Você está na página 1de 36

ISSN 1647-6484

www.ticketline.sapo.pt
Dezembro de 2010, Nº 20 Gratuito - Mensal
Directora: Fátima Vilas-Bôas
magazine

Deolinda
de platina
carimbam
Lisboa e Porto
Harlem
Gospel Choir
Mantem viva
cultura negra

The Legendary
Tiger Man Músico arrisca
“femina” nos coliseus

De regresso à infância com “O Sítio do Picapau Amarelo”


10
sumário.03

16 12
04 20 22
ESTE MÊS GOSTAVA DE...
Por Fernando Ribeiro*

S
ão muitos os artigos sobre o artis-
ta, vigilância constante, pela via
da atenção apaixonada, ou pela

07 14 via da perseguição em escalada; mais


raro são artigos que retirem do centro
da dinâmica artista e agente, e foquem
a verdadeira soberania, que caracteriza
o ser público nos dias de hoje.
A questão da plenitude da obra, ar-
ruma-se já. Arte divide-se entre repre-
sentação e comunicação, e a boa arte,
é, sem questão, a que sabe agilizar este
binómio. Os artistas dependem do pú-
blico, e são recordados disso. Mas o con-
destaques 04-11 discos 18-19 trário também se aplica.
Para começar 2011 em grande, as Os concertos de Barcelona da Se o mundo falisse e o desencanto se
opções são várias: concertos de “Tour of the Universe” dos Depeche instalasse, os artistas saberiam sobre-
Deolinda, Young Gods, Alabama Mode, que passou por Lisboa. viver. Se regressasse uma economia de
Gospel Choir ou os bailados alusivos troca directa, uma ária de ópera cantada

18
à época. À Ticketline chegou o par- a um talhante, poderia valer várias re-
que de diversões infantil Martataka. videojogos 20 feições de bife; um poema feito para um
Modern Warfare regressa para nova depech inábil galanteador poderia valer umas
aventura de “Medal of Honor”. e mode garrafas de vinho da sua adega; numa
CD/DVD
entrevista 12-13 “S
of the U ounds realidade que, nunca se sabe, poderá
Paulo Furtado ou The Legendary niverse ser a nossa. Vender emoção é também

Tiger Man estreia-se nos coliseus notícias 22 um negócio. Em Portugal não tivemos
de Lisboa e do Porto. Tiamat e Morbid Angel são as ainda um ministério da Cultura a perce-
primeiras bandas confirmadas ber esta dinâmica de retorno. O público
para o Vagos 2011. God Save nunca foi tão soberano e reinvindicativo
reportagem 14-15 the Queen regressa em Abril. do seu posicionamento. Trazer de novo
Sea Life Porto: um mergulho com para o léxico da “indústria musical” pa-
seis mil criaturas marinhas. lavras bonitas como imaginação, não ter
cartaz 24-33 medo de ir contra paradigmas ultrapas-
Todos os eventos à venda sados e cultivar a proximidade, são ago-
em foco 16-17 na Ticketline. ra questões de sobrevivência.
As histórias de Narizinho, Emília, A tour “Sombra” e os espectáculos de
Saci Pererê e da bruxa Cuca no pal- Wovenhand, Tiger Man nos Coliseus, Super
co do teatro Politeama, em Lisboa. fora d´horas 34 Bock em Stock e Deftones são exemplos
É o regresso de “O Sítio do Picapau Faz Gostos agora também saudáveis desta tendência tão inevitável
Amarelo”. em Lisboa. quanto justa. *Vocalista dos Moonspell

PUB
Directora: Fátima Vilas-Bôas (fatimavilasboas@ticketline.pt) • Colaboradores: Bruno Martins e Gonçalo Melo • Dep. Comercial: Amparo Duque
(magazine@ticketline.pt) • Design e paginação: Sara Vilhena (design@ticketline.pt) • Proprietário/Editor: Ticketline, Lda - Av. Elias Garcia,
137 - 3º Andar - 1050-099 Lisboa - NIF: 504691031 • Administação/Redacção/Publicidade: Av. Elias Garcia, 137 - 3º Andar -
1050-099 Lisboa - Tel: 217 803 674 • Periodicidade: Mensal • Tiragem: 65.000 Exs. • Nº de registo na ERC: 125615 • Depósito legal: 293415/09
• ISSN 1647-6484 • Impressão: Sogapal, SA - Rua Mário Castelhano, Queluz de Baixo, 2730-120 Barcarena - Tel: 214 347 100
• Assinatura anual 10€: magazine@ticketline.pt, 217 803 674 e 707 234 234 • Versão e-book: www.ticketline.sapo.pt

www.ticketline.sapo.pt | Ticketline: Informações | Reservas: 707 234 234


Locais de venda: Abreu | Dolce Vita | El Corte Inglês | Fnac | Megarede | Ticketline (sede) | Worten Valores que crescem consigo.
04.destaques
O
s Deolinda estreiam-se canções. E acaba por ser o fenóme- pessoas, que realmente havia uma Aí dá-se o fechar de ciclo da própria
ao vivo nos coliseus no do “Canção ao Lado”: pouco a empatia muito rica. Não só diziam canção. E nos concertos sente-se
onde apresentam o úl- pouco as canções fazem parte de “gostei” e voltavam para outros con- que há uma unidade grande entre o
timo disco, “Dois Selos uma espécie de cancioneiro da actu- certos, mas usavam as músicas de público e a nossa canção.
e um Carimbo”. Ao “TL Magazine”, alidade. As pessoas usam a música forma activa, para mostrar à mulher,
Pedro da Silva Martins, guitarrista/ que pertence a este novo álbum de ou à namorada. Nos concertos fora de Portugal, tam-
compositor antecipa os concertos uma forma activa, na Internet, nas bém notam essa comunhão?
no Porto, dia 22 de Janeiro, e em manifestações que vamos vendo. O que significa para uma banda a Também! Embora não percebendo a
Lisboa, dia 29. estreia nos coliseus? língua... mas os meus pais não per-
A vossa música encaixa-se muito Para já é uma grande responsabili- cebem inglês e gostam de Beatles.
Os Deolinda receberam o primeiro bem nestes tempos em que vivemos. dade e depois é um orgulho: tantos Eu não percebo sérvio, mas gosto
disco de platina deste álbum, “Dois Não por aquilo que as letras dizem concertos que vimos nos coliseus... de Kusturica. Há uma linguagem
Selos e Um Carimbo”. Surge numa directamente, mas talvez pela estar nessas salas é muito especial. universal e funciona por si só para
boa altura ou todas as alturas são ironia presente que leva as pessoas as pessoas se ligarem à música.
boas para se saber que venderam 20 a interpretar de forma diferente a Vão ter convidados especiais?
mil cópias do vosso trabalho? vossa música. O que lhe parece? Sim, mas nesta altura ainda não os O que pensam de, fora de Portugal,
São sempre boas alturas para rece- Acho que tem que ver com o facto posso revelar! E vai ser um desafio serem conotados com a world music?
ber um prémio destes. O reconheci- de nós, artistas, também vivermos os para nós, montar um espectáculo Não ligamos muito a isso, porque
mento do trabalho, de um disco que tempos de hoje. E quando compo- totalmente diferente do que habitu- varia. Há países que nos classificam
surgiu com o álbum de estreia ainda mos estamos a exprimir aquilo que almente fazemos. como world music, outros como
nos tops. É um disco que está a lutar temos e sentimos neste momento. fado – que é coisa que também não
por si próprio e um sinal de que as Essa actualidade, passando para o Como é que a vossa música se trans- somos. Nos EUA somos conotados
coisas estão no bom caminho, que trabalho, faz com que as pessoas se forma do disco para um concerto? com o indie-folk. Sentimos é que
está a singrar por si mesmo. identifiquem com mais facilidade. Acho que ganha um elemento que há uma atenção grande do público
E foi sempre a nossa preocupação não pode haver em estúdio, que é internacional para o que é diferente,
Após o sucesso do primeiro, “Canção - fazer um trabalho com base tradi- o público. Quando fazemos as can- mas também é local, que é esta mú-
Ao Lado”, esperavam atingir a plati- cional, mas com os pés assentes na ções estamos a pensar no público. sica lisboeta. Por Bruno Martins
na neste segundo trabalho? actualidade, naquilo que somos nes-
Sabíamos que ia ser, ao mesmo te momento. E acho que as pessoas
tempo, fácil mas também difícil. se identificam e usam a música como
O primeiro disco teve um impacto a voz que têm: “Eu não sou capaz de
muito grande e íamos ter de lutar escrever uma música, mas é isto que
contra a nossa própria concorrên- eu sinto”.
cia, que é a pressão de fazer um
álbum. Mas achávamos que também É esse o sinal de
tínhamos mais portas abertas, por sintonia com o
haver um conhecimento prévio do público?
nosso trabalho, que não existia no Sim, sentimos
“Canção Ao Lado”. Parece que este desde os pri-
entrou pela porta que o outro abriu meiros concer-
e acho que, até dentro do que é hoje tos, desde que
a realidade musical em termos de mostrámos a
vendas, até está a fazer um percurso nossa músi-
muito fora do normal. ca a outras

Acha que este disco mudou de al-


guma forma a ideia que as pessoas
tinham dos Deolinda?
Penso que abriu um leque diferente
daquilo que os Deolinda podem ser.
Com o “Canção ao Lado” era aquilo,
mas o “Dois Selos e um Carimbo”
mostrou que pode ser ainda mais.
Abriu o universo dos Deolinda e
sentimos que, concerto a concerto,

Deolinda
as pessoas vão pegando nas novas

ica
“As pessoas usam a nossa mús
de forma activa”
TICKETLINE MAGAZINE • www.ticketline.sapo.pt
PUB
06.destaques
Harlem Gospel Choir
“O gospel é um estímulo para viver com energia”

A
llen Bailey, voz rouca E as pessoas que vão ver os concertos tem uma menor pré-disposição para
e pronúncia acentuada são crentes em Deus ou é para todos? dançar, bater palmas e tudo mais
da zona de Harlem em Ah, temos todo o tipo de público. A nas missas. Afinal...
Nova Iorque, é membro e Walt Disney disse, há alguns anos, (risos) Nada disso, eles adoram! Vêm
fundador dos Harlem Gospel Choir. que o Harlem Gospel Choir é entre- muitos europeus aqui a Harlem, à
Em entrevista ao “TL Magazine” fala tenimento familiar. O que tentamos igreja, e perguntam-nos: os negros
– por entre muitas gargalhadas – fazer é mostrar alguma da nossa na missa não se sentam? Eu respon-
dos concertos que o grupo norte- cultura e mostrar como sobrevivía- do: “Não. E se vocês se sentarem,
-americano vem dar em Portugal: 20 mos durante o período da escrava- nós pedimos logo para se levanta-
e 21 de Dezembro, nos coliseus de tura, como mantínhamos o espírito rem de novo!” (gargalhadas).
Lisboa e do Porto, respectivamente. vivo. A música gospel é isso, é um
estímulo para viver com energia. E cantar, na altura, para o senador
Vai ser a primeira vez que o Harlem Barack Obama, em plena campanha
Gospel Choir vai estar em Portugal? Têm algum ritual especial antes de também é uma recordação importante? com 15 de cada vez. São muitas
Bem, deixe-me pensar... acho que subir ao palco? Sim! Ele adora o coro e a música gos- digressões... já fizemos mais de dois
não... sabe, já andamos na estrada O que fazemos é rezar, para que pel. Tocámos para ele quando esteve milhões de milhas nestes 25 anos.
há 25 anos (gargalhada). É difícil Ele continue connosco, nas nossas aqui no Harlem. E tive oportunidade
assim de repente. mentes. E agradecemos por termos de estar 15 minutos sozinho com Falando da história do coro: quando
tanta gente a vir ver-nos, muitas ele. Falámos de coisas triviais com, é que começou?
Então lembra-se de Portugal. delas sem perceber o que significa por exemplo, de basquetebol, que Foi fundado a 15 de Janeiro de
Ah, sim! O país, as pessoas... oh, que para nós a música gospel. jogámos os dois há muitos anos! 1986, no aniversário do dr. Martin
país maravilhoso! Sabe que temos Luther King. Fazemos os 25 anos no
muita gente portuguesa a vir até Na vossa história de 25 anos já têm E há ainda o encontro com Nelson início do próximo ano.
à nossa igreja aqui em Harlem. E alguns momentos marcantes. Por Mandela, em 1990.
divertem-se muito, gostam de can- exemplo, actuar ao Vaticano… Esse foi outro grande acontecimen- Mas o que é que os levou a sair da igreja
tar e dançar. Sim, e cantámos para o Papa João to. A mulher de Mandela, Winnie, e a ir cantar para fora, em digressão?
Paulo II. Foi uma experiência emocio- convidou-nos a cantar para ele, Bem, a igreja está connosco! Leva-
Em Portugal gostamos muito de nante, porque passámos com ele, lá também no Estádio dos Yankees. Ele mos a igreja connosco (gargalhadas)!
música gospel. Pela alegria que a no Vaticano, a véspera de Natal. Outra tinha acabado de sair da prisão e ali É como quando nos perguntam o
música e a forma de cantar transmi- foi a actuação para o Papa Bento XVI, estávamos nós no palco com ele. porquê de viajarmos tanto mas não
tem. Como são os vossos concertos? que, quando veio aqui a Nova Iorque, Pensei: “estou junto a um homem termos um disco. Há editoras que
Bem, o que tentamos fazer é emular quis ouvir-nos. Então actuámos para que esteve 27 anos numa prisão e na nos pedem para cantar em discos e
nos concertos o que se costuma ele diante de 80 mil pessoas, no Está- solitária. E eu ainda tenho a lata de fazer “crossovers” (cantar em vários
passar numa igreja negra (“black dio dos Yankees. Foi tremendo! pensar nos meus problemas!” (ri-se) estilos). Eu respondo: “Não me
church”) ao domingo à tarde. São importo de fazer esses “crossovers”,
90 minutos, sem parar, de cantar, de É curioso ver isso: normalmente E quando o coro parte em digressão? desde que levemos connosco a
dançar, de bater palmas, de fazer existe a ideia de que a Igreja Cató- Quem fica a cantar em Harlem? “cross” (cruz)”. Eles costumam desli-
sapateado... para toda a família! lica, nos sectores mais tradicionais, Nós somos 70 mas só viajamos gar nessa altura! Por Bruno Martins

Harlem Gospel Choir


faz 25 anos em 2011
destaques.07 PUB

A Vida é Bela
E que tal passar esta época festiva de
forma diferente? Para desfrutar - ou
oferecer a quem mais gosta… - estão
um conjunto de experiências que per-
mitem realizar desejos como praticar
um desporto radical, sair da realidade
por um fim-de-semana, jantar num
restaurante diferente ou ver-se livre
do stress acumulado num Spa.

