Você está na página 1de 2

REFLEXÃO SOBRE

SNC- Sistema de normalização de contabilidade

No UFCD SNC- (Sistema de Normalização de Contabilidade), foi


leccionado o módulo pelo formador António Pimenta com duração de vinte e
cinco horas, abordámos o SNC este UFCD vai servir para adquirir alguns
conteúdos na minha aprendizagem com a reflexão deste módulo.
Então vimos o que é o SNC (sistema de normalização contabilística) é
um modelo de normalização contabilística e os seus elementos do SNC,
começámos por fazer alguns dos exercícios vindo a ver alguns elementos e
saber diferenciá-los como o Direito, Obrigação e o Património Individual.
Por isso aprendemos a fazer um balanço e um balancete.
Aprendemos a utilizar o código de contas (Lista Codificada de Contas),
como ferramenta para o nosso futuro profissional e também as suas notas de
enquadramento.
O Código de Contas é uma lista codificada de contas que tem utentes
que utilizam as Demonstrações Financeiras a fim de satisfazerem algumas das
suas diferentes necessidades de informação.
A Fiabilidade é muito importante pois tem que haver qualidade da
fiabilidade e quando tiver isenta de erros materiais e de preconceitos e os
utentes dela possam defender ao representar fidedignamente o que ela
pretende representar e pode razoalmente esperar-se que representar e pode
razoavelmente esperar-se que represente.
Nos elementos das Demonstrações Financeiras retratam os efeitos
financeiros das transacções e de outros acontecimentos ao agrupa-los em
grandes classes de acordo com as suas características económicas. Tem
também a posição financeira que são as seguintes: Activo, Passivo, Capital
Próprio desempenho, Rendimento e Gastos.

ESCOLA PROFISSIONAL DA APRODAZ


Rua dos Mercadores nº 76, 9500-092 Ponta Delgada
Telefone 296 285 461  Fax 296 285 463
E-mail: geral@aprodaz.com
Nos ajustamentos de Manutenção do Capital vimos vários instrumentos
e os seus elementos, na fiabilidade da Mensuração, vimos o reconhecimento
de activos, passivos e de rendimentos.
A mensuração dos elementos das DF (Demonstrações Financeiras)
sabe que é o processo de determinar as quantias pelas quais os elementos da
DF, devem ser reconhecidos e inscritos no balanço e nas demonstrações dos
resultados. Envolve a selecção da base particular.
Vimos também o Conceito de Património comercial que é o conjunto de
Bens, Direitos, e Obrigações pertencentes a uma entidade individual e colectiva
num dado momento daí têm a fórmula:

VP=A-P ou VP=B+D-O

Valor Patrimonial = Activo - Passivo ou Valor Patrimonial = Bens + Direito –


Obrigação.

Vimos o conceito de Inventário, as suas fases e a sua classificação.


Este módulo foi muito importante para mim pois serviu para dar inicio
aos módulos seguintes para aperfeiçoar a minha aprendizagem neste curso.

UC/UFCD – SNC
11/11/2010
Flávio Loureiro

ESCOLA PROFISSIONAL DA APRODAZ


Rua dos Mercadores nº 76, 9500-092 Ponta Delgada
Telefone 296 285 461  Fax 296 285 463
E-mail: geral@aprodaz.com