Você está na página 1de 2

XX Fórum Científico 2010

Coração e Vasos da Base – Morfologia Geral / Heart and Great Vessels : General Morphology
Acadêmico Argemiro Basso Junior – UFF - RJ

1 – Definição
O Coração é uma bomba dupla muscular , auto ajustável , de sucção e pressão , cujas porções
trabalham em conjunto para impulsionar o sangue para todas as partes do corpo através dos circuitos
pulmonar e sistêmico. Ele apresenta dois lados, um direito e outro esquerdo. O lado direito do
coração (coração direito) participa do circuito pulmonar onde recebe sangue pouco oxigenado
(venoso) do corpo através da Veia Cava Superior e da VCI e bombeia-o através do tronco pulmonar,
para ser oxigenado nos pulmões. O lado esquerdo do coração (coração esquerdo ) participa do ciclo
sistêmico onde recebe sangue bem oxigenado ( arterial ) dos pulmões através das veias pulmonares e
bombeia-o para a aorta , afim de que seja distribuído para o corpo.

2 – Forma e Localização
O coração tem o formato de uma pirâmide inclinada, com o ápice em direção ântero –
inferior e para a esquerda sendo formado pela parte ínfero – lateral do ventrículo esquerdo, e a base
oposta ao ápice ( posterior ) sendo formado principalmente pelo átrio esquerdo , com uma menor
contribuição do átrio direito. Apresenta 4 faces : face esternocostal ( anterior ) formada
principalmente pelo ventrículo direito , face diafragmática ( inferior ) formada principalmente pelo
ventrículo esquerdo e parte do ventrículo direito , face pulmonar direita formada principalmente pelo
átrio direito e face pulmonar esquerda formada principalmente pelo ventrículo esquerdo , sendo essa
face a responsável pela impressão cardíaca na face medial do pulmão esquerdo
Localiza-se na cavidade torácica situado obliquamente cerca de dois terços à esquerda e um
terço à direita do plano mediano . Está relacionado anteriormente com o esterno , as cartilagens
costais e as extremidades anteriores das 3 ° - 5° costelas no lado esquerdo . Situa-se ainda
superiormente ao diafragma e entre os pulmões no mediastino médio.

3 – Envoltório
O coração e o início de seus grandes vasos são coberto por uma membrana fibrosserosa
conhecida com pericárdio. O pericárdio é um saco fechado por duas camadas : a camada externa
resistente chamada de pericárdio fibroso e a camada mais interna conhecida como pericárdio seroso .
Esse pericárdio seroso apresenta duas lâminas, uma é a lâmina parietal, uma membrana serosa
brilhante , que reveste a superfície interna do pericárdio fibroso e a outra é a lâmina visceral que é
formada pela reflexão da primeira sobre o coração nos grandes vasos ( Aorta , Artéria Pulmonar,
VCI , VCS e veias pulmonares ).

4 – Parede
A parede do coração é formada por 3 camadas . A primeira é o epicárdio , uma camada
externa fina ( mesotélio ) formada pela lâmina visceral do pericárdio seroso . A segunda é o
Miocárdio, que é a maior camada , sendo formada por músculo estriado cardíaco . A terceira é o
Endocárdio, uma fina camada interna de endotélio e tecido conjuntivo subendotelial .

5 – Câmaras
O coração possui quatro câmaras: AD e AE e VD e VE. Os átrios são câmaras de recepção
que bombeiam sangue para os ventrículos, que são as câmaras de ejeção. As ações sincrônicas das
câmaras constituem o ciclo cardíaco. Esse ciclo começa com um período de enchimento ventricular,
chamado de diástole, e termina com um período de encurtamento e esvaziamento ventricular,
chamado de sístole. Externamente, os átrios são demarcados dos ventrículos pelo sulco
atrioventricular ou coronário e os ventrículos direito e esquerdo são separadas pelos sulcos
interventriculares anterior e posterior.
6 – Valvas
São formadas por lâmina de tecido conjuntiva densa recoberta de endocárdio. Essa lâmina é
descontinua apresentando subdivisões incompletas conhecidas como válvulas.
A comunicação entre átrio e ventrículo que permite a passagem de sangue é conhecida como
óstio AV, que possui um sistema que evita o refluxo sanguíneo conhecido como Valva AV. Do lado
direito temos a valva atrioventricular direita conhecida como Tricúspide. Essa valva apresenta 3
válvulas , anterior , posterior e septal , que estão fixadas no anel fibroso do coração ao redor do
óstio. Essas válvulas são presas por cordas tendíneas, originadas dos ápices dos músculos papilares ,
que são projeções musculares cônicas com bases fixadas à parede ventricular .Essas cordas tendíneas
e esses músculos apresentam uma ação de evitar a eversão das lâminas e assim evitar o refluxo
sanguíneo. Do lado esquerdo há a válvula bicúspide ou mitral, que possui duas válvulas, anterior e
posterior. Essas válvulas também recebem cordas tendíneas dos músculos papilares do ventrículo
esquerdo.
Alem dessas valvas atrioventriculares há também as valvas do Tronco Pulmonar e da Aorta.,
que estão posicionadas na saída desses vasos. A valva do Tronco Pulmonar se localiza na saída do
fluxo sanguíneo do VD para o tronco da artéria pulmonar e a valva Aórtica na saída do VE para a
Aorta. Essas duas valvas apresentam três válvulas que são côncavas quando vistas de cima e não
apresentam cordas tendíneas. A conformação côncava das válvulas é a que evita o refluxo
sanguíneo, já que essas se abrem como bolsas enquanto recebem o fluxo sanguíneo invertido,
unindo-se para fechar completamente o óstio.

7 – Esqueleto Fibroso
O coração também possui uma estrutura complexa de colágeno denso conhecido como
esqueleto fibroso do coração, que forma quatro anéis fibrosos, que circundam os óstios das válvulas,
um trígono fibroso direito e outro esquerdo e as partes membranáceas dos septos interatrial e
interventricular. Esse esqueleto fibroso oferece fixação para o miocárdio e as válvulas, e mantém a
integridade dos óstios.

8 – Vasos da Base e Fluxo Sanguíneo Cardíaco


Como vasos da base do coração temos a Artéria Aorta, Tronco Pulmonar , VCS e VCI e
Veias pulmonares. Através das veias cavas o átrio direito recebe o sangue venoso sistêmico. Do átrio
há a passagem de sangue para o ventrículo através do óstio atrioventricular direito e desse o sangue
sai em direção ao pulmão através do Tronco Pulmonar passando pela Valva pulmonar, indo à
direção ao circuito pulmonar. Esse sangue retorna ao coração através das Veias pulmonares que
chegam ao átrio esquerdo levando sangue oxigenado. Do átrio há a passagem para o Ventrículo
esquerdo pelo óstio atrioventricular esquerdo e o sangue dessa câmara vai à direção à circulação
sistêmica passando pela valva aórtica.