Você está na página 1de 9
MADEIRAS, DESIGN, CAPTADORES, PONTE... SAIBA COMO AS DIFERENTES PARTES DA CU RUS emit eC ake ea en ea eos bilidades para o emprego da alquimia em tempos modernos. A combinagio PercsT precast Sees DS(on econ aren CCIE ian PRTC cri am Coe Sennen eet ty eonratet td SER Rene set eee eee ementos que a constituei eset ene as dos mais variados modelos e presos, ficou ainda Serer Semen ett teed PS cee Bers gserietcucs Reece 18 GUITAR PLAYER MADEIRAS Mit js fon sobre a influéncia de captadores, pedais e amplifcadores no timbre da guitarra, Porém, os aficionados entendem gue a alma de um instrumento ‘td em seu componente fundamental: ‘madeira. Diferentes madeiras tem carac teristias disinas eso essencias para a sonoridade de qualquer guitarra. O som omega com a transferéncia de vibragao das cordas& madeira do corpo e brazo (por smeio de uma combinacio de elementos omo saddles da ponte, nut tastes). O spectro de freqdenclas resultante dessa interajtoacsticafornece os sons que ers0 mplificados e modifiados por captadores, efeitos e processadores de audio que estf0 na cada do sna O corpo e 0 brago contribuem para o timbre e podem ser feitos de uma ou varias madeira. Vale ressatar que madeiras da mesma espécie retradas de dvoresdife rentes (ov cltivadss em repides distinas) tetdo soncridades diferentes, com vari Goes de peso, densidad e outros fatores. Portanto, as wariéeissonorasexistem nio apenas enre a8 maéeias, mas também em _guitarras fetes do mesmo material. Ejusta- ‘mente a que se enconts a magia da busca pela guitarra dos sonhos. Podemos estar vias unidages do mesmo modelo fem uma lj, até encontrarmos 0 instrumento que soa do jito que aqueremos. Nests mater, iremos teatar de madeira para guitarras sclidas esemicacieticas. MADEIRAS DE CORPO Alder ~ Asses como oat, & rpos- sivel falar do ade sem fazer referencia & Fender, que usou esse material pela pri sea vez no im dos anos 1950 ¢ comero dos 60. E uma madeira de peso medio. Seu som & fore impo eencorpado, com médioe ¢arnudone Simos graves Os agus 0 um poco cortnte, mas raramente presenta aspereza sonora Oalertem boa quantidade dessin. Levement amarronzado em eu ‘estado narra, older tem vei Pontos sas nada pariclarmente interessante De manera geal, €vsado com acaba- smentos opacos, mas alguns exemplars de alder poem Fear muito atraentes com/umspinturs ecurae tanshicida Como o th, 0 ler & mais empeegado a consrarao de corpos ‘Ash O ashe conocido como madeira das cldsicas guitars Fender dos anos 50. = Sera ‘adore xsi das pores ifeiores de Severs gue crescem em regis alagndas © possuem rafzes submersas. Um bom exem= plar de swamp ash é levee ressonante. Est madeira geralmente apresenta uma bela ‘ranulagio que combina muito bem com ‘acabamentos ranslicidos. Seu som € force — ‘om boa projec —e doce. Apresenta graves firmes, agudos agradiveis e bom sustain (© ash das porcées superiores das arvores também éuilizado hoje em dia, assim como outros tipos mais duros. Ambos tendem a ser mais densos e pesados e possuem um som mais brilhante eagressivo, sendo mais ‘iteis quando se deseja timbres distorcidos ¢ corcantes. Tradicionalmente, o ash & empre sgado em guitarra fetas com corpo de uma ‘nica madeira, mas em algumas ocasiSes aparece em corpos com virias madeiras (ou Jaminados) ~ as combinagies mais comuns so corpo de ash com top de maple ou guitarra semi-acistica com tampo de ash ¢ traseira feita de outra madeira Note a iferenga da textura de um top de famed ‘maple (acim) ede um top de magne. Basswood - Barato ¢ abundante, 0 basswood € associado a guitarras de nivel rmédio ou de baixo custo. Porém, trata-se dée um bom tipo de madeira, que tem sido utiizado por fabricantes de alta qualidade, ‘com excelentes resultados, E uma madeira bastante [eve e maca, com uma coloracio