P. 1
Seguranca na Operacao de Empilhadeiras.doc

Seguranca na Operacao de Empilhadeiras.doc

|Views: 2.989|Likes:
Publicado porElder lope
Manual de Segurança para Empilhadeiras.
Manual de Segurança para Empilhadeiras.

More info:

Published by: Elder lope on Jan 28, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/05/2013

pdf

text

original

MANUAL DO OPERADOR DE EMPILHADEIRA CEMIL

Cooperativa Central Mineira de Laticínios LTDA CEMIL
Página 1

REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE EMPILHADEIRAS

Seja um Profissional
1) Como qualquer profissional você deve estar perfeitamente treinado para operar uma empilhadeira. Sua habilidade para prevenir acidentes é um fato muito importante no seu trabalho. 2) Os principiantes tem tendência a começar com imprudências, descuidos e alta velocidade. Entretanto seguindo as regras básicas de segurança eles podem se tornar realmente profissionais.

Aprenda seu Serviço!
3) Pratique voltas, descidas de rampas em ré e empilhamento, não opere em lugares estreitos, e comece a desenvolver a confiança em si mesmo e em seu equipamento.

Conserve os garfos abaixados!

4) Uma das primeiras coisas que você deve aprender é nunca operar uma empilhadeira com os garfos elevados acima de 15cm do solo. 5) Você pode ferir alguém ou danificar mercadorias ou objetos de valor.

Obedeça as Leis!
6) Observe os regulamentos da Cemil. Conserve fora das faixas de pedestres, não coloque materiais em locais demarcados como impróprios. 7) Evite as curvas bruscas, e sempre buzine antes de fazer uma “esquina”. Não siga outro veículo muito perto e mantenha a empilhadeira sob controle, evite as freadas bruscas e passar muito próximo a outros funcionários .

Esteja Alerta!
8) Obedeça a todos os sinais e demarcações, dirija devagar próximo ao estoque em cruzamentos e em áreas com aglomerações de pessoas. Buzine antes dos cruzamentos.

Página 2

Se você não pode enxergar, dirija em marcha ré!

9) Se a carga estiver muito alta ou volumosa a ponto de fechar seu ângulo visual, opere a empilhadeira em marcha ré. 10) Mas com calma, e observando a presença de pessoas ou obstáculos ao redor.

Verifique a capacidade e as condições do piso!

11) Esteja seguro de que a capacidade do piso onde você está operando, suportará o peso combinado da empilhadeira e da carga que ela carregará. 12) Esta simples verificação poderá prevenir um grande acidente.

Página 3

“Caronas” ... Jamais!

13) Em qualquer que seja a situação é sempre proibido dar “caronas”. 14) A pronta resposta dos comandos da empilhadeira pode causar a queda da pessoa que você esta levando. Além disso pode distraí-lo e isto é perigoso. Nunca transporte “caronas”.

Olhe também para cima!
15) Não deixe de olhar o espaço para levantamento da carga. Você pode arrebentar, fiações, telhas, travas e encanamentos de água, etc.

16) Cuidado ao entrar e sair com palletes da ultima fila dos drivins.

Mantenha distância das beiradas!
17) Fique longe das beiradas das plataformas de carregamento. 18) Um ligeiro deslize e você poderá cair causando acidente sério.

Proteja-se!

Página 4

19) O protetor do operador previne contra ferimentos e, o protetor de cargas protege-o contra eventuais escorregamentos de carga. Nunca os retire da máquina, pois deles depende sua segurança. Não coloque cargas soltas acima do protetor de carga.

Centralize a carga nos garfos!

20) Para manter o equilíbrio, a carga deve estar centralizada e os garfos junto as extremidades laterais do estrado. 21) Isso torna mais fácil o deslocamento da máquina e pode evitar uma possível queda de materiais em você e em outras pessoas.

Atenção:
22) Ninguém é perfeito. Mesmo bons operadores podem se enganar de vez em quando. Nunca opere a máquina com a cabeça, pernas ou braços para fora. Você poderá sofrer um grave acidente.

Fique atento!
23) Não permita a presença de ninguém embaixo dos garfos. 24) Não coloque a cabeça, mãos ou pés nas partes internas do montante.

Não fume!
25) Nunca acenda fósforos, esqueiros, ou ligue o gás com maquinário a quente por perto quando abastecer, pois você poderá causar uma explosão.

Página 5

26) Desligue o motor. Sempre limpe o excesso de combustível antes de ligar novamente o motor.

Use uma Gaiola de Segurança!
27) Sua empilhadeira não foi projetada para ser elevador de pessoas. 28) Entretanto, se tiver que usá-la como tal, use uma Gaiola de Proteção e deixa firmemente presa aos garfos.

