produtos diferenciados mas substitutos;

b) A diferenciação de produto pode ser real ou imaginária ( criada pela


propaganda)

c) As empresas tem total controle sobre seus preços

d) É uma forma de organização típica do mercado de varejo;

e) Há concorrência extra preço, como propaganda e embalagens do


produto.

19) Muitos vendedores e um só comprador definem o mercado


como:x

a) Oligopólio

b) Concorrência perfeita;

c) Concorrência monopolística;

d) Monopólio;

e) NDA.

20) A forma de concorrência imperfeita, onde a oferta de um bem qualquer


está concentrada em um limitado número de empresa capazes de
afetarem os preços de mercado, denomina-se:

a) Oligopólio
b) Oligopsônio;

c) Concorrência monopolística;

d) Monopsônico;

e) Monopólio.

21) A “Lei dos rendimentos decrescentes “ afirma que: x

a) O produto total cresce indefinidamente, quando um fator de produção


varia, permanecendo os demais constantes;

b) O produto total cresce, no início, mais que proporcionalmente e,


depois, cresce, a taxa cada vez menores, podendo até se reduzir, a
partir de certo ponto;

c) O produto total é decrescente, ainda que todos os fatores sejam


variáveis.

d) O produto marginal do fator variável é constante;

e) O produto marginal dos fatores fixos é constante.

22) Com relação aos custos de produção de curto prazo, estão corretas as
afirmativas abaixo, exceto:

a) O custo total é igual ao custo variável total;

b) O custo médio é igual ao custo total dividido pela quantidade


produzida;

c) O custo fixo médio decresce à medida que o nível de produção


aumenta;

d) O custo fixo não varia com o nível de produção;

e) O custo variável ocorre mesmo quando a firma não está produzindo.

23) Todas as curvas de custo listadas abaixo tem forma de “U”, exceto:

a) Custo marginal;

b) Custo médio;
c) Custo fixo médio;

d) Custo variável médio;

e) NDA.

24) Uma firma que objetiva a maximização de seus lucros produzir ao nível
em que:

a) O custo fixo médio é igual à receita marginal;

b) O custo marginal é igual à receita marginal;

c) O custo total médio é igual ao custo marginal;

d) Todos os fatores de produção estejam sendo plenamente utilizados;

e) Nenhuma das alternativas anteriores.

25) A curva de procura com que se defronta uma empresa em concorrência


perfeita é:

a) De inclinação positiva;

b) Horizontal, totalmente elástica a preço;

c) Inclinação negativa;

d) Vertical, perfeitamente inelástica a preço;

e) Inclinação positiva e negativa.

26) Quais dos seguintes pares são incompatíveis ?

a) Perfeita competição – muitos vendedores;

b) Monopsônio – um único comprador;

c) Concorrência monopolística – produtos diferenciados;

d) Monopólio – um único vendedor de um bem com substitutos


próximos;

e) Oligopólio – poucas firmas vendendo produtos que são substitutos


próximos.
27) No Brasil, qual dos seguintes produtos é produzido numa estrutura de
mercado oligopolista?

a) Automóveis;

b) Eletricidade;

c) Milho

d) Roupas;

e) Café.

28) Não se inclui entre os determinantes da procura individual:

a) O preço do bem;

b) A quantidade ofertada do bem;

c) A renda do consumidor;

d) O preço de outros bens;

e) O gosto ou preferência do individuo.

29) A forma de uma curva de oferta normal implica que, coeteris paribus:

a) Quando maior o preço, maior será a quantidade demandada;

b) Quanto maior o preço, maior será a quantidade ofertada;

c) Quanto menor o preço, menor será a quantidade demandada;

d) Quanto menor o preço, maior será quantidade ofertada;

e) A quantidade ofertada independe do preço.

30) Considere F (falsa) ou V ( verdadeiro) cada uma das proposições


abaixo sobre o modelo de equilíbrio de mercado, de oferta/demanda. A
seguir, assinale a alternativa correta.

