Você está na página 1de 21

Universidade de São Paulo

Instituto de Ciências Matemáticas de São Carlos


Departamento de Ciências de Computação e Estatística

Diretrizes Para Apresentação de Seminários

Marcos José Santana

Grupo de Sistemas Distribuídos e


Programação Concorrente

Agosto - 1998
Conteúdo

Tipos de Apresentações ou Seminários

Recursos Disponíveis

Aborgadens Para o Conteúdo da Apresentação

Quadro Resumo-Comparativo
Tipos de Apresentações ou Seminários

• Aula → ensinar com precisão um dado


assunto ou tópico;

• Informativo → informar um grupo de interessados o


andamento ou resultado de um
trabalho (linhas gerais);

• Discussão → informar a um grupo, que conhece


razoavelmente o assunto tratado,
sobre um novo método, resultado,
dificuldade, etc.;

• Conferência → apresentação de artigo para uma


platéia, supostamente informada
sobre o grande tema abordado.

Recursos Disponíveis
• Quadro Negro

• Transparências Manuscritas ou Impressas;


(retroprojetor) → Monocromáticas ou Coloridas;

• Data Show → microcomputador +


retroprojetor

• Canhão (Telão) → microcomputador

• Slides (projetor)

• Fitas de Vídeo → VCR + TV ou Canhão

• Filmes → projetor

• Outros Recursos Especializados

Abordagem Para o Conteúdo da Apresentação


• Completa → detalhista;

• Suficientemente detalhes aparecem


Completa apenas onde são
→ indispensáveis;

• Superficial (alto nível) → apenas idéias


fundamentais são
apresentadas;

• Citações de Alto Nível apenas o tema principal


→ de cada subitem
é considerado

Quadro Resumo - Comparativo


Aula Informativo Discussão Conferência

Recurso

Q. Negro x - x -
T. Manusc. x x x -
T. Impres. x x x x
Data Show x x x x
Canhão x x x x
Slides * * * x
Fita Vídeo * * * *
Filmes * * * *
Rec. Esp. * * * *

Abordagem

Completa x - x -
Suf. Comp. ** x ** x
Superficial ** x ** x
C. A. Nível ** x - **

* situações especiais → uso desses recursos

** situações específicas → uso de abordagem mista


Aspectos Relevantes na Preparação da
Apresentação

Definições Gerais

• Tipo da Apresentação

• Recurso Adotado
(depende do evento)
• Abordagem Escolhida

Organização da Apresentação

• Assunto Abordado
(+)
• Tempo Disponível

• Definição dos Tópicos
Preparação do Material

• Recurso Adotado

• Transparência (slides ou telas para Data Show)

• Número de Transparências
• Volume de Informação por Transparência
• Tamanho e Tipos de Letras
• Gráficos, Figuras e Tabelas
• Como Preparar Uma Boa Transparência

• Volume de Informação

• Sequência Lógica de Idéias

• Tópicos Curtos e Claros

• Escrita Legível (manuscrita ou impressa)

• Uso de Cores

• Figuras, Gráficos e Tabelas

• Código de Programas

• Execução de Programas ao Vivo (Data Show)


Volume de Informação

• Não Pode Agredir a Platéia


• Em Branco!

• Um Único Tópico (casos especiais)

• Alguns Tópicos Apenas: recomendação → 6 (não


mais do que 10)

• Sincronismo Entre a Fala e os Tópicos

• ordem da apresentação deve coincidir


razoavelmente com a dos itens listados

• Tópicos (ou itens) São Mensagens Curtas e Não


“Dissertações do Tema”
Seqüência Lógica das Idéias

• Escolha Criteriosa dos Itens (depende do assunto e


do apresentador)

• Compatibilidade Entre Número de Itens e Tempo


Disponível

Ex: Conferência: 20 minutos de apresentação

• número de transparências → 10

• 1 a 1.5 minutos por transparência

• 5 minutos → título, identificação, resumo,


agradecimentos, etc.

