Você está na página 1de 2

Você cuida da sua voz?

A voz é o nosso mais precioso instrumento de comunicação.

Bá lsamo, 30/08/2007

A voz é o nosso mais precioso instrumento de comunicação. Em casa, no trabalho ou no lazer,

precisamos dela em incont áveis ocasi ões. Imagine só passar um dia inteiro sem dizer sequer uma palavra? Com certeza, n ão seria f ácil. Mas, você se preocupa com a saúde da sua voz?

Não apenas profissionais que dependem essencialmente da voz no trabalho, como atores, cantores, professores e telefonistas, devem ter cuidados preventivos. Afinal, quanto mais precoce for identificado um problema de voz, mais r ápido e f ácil ser á o tratamento.

Na cartilha das boas maneiras dos cuidados com a voz se encontram: n ão falar por muito tempo sem intervalos, n ão gritar ou pigarrear, evitar competir com som ambiente, beber bastante água e fazer um aquecimento (vibra ção e rotação de língua, por exemplo) antes de falar em p úblico.

Segundo a fonoaudi óloga do Centro de Sa úde Dr. Juscelino Manso Vieira, Sandra Mitter, uma das conseq ncias mais comuns do abuso vocal é o surgimento de nódulos (calos) nas pregas vocais.

Estes calos ocasionam rouquid ão e cansa ç o ao falar. Se n o tratados, eles podem se transformar em fendas vocais, piorando a situação, diz.

A ajuda de um profissional da sa úde deve ser indispens ável quando alguma altera �� o

de voz durar mais que 15 dias. Um m édico otorrinolaringologista deve ser o primeiro a ser procurado. Se for o caso, ele encaminhará o paciente para uma terapia fonoaudiol ógica, que tem duração m édia de seis meses.

A manicure Viviane de Oliveira, de 23 anos, ganhou novos h ábitos de higiene vocal

depois de descobrir, por meio de um exame pedido por um m édico otorrinolaringologista, que estava com uma fenda e um n ódulo vocal.

-Hoje tomo mais água, como mais maçãs e falo mais baixo com minhas clientes , conta feliz pelo sucesso da terapia fonoaudiol ógica, que durou oito meses.

DEZ DICAS IMPORTANTES

1 - Tome bastante água (cerca de 1,5 litro por dia);

2 - Evite competir com ru ído do ambiente;

3 - Coma maçãs. Elas s ão adstringentes e facilitam a articulação;

4 - Use roupas confort áveis para facilitar a respiração;

5 - Se for falar em pú blico ou cantar, evite alimentos que espessam a saliva, tais como chocolate e outros doces;

6 - Não grite;

7 - Evite falar em ambiente com ar condicionado ou poeira;

8 - Antes de falar em p ú blico, faça um aquecimento (vibração e rotação de l í ngua, por exemplo);

9 - Evite pigarrear;

10 - Espreguice e boceje pela manhã. Isso ajuda a relaxar o conjunto de m�sculos do aparelho fonoarticulatório (boca, faringe e laringe).

Colaboração: Sandra Regina Mitter, fonoaudióloga do Centro de Saúde Dr. Juscelino Manso Vieira