1. ( ) Uma curva típica de demanda evidencia, coeteris paribus, que as


quantidades procuradas diminuem à medida que os preços
aumentam;
2. ( ) Na curva de oferta, coeteris paribus, quanto mais se elevam os
preços de um produto, menores serão as quantidades, por período
de tempo, que os produtores estarão dispostos a produzir, embora
nem sempre estejam aptos no curto prazo;

3. ( ) O preço de equilíbrio é, efetivamente, o único preço que


harmoniza os interesses conflitantes dos produtores e dos
consumidores;

4. ( ) Os preços e as quantidades demandadas, coeteris paribus,


variam na mesmo direção:quanto mais alto aqueles forem, maiores
estas serão;

5. ( ) Uma curva típica de oferta evidencia, coeteris paribus, que as


quantidades ofertadas crescem à medida que os preços aumentam.

a) F, V, F, V, F.

b) F, V, F, F, V.

c) V, F,V, F, V.

d) V, F, V,V, V.

e) V, F, F, F, V.

31) Assinale a afirmação que seja compatível com um deslocamento para


a direita da curva de oferta de um bem especifico:

a) Alterações da preferência do consumidor por determinadas marcas,


por influência de propaganda;

b) Alterações de renda dos consumidores de preços de bens


concorrentes ou de distribuição de renda no mercado consumidor;

c) Aumentos de produtividade do trabalho e redução de impostos


indiretos das firmas produtoras do bem especifico;

d) Desvalorização da taxa de câmbio e elevação do salário real dos


empregados das empresas produtoras do bem especifico;

e) Aumento das taxas de juros reais e de aluguéis industriais.

32)Num modelo de oferta e demanda normais, quando aumenta a renda


dos consumidores:
a) O preço sobe;

b) O preço cai;

c) A quantidade cai;

d) O preço e quantidade caem;

e) NDA.

33) Considerando-se a relação entre demanda por um bem e a renda do


consumidor. Pode-se afirmar que:

a) A relação entre renda e demanda pelo bem é sempre positiva;

b) Uma elevação da renda necessariamente eleva a demanda pelo


bem;

c) Uma elevação da renda não necessariamente eleva a demanda pelo


bem;

d) Não existe a possibilidade da demanda pelo bem cair quando a


renda aumenta;

e) Todos as afirmativas estão corretas.

34)Uma inovação tecnológica é economicamente significativa quando o


mesmo nível de produção resulta em um custo menor, ou maior
produção é realizada ao mesmo custo, dessa forma desloca a curva de
oferta:

a) Para a direita;

b) Para a esquerdo;

c) Não desloca;

d) Desloca o ponto na mesma curva;

e) NDA.

35) Caso fortuito. A ocorrência de casos ou algo inesperado ou eventual,


como uma seca na produção agrícola ou de uma greve na industria
resultam em deslocamento da curva de oferta:

a) Para a esquerda;
b) Para direita e para esquerda;

c) Para a direita;

d) Desloca o ponto na mesma reta;

e) Não desloca.

36) O merca de um bem X se caracteriza por um grande número de


produtores e poucos compradores. A denominação técnica de um
mercado desse tipo é:

a) Monopólio;

b) Oligopólio;

c) Monopsônio;

d) Oligopsônio;

e) Concorrência monopolística.

37) Oligopólio significa:

a) O mesmo que concorrência perfeita;

b) Uma situação em que o numero de firmas no mercado é grande,


mas os produtores não são homogêneos;

c) Uma situação em que o numero de firmas concorrentes é pequeno;

d) A condição especial da concorrência perfeita que se acha próxima do


monopólio;

e) Que as firmas são monopolistas entre si.

