P. 1
Elementos de Máquinas4-Rolamentos

Elementos de Máquinas4-Rolamentos

|Views: 315|Likes:

More info:

Published by: Carolina Olga Gomez Fernandez on Jan 24, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/28/2013

pdf

text

original

Elementos de Máquinas

Prof. Givanildo Alves dos Santos

Bibliografia Básica

1. Melconian, S. Elementos de Máquinas – Editora Érica.

2. Shigley, J.E. Elementos de Máquinas - Livros Técnicos e Científicos
Editora.

3. Nieman, G. Elementos de Máquinas- Editoral Labor, S.A. 4. Jonathan, Wickert. Introdução à Engenharia Mecânica- Editora Cengage.

Mancais de Rolamentos
• Os mancais de rolamentos são utilizados como suportes dos eixos que giram em relação aos seus apoios fixos. • Exemplos: a caixa de um motor, a caixa de engrenagens ou a transmissão.

Mancais de Rolamentos
• Existe uma ampla variedade de rolamentos e cada tipo é projetado para um conjunto diferente de condições de instalação e operação. • A característica comum a todos os rolamentos é que eles permitem as rotações dos eixos, com a mínima resistência, ao passo que oferecem um bom apoio contra as forças que atuam em outras direções.

Mancais de Rolamentos
• A compreensão de como as forças atuam sobre um rolamento é importante na seleção e durante o projeto das máquinas que transmitem força e movimento. • Os mancais são classificados em dois grupos: de deslizamento e de rolamento.

Forças Axiais e Radiais

Mancais de Deslizamento: não possuem elementos rolantes.

O eixo simplesmente gira dentro de uma bucha polida que é lubrificada com óleo ou outro fluido.

Mancais de Deslizamento

Mancais de Deslizamento

Mancais de Deslizamento- Motor de um Cargueiro

Comprimento: 27 metros Largura: 14 metros

Mancais de Deslizamento- Motor de um Cargueiro

Peso do virabrequim: 300 toneladas

Rolamentos
Abrangem os seguintes componentes: • uma pista interna • uma pista externa • elementos rolantes na forma de esferas, cilindros ou cones • um separador (também chamado de gaiola ou retentor) que evita que os corpos rolantes se encostem uns nos outros

Rolamentos

Rolamentos de Esferas
• Contém esferas de aço temperado, usinadas com grande precisão. • Para cargas axiais e radiais (combinadas). • São baratos, mas possuem uma capacidade modesta para suportar forças por causa dos pontos de contato entre as esferas e ambas as pistas.

Rolamentos de Rolos Cilíndricos
• Podem ser usados para distribuir as forças de modo uniforme ao longo das pistas do rolamento. • São usados em máquinas nas quais grandes forças radiais precisam ser suportadas. • Não são os mais adequados para suportar forças axiais.

Rolamentos de Rolos Cônicos
• Todos os rolos cônicos de um rolamento possuem o mesmo ângulo, e todas as suas linhas de centro formam uma intersecção em um único ponto no eixo. • Utilizados em aplicações nas quais estão presentes tanto forças axiais quanto radiais.

O rolamento com rolos cônicos é amplamente usado na roda dianteira de automóveis. Deve suportar o peso do veículo (Fr) e a força de mudança de direção durante uma curva (Fa).

Mancais de Rolamentos Axiais
• Têm orientação radial e perpendicular ao eixo. • São adequados para aplicações como plataformas giratórias que apoiam o peso morto de uma carga.

Rolamentos Autocompensadores

Oferecem ajustagem angular em condições de alto grau de oscilação entre pistas e esferas ou rolos.

Dimensionamento do Rolamento
• Carga Estática (n<10 rpm):

Co = f s .Po
Co = capacidade de carga estática (kN) fs = fator de esforços estáticos (adimensional) Po = carga estática equivalente (kN)

Carga Estática Equivalente (Po)

Po = X o Fr + Yo Fa
Xo = fator radial (adimensional) Yo = fator axial (adimensional) Fr = carga radial (kN) Fa = carga axial (kN)

Carga Dinâmica

n ≥ 10rpm

C=

fl P fn

C= capacidade de carga dinâmica (kN) P= carga dinâmica equivalente (kN) fn= fator de rotação (adimensional) fl = fator de esforços dinâmicos (adimensional)

Carga Dinâmica Equivalente (P)

P = x.Fr + y.Fa
x = fator radial (adimensional) y = fator axial (adimensional) Fr = carga radial (kN) Fa = carga axial (kN)

Rolamentos Expostos a Altas Temperaturas

fl C= P f n . ft
ft = fator de temperatura (adimensional)

Vida Útil do Rolamento

Lna = a1.a2 .a3 .Lh
Lna= duração até a fadiga (h) a1= fator de probabilidade (adimensional) a2= fator de matéria-prima (adimensional) a3= fator das condições de serviço (adimensional) Lh= vida nominal do rolamento (h)

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->