Você está na página 1de 7

COMPRANDO UM BARCO USADO NOS EUA

Este artigo disponível em nosso site foi traduzido parcialmente diretamente do site da California Yacht Brockers Association (CYBA) (www.cyba.info/cybabuying.html) que o fez em conjunto com a California Department of Boating and Waterways. Foram realizados alguns cortes deixando este artigo mais direcionado ao esporte a vela e de cruzeiro, além disto, foram incluídos alguns comentários adquiridos através das experiências que tivemos na aquisição de nosso veleiro.

Lendo este artigo antes de realizar a compra do barco, acreditamos que terá seu trabalho facilitado e assim tomar as decisões corretas evitando perda de tempo e gastos desnecessários.

Seja Inteligente, compre certo Três razões para ler este artigo antes de comprar Primeiro passo: Faça a você mesmo estas perguntas Segundo passo: Encontrar o barco que deseja comprar Terceiro passo: Como obter um empréstimo e fazer um seguro Quarto passo: Como fazer um teste a bordo e uma inspeção Quinto passo: Acordos de venda e contrato Sexto passo: Como saber quanto realmente custa um barco? Sétimo passo: Estar seguro Oitavo passo: Agora você possui um barco

Seja Inteligente, compre certo

Se você está indo velejar em mar aberto, pescar em algum dos seus lugares favoritos ou simplesmente comprar um barco para realizar um sonho da sua vida, você pode encontrar excelentes negócios comprando um barco usado acessível, navegável, bem construído e em boa conservação e manutenção. Para realmente fazer um negócio que lhe proporcione prazer e não problemas, compre certo.

Três razões para ler este artigo antes de comprar

a) Ajuda a determinar melhor o tipo de barco que vai se adequar as suas necessidades e interesses;

b) Ajuda a compreender melhor todo o processo de compra do barco;

c) Mostrar os serviços que um corretor de barcos licenciados pode lhe proporcionar.

Comentário:

Projeto Destino Canela

www.destinoca nela.com

2

Os corretores nos EUA além de serem experientes no assunto, trabalham em um sistema integrado, tendo acesso a barcos a venda em todo o mundo.

Primeiro passo: Faça a você mesmo estas perguntas

a) Você quer um barco maior?

Você quer um barco a vela, para diversão, para travessias, mergulho ou pesca oceânica?

Você pretende deixar o barco em uma marina? Barcos grandes normalmente não são rebocados em trailer.

Você pretende morar a bordo? Live-aboard é possível somente em algumas marinas e através do pagamento de uma taxa adicional com no máximo dois tripulantes. (Estados Unidos)

b) Com que freqüência você irá utilizar o barco?

Irá utilizá-lo sazonalmente ou o ano inteiro?

Quem irá utilizar o barco com você, e quantas vezes?

Quais são as suas competências a bordo?

Tem um velejador experiente ou todos estão iniciando?

As suas habilidades e experiências correspondem ao tamanho do barco que pretende comprar?

c) Quanto você pode pagar?

Qual é o seu orçamento?

Quais serão os gastos com seguro e documentação?

Serão necessários gastos extras tais como pequenas reformas, pinturas, troca de equipamentos ou peças?

Quanto você irá gastar anualmente com a manutenção do barco?

Comentário:

Nunca comprometa todo o seu orçamento no barco. Despesas extras e que nem temos idéia podem surgir. Esteja ciente que você sempre terá alguma peça para substituir, alguma adequação para fazer ou alguma tarifa para pagar.

Segundo passo: Encontrar o barco que deseja comprar

a) Por onde começar?

Faça contato com um corretor de barcos. Através de sua extensa lista de contatos ele irá facilmente lhe direcionar para as opções que mais se aproximam do que está procurando.

Projeto Destino Canela

www.destinocanela.com

3

Após decidir por um barco, o corretor irá preparar a documentação de oferta pelo barco que deverá ser assinada e enviada ao vendedor ou ao corretor, juntamente deve ser depositado em conta-garantia do seu corretor um valor que normalmente será de 10% da sua oferta.

O valor do depósito não poderá ser utilizado sem a sua autorização, em caso de não ficar com o barco, o valor lhe será devolvido integralmente, em caso de ficar com o barco o valor será abatido do preço de venda.

Comentário:

Nesta etapa, aconselhamos que tenha uma conta bancária aqui nos EUA, pois assim poderá trabalhar com cheques e fazer suas propostas ou transferir o valor para a conta do corretor.

