P. 1
JONAS E A CIDADE DE NÍNIVE INFANTIL

JONAS E A CIDADE DE NÍNIVE INFANTIL

|Views: 326|Likes:
Publicado porigrejaeterna
Deus manda Jonas para cidade de Nínive para avisar que ela seria destruida, mas ele pega um navio e foge...
Deus manda Jonas para cidade de Nínive para avisar que ela seria destruida, mas ele pega um navio e foge...

More info:

Published by: igrejaeterna on Dec 04, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/15/2013

pdf

text

original

formação cristã

história para crianças

Jonas e a cidade de Nínive

alexandre j.b.f. marcondes

2

Apresentação

Jonas e a cidade de Nínive
Esta é a história de Jonas, o homem que foi mandado por Deus, avisar que Nínive seria destruída. Mas, Jonas em vez de ir, fugiu de navio, e o que será que aconteceu com ele?

3

4

Índice
Cap. 1 Deus fala com Jonas pag. 7 Cap. 2 Jonas foge de navio pag. 8 Cap. 3 Jonas e o grande peixe pag.12 Cap. 4 Jonas finalmente vai para Nínive pag. 15 Cap. 5 Jonas fica descontente pag. 18
5

6

Capítulo 1 Deus fala com Jonas Deus fala para Jonas que era filho de Amital: Se prepara e vai para a grande cidade Nínive e fala para todos que estão eles estão errados, pois são tantas as coisas feias que fazem, que chegaram até a minha presença. Vai até lá e clama contra ela. Assim ficou bastante claro para Jonas, que ele deveria ir para lá para avisar o povo para se corrigir, pois Deus iria destruir a cidade e matar a todos. E Jonas o que fez? Será que foi até a cidade? Será que avisou todo mundo que Deus iria destruir a cidade se eles não se arrependessem de tudo que estava fazendo de errado? Então, Jonas se preparou, se dispôs para ir. Mas sabe para onde? Para fugir da presença de Deus. Assim, em vez dele ir para Nínive, foi até o porto de Jope para comprar uma passagem de navio para ir para Tárcis.
7

Desta forma, comprou a passagem, embarcou no navio e foi para Társis; para ficar bastante longe da presença de Deus. Capítulo 2 Jonas foge de navio Jonas embarcou no navio no porto de Jope. Sabe o que foi fazer? Foi dormir lá no porão, não queria nem saber do que Deus lhe havia mandado fazer. Estava muito tranqüilo, dormia um sono profundo e gostoso. Deus então, mandou sobre o mar, um grande vendaval com forte chuva, tão forte, que o navio estava para se afundar. Os marinheiros, e todos os que estavam no navio, jogavam ao mar, as mercadorias, e as cargas, para que assim ficasse mais leve, para não se quebrar e nem se afundar; pois já estava a ponto de se espedaçar. Os marinheiros, que já eram muito experientes na navegação, face a grande tormenta do mar e das ventanias com chuva, ficaram com bastante medo de se afundar com o navio, e assim chamavam pelos seus deuses, e continuavam jogando as cargas ao mar, mas nada adiantava.
8

O mestre do navio, ou seja o capitão, ficou sabendo que tinha um passageiro no porão, que dormia como se nada tivesse acontecendo. Foi então, o capitão até Jonas, o acordou e lhe disse: O que se passa com você? Agarrado no sono? Levanta-te, invoca o teu deus; talvez, assim, esse deus se lembre de nós, para que não pereçamos. Os marinheiros diziam uns aos outros: Vamos lançar a sorte, para que saibamos por causa de quem nos sobreveio este mal. E lançaram sortes, e a sorte caiu sobre Jonas, ou seja, quem deveria ser o culpado, seria Jonas, e foram falar com ele o seguinte: Fala-nos, agora, por causa de quem estamos passando por este mal? Qual é a tua profissão, o que você faz? Donde você vem? De que país que você é, de que cidade? Qual é o teu povo? Qual é a tua religião? Jonas respondeu: Sou hebreu e temo a Deus, o Deus do céu, que fez o mar e a terra.

