Você está na página 1de 7

1º Teste de Avaliação BIOLOGIA e GEOLOGIA – 10º/11º

Out. 10

ATENÇÃO
O teste tem 6 páginas e termina com a palavra FIM

1- A figura 1 esquematiza o mecanismo geral da fotossíntese, que ocorre no interior dos


cloroplastos (estrutura das células vegetais).

Figura 1

1.1- Considerando o cloroplasto um sistema, como o classifica?

1.2- Justifique a resposta anterior.

1.3- Sendo o cloroplasto uma estrutura das células vegetais em que subsistema
terrestre o inclui?

1.4- De que forma a emissão de gases e poeiras numa erupção vulcânica interfere com o
sistema da figura 1?
2- Considere os seguintes dados:

Pág. 1/7
V.S.F.F
- O CO2 retêm grande parte da radiação emitida pela superfície da Terra,
contribuindo para o efeito de estufa.

- O CO2 atmosférico dissolve-se na água e precipita formando o calcário.

- A solubilidade do CO2 na água aumenta com a temperatura.

- O CO2 é utilizado pelas plantas na fotossíntese.

- O CO2 é libertado na respiração dos seres vivos.

De acordo com os dados fornecidos, classifique cada uma das afirmações da coluna II
utilizando uma letra da chave da coluna I

COLUNA I COLUNA II

1- Na biosfera ocorre uma permanente circulação e reciclagem de


A – Afirmação apoiada
pelos dados.
CO2.
2- Aumentando a temperatura, a concentração de CO2 atmosférico
B – Afirmação
contrariada pelos diminui.
dados. 3- A formação de calcário é maior a temperaturas baixas.

C- Afirmação sem 4- A circulação de CO2 é restrita aos subsistemas hidrosfera e


relação com os dados atmosfera.
5- O aumento da solubilidade do CO2 na água diminui o efeito de
estufa.
6- O CO2 é o gás mais abundante da atmosfera de Vénus.

7- A concentração de CO2 é, até certo ponto, auto-regulada no


sistema Terra.
8- A atmosfera é um sistema fechado.

Pág. 2/7
V.S.F.F
3- A figura 2 representa esquematicamente o ciclo das rochas.

Sedimentos
2
2 C 4
2 3
A 4
B 5

1
Magma

Figura 2

3.1- Identifique os tipos de rochas representados por A, B e C.

3.2- Indique os processos representados pelos números de 1 a 5.

3.3- Relacione as condições em que ocorre o arrefecimento do magma com as


características das rochas formadas.

3.4- Seleccione a alternativa que permite preencher os espaços, de modo a obter uma
afirmação correcta.

“A maioria das rochas C forma-se devido a processos dinâmicos associados ____________


da pressão e da temperatura, que _________ o ponto de fusão dos materiais que constitui esse
tipo de rocha.”

a) ao aumento […] atinge


b) à diminuição […] todavia atinge
c) ao aumento […] todavia não atinge
d) à diminuição […] não atinge

3.5- Seleccione a alternativa que completa correctamente a afirmação seguinte:

As rochas identificadas por B…


a) … são pouco propícias para a formação de fósseis.
b) … são as mais abundantes na crosta terrestre.
c) … sofrem fenómenos de metamorfismo e erosão na sua génese.
d) … formam-se em camadas horizontais e paralelas

Pág. 3/7
V.S.F.F
4- Leia o seguinte texto:

“Diferentes tipos de metamorfismo recebem designações diferentes. Assim, o


metamorfismo resultante do afundamento de grandes massas de materiais, designa-se
metamorfismo regional. O metamorfismo provocado pela presença de uma intrusão
magmática, designa-se de contacto. O metamorfismo provocado pela queda, por exemplo
de um meteorito designa-se de cataclástico.”