Terceiro passo: Como obter um empréstimo e fazer um seguro

a) Financiamento:

Não utilizamos nenhum tipo de financiamento, porém as informações que temos é que o sistema funciona na forma de crédito como no Brasil, ou seja, você possui um valor de crédito que pode utilizar. No caso da maioria dos brasileiros, chegamos aos EUA e não possuímos histórico para obter este crédito. Caso seja necessário aconselhamos obter maiores informações antes de iniciar o processo.

b) Seguro

O seguro para barco depende de alguns fatores:

- Experiência náutica;

- Seguros anteriores;

- Equipamentos existentes no barco;

- Onde será utilizado o barco;

- Valor do barco;

- Barcos antigos normalmente possuem taxas maiores.

Comentário:

O sistema de seguros é bastante simples na verdade, você estipula um valor de liability (terceiros) e um valor de seguro para o barco. Você deverá dar informações técnicas sobre o barco e sobre a tripulação que irá utilizar. Aconselhamos a contratação de um seguro, pois além de ser obrigatório, isto lhe ajudará na hora de procurar uma marina além de uma tranqüilidade maior durante o uso do barco.

Quarto passo: Como fazer um teste a bordo e uma inspeção

No caso do vendedor aceitar a sua proposta e você já tiver disponível o valor para compra ou o financiamento aprovado, você deverá iniciar o processo de teste a bordo, ou

Projeto Destino Canela

www.destinocanela.com

4

julgamento de mar que normalmente é oferecido pelo vendedor, além disto, o seu

corretor também poderá ir a bordo. Este teste serve para verificar como o barco veleja e quais os possíveis problemas que ocorrem com o barco em “ação”.

O barco passando no teste é feito o serviço de inspeção (survey). Dê preferência

para que seu corretor contrate um profissional ou uma empresa para fazer este trabalho, pois desta forma o trabalho será feito pensando no benefício do comprador.

A inspeção é feita tanto com o barco velejando quanto com o barco fora da água,

o relatório final irá lhe proporcionar um raio x de todo o barco, desde possíveis

problemas estruturais como pequenos detalhes como cabeamento mal feito ou problemas com o vaso sanitário.

É aconselhável também a contratação de um mecânico especializado em motor

para avaliar o mesmo.

O relatório não é garantia para problemas ocultos ou não detectados, ou seja, é

importante acompanhar todo o processo e ter sua própria opinião. Em caso de serem detectados problemas, sejam eles grandes ou menores, isto será um ponto a favor na hora de renegociar o preço de venda.

Comentário:

Aconselhamos o serviço de survey. Além de termos diversas confirmações sobre o que vimos no barco, o relatório acaba lhe mostrando o que deve ser melhorado no barco em seus mínimos detalhes e que talvez não tivéssemos enxergado. Mesmo não sendo obrigatório, o relatório muitas vezes é exigido em marinas, seguradoras e financeiras como forma de garantir que seu barco foi inspecionado e está em boas condições.

Quinto passo: Acordos de venda e contrato

A regra principal é ter toda a negociação por escrito e assinada por ambas as

partes. Seu corretor irá coordenar tudo isto, inclusive os prazos que deverão ser cumpridos. Desta forma você terá seus direitos garantidos.

a) O que seu contrato deve conter:

Descrição do barco e do motor, incluindo marca, modelo, número de identificação do casco e número de série do motor;

Preço de compra, incluindo os valores já pagos, como por exemplo, o depósito da oferta, além disso, o saldo que deverá ser pago e como será pago;

Detalhes de quando e onde o barco será entregue;

Detalhes especificando que o negócio depende de um bom teste de mar e inspeção, bem como condições de financiamento e seguro;

Declaração confirmando que o barco está livre de quaisquer cobranças ou taxas, sendo o vendedor responsável por qualquer débito durante o período como vendedor.

b) Quem paga o corretor?

Projeto Destino Canela

www.destinocanela.com

5

O vendedor é quem paga a comissão ao(s) corretor(es);

Os corretores trabalham como meio de confiança entre as partes. Eles devem trabalhar de forma justa para ambas as partes e agindo de boa fé, mantendo as informações claras durante a negociação;

Os corretores não garantem a condição dos barcos.

c) O que você deve esperar de um corretor?

Os corretores devem trabalhar na completa honestidade. O departamento americano responsável examina todos os antecedentes criminais dos corretores antes de emitir a licença;

Corretores prestam exame de três horas e são obrigados a realizar um depósito de US$ 15.000,00 antes de receber suas licenças;

Eles devem ter conhecimento das normas de trabalho, compreender os princípios da profissão de corretor de barcos, ter noções de emissão de certificados de propriedade, acordos de segurança, emissão de recibos de venda e outros documentos necessários para o registro e transferência de registro de barcos;

Corretores devem seguir as legislações da guarda costeira dos EUA, inclusive para barcos que não tenham documentos;

Corretores devem ter conhecimento e informar seus clientes sobre os equipamentos obrigatórios que devem conter em um barco.