Um dos bailados
clássicos desta época

Quebra-Nozes
saudade da infância perdida

I
nspirado no famoso conto de selmayer, um solteirão excêntrico
Hoffmann “O Quebra-Nozes e e amante da magia, que oferece a
o Rei dos Ratos”, o “Quebra- Clara um quebra-nozes de madei-
Nozes” é, juntamente com “A ra. Fascinada com o novo brinque-
Bela Adormecida” e “O Lago dos do, a menina dorme abraçada a
Cisnes”, um dos mais célebres bai- ele, mas a meio da noite acorda:
lados de Tchaikovsky e estreou em os brinquedos ganham vida e ela
Dezembro de 1892 no lendário é perseguida por um exército de
teatro Mariinskii de São Petersbur- ratos. É então que se desencadeia
go, sob a coreografia original de uma batalha entre os ratos e os
Lev Ivanov e o livreto de Marius soldados, liderados pelo Quebra-
Petipa. A versão que se apresenta nozes. O colorido dos trajes e dos
nos coliseus de Lisboa e do Porto cenários e a história transforma-
nos dias 2 e 5 de Janeiro de 2011, ram “Quebra-Nozes” num dos
respectivamente, é a da compa- bailados clássicos desta época.
nhia russa Ballet Estatal Rostov
que traz a sua própria orquestra. ficha técnic
O “Quebra-nozes” é uma fábula a
que fala da saudade perpétua pela • Onde: Coliseu
infância perdida e do contraste dos Recreios, Li
sboa
entre a realidade do mundo dos e Coliseu do Po
rto
• Quando: 2 e
adultos e o mundo dos sonhos das 5 Janeiro 2011
• Duração: 2h
crianças. A história desenrola-se 00 c/int.
• Sessão: 18h0
na Noite de Natal e é por demais 0/ 21h30
• Promotor: Eu
conhecida: na casa do juiz Stahl- roconcert
• Classificação
baum, o casal e os filhos – Clara, etária:
Luisa e Fritz - recebem a visita de M/3 anos
familiares, entre eles o velho Dros-

www.ticketline.sapo.pt • TICKETLINE MAGAZINE


08.destaques

Kátìa Kabanová
O Teatro Nacional de São
Carlos apresenta dias 8, 10, 12,
14, 16 e 18 de Janeiro, a ópera
“Kátà Kabanová”, co-produção

The
com o English National Opera,
onde se estreou em Março. A
encenação é de David Alden e
a direcção musical de Julia Jo-

Young Gods
nes. Considerada por muitos a
maior ópera de Janácek, a his-
tória é russa – no espaço e no
tom – com um amor impossível
e um insuportável sentimento
de culpa de Kátìa a conduzi-la
ao suicídio. A interpretação es-
tará a cargo do baixo islandês

suiços vêm mostrar novo “everybody Knows”


Magnus Baldvinsson, do tenor
holandês Arnold Bezuyen, da
checa Dagmar Peckova, do

Q
uem não se lembra de “Did Franz Treichler, Alain Monod e Ber- o som que lhes é característico: rock tenor Hans Georg Priese, da
You Miss Me?”, “Envoyé”, nard Trootin é uma das bandas rock de guitarras intensas polvilhado soprano Ausrine Stundyte (na
“Longue Route”, “Skin- mais apreciadas pelos portugueses com elementos electrónicos. foto) e da meio-soprano sueca
Flowers” ou “Kissing the e influenciou grandes nomes da Anna Grevelius.
Sun”, alguns dos maiores êxitos cena musical como Mike Patton a
dos suíços The Young Gods? De (Faith No More), Sepultura, The ficha técnic
ub, Porto,
regresso a Portugal, concretamente Edge (U2) e David Bowie. • Onde: Hard Cl
ao Porto (Hard Club, 29 de Janeiro) Lançado em Novembro, “Everybo- imista, Lisboa
e Santiago Alqu
e Lisboa (Santiago Alquimista, dy Knows” é, segundo a crítica, um 30 Janeiro 2011
• Quando: 29 e
30 de Janeiro), o grupo de rock sucessor à altura de “Super Ready/ • Duração: n/f
0/22h30
pós-industrial vem mostrar o novo Fragmanté”, editado em 2007. • Sessão: 22h0
disco, “Everybody Knows”, editado Misturando temas mais acústicos : Ha rd Club,
• Promotor
tos
este ano. com outros mais rock, passando por Eventos Imedia
Com mais de 20 anos de carreira, composições marcadamente elec- sificaç ão et ária:
• Clas
o trio actualmente formado por trónicas, os Young Gods voltam com M/16 anos

Grande Concerto de Ano Novo...


Depois do sucesso das edições
anteriores, regressa aos coliseus do
Lago dos Cisnes
Porto (7 de Janeiro de 2011) e de Tradição em cada início de ano
Lisboa (8), o Grande Concerto de são os espectáculos com obras
Ano Novo inspirado no tradicional imortais do bailado clássico.
encontro musical que anualmente se Desta feita, os coliseus de
celebra em Viena, Áustria. A Strauss Lisboa e do Porto recebem o
Festival Orchestra e o Strauss Ballet Ballet Estatal Rostov e a sua
Ensemble interpretará uma selecção orquestra na interpretação
das mais conhecidas valsas, polcas de um dos mais conhecidos e
e marchas de Strauss como “Na- populares bailados: o român-
poleão”, “Festa das Flores”, “Klipp tico “O Lago dos Cisnes”, que
Klapp”, “A Valsa do Imperador” , se apresenta dias 1, 6 e 8 de Ja-
“Champagne” e “Danúbio Azul”. neiro de 2011, no Coliseu dos
Aclamada por mais de um milhão de Recreios, em Lisboa, no Centro
espectadores, esta produção chega a Cultural Olga Cadaval, em
Portugal depois de ter passado pelas Sintra, e no Coliseu do Porto,
mais conceituadas salas europeias. respectivamente.

TICKETLINE MAGAZINE • www.ticketline.sapo.pt


destaques.09 PUB

A Família Bach
No Salão Nobre dos Teatro Nacio-
nal de São Carlos, em Lisboa, os
finais de tarde (18h00) de 7 e 15
de Janeiro são preenchidos com os
concertos III e IV da série “A Família
Bach”. No primeiro, são interpre-
tadas as obras de Telemann, Carl P.
Bach e J. S. Bach, e no segundo, J. S.
Bach, Carl P. Bach e Beethoven.

Martataka
uma viagem sideral a marte

S
e existisse um parque de netário onde apanham um enorme
diversões infantil em Marte, Disco Voador que as leva numa
como seria? Apresentado viagem interplanetária da Terra a
como um “novo conceito em Marte, onde se situa um fantástico
parques infantis” em espaços fe- parque de diversões onde todos
chados, o Martataka é um parque podem brincar – o Martataka, onde
temático especialmente destinado os cenários recriam o que, ima-
a crianças do 4 aos 10 anos que si- ginariamente, será um ambiente
mula uma viagem sideral que tem marciano.
como ponto de partida o planeta Situado em Matosinhos, Porto, o
Terra e destino Marte, o chamado espaço está aberto de segunda a
Planeta Vermelho. Ao entrarem no domingo, excepto no Dia de Natal,
espaço Martataka, as crianças são Dia de Ano Novo e Domingo de
recebidas no Aeroporto Interpla- Páscoa.

Desconcerto de Natal
Um famoso Maestro, aclamado
internacionalmente, é convidado a
participar num concerto de Natal.
Está tudo a postos para o receber?
Não! Os músicos da orquestra
não chegam e as empregadas de
limpeza insistem em desarrumar
tudo!... Espectáculo musical dirigi-
do a todas as crianças e respectivas
famílias, “Desconcerto de Natal”
junta sketches, canções, alegria,
imaginação e bom humor no Espa-
ço Monsanto Auditório até 16 de
Dezembro. A receita reverte a favor
da Operação Nariz Vermelho.

www.ticketline.sapo.pt • TICKETLINE MAGAZINE


10.destaques
...Odisseias Cartão Solidário
Que fazer em família nas férias de Nesta época natalícia não devemos es-
Natal ou por alturas do Ano Novo? quecer os que mais precisam. O Cartão
Aventurar-se numa gruta da Serra Solidário existe para que, ao comprar,
da Arrábida? Fazerr uma viagem de possa ajudar quatro instituições de
jipe pela ilha açoriana de São Jorge? Solidariedade Social: a Fundação do
Todavia, se a questão é apenas re- Gil e as associações Novo Futuro, Sol e
laxar a dois, pode sempre optar por Raríssimas. Ao comprar nas lojas soli-
algo diferente como um passeio de dárias, tem um desconto e parte dele
barco pela Ria Formosa, no Algarve. reverte para uma das instituições.

Joanna
alabama gospel...
Outro regresso para Janeiro de
2011 é o do Alabama Gospel
Newsom
Choir, que estará em Portugal
dias 3 (Casa da Música, Porto) e
6 (Teatro Tivoli, em Lisboa) para
interpretar temas deste género
musical potente e expressivo em
que o mais importante é preci-
samente o canto. Com um estilo
único, o Alabama Gospel Choir
traz até nós um grupo de 25 artis-
tas, entre os quais se contam no-
mes importantes como Francine
Murphy, Johnny Sanders, Merian
Terry, E. Travis Jones e Dr. Kevin. A
direcção é de Deana Butler.

feeder
Os Feeder deslocam-se a Por-
tugal para tocar a 25 de Janeiro
de 2011, no Hard Club, no Porto. uma das mais talentosas artistas da sua geração

C
O concerto serve para mostrar
o seu mais recente álbum de onsiderada uma das mais nestes espectáculos aliada às de Newsom é descrita como um
originais, “Renegades”, editado talentosas artistas da nova críticas muito positivas da Impren- contraste ao rock, pop e hip-hop
em Julho. Formado em 1991 geração, a norte-america- sa especializada, fizeram crescer sintetizado tanto em voga nos dias
em Newport, no País de Gales, o na Joanna Newsom vem a expectativa relativa ao segundo de hoje: estruturas e letras manifes-
grupo estreou-se em 1997 com a Portugal apresentar o novo disco, álbum. “Ys”, que viria a ser lançado tamente complexas e transversais
“Polythene”, disco que foi muito “Have One On Me!”, um triplo álbum em Novembro de 2006, misturado aos sentimentos de Joanna.
bem recebido pela crítica espe- que teve nota máxima das revistas pelo ex-Sonic Youth Jim O’Rourke,
cializada e com o qual iniciou a especializadas “Uncut” e “Mojo” foi considerado pela revista “Time”
ficha técnic
escala de sucesso. Grant Nicholas e do jornal “Los Angeles Times” um dos dez melhores do ano. Muito a
(voz, guitarra), Taka Hirose (baixo) situando-se entre os melhores tra- aguardados pelos fãs portugueses, • Onde: Casa da
e Karl Brazil (bateria) constituem balhos deste ano de 2010.  os concertos de Joanna Newsom Música,
Sala Suggia, Po
a actual formação dos Feeder. Harpista, pianista, cantora e realizam-se dias 24 e 26 de Janeiro, rto e CCB,
G. Aud., Lisboa
compositora, Joanna Newsom na Casa da Música (Porto) e no • Quando: 24
e 26 Janeiro 20
nasceu há 28 anos em Nevada City, Centro Cultural de Belém (Lisboa), 10
• Duração: n/f
na Califórnia, e lançou o primeiro respectivamente. • Sessão: 21h3
longa-duração, “The Milk-Eyed Inspirada por nomes como William 0/21h00
• Promotor: Ev
erything is Ne
Mender” em 2004, que vendeu mais Wordsworth ou Robert Browning, • Classificação w
de 200 mil cópias e a colocou em nota-se ainda na compositora a etária:
M/3 anos
digressão com Davendra Banhart influência de nomes como Billie
e Vetiver. A exposição alcançada Holiday e Joni Mitchell. A música
PUB

Teatro Camões
Presença simbólica no Parque das Nações

O Teatro Camões foi cons-


truído entre 1997 e 1998,
englobado no projecto EXPO’98.
unidade de extensão artística,
o Teatro Camões foi, em 1999,
integrado no Teatro Nacional de
Integrou a EXPO’98, hoje Parque São Carlos enquanto unidade de
das Nações, e confronta-se com extensão artística para utilização
dois edifícios de forte volumetria: da OSP. Finalmente, em 2003,
o Museu da Ciência e o Oceaná- o Teatro Luís de Camões foi
rio. A sua composição figurativa integrado na CNB, tendo em vista
é simples e dá continuidade aos a produção e a apresentação dos
materiais do Espaço Público, o espectáculos da sua programação,
que é visível no arranjo exterior em virtude desta não dispor de
junto ao passeio ribeirinho. Da um espaço próprio para o efeito, o
autoria do Gabinete de Arqui- que vinha a prejudicar a adequada
tectura Risco, sob a direcção do prossecução das suas atribuições
Arquitecto Manuel Salgado, o pela dependência de espaços de
edifício tem uma presença forte outras estruturas culturais.
e simbólica nesta zona da cidade Os espaços principais do Teatro
dedicada ao lazer e à fruição dos Camões são o grande auditório
espaços livres. e os dois foyers, apoiados pelos
Debruçado sobre o Tejo, des- dois bares respectivos e por um
fruta de uma vista magnífica ao pequeno foyer intermédio. O
longo do Passeio do Neptuno e da átrio de entrada é dotado de um
frescura do Jardim da Água, que grande envidraçado que propor-
lhe fica ao lado. Após a EXPO’98, ciona uma iluminação natural,
foi realizado o projecto de permitindo também que se possa
ampliação do edifício do Teatro admirar a paisagem exterior.
para dotá-lo de condições para a
instalação da sede da Orquestra • Morada: Passeio do Neptuno,
Sinfónica Portuguesa (OSP). Parque das Nações, 1990-193 Lisboa
Inicialmente integrado no • Telf.: 218 923 470
Instituto Português das Artes • Horário bilheteira: Dias de
e Espectáculo (IPAE) enquanto espectáculo

Espaço destinado à apresentação e divulgação de salas de espectáculo nacionais.

www.ticketline.sapo.pt • TICKETLINE MAGAZINE


P
Legendary
aulo Furtado, aliás The Legendary

The Tiger Man, vai estrear-se nos


coliseus do Porto e de Lisboa nos
dias 21 e 22 de Janeiro, respec-
tivamente. O músico conta ao TL
Magazine como está a preparar estes concertos,
fala dos convidados especiais para este momen-
to especial na carreira e não se mostra ansioso:
“Nestes concertos as pessoas vão com uma dis-

tiger man
posição especial, motivadas”. O ciclo de “Femina”
ainda não está a fechar, mas Furtado já fala de um
regresso aos seus queridos Wraygunn.

O que representam para si estes concertos nos


coliseus?
Apesar de todos os espectáculos serem im-

“Nunca pensei ir fazer


portantes e de nos dedicarmos ao máximo a
cada concerto, julgo que fazer os coliseus é um

os coliseus como Tiger Man”


momento importante na carreira de qualquer
artista. E é um momento especial: não é uma
coisa que eu faça muito, o criar um espectáculo
de propósito. Mudo o set quase todas as noites e
decido tudo muito em cima da hora. Mas nunca
tive um alinhamento feito dois meses antes!
(risos) Ou estar a pensar numa coisa mais espe-
cial, com convidados... a minha ideia é que seja
uma noite maravilhosa para quem está em palco
e que para o público também seja uma grande
noite. Mas acho que isso depende de que quem
está em palco se esteja a divertir.

Normalmente, quem se diverte em palco acaba


também por fazer divertir a plateia.
Claro que sim. Mas às vezes, nesses concertos
mais especiais, é difícil relaxar o suficiente para
estar em palco e divertirmo-nos com o que esta-
mos a fazer. Mas acho que vai ser possível!

Era algo que já pensava e desejava há muito


tempo, tocar nos coliseus?
Para ser sincero, nunca pensei muito! Em certos
momentos, talvez. Mas nunca pensei que fosse
tocar como Legendary Tiger Man. Talvez mais com
os Wraygunn... Relativamente a expectativas,
quero sempre chegar ao maior número de pesso-
as - felizmente isso aconteceu com o “Femina”.
Mas normalmente, se chegar, fantástico. Se não,
tudo bom na mesma, não há problema.

O facto de ser um espaço grande, com mais gente


do que o normal, deixa-o apreensivo?
Não. Acho que, de certo modo, é muito fácil fazer
um coliseu. Apesar de nunca ter feito! (risos)
Estou a falar de cor. Mas são espectáculos em
que as pessoas estão efectivamente ali para ti.
Acho mais difícil fazer um concerto em sítios
mais pequenos, ao ar livre, onde as pessoas não
pagaram bilhete, em que a música é mais uma
coisa no meio de várias. Aqui vão com uma dispo-
sição especial para o concerto, motivadas. Basta
fazer as coisas bem, com alma e isso passa para
as pessoas, depois para o artista... mas quando as

O músico a
pessoas vão pelas razões certas, torna-se muito
r
de Coimb nos
mais fácil.
e
estreia-s em
coliseus E quem vão ser os convidados?
Janeiro Não posso revelar todos. Haverá uma ou duas
surpresas. A grande guerra que estou a sentir é
manter um equilíbrio entre eu ser um “one man

TICKETLINE MAGAZINE • www.ticketline.sapo.pt


band”, estar em palco sozinho, e ter convidados.
entrevista.13
Gostava que fosse equilibrado. O espectáculo vai
passar por tudo o que eu fiz.

Não só o último disco, “Femina”.