38) A curva de oferta de um bem

a) É paralela ao eixo vertical;

b) Apresenta uma relação direta entre preços e quantidades


procuradas;

c) Apresenta uma relação inversa entre preços e quantidades


ofertadas;
d) Apresenta uma relação direta entre preços e quantidades ofertadas;

e) Desce da direita para a esquerda.

39) A curva de demanda que um produtor competitivo vislumbra no


mercado é:

a) Positivamente inclinada;

b) Infinitamente elástica;

c) Negativamente inclinada;

d) Infinitamente inelástica;

e) NDA.

40) A permanência do monopólio no longo prazo é garantida:

a) Pelo baixo custo de produção do monopolista;

b) Pelos gastos em propaganda;

c) Pelo alto preço do produto vendido;

d) Pela impossibilidade de novas firmas entrarem no mercado;

e) Pelo controle dos canais de distribuição.

41)Uma firma é considerada tecnologicamente eficiente, quando:

a) Produz os bens que mais satisfazem a demanda dos consumidores;

b) Produz uma certa quantidade de bens, com a menor quantidade


possível de recursos;

c) Produz um certo volume de bens, com a maior quantidade possível


de recursos;

d) Produz os bens que mais satisfazem a demanda das empresas;

e) Obtém a combinação mais eficiente entre o capital e o trabalho.

42)A função do custo total é:


a) CT = CF + CV;

b) CT = CF + CVM;

c) CT = CF – CFme;

d) CT = CV – CF;

e) CT = CTme – Cfme.

43) A função do custo total médio é:

a) CTme = Ct/g;

b) CTme = Ct + CF;

c) CTme = Ct + Cv;

d) CTme = Cv – Cvme;

e) CTme = Cfme + Cvme

44) Em termos econômicos, quando a sociedade decide alocar recursos na


produção de um bem qualquer, ela estará deixando de produzir uma
certa quantidade de um outro bem. Esse sacrifício chama-se em
economia:

a) Custo de oportunidade;

b) Custo relativo;

c) Custo marginal;

d) Economia de escala;

e) Custo variável médio.

45)Uma empresa deve sempre estar atenta à sua eficiência econômica, isto
é, que realize o seu processo de produção ao menor custo possível.
Quais são esses custos:

a) Custos econômicos;

b) Custos contábeis;

c) Custos econômicos e custos contábeis;


d) Custo médio;

e) Custo total e custo médio.

46) Um ponto fora da fronteira de produção, para atingir este ponto. Quais
das alternativas abaixo a sociedade poderia escolher como uma das
soluções:

a) Aumento do custo total ( CT);

b) Aumento d custo marginal ( Cmg);

c) Aumentando seu estoque de capital;

d) Aumentando os custos contábeis;

e) Aumentando seus custos variáveis médio ( CVm).

47) Num mercado de concorrência perfeita, a oferta e procura de um


produto são dadas, respectivamente, pelas seguintes equações: x

Qs= 48 + 10P e Qd = 300 – 8P Onde: Qs , Qd e P são


respectivamente:

Oferta, quantidade demandada e preço, determinar a quantidade


transacionada, nesse mercado, quando ele estiver em equilíbrio, será:

a) 5 unid

b) 15 unid

c) 188 unid

d) 252 unid

e) 14 unid

48)De acordo com anunciado acima determinar o preço de equilíbrio do


função:

a) 14,00
b) 4,00

c) 23,00

d) 188,00

e) 15,00

49) Quando a sociedade utiliza todos seu recursos na produção de um


bem, pode se afirma que:

a) Pleno emprego dos fatores de produção;

b) Utilizando os recursos escassos da economia;

c) Utilizando os custos fixo;

d) Utilizando os custos marginal;

e) NDA.

50) Se o coeficiente de elasticidade-preço da oferta é igual a um, trata-se de


um produto:

a) De oferta inelástica, simplesmente;

b) De oferta com elasticidade unitária;

c) De oferta elástica simplesmente;

d) De oferta perfeitamente elástica;

e) De oferta totalmente inelástica.