Sexto passo: Como saber quanto realmente custa um barco?

O valor do barco em si já está acordado, porém como dito anteriormente o valor final pode somar valores muito maiores no final da conta. Esteja preparado para despesas, principalmente logo após o fechamento da

compra.

No caso de Americanos, muitas despesas podem ser abatidas do imposto de renda, no caso dos brasileiros, isto não está valendo.

Comentário:

Em nosso caso tivemos logo do fechamento do negócio despesas como:

pagamento de taxas para transferência da propriedade, seguro do barco, serviço de inspeção (survey), boat yard (retirada do barco para verificação do casco), serviço de mecânico. Além disto, é importante pesquisar preços de marinas e disponibilidade de slips para deixar o barco, onde dependendo da localização e da época se torna mais difícil ou mais caro.

Sétimo passo: Estar seguro

Conhecimento para poder velejar com segurança.

Projeto Destino Canela

www.destinocanela.com

6

Caso você não tenha a experiência ou habilitação necessária para velejar, os órgãos responsáveis dos EUA oferecem diversos cursos que irão lhe servir para velejar com segurança e dentro das normas e regulamentos obrigatórios. Estes cursos inclusive podem ser utilizados para conseguir redução nos valores pagos a título de seguro.

Oitavo passo: Agora você possui um barco

a) Qual o próximo passo?

O próximo passo é a transferência do título de propriedade.

Como cortesia alguns corretores irão fazer a transferência para você. Nos EUA são cobrados os impostos na compra de barcos usados também. O

percentual é de 7.750%.

Comentário:

Em nosso caso, nosso corretor nos indicou um escritório especializado na transferência de títulos. Este escritório verificou a existência de qualquer tipo de pendência em nome do barco e também nos mostrou os melhores procedimentos para realizar o processo. Para se evitar o pagamento destes impostos que varia de estado para estado, seguimos o conselho do nosso corretor e velejamos 3 milhas para fora da costa e em posse de um jornal do dia e de um GPS tiramos fotos comprovando a entrega do barco fora da jurisdição do estado, isentando assim a compra de impostos.O barco mais tarde foi registrado no estado de Delaware, onde the há imposto sobre a venda de barcos.

b) Onde deixar seu barco?

Seu corretor também irá lhe ajudar com isto, lhe indicando as melhores opções para suas necessidades. Existem várias opções de marinas nos EUA, tudo irá depender do quanto deseja gastar e das suas reais necessidades, por exemplo, dos serviços que as marinas dispõem. Uma opção barata é ficar ancorado. Nos EUA chamados de Moorings. Existe um escritório que é o responsável por todas as áreas de ancoragem.

Comentário:

Nosso barco já estava em uma marina, então o que fizemos foi ficar um mês nesta marina que foi o tempo suficiente para deixar o barco em ordem, pois na marina temos disponibilidade de água, eletricidade, banheiros, etc., o que nem sempre temos no primeiro momento no barco.

c) O que é o Departamento de barcos e águas?

Você pode fazer contato direto com o Departamento. O Departamento tem a finalidade de promover seus direitos para estar totalmente seguro e ter plenas condições para poder velejar com seu barco.

Projeto Destino Canela

www.destinocanela.com

7

O Departamento é o responsável pela fiscalização dos corretores licenciados;

O Departamento tem competência para fiscalizar as vendas de barcos maiores de 16 pés e com menos de 300.000 toneladas;

O Departamento tem o poder de negar, suspender ou revogar as licenças dos corretores.

Para registrar uma queixa você pode entrar em contato com o Departamento pelo telefone 1 (888) 326-2822 ou enviar um fax para (916) 263-0357, além disto, pode escrever para a Unidade 2000 localizada na Rua Evergreen, Sacramento, CA 95815-3896.

d) Sobre a Associação de corretores de barcos da Califórnia

Fundada em 1975, a CYBA é uma entidade sem fins lucrativos de corretores de barcos, vendedores e marinheiros afiliados e que são dedicados a conduzir negócios com integridade, dignidade e os mais altos padrões de profissionalismo. A CYBA trabalha em conjunto com o Departamento de Barcos e Águas.

e) Corretores também possuem seus próprios supervisores;

f) A CYBA também possui condições de abrir processos contra corretores e vendedores. Ligue para a CYBA através do número 1-800 875-CYBA para maiores informações.

Projeto Destino Canela

www.destinocanela.com