9

Os homens que estavam ali questionando Jonas, ficaram possuídos de grande temor e lhe disseram: O que você fez contra o seu Deus? Que é isto que fizeste! Pois sabiam os homens que ele fugia da presença de Deus, porque Jonas havia contado a eles. Então perguntaram para Jonas: O que faremos para acabar tempestade e fazer o mar se acalmar? Jonas lhes responde: Peguem-me e me joguem ao mar, e o mar se acalmará, porque eu sei que por minha causa, veio sobre vocês esta tempestade. Mas, como estava longe da praia, os marinheiros remavam para chegar mais próximo da costa para largar Jonas, mas não conseguiam porque o mar ficava contra eles cada vez mais tempestuoso. Eles não queriam jogar Jonas no mar longe da praia, para que ele não morresse, então clamaram a Deus, dizendo:
10

com

esta

Ah! Senhor! Rogamos-te que não pereçamos por causa da vida deste homem, e não faças cair sobre nós este sangue, quanto a nós, inocente; porque tu, Senhor, fizeste como te aprouve. Feito esta oração, pegaram Jonas e jogaram no mar. E o mar cessou sua fúria no mesmo instante.. E todos os homens do navio, e os marinheiros, temeram em extremo a Deus, e ofereceram sacrifício e fizeram muitos votos. E Jonas ficou, no mar.

11

Capítulo 3 Jonas e o grande peixe Deus, então colocou um grande peixe para engolir Jonas, e assim aconteceu, Jonas foi engolido por um grande peixe, e ficando no ventre, ou seja na sua barriga, por três dias e três noites. Você imaginou? Ficar três dias e três noites na barriga dum peixe? Dá bastante tempo para pensar não? E para se arrepender de ter desobedecido a Deus, será que também dá para se arrepender? Eu acho que sim, e você? Então, Jonas pensou, concluiu que realmente estava errado, que não deveria ter desobedecido a Deus e se arrependeu. Então, Jonas, do ventre do peixe, orou ao Senhor, seu Deus, e disse:

Na minha angústia clamei ao senhor e ele me respondeu; do ventre do abismo, gritei, e tu me ouviste a voz.
12

Pois me lançaste no profundo, no coração dos mares, e a corrente das águas me cercou; todas as tuas ondas e as tuas vagas passaram por cima de mim. Então eu disse: lançado estou de diante dos teus olhos; tornarei , porventura, a ver o teu santo templo? As águas me cercaram até a alma, o abismo me rodeou; e as algas se enrolaram na minha cabeça. Desci até aos fundamentos dos montes, desci até a terra, cujos ferrolhos se correram sobre mim, para sempre; contudo, fizeste subir da sepultura a minha vida, ó senhor, meu Deus! Quando, dentro de mim, desfalecia a minha alma, eu me lembrei do Senhor; e subiu a ti a minha oração, no teu seu santo templo. Os que se entregam à idolatria vã abandonam aquele que lhes é misericordioso. Mas, com a voz do agradecimento, eu te oferecerei sacrifício; o que votei, pagarei. Ao Senhor pertence a salvação!
Então Deus, ouvindo a oração de Jonas, mandou que o peixe soltasse Jonas na terra.
13

O que você achou desta oração de Jonas a Deus? Porque Jonas demorou três dias e três noites para pedir perdão a Deus? será que ele tinha a cabeça dura para as coisas de Deus até mesmo quando estava no maior sufoco? Se ele tivesse obedecido a Deus logo no começo, será que ele precisava passar por todo esse sofrimento? Será que a gente pode se esconder de Deus em algum lugar do mundo ou do universo? Será que a gente pode desobedecer a Deus quando ele manda fazer alguma coisa? Será que a gente pode fazer as coisas erradas?

14

Capítulo 4 Jonas finalmente vai para Nínive Então, Deus novamente diz para Jonas: Se prepara e vai para a grande cidade de Nínive e fala para todo mundo tudo o que eu te disser. Desta vez, Jonas foi para Nínive, conforme Deus o havia dito. Está escrito na bíblia que a cidade de Deus era muito importante para Deus; e precisava de três dias para percorre-la. Assim Jonas, começou a percorrer a cidade de Nínive, e dizia: “Ainda quarenta dias, e Nínive será destruída” Pois a cidade de Nínive fazia tudo que era errado e pecaminoso perante Deus, e Deus iria destruí-la; então Jonas pregava para que, os que tivessem o coração aberto e temor a Deus, pudessem se arrepender de seus pecados e se salvarem, para que não morressem e não fossem para o inferno.
15

Mas, Jonas nunca iria imaginar que todos os ninivitas, fossem se arrepender; pois todos eles creram em Deus, fizeram jejum, se vestiram em panos de saco, desde os mais ricos até os mais pobres. Então, toda essa transformação do povo na cidade chegou até os ouvidos do rei. E o rei, o que será que ele fez? Bom, O rei levantou-se do trono, tirou de si toda a sua roupa de rei, e se cobriu também com pano de saco e se sentou sobre cinza. Este ato do rei o que foi? Na verdade, foi uma aceitação da pregação de Jonas, uma submissão à palavra de Deus, demonstrando ainda a sua humildade perante o Senhor Altíssimo, que é Deus. O rei se humilhou perante Deus, o que quer dizer, se arrependeu dos seus atos e dos atos do seu povo. O rei sabia que a cidade iria ser destruída, e assim orou a Deus, para que o seu povo pudesse se arrepender e ter a salvação eterna. Assim, o rei fez uma proclamação e mandou divulgar em Nínive os seguintes termos:
16

