Você está na página 1de 1
Minha querida.... Este é o tipo de correspondência denominada "spam"! Sua caracterização é o fato de ser uma mensagem não solicitada. Ate aí, tudo bem. Não vou ficar bravo por você me mandar mensagem não solicitada. Mas o maior mal que ela provoca é expor meu endereço de e-mail aos demais receptores da mesma mensagem, totalmente desconhecidos para mim.. Tenho certeza de que para você também. O que ocorre é que, mesmo que você os conheça, não tem condições de saber quem pratica atividades características de hacker, spammers, lammers e outros invasores da internet. Expondo meu endereço de e-mail a essas pessoas, sou levado por você e à revelia de minha vontade a correr o risco de, a qualquer momento, receber uma mensagem enviada por eles com algum código de máquina malicioso, objetivando tomar posse de minha máquina (que já anda cheia de problemas de conexão) e, através dela, praticar atividades consideradas ilegais dentro deste universo. E, não somente eu fico exposto a esse risco como você também ao se permitir receber esse tipo de correspondência. Sua mente esclarecida não deve desconhecer estes fatos. E sua experiência e conteúdo de pessoa adulta e, também, de mulher executiva e pós graduada, me fazem crer que você não é ingênua! É possível, pois, que eu esteja chovendo no molhado ao lhe dizer estas coisas. De qualquer modo nunca é demais lembrar. Nas atividades desta vida, ás vezes não necessitamos que nos digam certas coisas, mas é extremamente importante que nos façam lembrar!!! Desculpa-me por estar sendo assertivo e por lhe pedir o que se segue. Prezaria muito que você não mais repassasse este tipo de mensagem para mim, por mais otimista que ela lhe possa parecer, pelas razões aqui expostas. Ou se o fizer, que utilizasse a opção CCO no cabeçalho da mensagem, para que meu endereço eletrônico não apareça para os demais destinatários! Minha caixa postal vai ficar muito mais saudável e eu lhe serei eternamente agradecido! Beijo muito doce