Exacto. E assim os Dead Combo serão meus
convidados, porque entraram no “Masquera-
de”. Gravámos uma música e fizemos alguns
concertos juntos... também queria misturar os
convidados uns com os outros, fazer coisas que
nunca foram feitas nem em disco nem em lado
algum. São coisas que ainda vamos ensaiar.
Outros convidados são o DJ Nelassassin, o João
Doce (Wraygunn) e o DJ Ride. O “Nel” e o “Ride”
são para mim os melhores “gira-disqueiros”
nacionais e vamos tentar criar algo juntos novo
em palco. Do “Femina” vou ter a Rita Redshoes,
a Cláudia Éfe e a Lisa Kekaula. Depois o Mick
Collins e o Jim Diamond, dos The Dirtbombs e
dos Gories, com quem toquei há uns anos em
Coimbra. Serão estes os convidados. Pelo me-
nos os que posso revelar. Mas no fundo quero é
fazer com estas pessoas coisas que não fiz ainda
antes, portanto acho que é necessário que as
pessoas vão com espírito aberto! É necessário
arriscar um pouco.

Os concertos nos coliseus representam, muitas


vezes para alguns artistas, um fechar de ciclo.
Também representa isso para si?
Curiosamente, eu ainda não sinto esse “fechar
de ciclo” com o “Femina”. Estão a acontecer
muitas coisas em vários quadrantes. Ainda estou
a gravar, a fazer alguns convites a pessoas: casos
da Jen, do duo francês John & Jen; ou a Brigitte acabam por ser mais importantes que a música.
Fontaine. São músicas que já estão feitas e esta-
mos só à espera de ir para estúdio. Por outro lado,
E ao vivo a música é o mais importante. Comigo a
música e o cinema coabitam bem.
Acho que,
o disco acabou de sair em França e em Fevereiro
vou em tournée com a Rita e com a Cláudia, fazer Funcionam como se fosse uma contra-resposta?
de certo modo,
datas bastante interessantes. E em Abril tenho
um espectáculo correspondente a uma Aula
Acaba por ser muitas vezes a música que faz
aparecer uma determinada imagem. E às vezes o
é muito fácil fazer
Magna cá, que é no Bataclan, em Paris. Ainda está
tudo muito vivo.
contrário: uma curta-metragem que dá ideia para
uma música. Uma coisa vai alimentando a outra.
um coliseu. Apesar
de nunca ter feito!
E há também a componente cinematográfica do E sempre foi assim? Desde os tempos em que via
álbum. os vídeos do seu pai, em formato super 8?
Sim, as curtas vão ao festival de Clermont-Fer- De certa forma... curiosamente os meus vídeos lançar um álbum de Tiger Man
rand, que é mais essa versão cinematográfica e super 8 surgem com o começo do Legendary em Portugal. Tive que vir cá fazer
menos musical. Não acho que este seja o fechar Tiger Man, quando eu começo a ter uma liberdade dois espectáculos. E é muito
de ciclo, mas antes um momento de celebração. criativa - por ser a única pessoa na banda (risos). difícil estar a sair de Wraygunn e
Permitiu-me explorar vários campos da arte, correr a focar-me no que é ser um “one man band”.
O Paulo já tinha falado na possibilidade de haver riscos, sem que ninguém no final me dissesse “está
uma espécie de “Femina II”. É disso que fala? mal feito”. Ajudou-me a crescer como artista. E quando tiver de voltar ao projecto Tiger Man?
Eu não queria fazer um “Femina II”. Não vai ser Acha que vai sentir pressão por fazer música nova?
um álbum, acho que não vai chegar a tanto. Ainda E os Wraygunn? Está previsto voltar a gravar com Acho que não! Até porque não tenho parado de
tenho mais algumas músicas, mas não sei se vai a banda? fazer. Estou ao mesmo tempo a fazer uma série
ser um EP ou três singles em vinil, ou quatro mú- Temos estado a trabalhar e voltamos a ensaios de coisas para teatro e cinema e se calhar até
sicas em MP3. Mas será uma mistura disso tudo, em Dezembro. Já gravámos oito músicas e talvez se encaixam nesse conceito. Acho é que pode
editadas em formato diferente. Gostava muito de em Fevereiro ou Março - também dependendo haver um disco só em vinil, numa edição menos
fazer uma caixa de vinil. de mim - esperamos voltar a estúdio e gravar o mediática. Essa pressão pode vir mais das pessoas
disco. E lançar antes do Verão ou logo após. É um em relação ao que podem esperar do que do lado
Voltando ao cinema e ao ver o sucesso das curtas projecto do qual já tenho saudades... estou um dos artistas. A música é sempre feita: umas vezes
integradas neste disco, ao ter feito também bocadinho cansado de tocar sentado! há mais pessoas a gostar, outras vezes menos. Se
alguns papéis no cinema: sente-se dividido entre calhar o próximo disco vai é ser uma coisa mais
a música e o cinema? E é fácil despir a pele de “Homem Tigre” e depois simples: todo este peso do “Femina” foi óptimo,
Sempre gostei muito das duas coisas e para mim, saltar para o lugar de “frontman” de uma banda? aprendi muito, mas é uma estrutura pesada, com
em Legendary Tiger Man, a música e o cinema Não é nada fácil...Houve alguns momentos no concertos mais exigentes do que os espectáculos
foram sempre complementares. Por exemplo, passado, há três ou quatro anos, em que estava que eu costumava fazer antes. Texto Bruno Martins
há momentos nos festivais de cinema, os filmes em França em digressão com os Wraygunn e a Fotos Francois Berthier | Foto capa Pedro Medeiros

www.ticketline.sapo.pt • TICKETLINE MAGAZINE


14.reportagem

Sea Life
Um mergulho com seis mil criaturas marítimas

B
em pertinho de casa. Um aquário estrelas-do-mar – que podemos ver de perto e
a beijar o mar. É ali, junto à Foz, no até na palma da mão, várias espécies de camarão
Porto, que o Sea Life acolhe perto e até as navalheiras.
de seis mil criaturas marinhas de
cerca de 100 espécies para descobrir. De todos os no reino de neptuno
mares, de todos os tipos. De todos os tamanhos... Uma das grandes atracções do Sea Life – além
pelo menos até aos gigantes tubarões, reis do do minúsculo peixe-palhaço que, desde que a
mar, mas que aqui, no Sea Life, dão-se bem com Pixar decidiu fazer um filme sobre ele ficou mais
todos os companheiros de aquário. conhecido por Nemo – é o túnel subaquático. “É,
O espaço abriu há mais de um ano. Foi a 15 por assim dizer, o elemento mais icónico no Sea
de Junho de 2009 que os primeiros visitantes Life. É uma passagem aberta desde um peque-
mergulharam no Sea Life. “É um aquário, mas no oceano. Permite às pessoas – e sobretudo
essa ideia está, sobretudo associada a espécies aos miúdos – ter a ilusão de estar a mergulhar”,
de água doce”, explica Ana Torres, directora de explica Ana Torres. “Aquilo que nos separa de
marketing, ao “TL Magazine”. “Temos de água 500 mililitros de água são cinco centímetros de
doce, salgada, de vários ambientes, tropicais e acrílico”, acrescenta, com entusiasmo, ao falar
não tropicais. Está mais aproximado do conceito sobre aquele aquário maior a que o Sea Life cha-
de oceanário.” mou “Reino do Neptuno”. E lá está, no meio, uma
Sem óculos ou escafandro, a viagem começa estátua do Deus dos Mares a fazer companhia a
com um mergulho logo ali ao lado, no Rio Douro, tubarões, raias e até a uma gigante garoupa.
ois
com direito a uma representação da ponte D. Luís No dia em que o “TL Magazine” visitou o Sea Life
Trinta e d om
e tudo. E lá está o típico barco rabelo e o aquário era dia de arrumar a casa. Limpar bem as paredes u e s c
tanq s de
onde avistamos as enguias, as trutas ou o peixe- e interior do aquário para as águas ficarem impe- milhare todo
de
rei, tradicionais deste rio. Segue-se viagem até cáveis. Tudo para que os visitantes desfrutem bem
espécies ndo
um dos muitos pontos onde a criançada gosta do espaço e possam interagir também melhor om u
de parar: a zona das piscinas rochosas. E se, na com os animais. “Eles conseguem ver cá para
maior parte dos museus é “proibido mexer”, aqui fora”, afiança Ana Torres. “Tanto que, se mexermos
estamos à vontade! Mais ou menos, pronto. A o dedo junto ao vidro, alguns vêm ver o que é.”
recriação das zonas costeiras leva-nos à desco- Interessante é também a desmistificação de que
berta de alguns animais que, normalmente, nos os peixes têm uma memória de apenas três se-
passam despercebidos aos olhos: os ouriços e as gundos, como diz o imaginário popular. Chegada

TICKETLINE MAGAZINE • www.ticketline.sapo.pt


A história do aquário
reportagem.15
O Sea Life está há mais de um ano no Porto,
junto à Praça Gonçalves Zarco. Este foi o
30º projecto de aquário da marca. “Surgiu
pela oportunidade de mercado que foi per-
cebida: é uma cidade que concentra cada
vez mais em si pólos de atracção turística.
Além disso, na região Norte porque não
existe nenhum equipamento do género”,
explica Ana Torres. Para quem não está na
Invicta, chegar a esta zona da Foz é muito
fácil: de carro ou de comboio, a partir da
estação de Campanhã é apanhar um auto-
carro em direcção até ao Castelo do Queijo.

a hora de alimentação, conta a responsável, lá vão mentares ou o factor humano que acrescentamos
os peixinhos em cardume posicionando-se para a à experiência de ver os animais, ou campanhas de
comida. E às vezes basta sentirem uma movimen- conservação/preservação. É o que oferecemos às
tação especial por parte dos tratadores. pessoas: uma experiência lúdica, também peda-
Ter um aquário em casa não é pêra doce. Já se gógica, mas divertida. Que se pode e deve ter em
sabe que a aquariofilia é uma actividade que exi- grupo”, explica Ana Torres.
ge muito tempo. Quer então imaginar o trabalho
que é um tanque com uma capacidade de 500 mil O mundo dos venenosos
litros de água, dez metros de altura, nove de lar- A visita continua por outras zonas do Sea Life.
gura e mais de seis de profundidade; e ser ainda E vamos vendo a tal diferenciação de que fala a
responsável por mais 31 tanques? “Do ponto de responsável, neste caso, a aposta em exposições petições.” Recentemente o espaço envolveu-se
vista de manutenção, existem uma série de ques- dentro do aquário. Até há pouco tempo foram os numa campanha internacional com o objectivo de
tões a ter em conta. Temos uma equipa de quatro tubarões. Agora ainda é possível ver “Zombie Fish travar a caça ilegal à baleia, mas surgem já novos
biólogos permanentes – que agora foi reforçada - Terror no Aquário”, dedicado a animais marinhos projectos, mais ligados a iniciativas ambientais e
com mais duas pessoas”, acrescenta Ana Torres. venenosos. E quando se julga que estamos a falar de investigação locais.
“É um trabalho que é feito em áreas distintas: de cobras ou peixes gigantes, enganamo-nos. Antes de chegarmos ao fim ainda encontramos
umas mais focadas para o comportamento animal Falamos de um pequeno sapinho azul: a rã-flecha, mais algumas salas, como a baía das raias – onde
outras para tudo o que são questões mais técni- que, dizem os livros, tem veneno suficiente para um grupo de idosos se senta à conversa a discutir
cas do aquário. Mas das coisas a que damos mais matar 2200 pessoas... Mas o ex-libris da exposi- a vida marinha com os funcionários do Sea Life
importância é a recriação dos habitats específicos ção é o peixe-pedra, o peixe mais venenoso do como se estivessem a jogar à malha no jardim.
para as várias espécies. Torna a experiência do mundo, com uma camuflagem que tem tanto de E ainda o templo dos cavalos-marinhos, espécie
visitante muito mais interessante.” É o caso da medonha como de impecável: é semelhante a essa que é já criada em cativeiro no Centro de
simulação de um barco navio naufragado que, diz uma rocha, quase imóvel, mas que, com a visita Recolha e Biologia de Weymouth, no Reino Unido.
a director de marketing, é dos melhores locais do “TL Magazine” se mostrou especialmente A visita termina no segundo andar. Mas porquê
para se encontrar vida marinha. entusiasmado, tendo estado a nadar para nós. deixar a água e mergulhar logo no stress do dia-
E é precisamente nesses campos da experiência Uma outra faceta que o Sea Life assume é a de a-dia? “Estamos num local privilegiado”, salienta
pessoal que o Sea Life aposta para conquistar protector dos mares e do ambiente. “A última sala Ana Torres. “Temos uma esplanada virada para
mais públicos. “Já percebemos que, de facto, as está ligada às questões de conservação e preser- o mar” e nos dias de Verão é das melhores da
pessoas gostam de vir ao aquário/oceanário. Mas vação das espécies”, em que os próprios visitan- cidade. Sim, sabemos que é Inverno. Mas, sejamos
só o aquário só per si não funciona. Têm que ha- tes são envolvidos. “O objectivo é uma partici- sinceros, nada que um bom chocolate quente não
ver outros elementos, sejam actividades comple- pação activa nas campanhas, como, por exemplo, resolva... Por Bruno Martins

www.ticketline.sapo.pt • TICKETLINE MAGAZINE


16.em foco

Sítio do Picapau
amarelo
Regresso à infância

A história
O “Sítio do Picapau Amarelo” é uma das
maiores obras infantis da literatura brasilei-
ra. Filipe La Féria conta que Monteiro Lobato
fez cinco volumes desta obra, “mas depois
de uma vida inteira dedicada à procura de
petróleo em todo o Brasil”. Não encontrou
ouro-negro, mas acabou por perceber que
tinha imaginação e “ficou mais conhecido
por fazer contos para crianças”. O primeiro
livro da série foi publicado em Dezembro de
1920 e a adaptação televisiva mais famosa
– aquela que faz parte das memórias de
tantos e que passou em Portugal – foi feita
pela Rede Globo. O primeiro episódio foi
difundido no Brasil a 7 de Março de 1977 e
o último a 31 de Janeiro de 1986.

F
ilipe La Féria leva ao palco do Teatro Filipe La Féria mostra-se impressionado com ouvir os gritos, o acompanhamento das canções,
Politeama, em Lisboa, a adaptação a reacção dos pequenos à peça, que, desde o e até a forma como interagem no espectáculo”,
das histórias de Narizinho, Emília, Saci primeiro momento, entoam a canção de Gilberto explica Filipe La Féria, a propósito dos momentos
Pererê e da bruxa Cuca. Para os miúdos Gil e acompanham-na com palmas. Esta encena- em que o Politeama se enche de gritos e dedos
conhecerem e os adultos recordarem. ção sintetiza, em cerca de uma hora, alguns do indicadores a apontar onde está escondido o dia-
A cidade estava uma azáfama, com sirenes por melhores momentos da obra de cinco volumes bo Saci; ou que quem tinha raptado a Narizinho
todo o lado. Havia uma cimeira lá para os lados de Monteiro Lobato. Vemos a pequena Narizinho tinha sido a bruxa Cuca. “A Cuca, de facto, faz as
do Parque das Nações. Homens poderosos aos a ser procurada pela Tia Nastácia (a cozinheira delícias dos miúdos”, diz La Féria.
apertos de mão: Obama e Cavaco a comerem do sítio) e pela sua avó, Dona Benta. E lá anda a Confirma-se. À saída, perguntamos a um dos
pastéis de Belém. Obama a correr as escadarias pequena, a passear pela floresta, acompanhada meninos que passa o que mais tinha gostado
de São Bento acima com Sócrates a correr atrás. da boneca de trapos que a Tia Nastácia lhe fez: a na peça: “Da bruxa!”, é resposta pronta. “É uma
E também no Teatro Politeama havia azáfama. famosa Emília. personagem má, mas é uma má simpática!”, diz
Mas daquela boa, sem diplomacias: na véspera da É num desses passeios que Narizinho encontra a actriz que dá corpo à terrível jacaré. “É uma
estreia oficial do musical “Sítio do Picapau Ama- o Doutor Caramujo, no Reino das Águas Claras, no jacaré muito contente, toda mandada prá frente”,
relo”, o teatro da Rua das Portas de Santo Antão ribeiro do Sítio. É ele que dá a Emília, a boneca explica a actriz Bruna Andrade, que, tal como
encheu-se de crianças entusiasmadíssimas por de trapos, a possibilidade de falar. Algo que deixa quase toda a geração dos anos 70 e 80, se lembra
irem ao teatro. Até ao momento em que se levan- toda a gente entusiasmada, incluindo o primo de de ver a série na televisão. “Mas de quem eu me
tou a cortina e se fez silêncio, nem todas as forças Narizinho, Pedrinho, que veio, juntamente com o lembro mais são da Emília – a boneca de trapos –
policiais que corriam a cidade de uma ponta a velho Tio Barnabé, passar as férias da escola ao e da Narizinho.”
outra conseguiriam tirar o sorriso e o entusiasmo Sítio. E se uma criança junta já é o que é, a imagi- Cátia Garcia é quem dá o corpo à boneca de
traduzido em gritos da pequenada. nação e a fantasia duplicam com duas. Juntos co- trapos. A actriz garante que, apesar de ser um
O motivo? O novo musical de Filipe La Féria, nhecem o diabo Saci Pererê, o sábio Visconde de espectáculo infantil, “dá para toda a família”. “Os
a adaptação para o palco da obra brasileira de Sabugosa e ainda a maldosa Cuca e a sereia Iara. mais velhos lembram-se bem da série. As crianças
Monteiro Lobato. Aquela que fez tantos miúdos São todas estas personagens que granjearam vivem o instante – a luz, a cor, as palavras que di-
e graúdos sorrir à volta do ecrã, com as cantigas fama ao “Sítio do Picapau Amarelo”. “Gosto muito zemos são interpretadas no momento. Os adultos
assobiadas de Gilberto Gil. A mesma que estas dos cinco volumes que o Monteiro Lobato fez. têm uma ideia pré-concebida, porque já viram,
crianças que foram ao Politeama parecem já E depois esta é uma lembrança muito forte das então comparam, mas com recordações que são
saber de cor. “Um obrigado às professoras!”, diz pessoas, de miúdos e graúdos. Os mais pequenos interessantes, que os vai fazer reviver a infân-
ao “TL Magazine” o encenador. adoram, parece que estão num concerto: basta cia”, considera a actriz que faz de Emília. Já Sissi

