Você está na página 1de 10

www.quimica10.com.

br

28 – TERMOQUÍMICA – II

Cálculos de Variação de Entalpia.

I – Energia de Ligação.
Calculo do ∆Hº utilizando Entalpia ou energia de Ligação.
Energia ou entalpia de ligação é a energia fornecida para formar ou romper 1 mol de
ligações entre dois átomos e um sistema gasoso, a 25ºC e 1 atm.

O gráfico acima expressa a energia necessária para romper a ligação H-H da molécula de
hidrogênio gasoso.

A energia de ligação pode ser determinada experimentalmente. Na tabela abaixo estão


relacionadas às energias de algumas ligações em kJ/mol.
www.quimica10.com.br

Observe que os valores tabelados são todos positivos, isto porque o rompimento de
ligações é um processo endotérmico, já a formação de ligações é um processo que libera
energia, sendo assim exotérmico. Para se determinar o ∆H de uma reação a partir dos
valores devemos considerar que:
1 - As ligações dos reagentes são rompidas e determinar a quantidade de energia
consumida nesse processo (∑HRL).
2 - As ligações existentes nos produtos foram todas formadas a partir de átomos isolados
e determinar a quantidade de energia liberada nesse processo (∑HFL).
O ∆H será correspondente à soma algébrica das energias envolvidas nos dois processos,
o de ruptura e o de formação de ligações.

∆H = ∑HRL + ∑HFL
Exercício Resolvido.
Calcule a variação da entalpia da reação a seguir, utilizando as energias ou entalpias de
ligação atribuídas para:
H-Cl 103,1 kcal H – C 99,5 kcal Cl-Cl 57,8 kcal C-Cl 78,5 kcal
CH4(g) + Cl2(g)  H3C-Cl + HCl ∆H?
99,5 + 57,8  78,5 + 103,1
+157,3  -181,6
www.quimica10.com.br

∆H = ∑HRL + ∑HFL ∆H = +157,3 + (-181,6) ∆H = - 24,3Kcal

II - LEI DE HESS

A Lei de Hess através da propriedade de aditividade demonstra que os valores de


variação de entalpia das equações podem ser presumidos matematicamente e não só por
intermédio de um calorímetro. Observa-se que apenas o estado inicial e final, determina
a ∆H de uma reação, sendo assim estados intermediários de reações são
desconsiderados para o cálculo de valores de entalpias de reações.
Como conseqüência da lei de Hess, possibilita a determinação do ∆H de reações
que não ocorrem ou que dificilmente ocorrem na prática, através dos ∆H de outras
reações que ocorrem na prática.
Exercício Resolvido
Através das equações a seguir determine o calor de combustão do acetileno(C2H2).
I – Cgrafite + O2(g) →CO(g) ∆H1 = -94Kcal
II – H2(g) + ½O2(g) → H2O(liq) ∆H2 = -68Kcal
III – 2Cgrafite + H2(g) →C2H2(g) ∆H3 = +54,2Kcal
Resolução:
- A reação de combustão do acetileno é :
C2H2(g) + 5/2O2(g) → 2CO2(g) + H2O(liq)
- Todas as etapas devem ficar semelhantes a reação de combustão do acetileno,
sendo assim devemos multiplicar a etapa I por 2, e inverter a etapa III, após esta
operação devemos somar a equação e os valores de ∆H.

I – 2Cgrafite + 2O2(g) →2CO(g) ∆H1 = -188Kcal


II – H2(g) + ½O2(g) → H2O(l) ∆H2 = -68Kcal
III – C2H2(g) → 2Cgrafite + H2(g) ∆H3 = -54,2Kcal
C2H2(g) + 5/2O2(g) → 2CO2(g) + H2O(l) ∆H= -310,2Kcal
Observe que a variação de entalpia da reação é dada pela expressão: ∆H= ∆H1 + ∆H2 +
∆H3
www.quimica10.com.br

PROPOSIÇÕES DE ATIVIDADES.

