P. 1
3 - Características do teatro vicentino

3 - Características do teatro vicentino

|Views: 7.144|Likes:

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: Maria Filomena Ruivo Ferreira on Jan 23, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/01/2013

pdf

text

original

Características do teatro vicentino

Uma das características das obras de Gil Vicente é o recurso a personagenstipo. As suas personagens não são individuais, isto é, representam sempre um grupo, uma classe social, uma profissão. Desta forma, são uma síntese dos defeitos e virtudes desses grupos. Assim, Gil Vicente satirizava a sociedade, sem atacar directamente alguma pessoa em particular. A expressão latina “ridendo castigat mores”, que significa “é a rir que se castigam os costumes”, foi o princípio que Gil Vicente aplicou à sua sátira – através do cómico, provocando o riso no público, o dramaturgo denuncia os erros de cada classe social. Gil Vicente é considerado um poeta-dramaturgo. Dramaturgo por ser criador de teatro e poeta, porque toda a sua obra é escrita em verso. Nas suas obras critica a sociedade do seu tempo, pondo a descoberto muitos dos vícios e hábitos das várias classes sociais. Por isso, se considera a sua obra como um espelho, porque reflecte fielmente a sociedade do séc. XVI.

Sabias que?
Os Tipos sociais Vicentinos É enorme a galeria das personagens vicentinas. Descontando os diabos, os anjos, as figuras mitológicas, lendárias, alegóricas, e os heróis de cavalaria, são todas tipos sociais. A sua psicologia é uma psicologia de grupo social, e não uma psicologia individual. Através delas é-nos dado o comportamento e a mentalidade do Fidalgo, do Escudeiro, do Frade, da Alcoviteira, etc… Mas nem por serem tipos sociais estas personagens deixam de ser indivíduos vivos, de impressionante presença. Os tipos vicentinos abrangem o conjunto da sociedade portuguesa da sua época. Na base está o camponês “pelado” por fidalgos e clérigos, a cuja voz Gil Vicente dá acentos comoventes. No cume estão os clérigos de vida folgada e os fidalgos presunçosos e vãos, que vivem, uns e outros, de confiscar o trabalho alheio, ajustados pelos homens de leis e pelos funcionários, que fabricam “alvarás” em benefício dos seus afilhados.
António José Saraiva – Teatro de Gil Vicente (texto com supressões)

Pof. Maria Filomena Ruivo Ferreira Santos

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->