TICKETLINE MAGAZINE • www.ticketline.sapo.pt


PUB

Martins, que interpreta uma das personagens uma grande responsabilidade muito grande
principais do enredo – a pequena Narizinho – pegar no nome ‘Sítio do Picapau Amarelo’, mas
considera que “a música que abre o espectáculo acho que o Filipe (La Féria) conseguiu fazer um
(a famosa canção de Gilberto Gil)” é importante excelente trabalho”, assegura Ruben Madureira,
para chamar logo a atenção do público. o Pedrinho.

crianças são o melhor público As marcas de La Féria


Esta adaptação da obra de Monteiro Lobato é Apesar de ser uma peça infanto-juvenil, este
mais uma para o currículo de Filipe La Féria, que “Sítio do Picapau Amarelo” tem o selo de Filipe
tem o hábito de fazer “todos os anos, teatros La Féria. Ou seja, um nome que tem conquista-
infanto-juvenis”. Depois de “A Menina do Mar”, do muito público, sobretudo pela forma como
“Alice no País das Maravilhas”, “O Principe- gosta de engrandecer as suas obras. Seja com
zinho” ou “O Feiticeiro de Oz”, este ano é a os vários cenários rotativos e elevatórios – que
vez da obra brasileira. “As personagens desta faz com que as cenas se sucedam uma atrás de
peça têm uma força poética muito grande. E o outras – seja pelo trabalho musical dos actores
público desta idade é o melhor, porque não se que são também bailarinos. Tiago Isidro, que
pode mentir para eles”, revela. “Digo sempre além de fazer o papel de Tio Barnabé é também
aos actores que não podem fingir muito, porque o director de vozes do espectáculo, deixa rasga-
as crianças percebem. Os adultos estão sempre dos elogios aos colegas, por terem conseguido
preocupados com coisas que não têm importân- montar o espectáculo quase em tempo recorde:
cia. Já os pequenos estão por inteiro no palco, “Foi complicado. É uma peça com muitas vozes
junto com os actores.” e muitas vozes solistas, mas como todos aqui
Além da dose muito grande de verdade que são óptimos intérpretes e, além disso, fazem
estas as personagens pedem, os actores são tudo à primeira, conseguimos ter tudo pronto
unânimes em dizer que a maior complicação na em tempo útil.”
montagem da peça foi o tempo-recorde em que Além das sessões especiais para escolas, as
tudo foi feito: cerca de 15 dias. Desde os diálo- sessões para o público em geral estão marcadas
gos, passando pelas gravações das canções, en- para o fim-de-semana, às 15h00.
saio de coreografias e o aprender o texto. “Era Por Bruno Martins

www.ticketline.sapo.pt • TICKETLINE MAGAZINE


18.discos
Annie Bon Jovi
Lennox Greatest Hits
A Christmas (Universal Music)
Cornucopia
(Universal Music)
Em 18 anos de trabalho a solo, Depois de, no ano passado, terem
Annie Lennox lançou apenas editado o álbum de originais
cinco álbuns de originais. Ok, a “The Circle”, os Bon Jovi retomam
ex-vocalista dos Eurythmics é de agora o caminho das compila-
ritmo lento na composição, mas ções. Claro que os fãs vão sempre
nunca perdeu a singularidade na gostar de recordar os gloriosos
sua canção – e além disso, tem temas da carreira de Jon Bon Jovi
cerca de 80 milhões de discos e Ritchie Sambora, de “Livin’ On
vendidos na carreira... Este ano, A Prayer” a “It’s My Life”. Em Por-
depois de ter lançado “Songs of tugal ainda mais, já que a banda
Mass Destruction”, a escocesa tem um megaconcerto marcado
aparece com um disco de Natal: para o dia 31 de Julho, no Parque
bem orquestrado, bem interpre- da Belavista, em Lisboa. E a prova
tado, talvez a recordar os tempos de que os fãs gostam de redesco-
em que ainda não era “femme brir a música do grupo de Nova
fatale” nos Eurythmics e que Jérsia é que este álbum já alcan-
cantava nos coros da igreja. çou o top “Billboard” europeu.

Rihanna Jamiroquai
Loud Rock Dust
(Universal Music) Light Star
(EMI Music)

Depeche Mode É, no mínimo, impressionante a


capacidade de Rihanna lançar dis-
cos. Aos 22 anos – e desde 2005,
altura do seu primeiro trabalho
– já contamos cinco trabalhos
Demorou cinco anos até que Jay
Kay e a sua banda regressassem
aos discos de originais. Uma
longa paragem, apenas com a
edição de um disco com os me-
Tour of the Universe - de originais. O ano passado foi o lhores “singles” da carreira. Este

- Live In Barcelona (Mute/EMI ) pungente “Rated R”. A ousadia


continua com “Loud”, um disco
retorno vem mostrar que a pa-
ragem ou não foi suficiente para
que vai ajudar Rihanna a manter os Jamiroquai mudarem a sua

H
á pouco mais de um ano, mais quatro faixas bónus. Uma das o posto de diva da pop, princesas abordagem na música, ou então
no dia 14 de Novembro de edições especiais do DVD vem com da MTV com pouca roupa enquan- mostra que a banda não perdeu
2009, o dia de muitos foi quatro discos! Além do concerto e to dançam ao som de hip hop com o jeito disco-funk. A banda está
sagrado. Foi de peregrinação para dos temas bónus, inclui ainda um batidas afro pop e refrões fáceis. um pouco mais orgânica, mas
ir ver os deuses. É assim cada vez documentário – daqueles docinhos E lá vai amealhando sucessos: sem grandes exuberâncias. Mas o
que os Depeche Mode visitam Por- que os fãs não gostam de perder “What’s My Name?” ou “Only Girl disco confirma que os Jamiroquai
tugal – já o fizeram um bom par de – que mostra a digressão (“Inside (In the World)”. estão bem vivos.
vezes. A digressão de “Tour of The The Universe”), e ainda imagens
Universe”, que serviu para mostrar dos ensaios e filmes especialmen-
o último disco, “Sounds of The te feitos pelo famoso realizador e The Lucky Mário
Universe”, um regresso à boa for- fotógrafo Anton Corbijn. Duckies Laginha
ma da banda de Dave Gahan, Andy Quando ao concerto em si, Glamour Trio
Fletcher e Martin Gore. Há quem estamos a falar de cerca de 90 & Nostalgia... Mongrel
recorde este espectáculo em Lisboa minutos de um espectáculo onde a (Espacial) (ONC)
dos Depeche Mode como não tendo banda inglesa dá mostras e provas Esta é uma banda que nos habi- É um dos grandes nomes do piano
sido dos melhores da banda. Mas, da criatividade – seja nos temas, tuámos a ver em programas de em Portugal. Uma carreira de
que diabo, os Depeche Mode são mas também num espectáculo entretenimento quando a ideia é perto de 30 anos ligado à compo-
sempre os Depeche Mode! equilibrado qb no que diz respeito recuperar o espírito da década de sição de música jazz tornam-no
Estariam esses Depeche Mode a cenários – e da longevidade do 60. Os The Lucky Duckies lançam numa referência. Neste seu novo
de 14 de Novembro de 2009 a seu trabalho. agora o primeiro disco da carreira, disco, Laginha faz-se acompanhar
guardar-se para os concertos que Dave Gahan, a dois anos de que tem já perto de 20 anos. São do baterista Alexandre Frazão
estavam para vir em Barcelona? completar meio século de vida, 13 temas – seis originais e sete e do contrabaixista Bernardo
Foram esses os que ficaram regis- continua a mostrar-se um sedutor versões de temas dos tempos em Moreira. Este trio faz, em “Mon-
tados para uma edição de DVD dos de plateias, um “showman”, sem- que os homens usavam brilhan- grel”, uma homenagem ao génio
espectáculos que aconteceram a pre ladeado por dois homens que tina no cabelo e as senhoras musical do compositor polaco
20 e 21 de Novembro de 2009 no são um garante de qualidade na dançavam de saias rodadas. De Fréderic Chopin. Laginha, Frazão
Palau Sant Jordi, em Barcelona. execução: os inseparáveis Fletcher destacar os temas “Ai é Tão Bom” e Moreira pegam na improvisação
Com edições para todos os gostos e Gore. Só assim se explica que - o dueto de Madalena Iglésias do jazz e a transpoem-na para o
– e bolsas – o CD/DVD “Tour Of The uma banda consiga ser referência com António Calvário – e “Cartas universo da composição clássica
Universe” conta com 21 canções, há mais de 20 anos. de Amor”, de Tony de Matos. de Chopin.

TICKETLINE MAGAZINE • www.ticketline.sapo.pt


Susan McFly Mart’nália
Boyle Above Mart’nália em
The Gift The Noise África ao Vivo
(Sony Music) (Universal Music) (JBJ & Viceversa)

A escocesa que teve, provavel- Os McFly são um quarteto inglês Em 2008, durante a digressão do
mente, a ascenção mais meteó- formado em 2004 e que lança disco “Madrugada”, a cantora bra-
rica da história da música – no
programa “Britain’s Got Talent”–
agora o seu quinto discos de ori-
ginais. Até aqui, a banda liderada
sileira – também conhecida por
ser filha de Martinho da Vila – foi O MEU MP3
regressa aos discos, depois do
multiplatinado álbum de estreia,
por Tom Fletcher apresentava
uma sonoridade ligada ao chama-
até Angola e Moçambique mos-
trar a panela de influências do
Por Pedro Moutinho*
“I Dreamed A Dream”. Susan Boy- do punk-pop, de riffs fáceis. Pois seu som, oscilante entre a o sam- É Dezembro , chove lá fora, o
le aparece aqui com um trabalho que neste trabalho a banda muda ba e os ritmos africanos, como frio pede um bom café quente
sazonal: clássicos de Natal, imacu- o aspecto do seu som. O título o reggae. Levou consigo uma ao som d   e Frank Sinatra, com
ladamente cantados, é certo, mas diz tudo: menos distorções nas equipa de filmagens e decidiu fa- o tema “I Get Kick Out of You”
que não são um grande avanço guitarras e a tentativa de pintar zer, além de um concerto, um do- para ver se aqueço um pouco
na carreira da cantora, até porque um som mais 80’s. Pegaram em cumentário desta viagem. É esse mais o ambiente. Enquanto
muitos se tratam de versões. E sintetizadores, em instrumentos trabalho que agora é publicado, leio o jornal, vejo as noticias do
há ainda a história de Lou Reed, mais electrónicos e aparecem-nos numa edição em CD e DVD, que mundo , e só “   A Kind of Magic”
que esteve para não autorizar a aqui com sons mais virados para recorda as viagens, as actuações dos Queen, p   ara poder mudar
gravação de “A Perfect Day”... mas as pistas. Estas mudanças bruscas e a reacção do público africano à o rumo da ilusão diária que ir-
vá, é Natal. são sempre de desconfiar... sonoridade de Mart’nália. rompe os televisores, e jornais
diários. Uma magia que faz com
que me levante do sofá e vá to-
Simone Pedro Swedish mar um duche. Entro no chuvei-
Em Boa Burmester House ro e aumento o som Ray Char-
Companhia Schubert/ Mafia les canta “Unchain m   y Heart
(JBJ & Viceversa) Schumann Until One “, que vibração que voz, penso
(ONC) (EMI Music) “estou pronto!”. Entro no carro,
Quase a completar 40 anos de O ex-director artístico da Casa da O primeiro trabalho deste trio enquanto esfrego as mãos para
carreira, a brasileira Simone lança Música, no Porto, volta ao lugar de DJ da Suécia. Axwell, Steve aquecer, selecciono o grande e
agora mais um disco ao vivo que de intérprete. Passaram quase 25 Angello e Sebastian Ingrosso são majestoso Chet Baker com “My
reúne os grandes temas da sua anos, desde que Pedro Burmes- três músicos que se juntaram para Funny Valentine” e preparo-me
história musical. O trabalho foi ter, um dos grandes pianistas tentar entrar naquele rol de DJ para a viagem que vou fazer
gravado no Teatro Guararapes, em portugueses, lançou um disco. que se tornam superestrelas: caso pela marginal, até Lisboa, mas
Pernambuco, e mostra a cumplici- Fá-lo agora, num CD de homena- de David Guetta, que participa recebo um SMS e o almoço que
dade de sempre da cantora com o gem ao austríaco Franz Schubert neste trabalho, ou Bob Sinclar. tinha é desmarcado. Os dias de
público. Além de temas clássicos e ao alemão Robert Schuman, O tempo o dirá: para já, este Inverno fazem destas coisas:
na voz de Simone, como “Face a por questões afectivas e de “Until One” é um disco de música o aconchego do lar é sem-
Face”, “Ex-Amor”, “Tô que Tô”ou indentificação com os temas, num de dança em que os músicos pre preferível ao frio da rua.
“Paixão”, ouvimos ainda novos trabalho gravado na Casa da Mú- convidam uma série de amigos fa- Dou meia volta e “ Tanto me
compositores, como é o caso de sica, completamente a sós na sala mosos para participar: é o caso de Faz”, de Camané guia-me até
Paulo Padilha, que interpreta com Suggia: só Burmester, um piano e Pharrell Williams, Tinie Tempah casa. Preparo o almoço com o
Simone “Love”. dois microfones. ou o próprio David Guetta. “Coração Vagabundo” e tenho
como convidados o Caetano e
Gal Costa. Olho pela janela, já

Balla
escureceu, ainda é cedo, mas
estes dias cinzentos dão-me
Equilíbrio (Chiado Records/Vidisco) “Cansaço” de corpo e alma e a
noite regressa mais cedo, fecho

Q uatro anos passaram desde que


Armando Teixeira, o cérebro
criativo dos Balla, lançou um disco
No regresso aos discos, os Balla vol-
tam mais electrónicos. Ainda mais,
assume o próprio Armando Teixeira
os olhos e Amália leva-me até
à tranquilidade de um final
de dia, quente mas que o frio
de originais. “A Grande Mentira” que em “Equilíbrio” quis carregar insistiu em prevalecer. Está na
entusiasmou os fãs da música pop nos sintetizadores e teclas. Era hora de desligar e “Vou-te Le-
portuguesa. Parecia que Armando isso que sentia falta. Dancemos vando em Segredo” com Tiago
Teixeira encarava a pop tal como as então, ao som de letras de senho- Bettencourt. *Fadista
mentes criativas da década de 80. res que aqui dão uma mãozinha – e
Ainda que num registo semi-croo- que mãozinha – na escrita: Miguel
PUB
ner, fruto da declarada influência Esteves Cardoso, Pedro Mexia, que
de nomes como Serge Gainsbourg se estreia nas canções, ou José Luís
ou Jacques Brel. Os quatro anos de Peixoto. E na faceta mais musical,
pausa fizeram com que Armando a participação de Samuel Úria, Luís
Teixeira regressasse à cadeira de Varatojo e Liliana Correia. “Equilí-
produtor. E também de músico de brio”, tal como um grande jogador
palco. E logo com outro dos ícones de futebol que faz uma partida de
da pop portuguesa: Rui Reininho, sonho, só vem para desequilibrar. Apoia
com a sua Companhia das Índias. Seja bem vindo. a música portuguesa.
20.videojogos Brevemente...