Não se destraia!
29) Mantenha uma atenção num ângulo de 360º evitando acidentes. 30) Fique atento ao seu trabalho. Aprenda a antecipar ao perigo antes que ele chegue.

Conserve a máquina limpa e pronta para o trabalho!
31) Verifique medidores, buzina, montante e controles antes de operar. Inspecione o cilindro de B-20 de GLP, nível de óleo do motor e da embreagem, nível de água, etc. Operando uma máquina limpa e em boas condições você se sentirá mais seguro.

Verifique as pranchas:
32) Certifique-se de que as pranchas entre a plataforma e o caminhão ou carrreta, estejam bem colocadas e ofereçam segurança. 33) Esta pequena verificação poderá evitar um grande acidente.

Comunique qualquer problema!
34) Comunique ao seu supervisor qualquer anormalidade constatada. 35) Não tente consertar sozinho nenhum tipo de trabalho que tiver sido feito errado, isto não faz parte das suas atribuições.

Ajude a prevenir acidentes!
36) Quando estacionar a máquina, baixe os garfos até encostá-los totalmente ao solo. 37) É muito importante desenvolver tal costume, pois alguém poderá tropeçar nos garfos e se acidentar. Lembrando sempre
Página 6

Dirija com a carga, devagar!
38) Não se dirija para a carga com em alta velocidade, as caixas podem cair e causar estrago namercadoria. 39) Vá com cuidado e não amontoe a carga com os garfos ou com a parte traseira da máquina. Você pode se machucar e danificar a carga.

Cuidado para não servir de “escora”!
40) Evite entrar em fila de embalagens apertadas ou locais de pouco espaço com a empilhadeira em ré, para evitar ser espremido contra a parede. 41) Dirigindo sempre corretamente seu serviço será concluído sem acidentes.

Pare!
42) Pare sempre antes de engrenar marcha ré. Sua máquina pode ir à ré rapidamente, assim toda a carga que transporta pode vir a cair e causar acidentes.

Não levante carga instáveis!

43) Carga instáveis devem ser cuidadosamente arrumadas antes de serem levadas, ou então fixadas. 44) Depois que estiverem em movimento, será tarde demais.

Olhe em frente!
45) Nunca esqueça a regra mais importante da direção de veículos : “Olhe para frente”. 46) Um operador distraído coloca em risco sua vida e a de outros.

Apanhe toda a carga!
47) Esteja certo de que os garfos estejam totalmente embaixo da carga. 48) Volumes e cargas que vierem a cair significam perda de tempo produtivo e danos materiais.

Página 7

Cuidado com locais de declives!

49) Cuidado ao descer locais de declives para a empilhadeira não aumentar muito a velocidade, dificultando a uma parada de emergência.

Descidas de rampas em ré.

50) É muito arriscado descida de rampas com a carga à frente. Em rampas íngremes, a máquina pode tombar para a frente. 51) Dirija em ré e baixa velocidade e não faça curvas em rampas.

Incline o montante para trás !

52) A carga deve ser inclinada para trás até que fique em posição neutra. A inclinação é uma proteção extra para a carga.

Página 8

Não exagere!
53) Levante a carga mais ou menos 15 a 20 cm. Apenas o suficiente para evitar as obstruções no caminho.

Sobrecarga!
54) A sobrecarga é extremamente perigosa. Diminui o seu controle sobre a máquina e causa desgaste excessivo. Não é preciso um segundo contrapeso na máquina. 55) Ela foi projetada para elevar e transportar cargas dentro dos seus limites de segurança.

Não tenha tanta pressa!
56) Não transporte cargas sobrepostas. Tornam-se instáveis e de difícil controle. Mesmo um protetor não pode proteger completamente o operador contra volumes pesados e caídos de altura considerável. 57) Sabemos que a “pressa é a inimiga da perfeição”. Saiba conduzir sua máquina sem causar danos ou acidentes, seja cauteloso não tenha tanta pressa.

Verifique as condições do pallet e da carga!

58) Somente cargas que estejam bem posicionadas sobre os garfos e pallets em boas condições podem transitar pela fábrica / depósito.

Conserve longe os “curiosos”!
59) Não deixe que as pessoas não habilitadas toquem nos controles da empilhadeira. Elas podem provocar danos e ferimentos.

Curvas bruscas!
60) Não faça curvas tão rápidas! Empilhadeira não foi projetada para corridas. Faça curvas com cuidado e devagar.

Freiadas bruscas!
61) Freie devagar e com cuidado, e nunca use o pedal de aceleração e ré, como freio, sempre freie e depois engate a marcha à ré..

Página 9

Altura livre!
62) Atenção à altura livre das portas e também a altura do teto. Passe devagar pelas portas até obter visão total do outro lado.

