Você está na página 1de 3

A IMPORTÂNCIA DA MULHER NA VISÃO DE DEUS

Por muito tempo no Antigo Testamento, à mulher sofreu forte discriminação da sociedade em que
vivia, não que hoje ainda não sofra, mas em menor escala. Isto, fruto de como os homens as olhavam.
Tinham a visão da mulher escrava, sem direitos de se expressar, liderar, se expor na sociedade
exercendo um cargo ou mesmo na vida social.
Mas em nem um momento esta foi à visão de Deus em relação à mulher, pois, quando a criou,
conforme esta em Gênesis 2.18 - “Depois o Deus Eterno disse: Não é bom que o homem viva sozinho.
Vou fazer para ele alguém que o ajude como se fosse a sua outra metade” – foi para viver em igualdade
com o homem, seria a continuidade do homem, a sua outra metade, como se estivesse dividindo o
homem ao meio.
A palavra de Deus é bem clara ao afirmar que o homem exerce papel de autoridade dentro do lar, como
esposo e chefe da família, cabeça da mulher, Paulo compara a mulher como a igreja tendo Cristo como
a cabeça, ou seja, o chefe.
Esta claro uma relação homem-mulher com Cristo-igreja: Efésios 5.23 porque o marido é a cabeça da
mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo.
1 Corintios 11.3 Mas quero que saibais que Cristo é a cabeça de todo varão, e o varão, a cabeça da
mulher; e Deus, a cabeça de Cristo.
Nestes textos está bem clara qual a importância do homem para a mulher e seus respectivos limites,
Cristo é a cabeça de todo o homem, sem distinção, já o homem só é cabeça da sua mulher e não de
toda, e o relacionamento é harmonioso, norteado de amor, pois, mesmo Cristo sendo a cabeça de todo o
homem, não o trata com discriminação nem o escraviza é uma relação de ajuda mútua.
A mulher foi criada para ajudar o homem e não para ser uma empregada, que tem o dever e a obrigação
de realizar todas as tarefas no lar servindo o homem em todas as suas necessidades.
Ajudadora é aquela que contribui com algo que já esta sendo feito por alguém para que seja feito de
forma mais rápida, eficaz e com melhor qualidade, a palavra de Deus sobre os motivos para qual criaria
a mulher deixa claro que ela estaria cooperando com aquilo que o homem fosse fazer.
Entre fatos importantes ocorridos no Antigo Testamento, com a interferência de Deus em favor da
mulher, quero especificar alguns para que você possa ter a certeza de que a visão de Deus em relação à
mulher é bem diferente das dos demais:
Débora: [Abelha] ou [Eloqüente]. Foi uma juíza que ajudou a orientar um exército (Jz 4.4-9).
Miriã: [A amada do lar]. Ocupava uma alta posição no comando de Israel, vindo logo abaixo de Moisés
e Arão (Mq 6.4).
Ester: [Uma estrela]. Foi uma mulher notável também. Tornou-se rainha da Pérsia, e, com muita
coragem, conseguiu abortar um genocídio de judeus (Et 2.17; 8.1-17).
Hulda: [Uma doninha]. Foi uma profetisa a quem o rei Josias consultou, e que lhe entregou a
mensagem de Deus para ele (2 Rs 22.14-20).
Interessante notar, que mesmo inseridas em uma cultura que não valorizava as mulheres, o judaísmo
não impediu que elas ocupassem posição de liderança, prevaleceu aí à forma como Deus vê a mulher.
Temos ainda o caso de Sara e Raabe, mulheres que foram elogiadas por ter grande fé e inclusas na
famosa lista de heróis da fé (Hb 11.11,31).
O que dizer das mulheres que ajudavam Jesus no seu ministério, algumas até com recurso financeiro
(Lc 8.2-3), qual teria sido a visão de Jesus a respeito delas a ponto de aceita-las assessorando-o em seu
ministério?
Quero destacar o fato de que nos momento cruciais da vida do nosso Senhor Jesus, como sua prisão,
morte e sepultamento, as mulheres foram suficientemente fortes e corajosas para permanecer ao lado
dele, ao contrário dos homens discípulos. Em compensação foram as primeiras a gozar da enorme
alegria de ver as evidências da sua ressurreição e de poder adorá-lo e anunciar aos discípulos que o
Mestre ressucitara (Mt 28.1-10).
Precisamos levar a sociedade, principalmente os evangélicos, a olharem para as mulheres com a visão
de Deus, não as descriminando, tratando como iguais, sem menosprezo e acreditando na capacidade
intelectual, espiritual e moral de cada uma em particular, como ser humano que é.
Nunca podemos esquecer que o principal papel estabelecido por Deus na procriação esta com a mulher,
é incomparável a participação do homem com a da mulher. Tão nobre missão de gerar vidas, após
meses de formação em seu ventre.
Nós homens, somos resultados de mulheres que se dispuseram ao sacrifício diário, à dor e até mesmo o
risco de perder a própria vida para que pudéssemos vir ao mundo e de anos de dedicação na proteção,
cuidado, alimentação, carinho e amor até nos tornamos independentes e em condições de enfrentar o
mundo que nos esperava. Veja a importância da mulher na nossa vida desde o gerar até a idade adulta,
e porque não dizer na velhice, não há como negarmos nossa dependência a este ser criado por Deus
para ser nossa ajudadora (Gn 2.18).
Que possamos olhar para a mulher, com a visão de Deus, e darmos a ela a devida importância, a que
Deus dá.

Slide 01: A mulher no Antigo Testamento


Slide 02: A Visão de Deus para a Mulher (Gênesis 2:28)

Slide 03: Relação:

Homem – Mulher / Cristo – Igreja

(Efésios 5:23 / I Coríntios 11:3)

Slide 04: O Papel da Mulher no Lar

Slide 05: Algumas Importantes Mulheres no Antigo Testamento

Slide 06: Débora (Juízes 4:4-9)

Slide 07: Miriã (Malaquias 6.4)

Slide 08: Estér (Ester 2:17; 8:1-17)

Slide 09: Hulda (2 Reis 22: 14-20)

Slide 10: Mulheres de Grande Fé

Slide 11: Mulheres, Ajudadoras de Jesus Cristo

Slide 12: Mulheres nos Dias de Hoje

Slide 13: Homens Resultado do Amor das Mulheres

Você também pode gostar