Fable III
Cada uma das consolas domésticas do mercado
possui uma colecção de exclusivos da qual se
orgulha. Títulos cuja qualidade é capaz, por si
só, de atrair novos jogadores. Fable, fiel à Xbox
360, faz parte desse grupo restrito e volta para
um terceiro capítulo que promete ser épico.

Gran Turismo 5
Se a série Fable é um dos grandes exclusivos
da consola da Microsoft, então Gran Turismo 5
será provavelmente a marca mais importante
da PS3. O mítico simulador automóvel está
de regresso e arranca para aquilo que será “a
maior experiência interactiva de sempre”.

Need For Speed Hot Pursuit

Medal of Honor
Existem títulos que, desde o berço, estão
condenados ao sucesso. Hot Pursuit é um deles.
Abençoado pelo forte legado que representa a
franchise Need For Speed e produzido nos estú-

A
personagem principal dos teatros de o habitat natural dos shooters na primeira pes- dios da reputada Criterion (Burnout), tem lugar
guerra virtuais tem sido um actor de soa continue a ser o PC). Este irresistível cha- garantido no pódio mesmo antes de arrancar.
renome chamado Modern Warfare. mamento para quem segura num comando de
Muitos, entretanto, têm vestido o respectivo PS3 e/ou Xbox 360 muito se deve ao crescente
uniforme de FPS e merecido ostentar galões fortalecimento das componentes multijogador
de protagonista: Killzone, Halo, Bad Company… Online. Medal of Honor sabe disso e, natural-
Contudo, o maior rival da série moderna de Call mente, aponta grande poder de fogo nesse
of Duty sempre esteve escondido nos estúdios sentido (mesmo sem apresentar a quantidade
da Electronic Arts: Medal of Honor (MoH), um de opções de Modern Warfare ou a imensidão
clássico de outros tempos que finalmente de veículos de Bad Company). Os campos de
resolveu abandonar os cenários da Segunda batalha em rede são a ementa preferida dos
Guerra Mundial e equipar-se com um arsenal amantes de experiências militares intensas, James Bond 007: Blood...
do presente. A narrativa persegue agora um competitivas e implacáveis – à imagem do que
grupo de forças especiais, os denominados acontece na realidade (a procura pela autenti- Daniel Craig, Judi Dench e Joss Stone (na ine-
Tier 1, cujo objectivo é ocupar o Afeganistão; a cidade continua a ser a grande preocupação de vitável Bond Girl) são as caras e as vozes que
intenção maior, todavia, é a de tomar de assalto MoH), mas com sangue que se derrama apenas lideram o elenco de estrelas virtuais de Blood
o posto de Modern Warfare, enquanto referên- do lado de lá do ecrã da televisão… É que no Stone. E a intenção da editora é mesmo aquela
cia máxima de um género capaz de atrair cada final pousa-se o comando e voltam todos a ser que parece: transformar o respectivo jogo
vez mais jogadores para as consolas (ainda que amigos. Por Gonçalo Melo numa experiência completamente cinemática.

TICKETLINE MAGAZINE • www.ticketline.sapo.pt


PUB
22.notícias
god save the queen de volta em abril gotan project no coliseu de lisboa
O espectáculo de homenagem aos Queen, God Save the Queen, volta Os Gotan Project actuam em Portugal, como tinha avan-
a Portugal para dois concertos, dias 8 e 9 de Abril, ainda em local çado em primeira mão o “TL Magazine”. No entanto,
por definir. A banda de tributo, originária da Argentina, é conhecida houve uma alteração no local do concerto: a banda
por recriar quase na perfeição as músicas da histórica banda de tinha marcado inicialmente um concerto para o Campo
Freddie Mercury, Brian May, John Deacon e Roger Taylor como Pequeno, mas este foi alterado para o Coliseu de Lis-
“Another One Bites The Dust”, “Killer Queen” ou “I Want It All”. boa, para 9 de Abril, confirmou a PEVentertainment.

Tiamat e Morbid Angel


O
s suecos Tiamat e os norte-americanos
Morbid Angel são as duas primeiras bandas

no Vagos 2011
confirmadas para a edição 2011 do Vagos
Open Air, que se realiza dias 5 e 6 de Agosto,
na Lagoa de Calvão, em Vagos, Aveiro, adiantou
ao “TL Magazine” a promotora Prime Artists. Os
bilhetes e passes são postos à venda dia 3 de De-
zembro a 30 (diário) e 50 euros (dois dias), sendo
que estará ainda disponível uma edição especial
de 500 passes com oferta de t-shirt do festival.
Liderados por Johan Edlund, os Tiamat forma-
ram-se em Estocolmo em 1988 como Treblinka,
designação que mudaria em 1989 quando da
edição do álbum “Sumerian City”. “Amanethes”,
de 2008, é o último registo de originais do grupo
que tem previsto novo lançamento para 2011. Da
Florida vêm os Morbid Angel, cujo disco de es-
treia, “Altars of Madness” (1989), liderou a tabela
dos 40 melhores álbuns de death metal da revista
especializada “Terrorizer”. Os Morbid Angel são
hoje formados por Trey Azagthoth, Pete “Com-
mando” Sandoval, David Vincent e Destructhor
(Thor Anders Myhren) e têm um novo disco com
edição igualmente prevista para o próximo ano.

Martataka – 760 10 50 14* QUEBRA-NOZES – 760 10 50 15*


E se existisse um parque infantil em Um dos mais famosos bailados de
Marte? Já pensou? Pois bem, o espaço Tchaikovsky e grande tradição de Natal
Martataka, em Matosinhos, já existe e e Ano Novo. Inspirado no conto de E.T.A.
permite que todas as crianças entrem Hoffmann, “O quebra-nozes e o rei dos
numa viagem num Disco Voador para ratos”, conta a história de uma meni-
voar da Terra até ao planeta vermelho. na que recebe um quebra-nozes de
O “TL Magazine” tem para oferecer 20 madeira mágico e que vai causar muitas
packs de três horas (crianças dos 4 aos surpresas. Temos 30 bilhetes indivi-
10 anos) a cada 15 chamadas para o duais para os espectáculos de 2 e 5 de
número 760 10 50 14. As entradas são Janeiro – em Lisboa ou no Porto – a cada
válidas para qualquer dia de Janeiro. 30 chamadas para o 760 10 50 15.

O SENHOR PUNTILA E O SEU CRIADO MATTI - 760 10 50 16* YOUNG GODS – 760 10 50 17*
A peça de Bertolt Brecht é considerada O rock pós-industrial dos Young Gods
uma das suas mais brilhantes comédias está de volta a Portugal. O grupo suíço
e conta a história de um homem com autor de “Skinflowers” ou “Kissing The
duas caras, por culpa do álcool. Protago- Sun” é uma banda de culto cá no país
nizada por Miguel Guilherme e Sérgio e vem apresentar o sétimo trabalho de
Praia, está em cena no Teatro Aberto, originais, “Everybody Knows” ao San-
em Lisboa até Janeiro. O “TL Magazine” tiago Alquimista, no dia 30 de Janeiro.
tem 20 bilhetes individuais para ofere- Para ganhar um dos dez bilhetes que o
cer de 20 em 20 chamadas para o “TL Magazine” tem para oferecer, basta
760 10 50 16: dez entradas para dia 5 ligar para o 760 10 50 17. As entradas
de Janeiro e outras dez para o dia 6. são oferecidas de 30 em 30 chamadas.
*CHAMADA de VALOR ACRESCENTADO 0,60€ + IVA à taxa legal em vigor.
Após a entrega de todos os prémios não será cobrado o valor da chamada.
TICKETLINE MAGAZINE • www.ticketline.sapo.pt
PUB
Mimpi
Circo Contemporâneo
E se de repente vivês-
semos numa outra
dimensão, a dos sonhos,
sono, num estado conscien-
te do sonho. Mimpi, trás
o circo, o teatro, a dança,
em realidade Mimpi... En- os efeitos multimédia,
tão, a capacidade de sonhar conduzindo o espectador a
limita a visão da realidade, este “universo”, ladeando
num mergulho para uma os seus sentidos.
outra dimensão, numa au-
têntica inversão de papéis
e planos, porque a realida- ficha técnic
de passa a ser inconsciente
a
• Onde: LX Facto
ry,
no sonhar e o ”sonho real” Fábrica L, Lisbo
• Quando: 4 a 12 a
passa a ser palpável inver- Dezembro 2010
tendo o estado das coisas, • Duração: 1h40
• Sessão: 16h0
como se o sonho fosse uma 0/21h30
• Promotor: En
dless Dream
expansão da consciência. • Classificação
etária:
Mimpi é o efeito da eman- M/6 anos
cipação da alma durante o
Concerto

Fado in Chiado Pedro moutinho Chromatics Pé na Terra – 13 Rock You Now!


• Onde: Cineteatro Gymnasio, • Onde: São Luiz • Onde: Discoteca Lux, Lisboa • Onde: Hard Club, Sala 2, Porto • Onde: Aula Magna, Lisboa
Esp. Chiado, Lisboa Teatro Municipal, Lisboa • Quando: 2 Dezembro 2010 • Quando: 2 Dezembro 2010 • Quando: 2, 3 e 4 Dezembro 2010
• Quando: Segunda a sábado • Quando: 2 Dezembro 2010 • Duração: n/f • Sessão: 22h30 • Duração: 90 min. • Duração: n/f • Sessão: 21h30
• Duração: n/f • Sessão: 19h00 • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Promotor: Everything Is New • Sessão: 22h30 • Promotor: Vivonstage
• Promotor: Genius e Meios • Promotor: EGEAC • Classificação etária: M/16 anos • Promotor: HEPTA TRAD • Classificação etária: M/12 anos
• Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/12 anos

james Fim-de-Semana especial Pop Deluxe 2010 Petite Messe Solennele …Para Mahler
• Onde: Campo Pequeno, Lisboa • Onde: Maria Matos • Onde: Teatro Sá da Bandeira, Porto • Onde: Teatro Nacional • Onde: CCB, Peq. Auditório, Lisboa
• Quando: 3 Dezembro 2010 Teatro Municipal, Lisboa • Quando: 3,4 Dezembro 2010 S. Carlos, Salão Nobre, Lisboa • Quando: 4 Dezembro 2010
• Duração: 2h00 s/int. • Quando: 3, 4 Dezembro 2010 • Duração: 3h30 • Sessão: 22h00 • Quando: 4 Dezembro 2010 • Duração: n/f • Sessão: 21h00
• Sessão: 22h00 • Duração: n/f • Sessão: 22h00 • Promotor: Two For The Road • Duração: 1h30 c/int.• Sessão: 18h00 • Promotor: Fundação CCB
• Promotor: PEV Entertainment • Promotor: EGEAC • Classificação etária: M/12 anos • Promotor: OPART • Classificação etária: M/6 anos
• Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/6 anos

James Optimus Hype Porto Clash Club@Club Club Wovenhand Richard Galliano
• Onde: Pavilhão Rosa Mota, Porto • Onde: Palácio da Bolsa, Porto • Onde: Hard Club, Porto • Onde: Casa da Música, Sala 2, Porto Tangaria Quartet
• Quando: 4 Dezembro 2010 • Quando: 4 Dezembro 2010 • Quando: 4 Dezembro 2010 • Quando: 5 Dezembro 2010 • Onde: CCB, G. Auditório, Lisboa
• Duração: 2h00 s/int.• Sessão: 22h00 • Duração: n/f • Sessão: 23h00 • Duração: n/f • Sessão: 23h30 • Duração: n/f • Sessão: 21h30 • Quando: 7 Dezembro 2010
• Promotor: PEV Entertainment • Promotor: Soul Music Management • Promotor: Positiva • Promotor: Everything Is New • Duração: 80 min. s/int.
• Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/16 anos • Classificação etária: M/12 anos • Classificação etária: M/3 anos • Sessão: 21h00
• Promotor: Incubadora d’Artes
• Classificação etária: M/3 anos
PUB
www.ticketline.sapo.pt
Concerto
cartaz.25

Herbie Hancock Pé na Terra – 13 Wovenhand Steve Aoki Lisboa Banda Calypso


• Onde: Campo Pequeno, Lisboa • Onde: Aud. Museu do Oriente, Lisboa • Onde: Santiago Alquimista, Lisboa • Onde: The Loft, Lisboa • Onde: Pav. Desportivo
• Quando: 7 Dezembro 2010 • Quando: 7 Dezembro 2010 • Quando: 7 Dezembro 2010 • Quando: 7 Dezembro 2010 dos Lombos, Carcavelos
• Duração: 1h30 • Sessão: 21h30 • Duração: 90 min. • Duração: n/f • Sessão: 21h30 • Duração: 10h00 • Sessão: 22h00 • Quando: 7 Dezembro 2010
• Promotor: MDK Live • Sessão: 21h30 • Promotor: Everything Is New • Promotor: Mentes Híbridas • Duração: 7h00 • Sessão: 23h00
• Classificação etária: M/6 anos • Promotor: HEPTA TRAD • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/16 anos • Promotor: Gaijin
• Classificação etária: M/12 anos • Classificação etária: M/16 anos

Blissful Winterdelik II steve aoki Porto Herbie Hancock Banda Calypso 4/Quintas
• Onde: Herdade da Calha • Onde: Dragão Caixa, Porto • Onde: Casa da Música, • Onde: Sala 114, Porto Francis Poulenc
do Grou, Almeirim • Quando: 7 Dezembro 2010 Sala Suggia, Porto • Quando: 8 Dezembro 2010 • Onde: Teatro da Trindade,
• Quando: 7 Dezembro 2010 • Duração: n/f • Sessão: 23h00 • Quando: 8 Dezembro 2010 • Duração: 6h00 • Sessão: 23h00 Sala Principal, Lisboa
• Duração: n/f • Sessão: 23h00 • Promotor: Eventos Gossip • Duração: 1h30 • Sessão: 22h00 • Promotor: Gaijin • Quando: 9 Dezembro 2010
• Promotor: Blissful • Classificação etária: M/16 anos • Promotor: MDK Live • Classificação etária: M/16 anos • Duração: n/f • Sessão: 18h30
• Classificação etária: M/16 anos • Classificação etária: M/6 anos • Promotor: Fundação Inatel
• Classificação etária: M/6 anos

Deftones Jeff Lorber Fusion: Bailey Cibelle Zul Zelub+Eddie Prévost Exército Russo
• Onde: Campo Pequeno, Lisboa Emory Lorber Marienthal • Onde: Discoteca Lux, Lisboa • Onde: Culturgest, Peq. Aud., Lisboa de São Petersburgo
• Quando: 9 Dezembro 2010 • Onde: MusicBox, Lisboa • Quando: 9 Dezembro 2010 • Quando: 10 Dezembro 2010 • Onde: Coliseu dos Recreios, Lisboa
• Duração: n/f • Sessão: 20h00 • Quando: 9 Dezembro 2010 • Duração: n/f • Sessão: 23h00 • Duração: 1h00 • Sessão: 21h30 • Quando: 10 Dezembro 2010
• Promotor: Everything Is New • Duração: n/f • Sessão: 22h00 • Promotor: Eventos Imediatos • Promotor: Fundação Culturgest • Duração: n/f • Sessão: 21h30
• Classificação etária: M/3 anos • Promotor: Clapbox • Classificação etária: M/16 anos • Classificação etária: M/12 anos • Promotor: Euroconcert
• Classificação etária: M/16 anos • Classificação etária: M/3 anos