Não use garfos para empurrar!
63) Sua empilhadeira foi projetada para elevar e transportar cargas. Não utilize para empurrar cargas os garfos ou com os seus cantos ou traseira.

Cuidado com os garfos!
64) Muito cuidado ao abaixar os garfos, próximo à pessoas, poderá haver para não esmagar alguém. 65) Os garfos devem estar sempre no solo ou próximo dele, nunca passe debaixo dos garfos elevados de uma empilhadeira mesmo quando estiverem sem carga.

Mantenha a distância!
66) Conservar pelo menos 3 vezes o comprimento da empilhadeira quando estiver seguindo outro veículo.

Responsabilidades do operador:

67) O operador deverá sempre prever os movimentos que as pessoas ou veículos encontrados nos corredores, pátios e plataformas de descargas possam realizar. Considerar também que os outros podem prever as suas intenções. 68) Somente o operador designado para a máquina poderá dirigi-la durante o período normal (ou pessoas devidamente autorizadas, em caso de ausência justificada do operador designado). 69) O operador é responsável pelo bom funcionamento da máquina que lhe for confiada e deverá responder pelos danos que lhe causar. 70) Sempre preencha o Check-list corretamente e repasse qualquer irregularidade ao próximo operador.
Página 10

Circule devagar !
71) Circule devagar em lugares que assim o requererem. Por exemplo: nos locais de pouca visibilidade, em lugares congestionados por veículos e pedestres, etc. 72) A velocidade será permitida pelos regulamentos locais respeitadas as limitações físicas do meio ambiente. Deverá ser guardada uma distância razoável entre veículos. 73) Não devem ser feitas saídas bruscas, paradas súbitas e curvas em velocidade. 74) É proibido dirigir em alta velocidade, transitar muito aos companheiros, ou fazendo evoluções para provocar risos. 75) Nos pisos molhados ou escorregadios, a velocidade do veículo deve ser diminuída. 76) O pedestre deve merecer toda a atenção do operador. 77) É proibido ultrapassar outros veículos nos cruzamentos e em lugares de pouca visibilidade e perigosos e sempre buzinar nos cruzamentos. 78) O operador deve evitar fazer o veículo passar sobre objetos no chão, a fim de prevenir movimentos bruscos do volante da direção e a entrada de materiais no motor. 79) Os braços e as pernas do operador devem estar sempre em posição de manobra e não como se ele estivesse reclinado em uma poltrona. 80) O operador deve evitar inclinar a torre de elevação para a frente, quando os garfos estiverem carregados, ou quando os mesmos estiverem encostados no cão. 81) O operador deve diminuir a velocidade e buzinar ao se aproximar de locais perigosos, em cruzamentos, esquinas sem visão, etc. Ele deverá reduzir a velocidade, buzinando antes de prosseguir. 82) Quando se aproximar de alguém que esteja diante da máquina, buzinar a uma distância de 3 metros, mais ou menos, preparando-se para frear imediatamente em qualquer emergência. A buzina deve ser usada somente quando necessário, evitando causar sustos a pessoas que estiverem em frente. Várias buzinas breves são preferíveis às demoradas.

83) Ao começar o seu turno, inspecionar: rodas, direção, freios e buzina. Se não estiverem em ordem, levar a máquina para reparo. O operador deverá relatar imediatamente qualquer defeito mecânico que surgir na máquina, para que o mesmo seja reparado.

Página 11

84) O operador deverá conhecer a capacidade nominal de sua máquina, nunca permitindo carga em excesso. 85) Tendo que abandonar a empilhadeira, o operador deve colocar os controles em neutro, desligar o motor, acionar o freio de estacionamento e baixar os garfos. 86) O operador deverá seguir o regulamento de trânsito interno da empresa, como faixas de pedestres, velocidades e acessos.

Página 12

87) O operador deverá parar totalmente a máquina toda vez que for engatar a marcha à ré e for passar da ré para direção normal, evitando forças o pedal de trocas. 88) O operador deverá dobrar a atenção quando dirigir em áreas congestionadas. Em horas de mudança de turno ou almoço, deverá parar completamente a máquina. 89) Em caso de um sinistro como um alarme de incêndio, o operador não deverá parar deixar a máquina onde possa obstruir as vias de passagem. 90) Todo operador depois de ter aprendido as regras básicas de segurança e operação, deve desenvolveu sua técnica e habilidade no manuseio de uma empilhadeira. Operadores que são treinados, criteriosos e responsáveis são verdadeiros PROFISSIONAIS.

Patos de Minas 26 de Janeiro de 2011

Milton Elder Lopes Menezes Téc. Segurança do Trabalho SESMT CEMIL
Página 13

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->