• número médio de palavras → 2000 (20 min.)


100 palavras por minuto

• trabalho global possui um número de palavras


muito superior

• Não Tentar Reproduzir o Trabalho Global


Tópicos Curtos e Claros

• Concentrar as Idéias em Mensagens Curtas

• Apresentar o Conteúdo Oralmente, de Acordo com


a Abordagem

• Evitar “Dissertações” nos Itens

• Permitir Criatividade na Apresentação

• Adaptar a Apresentação a Diferentes Platéias

• Prender a Atenção da Audiência


Escrita Legível

• Manuscrita: Com Capricho e Sem Abuso de Cores

• Impressa: Recursos Modernos São Amplos (não


exagerar!)

• Tamanho das Letras

• leitura no fundo do salão sem esforço

• adequado ao volume da informação

• Exemplos
Arial 12 pontos
Arial 14 pontos
Arial 16 pontos
Arial 18 pontos
Arial 20 pontos
Arial 22 pontos
Arial 24 pontos
Arial 26 pontos
Arial 28 pontos
Arial 30 pontos
• Tipo de Letra (Fonte)
• Escolha Pessoal

• Evitar os “Artísticos”

• Letras Legíveis

• Exemplos (Windows):

• Arial Arial
• Banff Banff
• Times New Roman Times New Roman
• Century Gothic Century Gothic
• Modern Modern
• Bahamas Bahamas
• President President
• Arabia Arabia

Uso de Cores

• Recomendado, com cautela

• Exagero → Confusão e Ridículo

Cuidados Especiais Conforme o Recurso


Figuras, Gráficos e Tabelas

• Figuras
• Alto Nível

• Evitar Detalhes → Confusão

• Legendas Claras e Minimizadas

• Gráficos
• Destacar Características Essenciais

• Requer Clareza na Apresentação Oral

• Legendas Claras e Minimizadas

• Tabelas
• Usar Somente Quando Indispensáveis

• Preferir Gráficos

• Legendas Claras e Minimizadas


• Códigos de Programas

• Preferir Diagramas ou Algoritmos

• Código Fonte → Uso Restrito

• Nunca Incluir Detalhes da Linguagem (a menos


que indispensáveis)

• Códigos Longos → Confusão e Dispersão da


Platéia

• Manter a Legibilidade

• Referenciar Para os Interessados

• Execução de Programas ao Vivo

• Uso de Data Show

• Apenas Quando Indispensável


Cuidados Na Apresentação Oral

• Antes da Apresentação
• Preparar-se Para a Apresentação

• Ter Certeza do Balanceamento do Tempo

• Verificar o Material Preparado

• Vistoriar o Recinto da Apresentação

• Vistoriar o Equipamento

• Instalar Recursos Especiais


(Hardware/Software)
• Durante a Apresentação
• Postura
• Comportamento
• Posicionamento
• Respeito

• Linguagem Adequada

• Interação Com a Platéia

• Motivação e Comportamento

• Após a Apresentação
• Cordialidade

• Tolerância
Algumas Recomendações Gerais e Alertas

• Nunca Ficar Entre o Retroprojetor e a Tela

• Preferir o Uso de “Apontadores” na Tela

• Pode-se Usar “Apontadores” Óticos - Cuidado!

• Quando Necessário Usar Mais de Um Recurso

• Evitar Perfeccionismo

• NUNCA Ler as Transparências

• Não Subestimar a Platéia

• Não se Julgar Um ASTRO

• Não Enganar

• Evitar Gírias e Termos Vulgares

• Descontrair a Platéia, se Possível.


Conclusões

• Organizar Tudo a Priori

• Adequar a Apresentação ao Evento

• Preparar-se Técnica, Física e Psicologicamente

• Discutir Com os Colegas e Fazer Prévias (quando


necessário)

• Agir Naturalmente - Evitar a Síndrome dos Robôs

• Não Exagerar no Uso de Recursos

• Acima de Tudo RESPEITAR a Platéia