Bolhão Rouge Alaibe Telemann Paradigma fado antigo - fado novo Owen Pallett Orelha Negra
• Onde: Teatro Sá da Bandeira, Porto do Barroco • Onde: Teatro Sá Bandeira, Porto • Onde: Hard Club, Porto • Onde: Plano B, Porto
• Quando: 10 Dezembro 2010 • Onde: CCB, Peq. Auditório, Lisboa • Quando: 11 Dezembro 2010 • Quando: 11 Dezembro 2010 • Quando: 11 Dezembro 2010
• Duração: 90 min.• Sessão: 22h00 • Quando: 11 Dezembro 2010 • Duração: n/f • Sessão: 21h30 • Duração: 75 min. s/int. • Duração: n/f • Sessão: 22h30
• Promotor: Hugo Sousa • Duração: n/f • Sessão: 19h00 • Promotor: Fundação • Sessão: 22h00 • Promotor: Diferentes Ritmos-
• Classificação etária: M/12 anos • Promotor: Fundação CCB Pão de Açucar, AUCHAN • Promotor: In Sonoridade Produtores Associados
• Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/16 anos • Classificação etária: M/6 anos

Dealema Exército Russo Stevie Salas Messias de Handel Ricardo Ribeiro


• Onde: Hard Club, Porto de São Petersburgo & Bernard Fowler Orq. Estatal Ucraniana • Onde: CCB, G. Aud., Lisboa
• Quando: 11 Dezembro 2010 • Onde: Casa da Música, • Onde: MusicBox, Lisboa • Onde: Teatro Tivoli, Lisboa • Quando: 14 Dezembro 2010
• Duração: 5h00 • Sessão: 23h59 Sala Suggia, Porto • Quando: 12 Dezembro 2010 • Quando: 13 Dezembro 2010 • Duração: 90 min. s/int.
• Promotor: Hard Club • Quando: 12 Dezembro 2010 • Duração: n/f • Sessão: 22h00 • Duração: n/f • Sessão: 21h30 • Sessão: 21h00
• Classificação etária: M/16 anos • Duração: n/f • Sessão: 20h00 • Promotor: ClapBox • Promotor: Euroconcert • Promotor: Músicas do Mundo
• Promotor: Euroconcert • Classificação etária: M/16 anos • Classificação etária: M/4 anos • Classificação etária: M/12 anos
• Classificação etária: M/3 anos
PUB
26.cartaz info & reservas: 707 234 234
Concerto

Carmina Burana Swallow The Sun + 3/Quartas I José Barros Swallow The Sun + Os Azeitonas em Palco-
Orq. Estatal Ucraniana Solsta-Fir + Mar de Grises e Navegante Trio Solsta-Fir + Mar de Grises - Gravação do DVD
• Onde: Teatro Tivoli, Lisboa • Onde: MusicBox, Lisboa • Onde: Teatro da Trindade, • Onde: Hard Club, Porto • Onde: Teatro Sá da Bandeira, Porto
• Quando: 14 Dezembro 2010 • Quando: 14 Dezembro 2010 Sala Principal, Lisboa • Quando: 15 Dezembro 2010 • Quando: 15 Dezembro 2010
• Duração: 2h00 c/int. • Sessão: 21h30 • Duração: 3h00 c/int.• Sessão: 22h00 • Quando: 15 Dezembro 2010 • Duração: 3h00 c/int.• Sessão: 21h00 • Duração: n/f • Sessão: 22h00
• Promotor: Euroconcert • Promotor: Prime Artists • Duração: n/f • Sessão: 18h30 • Promotor: Prime Artists • Promotor: Semeventos
• Classificação etária: M/4 anos • Classificação etária: M/6 anos • Promotor: Fundação Inatel • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/6 anos
• Classificação etária: M/6 anos

30 Seconds to Mars Artur Pizarro 4 Daniel Carter, William Mísia Daniel Carter, William
• Onde: Pavilhão Atlântico, Lisboa • Onde: CCB, Peq. Auditório, Lisboa Parker & Federico Uhi • Onde: Discoteca Lux, Lisboa Parker & Federico Uhi
• Quando: 16 Dezembro 2010 • Quando: 16 Dezembro 2010 • Onde: Maria Matos • Quando: 17 Dezembro 2010 • Onde: Culturgest, Porto
• Duração: n/f • Sessão: 20h00 • Duração: n/f • Sessão: 21h00 Teatro Municipal, Lisboa • Duração: n/f • Sessão: 22h00 • Quando: 17 Dezembro 2010
• Promotor: Everything Is New • Promotor: Fundação CCB • Quando: 16 Dezembro 2010 • Promotor: MDK Live • Duração: 1h00 • Sessão: 22h00
• Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/6 anos • Duração: n/f • Sessão: 22h00 • Classificação etária: M/6 anos • Promotor: Fundação CGD
• Promotor: EGEAC • Classificação etária: M/12 anos
• Classificação etária: M/6 anos

Tim Companheiros MGMT Destruction mão morta Messias, de Handel


de Aventura • Onde: Campo Pequeno, Lisboa Winter Club Fest 2010 • Onde: Hard Club, Porto Concerto de Natal
• Onde: Coliseu dos Recreios, Lisboa • Quando: 18 Dezembro 2010 • Onde: Cine-Teatro • Quando: 18 Dezembro 2010 • Onde: CCB, Grande Auditório, Lisboa
• Quando: 17 Dezembro 2010 • Duração: n/f • Sessão: 21h00 Ginásio Clube Corroios • Duração: n/f • Sessão: 22h00 • Quando: 19 Dezembro 2010
• Duração: n/f • Sessão: 22h00 • Promotor: Everything Is New • Quando: 18 Dezembro 2010 • Promotor: Hard Club • Duração: n/f • Sessão: 17h00
• Promotor: Magic Music • Classificação etária: M/3 anos • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Classificação etária: M/16 anos • Promotor: Fundação CCB
• Classificação etária: M/3 anos • Promotor: Sons Urbanos • Classificação etária: M/6 anos
• Classificação etária: M/16 anos

Harlem Gospel Choir harlem gospel choir Grande Concerto de Ano Concertos Promenade Alabama Gospel Choir
Concerto de Natal concerto de natal Novo I Strauss Festival Orch. Beatles no Circo • Onde: Casa da Música,
• Onde: Coliseu dos Recreios, Lisboa • Onde: Coliseu do Porto • Onde: Teatro Tivoli, Lisboa • Onde: Coliseu do Porto Sala Suggia, Porto
• Quando: 20 Dezembro 2010 • Quando: 21 Dezembro 2010 • Quando: 22 Dezembro 2010 • Quando: 26 Dezembro 2010 • Quando: 3 Janeiro 2011
• Duração: 90 min. • Sessão: 21h30 • Duração: 90 min. • Sessão: 21h30 • Duração: 2h00 c/int. • Sessão: 21h30 • Duração: 1h00 • Sessão: 11h30 • Duração: 2h00 • Sessão: 21h30
• Promotor: Uguru • Promotor: Uguru • Promotor: Euroconcert • Promotor: AACP • Promotor: Euroconcert
• Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/4 anos • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/4 anos

Alabama Gospel Choir A Família Bach III Grande Concerto de Ano Grande Concerto de Ano Artur Pizarro 5
• Onde: Teatro Tivoli, Lisboa • Onde: Teatro Nacional São Novo I Strauss Festival Orch. Novo com ballet • Onde: CCB, Peq. Auditório, Lisboa
• Quando: 6 Janeiro 2011 Carlos, Salão Nobre, Lisboa • Onde: Coliseu do Porto • Onde: Coliseu dos Recreios, Lisboa • Quando: 13 Janeiro 2011
• Duração: 2h00 • Sessão: 21h30 • Quando: 7 Janeiro 2011 • Quando: 7 Janeiro 2011 • Quando: 8 Janeiro 2011 • Duração: n/f • Sessão: 21h00
• Promotor: Euroconcert • Duração: 1h30 c/int.• Sessão: 18h00 • Duração: 2h00 c/int. • Duração: 2h00 c/int. • Promotor: Fundação CCB
• Classificação etária: M/4 anos • Promotor: OPART • Sessão: 21h30 • Sessão: 21h30 • Classificação etária: M/6 anos
• Classificação etária: M/6 anos • Promotor: Euroconcert • Promotor: Euroconcert
• Classificação etária: M/4 anos • Classificação etária: M/4 anos
PUB
www.ticketline.sapo.pt
Concerto
cartaz.27

A Família Bach IV The Legendary Tiger man Concerto Coral Deolinda The Legendary Tiger man
• Onde: Teatro Nacional São • Onde: Coliseu do Porto • Onde: Teatro Nacional São • Onde: Coliseu do Porto • Onde: Coliseu dos Recreios, Lisboa
Carlos, Salão Nobre, Lisboa • Quando: 21 Janeiro 2011 Carlos, Salão Nobre, Lisboa • Quando: 22 Janeiro 2011 • Quando: 22 Janeiro 2010
• Quando: 15 Janeiro 2011 • Duração: n/f • Sessão: 22h00 • Quando: 22 Janeiro 2011 • Duração: 1h30 s/int. • Sessão: 21h30 • Duração: n/f • Sessão: 22h00
• Duração: 1h30 c/int.• Sessão: 18h00 • Promotor: Música no Coração • Duração: 1h30 c/int.• Sessão: 18h00 • Promotor: Sons em Trânsito • Promotor: Música no Coração
• Promotor: OPART • Classificação etária: M/6 anos • Promotor: OPART • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/6 anos
• Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/6 anos

joanna newsom Feeder joanna newsom Deolinda Concertos Promenade


• Onde: Casa da Música, • Onde: Hard Club, Porto • Onde: CCB, G. Aud., Lisboa • Onde: Coliseu dos Recreios, Lisboa Concerto para Piano, de Grieg
Sala Suggia, Porto • Quando: 25 Janeiro 2011 • Quando: 26 Janeiro 2011 • Quando: 29 Janeiro 2011 • Onde: Coliseu do Porto
• Quando: 24 Janeiro 2011 • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Duração: 1h30 s/int. • Sessão: 21h30 • Quando: 30 Janeiro 2011
• Duração: n/f • Sessão: 21h30 • Promotor: Everything Is New • Promotor: Everything is New • Promotor: Sons em Trânsito • Duração: 1h00 • Sessão: 11h30
• Promotor: Everything is New • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/3 anos • Promotor: AACP
• Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/3 anos

The Young Gods Young Gods Vésperas de Rachmaninov Dor de Casa Parinteasca Cântico do Sol
• Onde: Hard Club, Porto • Onde: Santiago Alquimista, Lisboa Coro da Letónia • Onde: Teatro Tivoli, Lisboa Ciclo Gubaidulina
• Quando: 29 Janeiro 2010 • Quando: 30 Janeiro 2011 • Onde: CCB, Peq. Auditório, Lisboa • Quando: 5 Fevereiro 2011 • Onde: CCB, Peq. Auditório, Lisboa
• Duração: n/f • Sessão: 22h00 • Duração: 90 min. • Sessão: 22h30 • Quando: 3 Fevereiro 2011 • Duração: n/f • Sessão: 19h30 • Quando: 5 Fevereiro 2011
• Promotor: Hard Club • Promotor: Eventos Imediatos • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Promotor: AMPDM Assoc. Mediática • Duração: n/f • Sessão: 21h00
• Classificação etária: M/16 anos • Classificação etária: M/12 anos • Promotor: Fundação CCB Pro-Diaspora Moldava • Promotor: Fundação CCB
• Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/6 anos

Rodrigo Leão harlem OCP – Geir Draugsvoll Skunk Anansie Band of Horses
& Cinema Ensemble gospel singers show Ciclo Gubaidulina • Onde: Coliseu do Porto • Onde: Aula Magna, Lisboa
• Onde: Coliseu dos Recreios, Lisboa • Onde: Coliseu do Porto • Onde: CCB, G. Auditório, Lisboa • Quando: 7 Fevereiro 2011 • Quando: 7 Fevereiro 2011
• Quando: 5 Fevereiro 2011 • Quando: 5, 6 Fevereiro 2011 • Quando: 6 Fevereiro 2011 • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Duração: n/f • Sessão: 21h00
• Duração: n/f • Sessão: 21h30 • Duração: 90 min. • Duração: n/f • Sessão: 17h00 • Promotor: Everything Is New • Promotor: Everything Is New
• Promotor: António Ribeiro da Cunha • Sessão: 16h00/21h30 • Promotor: Fundação CCB • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/3 anos
• Classificação etária: M/3 anos • Promotor: UAU • Classificação etária: M/6 anos
• Classificação etária: M/12 anos

harlem Skunk Anansie …Para Gubaidulina Contar uma Ópera do Barroco ao Clássico I
gospel singers show • Onde: Coliseu dos Recreios, Lisboa • Onde: CCB, Peq. Auditório, Lisboa • Onde: Teatro Nacional São • Onde: Teatro Nacional São
• Onde: Casino Lisboa, Aud. Oceanos • Quando: 8 Fevereiro 2011 • Quando: 9 Fevereiro 2011 Carlos, Salão Nobre, Lisboa Carlos, Salão Nobre, Lisboa
• Quando: 8 a 13 Fevereiro 2011 • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Quando: 11 Fevereiro 2011 • Quando: 12 Fevereiro 2011
• Duração: 90 min. • Promotor: Everything Is New • Promotor: Fundação CCB • Duração: 1h30 c/int.• Sessão: 20h00 • Duração: 1h30 c/int.• Sessão: 18h00
• Sessão: 17h00/21h30 • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/6 anos • Promotor: OPART • Promotor: OPART
• Promotor: UAU • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/6 anos
• Classificação etária: M/12 anos
PUB
28.cartaz info & reservas: 707 234 234
Concerto

Concerto encerramento The Script Hurts sum 41 Artur Pizarro 6


Ciclo Sofia Gubaidulina • Onde: Coliseu dos Recreios, Lisboa • Onde: Hard Club, Porto • Onde: Coliseu dos Recreios, Lisboa • Onde: CCB, Peq. Auditório, Lisboa
• Onde: CCB, G. Auditório, Lisboa • Quando: 14 Fevereiro 2011 • Quando: 15 Fevereiro 2011 • Quando: 17 Fevereiro 2011 • Quando: 17 Fevereiro 2011
• Quando: 12 Fevereiro 2011 • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Duração: n/f • Sessão: 21h00
• Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Promotor: Everything Is New • Promotor: Everything Is New • Promotor: Everything is New • Promotor: Fundação CCB
• Promotor: Fundação CCB • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/6 anos
• Classificação etária: M/6 anos

Gardenia – Alain Platel Big Band Junior – Estreia Concertos Promenade Do Barroco ao Clássico II Katy Perry I The
• Onde: CCB, G. Auditório, Lisboa • Onde: CCB, Peq. Auditório, Lisboa Amor de Perdição, de João... • Onde: Teatro Nacional São California Dreamstour
• Quando: 18,19 Fevereiro 2011 • Quando: 19 Fevereiro 2011 • Onde: Coliseu do Porto Carlos, Salão Nobre, Lisboa • Onde: Campo Pequeno, Lisboa
• Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Quando: 20 Fevereiro 2011 • Quando: 20 Fevereiro 2011 • Quando: 20 Fevereiro 2011
• Promotor: Fundação CCB • Promotor: Fundação CCB • Duração: 1h00 • Sessão: 11h30 • Duração: 1h30 c/int.• Sessão: 18h00 • Duração: n/f • Sessão: 20h00
• Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/6 anos • Promotor: AACP • Promotor: OPART • Promotor: Everything Is New
• Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/3 anos

Adler’s Appetite Rhino Bucket do Barroco ao Clássico III Rosana do Barroco ao Clássico IV
• Onde: MusicBox, Lisboa • Onde: MusicBox, Lisboa • Onde: Teatro Nacional São • Onde: Aula Magna, Lisboa • Onde: Teatro Nacional São
• Quando: 20 Fevereiro 2011 • Quando: 23 Fevereiro 2011 Carlos, Salão Nobre, Lisboa • Quando: 26 Fevereiro 2011 Carlos, Salão Nobre, Lisboa
• Duração: n/f • Sessão: 22h00 • Duração: n/f • Sessão: 22h00 • Quando: 26 Fevereiro 2011 • Duração: 1h00• Sessão: 22h00 • Quando: 5 Março 2011
• Promotor: Clapbox • Promotor: Clapbox • Duração: 1h30 c/int.• Sessão: 18h00 • Promotor: Companhia • Duração: n/f • Sessão: 18h00
• Classificação etária: M/16 anos • Classificação etária: M/16 anos • Promotor: OPART de Ideias Media • Promotor: OPART
• Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/6 anos

