P. 1
Exercicios coesão textual

Exercicios coesão textual

|Views: 1.171|Likes:
Publicado portaebru

More info:

Published by: taebru on Jan 28, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/13/2013

pdf

text

original

1) Nos trechos reproduzidos a seguir, os termos destacados estabelecem coesão referencial. Identifique as técnicas utilizadas em cada caso.

a) Os pais compraram lápiz, borracha, caneta e os livros solicitados pelo colégio, o metarial escolar está caríssimo. b) A Academia Brasileira de letras realizará nova eleição na próxima semana. Desta vez, não são poucos os candidatos a uma vaga na Casa de Machado de Assis. c) O neoliberalismo tem sido a fonte de muitos problemas nos países periféricos. Sem dúvida, o regime do Estado mínimo redimensiona a distribuição de poderes, sem benefício para a maioria. d) A situação dos ônibus está cada vez mais complicada, assentos quebrados, ar condicionado que não funciona, não sabemos como resolver esse problema nesses meios de transporte. e) Esta é conveniente. a decisão que achamos mais

mundo como uma perene novidade, entender que as coisas nunca envelhecem, o que envelhece é o olhar sobre as coisas. As crianças entendem com mais facilidade isso, porque tudo para elas é naturalmente uma novidade.”
(Trecho de entrevista do poeta José Paulo Paes a Páginas Amarelas de Veja, 03/04/96, p. 10)

a) O pronome isso, nesse texto, está funcionando como um anafórico, isto é, refere-se a algo que já foi explicitado anteriormente. A que passagem ele se refere? b) O pronome demonstrativo o (o que envelhece) está funcionando como um catafórico, isto é, refere-se a algo que vem explicitado posteriormente. Qual é a passagem a que se refere? 4) Muitos são os processos usados para evitar a repetição de palavras num texto. O mais comum é a substituição por um termo equivalente de conteúdo geral conforme mostra o modelo. Proceda da mesma maneira. O carro atropelou o cachorro e o motorista não parou para cuidar do animal. a) Ronaldo vestiu pela primeira vez a camisa do clube espanhol. O __________ deve embarcar para a Europa no fim do ano. b) Ontem esteve tensa a situação no Iraque. A população do __________ recebeu instruções contra um possível ataque americano. c) A polícia apreendeu a cocaína, mas não conseguiu prender os traficantes que trouxeram a__________ da Bolívia. d) As possibilidades de se contrair a aids se baseiam em dados e comportamentos da __________ observados até agora. e) Os militares que estiverem em motocicletas ou bicicletas não precisam mais bater continência ao passar por superiores, devendo apenas manter os__________ em velocidade moderada. f) A baleia apareceu morta ontem, mas o __________ foi visto boiando terça-feira e os ferimentos na pele do __________ mostram que morreu há cinco dias. 5) Construa uma nova versão do texto abaixo, utilizando, em relação à expressão Vera, os mecanismos de coesão adequados: Desde cedo o rádio noticiava: um objeto voador não identificado estava provocando pânico entre os moradores de Valéria, a primeira reação de Vera foi sair da cama e correr para o porto. Fazia seis meses que Vera andava trabalhando em Parintins. Vera levantava cedo todos os dias e passava a manhã inteira conversando com o Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais. Vera estava em Parintins, tentando convencer os trabalhadores a mudar a técnica do plantio de várzea 6) Igual ao exercício anterior. As revendedoras de automóveis não estão mais equipando os automóveis para vender os automóveis mais caro. O cliente vai à revendedora de automóveis com pouco dinheiro e, se tiver que pagar mais caro o automóvel, desiste de comprar o automóvel e as revendedoras de automóveis têm prejuízo.

f) Tivemos notícias de Astolfo, Afrodísio e Anaselmo, aquele está estudando em Harvard, este passou em um concurso e mudou-se para o Nordeste e esse está viajando a passeio. O trecho que segue faz parte do romance O coronel e o lobisomem e relata o confronto entre essas duas personagens numa sexta-feira, noite de lua cheia.O narrador (o próprio coronel) conta que, após um susto da mula que montava e uma seqüência de assobios e risadas, ele se viu diante de uma enorme figura de cachorro bravio e ameaçador. E prossegue: Era trabalho de gelar qualquer cristão que não levasse o nome de Ponciano de Azeredo Furtado. Dos olhos do lobisomem pingava labareda, em risco de contaminar de fogo o verdal adjacente. Tanta chispa largava o penitente que um caçador de paca, estando em distância de bom respeito, cuidou que o mato estivesse ardendo. Já nessa altura eu tinha pegado a segurança de uma figueira e lá de cima, no galho mais firme, aguardava a deliberação do lobisomem. Garrucha engatilhada, só pedia que o assombrado desse franquia de tiro. Sabidão, cheio de voltas e negaças, deu ele de executar macaquice que nunca cuidei que um lobisomem pudesse fazer. Aquele par de brasas espiava aqui e lá na esperança de que eu pensasse ser uma súcia deles e não uma pessoa sozinha. O que o galhofista queria é que eu, coronel de ânimo desenfreado, fosse para o barro denegrir a farda e deslustrar a patente. Sujeito especial em lobisomem como eu, não ia cair em armadilha de pouco pau. No alto da figueira estava, no alto da figueira fiquei.
(Carvalho, José Cândido de. O coronel e o lobisomem. 41ª- ed. Rio de Janeiro, J. Olympio, 1994, p. 179)

2) No início do texto, aparece a palavra lobisomem, que no decorrer da narrativa é substituída por outros termos que se referem à mesma personagem. Cite quatro palavras ou expressões que, dentro do contexto, são usadas para designar o lobisomem. 3) “Já se disse que o poeta deve ver o mundo como se tivesse acabado de nascer. Deve ver o

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->