Você está na página 1de 1

Sentir

Hoje, só por hoje a aurora do dia brilha.


Traz o mais belo e sensato sonhos.
Desejo sagaz em rituais eufóricos
Ânsia de amar e ser amado
Sentir a pureza de a brisa habitar.

Silenciar,... Acalanto do peito


Viver e viver... Provar... Tocar...
Salutares versos desígnios perfeitos.
É despertar a alma do leito.
Ávido para amá-la.

Oh! Aurora que trás consigo os versos feitos


Dos corações amantes, habituais as rimas poéticas
De prosas em versos voraz aceitos
Depositados no peito
És sagaz em seu jeito.

Re Carvalho