4.1- Classifique como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das seguintes afirmações,
relativas aos diferentes tipos de metamorfismo.
A- No metamorfismo regional a pressão e a temperatura são ambos factores dominantes.
B- No metamorfismo regional a temperatura prevalece sobre a pressão.
C- No metamorfismo de contacto a temperatura prevalece sobre a pressão.
D- No metamorfismo de contacto ocorre fusão do material.
E- No metamorfismo cataclástico a temperatura prevalece sobre a pressão.
F- No metamorfismo cataclástico a temperatura e a pressão têm igual
preponderância.
G- O tempo é um factor de metamorfismo.
H- No metamorfismo regional apenas se alteram rochas sedimentares.

5- Observe a figura 3, que ilustra duas sequências estratigráficas, de dois locais


diferentes (A e B), nas quais se encontra representado o conteúdo fossilífero dos
estratos.

5.1- Estabeleça a correspondência de idade


entre os estratos da sequência estratigráfica
A e os estratos da sequência estratigráfica B.

5.2- Refira o princípio da estratigrafia em que se


baseou para responder à questão anterior.

5.3- Refira qual a designação atribuída aos fósseis


encontrados nas séries estratigráficas A e B,
tendo em conta as informações que fornecem.

5.4- Mencione quais as características que devem


possuírem os fósseis aos quais é atribuída a
designação que referiu na alínea anterior.
Figura 3

Pág. 4/7
V.S.F.F
6- A determinação da idade dos materiais rochosos tem permitido o levantamento da história
da Terra. Estabeleça a relação entre as afirmações seguintes e os termos da chave:

Chave
A – Datação relativa C – Ambas as anteriores
B – Datação radiométrica D – Nenhuma das anteriores

Afirmações
1- Permite sequenciar cronologicamente as diferentes camadas de rochas
2- Possibilita a avaliação da rigidez das rochas das diferentes camadas.
3- Tem em consideração a sobreposição de camadas.
4- Baseia-se no decaimento radioactivo de certos elementos químicos existentes nas
rochas.
5- Permite conhecer a idade das rochas mais antigas da superfície terrestre.
6- Contribui para a elaboração de escalas do tempo geológico

7- A figura 4 representa, esquematicamente, a secção feita num terreno.

A I Intrusão magmática

Figura 4

7.1- Identifique os grupos de rochas a que pertencem as rochas A, B e C.

7.2- Tente apresentar uma explicação lógica para a sequência de acontecimentos que
afectaram a região

7.3- Ordene cronologicamente as estruturas geológicas da figura 4 de modo que


representem a sequência correcta da sua formação.

7.4- Em que princípios geológicos se baseou para responder à questão anterior?

7.5- Como designa o método de datação realizado?

Pág. 5/7
V.S.F.F
7.6- Utilizando um espectrómetro de massa, foi possível determinar, num cristal da
rocha B, a proporção entre um elemento estável (X) e o isótopo radioactivo que
lhe deu origem (Y). A análise revelou cerca de 6.25% de isótopo filho.
O período de semivida do elemento Y é de 800 Milhões de anos (M..a.).
A tabela I traduz o decaimento radioactivo do elemento Y

7.6.1- Determine a percentagem do isótopo Decaimento radioactivo

pai no cristal. Y (%) Semivida decorrida


100 0
7.6.2- Refira o tempo de semivida do 99.2 1/64
98.4 1/32
96.8 1/16
elemento Y já decorrido desde a 93.75 1/8
87.5 1/4
formação da rocha B. 75.0 1/2
50 1
7.6.3- Refira qual a idade da rocha B. 37.5 1,5
(apresente os cálculos). 25 2
12.5 3
6.25 4
7.6.4- Que pode concluir sobre a idade da 3.125 5
Tabela I
rocha A?

7.6.5- Que tipo de datação realizou na alínea

anterior?

FIM

Questão Cotação Questão Cotação


1.1 5 5.3 5
1.2 10 5.4 10
1.3 5 6 8
1.4 10 7.1 9
2 10 7.2 15
3.1 9 7.3 4
3.2 15 7.4 9
3.3 15 7.5 5
3.4 4 7.6.1 5
3.5 4 7.6.2 6
4.1 10 7.6.3 6
5.1 6 7.6.4 5
5.2 5 7.6.5 5

Pág. 6/7
V.S.F.F
Pág. 7/7
V.S.F.F

Você também pode gostar