Actus Tragicus Gogol Bordello Gogol Bordello Artur Pizarro 7 Maria Gadú
• Onde: CCB, G. Auditório, Lisboa • Onde: Coliseu do Porto • Onde: Campo Pequeno, Lisboa • Onde: CCB, Peq. Auditório, Lisboa • Onde: CCB, G. Aud., Lisboa
• Quando: 5 Março 2011 • Quando: 6 Março 2011 • Quando: 7 Março 2011 • Quando: 10 Março 2011 • Quando: 11 Março 2011
• Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Duração: n/f • Sessão: 21h00
• Promotor: Fundação CCB • Promotor: Everything is New • Promotor: Everything is New • Promotor: Fundação CCB • Promotor: Música no Coração
• Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/6 anos

O Classicismo Alemão Maria Gadú Concertos Promenade katie melua Katie Melua
• Onde: Teatro Nacional São • Onde: Hard Club, Porto Sheherazade... • Onde: Campo Pequeno, Lisboa • Onde: Coliseu do Porto
Carlos, Salão Nobre, Lisboa • Quando: 12 Março 2011 • Onde: Coliseu do Porto • Quando: 13 Março 2011 • Quando: 14 Março 2011
• Quando: 12 Março 2011 • Duração: n/f • Sessão: 22h00 • Quando: 13 Março 2011 • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Duração: n/f • Sessão: 21h00
• Duração: 1h30 c/int.• Sessão: 18h00 • Promotor: Música no Coração • Duração: 1h00 • Sessão: 11h30 • Promotor: Take –Off • Promotor: Take –Off
• Promotor: OPART • Classificação etária: M/6 anos • Promotor: AACP • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/3 anos
• Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/3 anos

PUB
www.ticketline.sapo.pt
Concerto
cartaz.29

the voca people As Estações - OML the voca people Rachmaninov: Piano 2 – cut copy
• Onde: Coliseu do Porto • Onde: CCB, G. Auditório, Lisboa • Onde: Casino Lisboa, Aud. Oceanos Sinfonia 9 I Sinf. de Sofia • Onde: Coliseu dos Recreios, Lisboa
• Quando: 19, 20 Março 2011 • Quando: 20 Março 2011 • Quando: 22 a 27 Março 2011 • Onde: Teatro Tivoli, Lisboa • Quando: 23 Março 2011
• Duração: 80 min. • Duração: n/f • Sessão: 17h00 • Duração: 80 min. • Quando: 22 Março 2011 • Duração: n/f • Sessão: 21h00
• Sessão: 16h00/21h30 • Promotor: Fundação CCB • Sessão: 17h00/21h30 • Duração: 2h00 c/int. • Sessão: 21h30 • Promotor: Everyhting is New
• Promotor: UAU • Classificação etária: M/6 anos • Promotor: UAU • Promotor: Euroconcert • Classificação etária: M/3 anos
• Classificação etária: M/12 anos • Classificação etária: M/12 anos • Classificação etária: M/4 anos

Leandro – Tour 2011 Nielsen / Concertos Promenade Artur Pizarro 8 Wagner /


• Onde: Coliseu dos Recreios, Lisboa Beethoven / Sibelius O Regresso do Super-Barbeiro: • Onde: CCB, Peq. Auditório, Lisboa Beethoven / Brahms
• Quando: 26 Março 2011 • Onde: Teatro Nacional As Bodas de Fígaro • Quando: 5 Abril 2011 • Onde: Teatro Nacional
• Duração: 120 min.• Sessão: 22h00 São Carlos, Lisboa • Onde: Coliseu do Porto • Duração: n/f • Sessão: 21h00 São Carlos, Lisboa
• Promotor: Espacial • Quando: 2 Abril 2011 • Quando: 3 Abril 2011 • Promotor: Fundação CCB • Quando: 9 Abril 2011
• Classificação etária: M/3 anos • Duração: 1h30 c/int.• Sessão: 21h00 • Duração: 1h00 • Sessão: 11h30 • Classificação etária: M/6 anos • Duração: 2h00 c/int.• Sessão: 21h00
• Promotor: OPART • Promotor: AACP • Promotor: OPART
• Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/6 anos

Concierto de Aranjuez Nas & Damian Requiem e Sinfonia 40 Weber / Tchaikovsky – Lago dos
Orquestra Sinfónica “JR Gong” Marley Orq. Estatal Ucraniana Beethoven / Tchaikovski Cisnes I Orq. Estatal Ucrania-
Estatal Ucraniana • Onde: Pavilhão Atlântico, Lisboa • Onde: Teatro Tivoli, Lisboa • Onde: Teatro Nacional na de Dneproprtrovsk
• Onde: Teatro Tivoli, Lisboa • Quando: 14 Abril 2011 • Quando: 20 Abril 2011 São Carlos, Lisboa • Onde: Teatro Tivoli, Lisboa
• Quando: 13 Abril 2011 • Duração: n/f • Sessão: 20h30 • Duração: n/f • Sessão: 21h30 • Quando: 30 Abril 2011 • Quando: 3 Maio 2011
• Duração: n/f • Sessão: 21h30 • Promotor: Everything Is New • Promotor: Euroconcert • Duração: 2h00 c/int.• Sessão: 21h00 • Duração: 2h00 • Sessão: 21h30
• Promotor: Euroconcert • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/4 anos • Promotor: OPART • Promotor: Euroconcert
• Classificação etária: M/4 anos • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/4 anos

Concertos Promenade Rossini / Fauré / Schubert Concertos Salão Nobre - Artur Pizarro 9 The National
Santa Bárbara: Concerto Ca- • Onde: Teatro Nacional - Concerto Nino Rota • Onde: CCB, Peq. Auditório, Lisboa • Onde: Coliseu do Porto
maleónico para Contrabaixo São Carlos, Salão Nobre, Lisboa • Onde: Teatro Nacional • Quando: 19 Maio 2011 • Quando: 23 Maio 2011
• Onde: Coliseu do Porto • Quando: 15 Maio 2011 S. Carlos, Salão Nobre, Lisboa • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Duração: n/f • Sessão: 21h00
• Quando: 8 Maio 2011 • Duração: 1h30 c/int.• Sessão: 18h00 • Quando: 17 Maio 2011 • Promotor: Fundação CCB • Promotor: Música no Coração
• Duração: 1h00 • Sessão: 11h30 • Promotor: OPART • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/3 anos
• Promotor: AACP • Classificação etária: M/6 anos • Promotor: OPART
• Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/6 anos

The National Música Francesa Heinrich Schiff e a OCP Big Band Junior Carta Branca a Carlos Tê
• Onde: Campo Pequeno, Lisboa • Onde: Teatro Nacional • Onde: CCB., G. Auditório, Lisboa • Onde: CCB, Peq. Auditório, Lisboa • Onde: CCB., G. Auditório, Lisboa
• Quando: 24 Maio 2011 São Carlos, Salão Nobre, Lisboa • Quando: 3 Junho 2011 • Quando: 4 Junho 2011 • Quando: 18 Junho 2011
• Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Quando: 28 Maio 2011 • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Duração: n/f • Sessão: 21h00
• Promotor: Música no Coração • Duração: 1h30 c/int • Sessão: 18h00 • Promotor: Fundação CCB • Promotor: Fundação CCB • Promotor: Fundação CCB
• Classificação etária: M/3 anos • Promotor: OPART • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/6 anos
• Classificação etária: M/6 anos

PUB
30.cartaz info & reservas: 707 234 234

M u s i c a l
Concertos Promenade bon jovi open air Fado - História de um Povo Um Violino no Telhado Um Conto de Natal
Sinfonia nº7, de Beethoven • Onde: Parque da Bela Vista, Lisboa • Onde: Casino Estoril, • Onde: Teatro Politeama, Lisboa • Onde: Aula Magna, Lisboa
• Onde: Coliseu do Porto • Quando: 31 Julho 2011 Salão Preto e Prata • Quando: Quarta a domingo • Quando: 7 Dezembro 2010
• Quando: 19 Junho 2011 • Duração: n/f • Quando: Quarta a sábado • Duração: 2h00 c/int. • Duração: n/f • Sessão: 21h30
• Duração: 1h00• Sessão: 11h30 • Sessão: 20h00 • Duração: n/f • Sessão: 17h00/21h30 • Sessão: 17h00/21h30 • Promotor: Vivonstage
• Promotor: AACP • Promotor: Everything is New • Promotor: Empresa do Olímpia • Promotor: Noites de Estreia • Classificação etária: M/3 anos
• Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/6 anos
(entrada de jovens pela porta lateral)
C i n e m a

Chris Marker, Hortas di Pobreza Hasta la Ultima Piedra Les Arrivants I Mostra Ilha da Cova da Moura
Memórias dos Tempos Mostra Direitos Humanos Mostra Direitos Humanos Direitos Humanos Mostra Direitos Humanos
• Onde: Culturgest, Peq. Aud., Lisboa • Onde: C.C.Olga Cadaval, • Onde: C.C.Olga Cadaval, • Onde: C.C.Olga Cadaval, • Onde: C.C.Olga Cadaval,
• Quando: 2 a 6 Dezembro 2010 Aud. A Barreiros, Sintra Aud. A Barreiros, Sintra Aud. A. Barreiros, Sintra Aud. A. Barreiros, Sintra
• Duração: Variável • Quando: 10 Dezembro 2010 • Quando: 11 Dezembro 2010 • Quando: 11 Dezembro 2010 • Quando: 12 Dezembro 2010
• Sessão: 15h30/18h30/21h30 • Duração: 60 min. s/int. • Sessão: • Duração: 58 min. s/int. • Sessão: • Duração: 111 min. s/int.• Sessão: • Duração: 95 min. s/int. • Sessão:
• Promotor: Fundação CGD 21h30 • Promotor: Sintraquorum 16h00 • Promotor: Sintraquorum 21h30 • Promotor: Sintraquorum 16h00 • Promotor: Sintraquorum
• Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/6 anos
Bailado/Dança

La Sylphide Quebra-Nozes I Moscow joaquín cortés - calé joaquín cortés - calé Quebra-Nozes I Moscow
• Onde: Teatro Nac. São Carlos, Lisboa Tchaikovsky Ballet • Onde: Pavilhão Rosa Mota, Porto • Onde: Pavilhão Atlântico, Lisboa Tchaikovsky Ballet
• Quando: Até 18 Dez. 2010 • Onde: C.C.Olga Cadaval, • Quando: 6 Dezembro 2010 • Quando: 7 Dezembro 2010 • Onde: Teatro Académico
• Duração: n/f • Sessão: 16h00/21h00 Aud. J. Sampaio, Sintra • Duração: 1h45 • Sessão: 22h00 • Duração: 1h45 • Sessão: 22h00 Gil Vicente, Coimbra
• Promotor: OPART • Quando: 3 Dezembro 2010 • Promotor: Pev Entertainment • Promotor: Pev Entertainment • Quando: 8 Dezembro 2010
• Classificação etária: M/3 anos • Duração: 2h00 c/int.• Sessão: 22h00 • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/3 anos • Duração: 130 min. c/int. • Sessão:
• Promotor: Classic Stage 17h00 • Promotor: Classic Stage
• Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/3 anos

Quebra-Nozes Quebra-Nozes Quebra-Nozes I Moscow Quebra-Nozes I Moscow Quebra-Nozes I Moscow


• Onde: Cineteatro São João, Palmela • Onde: Arena D’Évora Tchaikovsky Ballet Tchaikovsky Ballet Tchaikovsky Ballet
• Quando: 9 Dezembro 2010 • Quando: 12 Dezembro 2010 • Onde: Centro de Congressos • Onde: Centro Artes e Espectáculos, • Onde: Europarque, Sta. Maria da Feira
• Duração: n/f • Sessão: 21h30 • Duração: n/f • Sessão: 18h00 do Casino Madeira G. Aud., Portalegre • Quando: 18 Dezembro 2010
• Promotor: Diferentes Ritmos/ • Promotor: Diferentes Ritmos/ • Quando: 14 Dezembro 2010 • Quando: 17 Dezembro 2010 • Duração: 2h00 c/int.
/Produtores Associados /Produtores Associados • Duração: 120 min. c/int. • Duração: 2h00 c/int. • Sessão: 21h30 • Sessão: 17h00
• Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/3 anos • Sessão: 21h30 • Promotor: Classic • Promotor: Classic Stage • Promotor: Classic Stage
Stage • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/3 anos

Quebra-Nozes I Moscow Out of Context Quebra-Nozes I Moscow O Lago dos Cisnes quebra-nozes
Tchaikovsky Ballet For Pina – Alain Platel Tchaikovsky Ballet Ballet Estatal Rostov... Ballet Estatal Rostov...
• Onde: Centro Congressos • Onde: Maria Matos • Onde: Teatro Tivoli, Lisboa • Onde: Coliseu dos Recreios, Lisboa • Onde: Coliseu dos Recreios, Lisboa
do Arade, Portimão Teatro Municipal, Lisboa • Quando: 20 Dezembro 2010 • Quando: 1 Janeiro 2011 • Quando: 2 Janeiro 2011
• Quando: 19 Dezembro 2010 • Quando: 19,20 Dezembro 2010 • Duração: 120 min. c/int. • Duração: 2h00 c/int.• Sessão: 21h30 • Duração: 2h00 c/int.• Sessão: 18h00
• Duração: 130 min. c/int. • Duração: 85 min.• Sessão: 21h30 • Sessão: 21h00 • Promotor: Euroconcert • Promotor: Euroconcert
• Sessão: 17h00 • Promotor: Classic • Promotor: EGEAC • Promotor: Classic Stage • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/3 anos
Stage • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/3 anos
PUB
www.ticketline.sapo.pt cartaz.31

Quebra-Nozes O Lago dos Cisnes O Lago dos Cisnes momix remix Babel – Sidi Larbi
Ballet Estatal Rostov... Ballet Estatal Rostov... Ballet Estatal Rostov... • Onde: Casino Lisboa, Aud. Oceanos • Onde: CCB, G. Auditório, Lisboa
• Onde: Coliseu do Porto • Onde: CC Olga Cadaval, • Onde: Coliseu do Porto • Quando: 23 a 27 Fevereiro 2011 • Quando: 25,26 Março 2011
• Quando: 5 Janeiro 2011 Aud. J. Sampaio, Sintra • Quando: 8 Janeiro 2011 • Duração: 90 min. • Duração: n/f • Sessão: 21h00
• Duração: 2h00 c/int. • Quando: 6 Janeiro 2011 • Duração: n/f • Sessão: 21h30 • Sessão: 17h00/22h00 • Promotor: Fundação CCB
• Sessão: 21h30 • Duração: 2h00 c/int.• Sessão: 21h30 • Promotor: Euroconcert • Promotor: UAU • Classificação etária: M/6 anos
• Promotor: Euroconcert • Promotor: Euroconcert • Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/12 anos
• Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/3 anos
Ó p e r a

Hansel and Gretel, Katia Kabanova Antígono Gianni Schicci & Blue ... Rigoletto
de e. Humperdinck • Onde: Teatro Nacional • Onde: CCB, G. Auditório, Lisboa • Onde: Teatro Nacional • Onde: Coliseu do Porto
• Onde: Teatro Camões, Lisboa São Carlos, Lisboa • Quando: 21, 22 Janeiro 2011 São Carlos, Lisboa • Quando: 15 Fevereiro 2011
• Quando: 4,5 Dez. 2010 • Quando: 8,10,12,14,16,18 Jan. 2011 • Duração: n/f • Sessão: 21h00 • Quando: 10,13,15,17,19 Fev. 2011 • Duração: 150 min.c/int.
• Duração: 1h30 c/int • Duração: 3h00 c/int. • Promotor: Fundação CCB • Duração: 2h00 c/int. • Sessão: 21h30
• Sessão: 16h00 • Sessão: 16h00/20h00 • Classificação etária: M/6 anos • Sessão: 16h00/20h00 • Promotor: Classic Stage
• Promotor: OPART • Promotor: OPART • Promotor: OPART • Classificação etária: M/3 anos
• Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/6 anos

Rigoletto Madama Butterfly Rigoletto Banksters Le Carnaval et la Folie


• Onde: Teatro Académico • Onde: Coliseu dos Recreios, Lisboa • Onde: Coliseu dos Recreios, Lisboa • Onde: Teatro Nacional • Onde: CCB, Peq. Auditório, Lisboa
Gil Vicente, Coimbra • Quando: 18 Fevereiro 2010 • Quando: 19 Fevereiro 2011 São Carlos, Lisboa • Quando: 13,14,15 Maio 2011
• Quando: 18 Fevereiro 2011 • Duração: 2h30 c/int. • Sessão: 21h30 • Duração: 150 min.c/int. • Quando: 18,20,22,24,26 Março 2011 • Duração: n/f
• Duração: 150 min.c/int. • Promotor: Euroconcert • Sessão: 21h30 • Duração: 3h00 c/int. • Sessão: 16h00/21h00
• Sessão: 21h30 • Classificação etária: M/4 anos • Promotor: Classic Stage • Sessão: 16h00/20h00 • Promotor: Fundação CCB
• Promotor: Classic Stage • Classificação etária: M/3 anos • Promotor: OPART • Classificação etária: M/6 anos
• Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/6 anos
T e a t r o