Por mandado do rei e seus grandes, nem homens, nem mulheres, nem animais, nem bois, nem ovelhas provem cousa alguma, nem os levem ao pasto, nem bebam água; mas sejam cobertos de pano de saco, tanto os homens como os animais, e clamarão fortemente a Deus; e se converterão, cada um do seu mau caminho e da violência que nas suas mãos. Quem sabe se voltará Deus, e se arrependerá, e se apartará do furor da sua ira, de sorte que não pereçamos?
Então, Deus viu como fizeram, como se arrependeram do seu mau caminho; e Deus se arrependeu do mal que tinha dito que lhes faria e não fez. Assim a cidade de Nínive não foi destruída.

17

Capítulo 5

18

Jonas fica descontente Jonas tinha sido enviado para Nínive para dizer que a cidade seria destruída, mas fugiu de navio, e foi parar na barriga do peixe gigante; orou de dentro do ventre da baleia e pediu perdão; deus o perdoou. Deus novamente manda Jonas para Nínive avisar que ela seria destruída, e Jonas desta vez vai e faz tudo como Deus mandou, a cidade se arrepende perde perdão, e Deus perdoa a cidade, e não a destrói. Assim, está escrito na bíblia: Com isso, desgostou-se profundamente Jonas extremamente e ficou irado. E orou ao Senhor e disse: Ah! Senhor! Não foi isso o que eu disse, estando eu ainda na minha terra? Por isso, me adiantei, fugindo para Társis, pois sabia que és Deus clemente, e misericordioso, e tardio em irar-se, e grande em benignidade, e que te arrependes do mal. Peço-te pois, ó Senhor, tira-me a vida, porque melhor me é morrer do que viver. E disse o Senhor: É razoável essa tua ira?

19

Então, Jonas saiu da cidade, e assentou-se ao oriente da mesma, e ali fez uma enramada, e repousou debaixo dela, à sombra, até ver o que aconteceria à cidade; ou seja ficou aguardando para saber se a cidade iria ser destruída ou não. Então, fez o Senhor Deus nascer uma planta, que subiu por cima de Jonas, para que fizesse sombra sobre a sua cabeça, a fim de o livrar do seu desconforto. Jonas, pois, se alegrou em extremo por causa da planta. Mas Deus, no dia seguinte, ao subir da alva, enviou um verme, o qual feriu a planta, e esta se secou. Em nascendo o sol, Deus mandou um vento calmoso oriental; o sol bateu na cabeça de Jonas, de maneira que desfalecia, pelo que pediu para si a morte, dizendo: Melhor me é morrer do que viver! Então pergunto Deus a Jonas: É razoável essa tua ira por causa da planta? Ele respondeu: É razoável a minha ira até a morte. Tornou o Senhor: Tens compaixão da planta que te não custou trabalho, a qual não fizeste crescer, que numa noite nasceu e numa noite pereceu; e não hei de eu ter compaixão da grande cidade de Nínive, em que há mais de cento e vinte mil pessoas, que não sabem discernir entre a mão
20

direita e a mão esquerda, e também muitos animais? Então, Jonas achava que a cidade deveria ser destruída, mas como todos se arrependeram Deus não a destruiu, e Jonas, disse para Deus que sabia que ela não seria destruída,por isso é que fugiu para Társis. Mas Jonas, se esqueceu, que se não tivesse ali na cidade alguém que pregasse o arrependimento, e se eles, não se arrependessem com a pregação de Jonas, seriam destruídos. Portanto, Jonas na verdade, evitou que a cidade fosse destruída, porque pregou o que Deus havia dito. Mas, como está escrito, Jonas ficou sentado, embaixo duma sombra a cidade ser destruída, e Deus teve que lhe dar uma lição, a qual foi a da sobra onde ele estava, pois quando a sombra se acabou, e ele ficou direto no céu, também reclamou, e Deus lhe disse: se a sombra que acabou lhe faz falta, quanto mais se o meu povo se acabar; pois também fará falta para mim, e foi por isso que eu lhe mandei avisar o meu povo para se corrigir, para que eu não precisasse acabar com ele. Então, o que você aprendeu nesta história?
21

Não foi a obediência a Deus e para viver como Deus quer que a gente viva, de forma a sermos bons e puros? Você aprendeu mais alguma coisa?

22

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->