01. (Mackenzie-SP) A variação de entalpia para a reação, dada pela equação:


4HCl(g) + O2(g)  2H2O(g) + 2Cl2(g) é:
Dados: (Energia de ligação em kcal/mol)
H - Cl  103,1
H - O  110,6
O = O  119,1
Cl - Cl  57,9
a) + 1089,2 kcal
b) - 467,4 kcal
c) -26,7 kcal
d) +911,8 kcal
e) -114,8 kcal
∆H = 412,4+119,1+(-442,4 – 115,8)
∆H = +531,5 – 558,2
∆H = - 26,7 kcal Resposta: C

02. (UFSC - adaptada)


Observe as equações que representam a formação da água, a partir de seus
elementos. Some as corretas.
H2(g) + 1/2 O2(g)  H2O(s) ∆H1 = -70 kcal/mol.
H2(g) + 1/2 O2(g)  H2O (liq) ∆H2 = -68,3 kcal/mol.
H2(g) + 1/2 O2(g)  H2O (v) ∆H3 = -57,8 kcal/mol.
01. O sinal negativo indica que as reações são exotérmicas.
02. A transformação H2O(v)H2O(liq) libera 10,5kcal/mol.
04. O calor de solidificação da água vale -12,2kcal/mol.
08. 1 mol de H2O(v) contém mais energia que 1 mol de H2O(liq).
16. A formação de água a partir do hidrogênio libera calor.
Soma ( )
Resposta: 27
www.quimica10.com.br

03. (Puccamp-SP) São dadas as seguintes energias de ligação:

Com os dados fornecidos é possível prever que a reação


2HCl(g) + F2(g)  2HF(g) + Cl2(g)
tenha ∆H, em kJ, da ordem de
a) - 584,9, sendo endotérmica.
b) - 352,3, sendo exotérmica
c) - 220,9, sendo endotérmica
d) + 220,9, sendo exotérmica.
e) + 352,3, sendo endotérmica.
∆H = +863,6+153,1+(-1126,4-242,6)
∆H = +1016,7 – 1369
∆H = -352,3kJ Resposta: B

04. (Unesp-SP) O peróxido de hidrogênio, H2O2, é um líquido incolor cujas soluções são
alvejantes e anti-sépticas. Esta "água oxigenada" é preparada num processo cuja
equação global é:
H2 (g) + O2 (g)  H2O2 (liq)
Dadas as equações das semi-reações:
H2O (liq)H2O(liq)+1/2O2(g) ∆H=-98,0 kJ/mol
2H2 (g) + O2 (g)2H2O(liq) ∆H=-572,0 kJ/mol
pergunta-se:
a) Qual o ∆H da reação do processo global?
b) Esta reação é exotérmica ou endotérmica? Justifique sua resposta.
www.quimica10.com.br

Resposta:
a) ∆H = -188,0kJ
b) Reação exotérmica, porque o ∆H é negativo.

05. (Puc-PR) Dadas as energias de ligação em kcal/mol :


C = C – 147 Cl- Cl- 58 C - Cl- 79 C - H - 99 C - C - 83
Calcular a energia envolvida na reação:
H2C= CH2(g) + Cl2(g) H2CCl - CH2Cl(g)
a) - 1.238 kcal
b) + 1.238 kcal
c) + 36 kcal
d) - 36 kcal
e) + 2.380 kcal
Resposta: D
H2C= CH2(g) + Cl2(g) H2CCl - CH2Cl(g)
147 + 58  83 + (79 . 2)
+205  -241
∆H = +205 – 241 ∆H = -36kcal

06. (Mackenzie-SP) CH4 (g) + H2O (v)  CO (g) + 3 H2 (g)


O gás hidrogênio pode ser obtido pela reação acima equacionada. Dadas as entalpias de
formação em kJ/mol, CH4 = - 75, H2O = - 287 e CO = - 108, a entalpia da reação a 25°C e
1 atm, é igual a:
a) + 254 kJ
b) - 127 kJ
c) - 470 kJ
d) + 508 kJ
e) - 254 kJ
Resposta: A
CH4 (g) + H2O (v)  CO (g) + 3 H2 (g)
-75 -287  -108 0
-362  -108 ∆H = -108 – (-362) ∆H = -108 + 362 ∆H = +254kJ
www.quimica10.com.br

07. (UFSM) Cerca de 80% da energia consumida no mundo deriva da queima de petróleo,
carvão ou gás natural, que são fontes energéticas não-renováveis e irão se esgotar a
médio ou longo prazo.
Uma das alternativas, para resolver o problema, é o uso da biomassa, matéria orgânica
que, quando fermenta, produz o biogás, cujo principal componente é o metano.
A queima do metano se dá pela equação
CH4(g) + 2O2(g)  CO2(g) + 2H2O(liq) ∆H = -888 kJ/mol
Em relação a essa equação, analise as afirmativas a seguir e assinale verdadeira (V) ou
falsa (F) em cada uma delas.
( ) A reação de combustão do metano é exotérmica.
( ) A entalpia dos reagentes é menor que a entalpia dos produtos.
( ) A variação de entalpia, nesse caso, indica que a quantidade de calor absorvida é de
888 kJ/mol.
A seqüência correta é
a) V - F - F.
b) V - F - V.
c) F - V - F.
d) F - V - V.
e) V - V - F.
Resposta: A

