P. 1
268104-Apostila-Financeira-1

268104-Apostila-Financeira-1

|Views: 7|Likes:
Publicado porSergio Lopez

More info:

Categories:Topics, Art & Design
Published by: Sergio Lopez on Dec 12, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/09/2011

pdf

text

original

O Novo Mercado é um segmento de listagem destinado à negociação de ações emitidas por
empresas que se comprometem, voluntariamente, com a adoção de práticas de governança corporativa e
disclosure (maior transparência) adicionais em relação ao que é exigido pela legislação. As empresas do
Novo Mercado estão divididas em três diferentes níveis (Níveis 1, 2 e Novo Mercado). Atualmente existem
duas empresas listadas no Novo Mercado (CCR Rodovias e Sabesp), 21 empresas no Nível 1 e nenhuma
listada no Nível 2.

Cada nível subseqüente contém todas as exigências do anterior e mais as que lhe competem.
As principais exigências do Nível 1 (primeiro degrau do Novo Mercado) são: possuir free float mínimo de 25%
(parcela de ações da empresa disponível para negociação no mercado, ou seja, fora do grupo de controle);
realizar encontros pelo menos anuais com analistas de mercado, não aumentar a proporção de ações
preferenciais em relação ao capital total; dentre outros comprometimentos.
No Nível 2, acrescentam-se mais dados de transparência, notadamente a publicação de
balanços pelos critérios internacionais (US GAAP ou IAS GAAP), além de aspectos ligados à governança
corporativa, como o chamado Tag Along (direito de recompra pré-estabelecido para os minoritários em caso
de alienação do controle acionário da empresa), na proporção de 100% do valor pago pelo novo controlador
para as ordinárias e 70% deste valor para as preferenciais.
No nível pleno (Novo Mercado propriamente dito), a principal exigência adicional é a proibição
da existência de ações preferenciais. Vale destacar que se a empresa cumprir todas as regras de uma só
vez, ela pode ser listada diretamente no Novo Mercado, não sendo obrigatório passar pelos níveis 1 e 2.
Além de presentes no Regulamento de Listagem, alguns desses compromissos deverão ser aprovados em
Assembléias Gerais e incluídos no Estatuto Social da companhia. Um contrato assinado entre a Bovespa e a
empresa, com a participação de controladores e administradores, fortalece a exigibilidade do seu
cumprimento.

39

Com o Novo Mercado, a Bovespa abriu uma nova frente de atuação visando o
desenvolvimento do mercado de capitais brasileiro, oferecendo para as empresas uma excelente
oportunidade para a captação de recursos a custos competitivos e para os aplicadores um mercado mais
seguro para o investimento de longo prazo. A valorização e a liquidez das ações de um mercado são
influenciadas positivamente pelo grau de segurança que os direitos concedidos aos acionistas oferecem e
pela qualidade das informações prestadas pelas empresas. Essa é a premissa básica do Novo Mercado.
A adesão de uma empresa ao Novo Mercado é voluntária e concretiza-se com a assinatura de
um contrato entre a companhia, seus controladores, administradores e a própria BOVESPA. Pelo contrato, as
partes acordam em cumprir o Regulamento de Listagem do Novo Mercado, que consolida todos os requisitos
adicionais desse segmento. Ao assinarem o contrato as empresas, também adotam a arbitragem para a
solução de eventuais conflitos societários que possam surgir. Por isso, foi constituída pela BOVESPA a
Câmara de Arbitragem do Mercado, oficialmente instalada em 27/07/2001.
A íntegra do Regulamento do Novo Mercado e do Regulamento de Arbitragem pode ser obtida

no site www.bovespa.com.br

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->