O Chapéu de Palha ... Carmen Paranormal Apanhados na Rede Vai de em@il a pior
• Onde: Teatro Nacional • Onde: Teatro Nacional • Onde: Teatro-Estúdio • Onde: Casino Lisboa, Aud. Oceanos • Onde: Teatro Maria Vitória, Lisboa
São Carlos, Lisboa São Carlos, Lisboa Mário Viegas, Lisboa • Quando: Terça a domingo • Quando: Quinta a domingo
• Quando: 14,16,18,19,21 Maio 2011 • Quando: 11,14,16,18,21,24,26 • Quando: Terça-feira • Duração: 2h30 • Duração: n/f • Sessão: 16h30/21h30
• Duração: 3h00 c/int. Junho 2011 • Duração: 3h00 c/int. • Duração: 1h40 s/int.• Sessão: 22h00 • Sessão: 16h30/21h30 • Promotor: Hélder Freire Costa
• Sessão: 16h00/20h00 • Sessão: 16h00/20h00 • Promotor: Best Shot • Promotor: UAU • Classificação etária: M/12 anos
• Promotor: OPART • Promotor: OPART • Classificação etária: M/16 anos • Classificação etária: M/12 anos
• Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/6 anos

Pássaro vozes do trabalho Fim de Citação Persona Sabina Freire de Manuel


• Onde: Casa de Teatro de Sintra • Onde: Teatro Trindade, • Onde: Teatro da Cornucópia, Lisboa • Onde: Teatro Turim, Lisboa Teixeira Gomes
• Quando: Até 5 Dez. 2010 Sala Principal, Lisboa • Quando: Até 12 Dezembro 2010 • Quando: Até 12 Dezembro 2010 • Onde: Aud. Mun. Eunice Muñoz, Oeiras
• Duração: n/f • Sessão: 18h00/21h30 • Quando: Até 12 Dezembro 2010 • Duração: 1h30 s/int. • Duração: n/f • Sessão: 17h00/21h30 • Quando: Até 12 Dezembro 2010
• Promotor: Chão de Oliva • Duração: n/f • Sessão: 16h00/21h30 • Promotor: AM’ART • Duração: 100 min. s/int.
• Classificação etária: M/12 anos • Sessão: 16h00/21h00 • Promotor: Teatro da Cornucópia • Classificação etária: M/16 anos • Sessão: 16h00/21h30
• Promotor: Fundação Inatel • Classificação etária: M/12 anos • Promotor: Câmara Municipal Oeiras
• Classificação etária: M/12 anos • Classificação etária: M/12 anos
PUB
32.cartaz info & reservas: 707 234 234
T e a t r o

mais respeito aventuras maravilhosas Assim Também Eu! Mendes.come O Senhor Puntilla
que sou tua mãe de joão sem medo • Onde: Teatro Municipal 30 Anos de Carreira e o seu Criado Matti
• Onde: Teatro Rivoli, Porto • Onde: Teatro da Trindade, Mirita Casimiro, Monte Estoril • Onde: Teatro Villaret, Lisboa • Onde: Teatro Aberto, Lisboa
• Quando: Até 12 Dezembro Sala Principal, Lisboa • Quando: Até 28 Dezembro 2010 • Quando: Até 30 Janeiro 2011 • Quando: Até 30 Janeiro 2011
• Duração: n/f • Quando: Até18 Dezembro 2010 • Duração: n/f • Sessão: 21h30 • Duração: n/f • Sessão: 17h00/21h30 • Duração: n/f • Sessão: 16h00/21h30
• Sessão: 17h00/21h30 • Duração: n/f • Sessão: 16h00 • Promotor: Nós-Mesmos • Promotor: Segredo Público • Promotor: Novo Grupo de Teatro
• Promotor: UAU • Promotor: Fundação Inatel • Classificação etária: M/12 anos • Classificação etária: M/12 anos • Classificação etária: M/12 anos
• Classificação etária: M/16 anos • Classificação etária: M/6 anos

Ordem The Tangible – tg Stan Teatro Mãe Coragem Hilda de Marie Ndiaye
• Onde: Estúdio • Onde: Maria Matos Noh Sakurama Group e Seus Filhos • Onde: CCB, Peq. Auditório, Lisboa
Teatro da Trindade, Lisboa Teatro Municipal, Lisboa • Onde: Aud. Museu Oriente, Lisboa • Onde: CCB, Peq. Auditório, Lisboa • Quando: 17,18,19 Março 2011
• Quando: 4,5 Dezembro 2010 • Quando: 8,9,10,11 Dezembro 2010 • Quando: 10, 11 Dezembro 2010 • Quando: 22 a 30 Janeiro 2011 • Duração: n/f • Sessão: 21h00
• Duração: n/f • Sessão: 17h00/21h45 • Duração: n/f • Sessão: 21h30 • Duração: 90 min. c/int. • Duração: n/f • Sessão: 16h00/21h00 • Promotor: Fundação CCB
• Promotor: Fundação Inatel • Promotor: EGEAC • Sessão: 21h30 • Promotor: Fundação CCB • Classificação etária: M/6 anos
• Classificação etária: M/12 anos • Classificação etária: M/12 anos • Promotor: Fundação Oriente • Classificação etária: M/6 anos
• Classificação etária: M/6 anos
Infantil/Juvenil

KidZania Lisboa Martataka Desconcerto de Natal O Sítio BZZZ, BZZZ, BZZZ -


• Onde: Dolce Vita Tejo, Amadora • Onde: Martataka, Matosinhos • Onde: Aud. Espaço Monsanto, Lisboa do Picapau Amarelo - A União faz a Força
• Quando: Quarta a domingo • Quando: Todos os dias • Quando: Até 16 Dezembro 2010 • Onde: Teatro Politeama, Lisboa • Onde: Teatro Tivoli, Lisboa
• Duração: n/f • Duração: n/f • Duração: 60 min. • Quando: Até 28 Dezembro 2010 • Quando: Até 29 Janeiro 2011
• Sessão: 10h00/11h00 • Sessão: 10h30/15h00 • Sessão: 10h00/11h30/14h30/15h00 • Duração: 55 min.• Sessão: 15h00 • Duração: 1h00 s/int.• Sessão: 16h00
• Promotor: KidZania Portugal • Promotor: Martataka • Promotor: Operação Nariz Vermelho • Promotor: Noites de Estreia • Promotor: Plano 6
• Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/4 anos • Classificação etária: M/4 anos • Classificação etária: M/4 anos • Classificação etária: M/3 anos

Cantastórias Panda Vai à Escola Victória, Victórias… Vila Moleza Panda Vai à Escola
• Onde: Cineteatro Gymnásio, O Musical Mudamos as histórias! e a Aventura dos Piratas O Musical
Espaço Chiado, Lisboa • Onde: Arena D’Évora • Onde: Aud. Municipal • Onde: Teatro das Figuras, Faro • Onde: Portimão Arena
• Quando: 4 Dezembro 2010 • Quando: 4 Dezembro 2010 António Silva, Cacém • Quando: 8 Dezembro 2010 • Quando: 11 Dezembro 2010
• Duração: n/f • Sessão: 10h45/12h00 • Duração: 60 min. c/int. • Quando: 4 a 19 Dezembro 2010 • Duração: 1h30 • Sessão: 16h00 • Duração: 60 min. c/int.
• Promotor: Genius e Meios • Sessão: 11h00/15h00/18h30 • Duração: 45 min. s/int.• Sessão: • Promotor: Lemon Iberia • Sessão: 11h00/15h00
• Classificação etária: M/24 meses • Promotor: Bravopalco 16h00 • Promotor: Chão de Oliva • Classificação etária: M/3 anos • Promotor: Bravopalco
• Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/3 anos
Reveillon

Panda Vai à Escola Concerto para Bebés Ciranda Reveillon 2010/2011 Festa M80
O Musical • Onde: C.C.Olga Cadaval, • Onde: Quinta da Regaleira, Sintra • Onde: Discoteca • Onde: Hotel Grande
• Onde: Pavilhão Multiusos de Viseu Palco Aud. J. Sampaio, Sintra • Quando: Sábado e domingo KadocDisco, Albufeira Real Villa Itália, Cascais
• Quando: 18 Dezembro 2010 • Quando: 19 Dezembro 2010 • Duração: 60 min. • Quando: 31 Dezembro 2010 • Quando: 31 Dezembro 2010
• Duração: 60 min. c/int. • Duração: 40 min. s/int. • Sessão: 11h00/16h00 • Duração: n/f • Sessão: 22h30 • Duração: n/f • Sessão: 22h30
• Sessão: 11h00/15h00 • Sessão: 10h00/11h30 • Promotor: Cultursintra • Promotor: Fun Music Corporation • Promotor: Out of the Box
• Promotor: Bravopalco • Promotor: Sintraquorum • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/16 anos • Classificação etária: M/16 anos
• Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: Para todos
PUB
www.ticketline.sapo.pt
Entretenimento
cartaz.33

Festival
Apassionata Stomp Stomp Super Bock em Stock Spring Break Festival ‘11
À Luz das Estrelas • Onde: Casino Lisboa, Aud. Oceanos • Onde: Coliseu do Porto • Onde: Várias salas (consulte • Onde: Praia de Mira, Coimbra
• Onde: Campo Pequeno, Lisboa • Quando: A partir de 26 Abril 2011 • Quando: 25 a 29 Maio 2011 www.superbockemstock.com), Lisboa • Quando: 15 a 19 Abril 2011
• Quando: 19 Março 2011 • Duração: 100 min. • Duração: 100 min. • Quando: 3,4 Dezembro 2010 • Duração: n/f • Sessão: 9h00
• Duração: 1h45 c/int. • Sessão: 17h00/21h30 • Sessão: 16h00/21h30 • Duração: n/f • Sessão: 19h00 • Promotor: Total Fun Entertainment
• Sessão: 16h00/21h30 • Promotor: UAU • Promotor: UAU • Promotor: Música no Coração • Classificação etária: M/16 anos
• Promotor: UAU • Classificação etária: M/12 anos • Classificação etária: M/6 anos • Classificação etária: M/6 anos
• Classificação etária: M/6 anos
Exposição

Outros Produtos
Desporto

portimonense O Corpo Humano Vale Oferta Ticket Line PortAventura Park Isla Mágica
vs sporting Como Nunca o Viu Ofereça um Vale Oferta Ticketline, • Onde: Tarragona, Espanha • Onde: Sevilha, Espanha
• Onde: Estádio do Algarve, Loulé • Onde: Centro de Congressos um presente que é mesmo um • Quando: Até Janeiro 2011 • Quando: Até Janeiro 2011
• Quando: 5 Dezembro 2010 da Alfândega do Porto espectáculo! • Sessão: www.portaventura.es • Sessão: www.islamagica.es
• Duração: 90 min. • Sessão: 20h15 • Quando: Segunda a domingo • Promotor: PortAventura • Promotor: Parque Isla Mágica
• Promotor: Portimonense • Duração: 11h00 • Sessão: 10h00
Sporting Clube • Promotor: Desejo sem Limites
• Classificação etária: M/3 anos • Classificação etária: M/4 anos

Sea Life Porto Experiências Odisseias Experiências A Vida é Bela Cartão Solidário
• Onde: Sea Life Porto • Quando: Até 28 Fevereiro 2011 • Quando: Até 28 Fevereiro 2011 • Quando: Consulte lojas aderentes
• Quando: Todos os dias • Duração: Consoante a marcação • Duração: Variável • Duração: Válido durante
• Sessão: 10h00 • Promotor: Odisseias Puras • Sessão: Consoante a marcação um ano após activação
• Promotor: Merlin Entertainments • Promotor: My Experience • Sessão: Consoante horário
• Classificação etária: Para todos dos lojistas
• Promotor: Sorriso Solidário

Aviões
ficha técnic
a
• Onde: Pav. De
sp.
dos Lombos, Ca
rcavelos
• Quando: 13 Fe

do Forró ao Vivo
vereiro 2011
• Duração: 2h00
• Sessão: 22h0
0
• Promotor: An
tónio Rocha
• Classificação
etária:

F
M/4 anos ormados em 2002, os Europa, a banda foi convi-
Aviões do Forró são dada a actuar em progra-
uma das bandas de forró mas como, “Domingão do
electrónico mais conhecidas Faustão”, “Domingo Legal”e
do Brasil. “TV Xuxa”, entre outros, e a
Com vendas superiores a participar no DVD de Ivete
dois milhões de cópias, seis Sangalo “Pode Entrar”,
CD e dois DVD, os Aviões ra- sendo também a primeira
pidamente chegaram à lide- banda de forró a entrar num
rança dos tops brasileiros, anúncio publicitário.
tendo temas como “Chupa Com oito anos de carreira,
Que é de Uva”e “Pode podemos apenas dizer que
Chorar”, entre outros, que o céu é o limite para estes
foram mesmo regravados Aviões! Depois de vários
por outros artistas, como é o meses de espera, eis que fi-
caso de Cláudia Leite ou de nalmente teremos o prazer
Alexandre Pires. Com todo o de receber a banda de Forró
sucesso obtido nas diversas mais popular do Brasil e da
tournées por todo o Brasil e Europa.
PUB 34.forad’horas
Faz Gostos Lx

D
epois de Faro, Lisboa é a Arroz de Amêijoas, Camarões de
cidade que se segue na Fricassé ou Lombo de Bacalhau
carreira de sucesso do no Forno Recheado com Vieiras;
Faz Gostos, onde o chef Duval Lombinho Ibérico Recheado com
Pestana reinventa a gastronomia Alheira de Caça, Ninho de Perdiz
tradicional portuguesa de forma com Duxelle de Cogumelos ou
a “proporcionar experiências úni- Carré de Borrego em Crosta Verde;
cas” aos clientes. Na capital, Faz Petit-Gateau de Chocolate com
Gostos instalou-se no recuperado Gelado, Crepe Flamejado Suze-
Convento da Trindade, onde o te ou Tarte de Manga com Ovos
decorador Paulo Lobo criou um Moles. Além da culinária, outra
requintado espaço em tons de aposta é o bar onde é possível
beije, complementado pela mu- optar entre o clássico ou contem-
ralha fernandina com painéis de porâneo na altura de decidir sobre
azulejos do séc. XVIII. Na ementa, o cocktail.
uma mistura de sabores e cheiros
– Queijo de Cabra Gratinado com • Morada: Rua Nova da Trindade,
Mel e Chutney de Tomate, Cones 11, Lisboa • Telf.: 21 347 22 49
de Sapateira Fresca ou Mil Folhas • Pag.: MB e cartões crédito
de Foie Gras com Pêra em Vinho • Horário: segunda a sábado, 19h00/
Tinto; Filetes de Peixe Galo com /02h00 • Encerramento: Domingo

Papa Razzi

A pesar de sofisticada, a
atmosfera é descontraída e
ideal para quem gosta jantar ao
acompanhado por risotto funghi),
os Filetes Panados com Arroz de
Camarão ou a Pizza de Chocolate
som de música ao vivo ou de DJ. (pizza com creme de chocolate e
No espaço onde já funcionou o morangos/kiwi, consoante a época
Rhino (perto do mercado da Foz), do ano). Outros atractivos do es-
o Papa Razzi conjuga as especiali- paço são os originais cocktails.
dades italianas com a gastronomia
portuguesa de que são exemplo • Morada: Rua Monsenhor Manuel
os Cogumelos al Pesto (cogumelos Marinho, 35, Porto • Telf.: 22 618 19
Portobello recheados com pesto 45 • Pag.: n/f • Horário: 2ª, 12h30
e gratinados com queijo) o Bife 15h00, 3ª e 6ª 12h30/15h00-
à Parmiggiana (bife panado com 19h30/02h00, sábado, 17h30/
fiambre, queijo e molho napoli, /02h00• Encerramento: Domingo

TICKETLINE MAGAZINE • www.ticketline.sapo.pt