08. (UFRN) Considere as seguintes equações termoquímicas hipotéticas:


A+BC ∆H = -20,5 kcal
D+BC ∆H = -25,5 kcal
A variação de entalpia da transformação de A em D será:
a) - 5,0 kcal
b) + 5,0 kcal
c) + 46,0 kcal
d) - 46,0 kcal
A+BC ∆H = -20,5 kcal
CD+B ∆H = +25,5 kcal
www.quimica10.com.br

AD ∆H = +5,5 kcal Resposta: B

09. (Puc-PR) Dadas as equações termoquímicas:


C(s) + O2(g)  CO2(g) ∆H = -94,0 kcal
2H2(g) + O2(g)  2H2O(liq) ∆H = -136,8 kcal
CH4(g) + 2O2(g)  CO2(g) + 2H2O(liq) ∆H = -219,9 kcal
determine o calor de formação do metano.
a) +17,9 kcal.
b) -17,9 kcal.
c) -10,9 kcal.
d) +177,10 kcal.
e) -177,10 kcal.
C(s) + O2(g)  CO2(g) ∆H = -94,0 kcal
2H2(g) + O2(g)  2H2O(liq) ∆H = -136,8 kcal
CO2(g) + 2H2O(liq)  CH4(g) + 2O2(g) ∆H = + 219,9 kcal
C + 2H2  CH4 ∆H = -10,9kcal Resposta: C

10. (UFAL) Quanto à ENERGIA NAS REAÇÕES QUÍMICAS, pode-se afirmar


corretamente que:
( ) A fusão do ferro é exotérmica.
( ) O ∆H da atomização do O2 tem sinal positivo.
( ) A transformação de um sal hidratado em sal anidro certamente é exotérmica.
( ) A quantidade de energia envolvida na dissolução de um sal em água pode ser
considerada igual à da diluição, ao infinito da solução obtida.
( ) Se uma transformação química é a soma de duas ou mais transformações químicas,
então a sua entalpia, também é a soma das entalpias das transformações intermediárias.
Resposta: F V F F V

11. (UFPE) A partir das entalpias padrão das reações de oxidação do ferro dadas abaixo:
Fe(s) + 1/2 O2(g)  FeO(s); ∆H° = -64 kcal/mol
2 Fe(s) + 3/2 O2(g)  Fe2O3(s); ∆H° = -196 kcal/mol
www.quimica10.com.br

determine a quantidade de calor liberada a 298K e 1atm na reação:


2 FeO(s) + 1/2 O2(g)  Fe2O3(s).
2 Fe(s) + 3/2 O2(g)  Fe2O3(s); ∆H° = -196 kcal/mol
FeO(s)  Fe(s) + 1/2 O2(g) ;∆H° = +64 kcal/mol (x 2)
2 FeO(s) + 1/2 O2(g)  Fe2O3(s) ∆H = -68kcal

Resposta: -68kcal

12. (Mackenzie-SP) Na monobromação do etano, a energia liberada na reação é:

Dados: energia de ligação em kcal/mol (25°C)


C-Br = 68; C-H = 99; Br-Br = 46; H-Br = 87
a) 31 kcal/mol
b) 22 kcal/mol
c) 41 kcal/mol
d) 20 kcal/mol
e) 10 kcal/mol
Resposta: E
99 + 46  68 + 87
+145  -155
∆H = -155+145 ∆H = -10kcal
13. (UFRJ) Para a equação
HNO3(aq) + KOH(aq)  KNO3(aq) + H2O(liq), que apresenta valor de ∆H=-13,8kcal/mol, o
calor de reação envolvido nessa transformação é de
a) combustão.
www.quimica10.com.br

b) dissolução.
c) formação.
d) neutralização.
e) solução.
Resposta: D

14. (UEL-PR) H2(g)  2 H(g)


Dado: massa molar do H=1g / mol
Considere os seguintes diagramas da variação de entalpia para a reação acima:

Qual dos diagramas corresponde à reação?


a) I
b) II
c) III
d) IV
e) V
Resposta: C

Você também pode gostar