P. 1
Novo Codigo Contr SS Taxas Contribuitivos

Novo Codigo Contr SS Taxas Contribuitivos

|Views: 292|Likes:
Publicado porsandraexplica
taxas segurança social
taxas segurança social

More info:

Published by: sandraexplica on Jan 22, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/22/2011

pdf

text

original

TAXAS CONTRIBUTIVAS

TRABALHADORES POR CONTA DE OUTREM Trabalhadores em geral Membros dos órgãos estatutários das pessoas colectivas Trabalhadores no domicílio 2011 2012 2013 2014 2015

Código dos Regimes Contributivos do Sistema Previdencial de Segurança Social

ENTIDADE EMPREGADORA 23,75% 20,3% 20,3% 18,5% 19,5% 20,5% 21,5% 22,3% 26,1%

TRABALHADOR 11% 9,3% 9,3%

GLOBAL 34,75% 29,6% 29,6% 29,5% 30,5% 31,5% 32,5% 33,3% 26,1%

ANO

Praticantes desportivos profissionais

11%

Trabalhadores em regime de contrato de muito curta duração Trabalhadores em pré-reforma cujo acordo estabelece: - a suspensão da prestação de trabalho - a redução da prestação de trabalho Pensionistas de invalidez em actividade Pensionistas de velhice em actividade Trabalhadores agrícolas Trabalhadores da pesca local e costeira 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2011 2012 2013 2014

-

18,3% 8,6% 26,9% Mantém a taxa aplicada no momento da pré-reforma 19,3% 16,4% 22,3% 20% 20,4% 20,8% 21,2% 21,6% 22% 22,3% 21% 21,4% 21,8% 22,3% 22,3% 17,2% 22,3% 18,9% 17,3% 11,9% 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 9,7% 10,7% 11,7% 12,7% 14,7% 16,7% 18,7% 19,7% 9% 10% 11% 12% 13% 14% 15% 16,2% 8,9% 7,5% 11% 28,2% 23,9% 33,3% 31% 31,4% 31,8% 32,2% 32,6% 33% 33,3% 32% 32,4% 32,8% 33,3% 33,3% 28,2% 33,3% 28,3% 25,3% 22,9% 15,3% 17,3% 19,3% 21,3% 23,3% 25,3% 27,3% 28,3% 14% 16% 18% 19,6% 20,6% 21,6% 22,6% 23,6%

ANO

Trabalhadores das Instituições Particulares de Solidariedade Social

11%

ANO

Trabalhadores de outras entidades sem fins lucrativos

11%

Trabalhadores da Administração Pública com relação jurídica de emprego: - Com vínculo de contrato - Com vínculo de nomeação Trabalhadores do serviço doméstico: - Com protecção no desemprego - Sem protecção no desemprego Trabalhadores activos com 65 anos de idade e 40 de serviço Trabalhadores portadores de deficiência com capacidade de trabalho inferior a 80%

11% 11% 9,4% 8% 11% 5,6% 6,6% 7,6% 8,6% 8,6% 8,6% 8,6% 8,6% 5% 6% 7% 7,6% 7,6% 7,6% 7,6% 7,6%

Membros das igrejas, associações e confissões religiosas (com protecção na doença, parentalidade, doenças profissionais, invalidez, velhice e morte)

Membros das igrejas, associações e confissões religiosas (com protecção na invalidez e velhice)

Trabalhadores bancários abrangidos pela Caixa de Abono de Família dos Empregados Bancários - Das entidades com fins lucrativos - Das entidades sem fins lucrativos

ANO

ANO

23,6% 22,4%

3% 3%

26,6% 25,4%
continua

Direcção-Geral da Segurança Social - Jan. 2011

(página 1 de 2)

TRABALHADORES POR CONTA DE OUTREM Trabalhadores da PT Comunicações, S. A. oriundos da CTT Docentes contratados até 31.12.2005: - Não abrangidos pela CGA - Dos estabelecimentos do ensino particular e cooperativo - Estrangeiros que optaram pela não inscrição na CGA - Dos estabelecimentos de educação e ensino públicos Trabalhadores da Região Autónoma dos Açores não especializados da agricultura, silvicultura ou pecuária Trabalhadores em pré-reforma com carreira contributiva: - Igual ou superior a 37 anos - Inferior a 37 anos Trabalhadores marítimos na pesca local e costeira Militares em regime de voluntariado e contrato

ENTIDADE EMPREGADORA 7,8% 21% 7,8% 7,8% 4,9% 21% 7% 14,6% 21% 3%

TRABALHADOR 8% 8% 3% 7% 8% -

GLOBAL 7,8% 29% 7,8% 7,8% 4,9% 29% 10% 21,6% 29% 3%

GRUPOS FECHADOS *

TRABALHADORES INDEPENDENTES Trabalhadores independentes Trabalhadores independentes e respectivos cônjuges, com rendimentos obtidos apenas na actividade, que sejam: - Produtores agrícolas - Proprietários de embarcações, mesmo que integrem a tripulação - Apanhadores de espécies marinhas e pescadores apeados Entidades contratantes
GRUPOS FECHADOS *

TAXAS 29,6%

28,3% 5%

Trabalhadores agrícolas da Região Autónoma da Madeira e equiparados a produtores agrícolas, bordadeiras, trabalhadores das actividades artesanais e subsidiárias do sector primário que optem pelo: - 1.º Escalão ou - 2.º a 5.º escalões de base de incidência dos trabalhadores independentes Produtores da Região Autónoma dos Açores agrícolas, silvícolas ou pecuários que exerçam a actividade como profissão principal e contribuam sobre o salário convencional equivalente ao mínimo fixado para os trabalhadores rurais, bordadeiras - Se optarem por escalão superior Notários abrangidos pelo regime dos trabalhadores independentes que optaram pela manutenção no regime da função pública

8% 15%

8% 15% 2,7%

* GRUPOS FECHADOS - As taxas dos grupos fechados apenas se aplicam a quem está abrangido em 31/12/2010.

PESSOAS ABRANGIDAS PELO SEGURO SOCIAL VOLUNTÁRIO

TAXAS 17,5% 19% 20,5% 22% 23,5% 25% 26,9% 24,5% 26% 27,5% 29% 29,6% 17,5% 19% 20,5% 22% 23,5% 25% 26,5% 27,4% 21,5% 23% 24,5% 26% 27,4%

ANO DE APLICAÇÃO 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2011 2012 2013 2014 2015 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2011 2012 2013 2014 2015

-

Generalidade das situações Agentes da cooperação Praticantes desportivos de alto rendimento

-

Trabalhadores marítimos e vigias nacionais que exercem actividade profissional em navios de empresas estrangeiras Trabalhadores marítimos nacionais que exercem actividade a bordo de navios de empresas comuns de pesca Tripulantes que exercem actividade em navios inscritos no Registo Internacional de Navios da Madeira (MAR) Bolseiros de investigação

Voluntários sociais

Bombeiros voluntários

Direcção-Geral da Segurança Social - Jan. 2011

(página 2 de 2)

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->