Você está na página 1de 3

FORÇAS EM UMA OBSERVAÇÃO

IMPORTANTE
TRAJETÓRIAS A força centrípeta não é mais uma força que
CURVILÍNEAS será colocada no isolamento do corpo, a
força ou resultante centrípeta será uma das
forças que naturalmente apareceu no
Prof. isolamento do corpo, a resultante delas, ou
C ll mesmo uma componente de uma das forças
que agem sobre o corpo.
VARIAÇÃO NA DIREÇÃO DA
VELOCIDADE
O vetor velocidade é sempre tangente à
trajetória.
EXEMPLO
Conseqüentemente ele está sempre mudando Um corpo, preso a um
de direção nos movimentos curvilíneos. fio, girando em torno de
um pino sobre uma
mesa sem atrito.
Quem mede a variação na direção do vetor
velocidade é a aceleração centrípeta. No seu
v2 isolamento as
acp = ou acp = ω 2 .R
RELEMBRANDO: R forças são as
que você já
conhece: força
r r da Terra, força
PENSANDO NA SEGUNDA LEI Observe que a normal
r N anula o peso P,
da mesa e força
sendo a tração T, a resultante centrípeta.
DE NEWTON do fio sobre o
corpo.
R = m.a ⇒ Se existe uma aceleração
dirigida para o centro, haverá também
uma resultante na mesma direção e Um carro fazendo uma
sentido. EXEMPLO curva plana de raio R.

É essa resultante que é a responsável No isolamento do carro


pela variação na direção do vetor teríamos:

velocidade.
Alguns autores chamam-na FORÇA
CENTRÍPETA, outros preferem denominá-
la RESULTANTE CENTRÍPETA.

T e r ía m o s a fo r ç a d e a tr ito s e n d o a r e su lta n te
c e n tr íp e ta , p o d e n d o e sc r e v e r : F a t = R c p :
v2
μ .N = m . o u μ .N = m . ω 2 .R
R
d e p e n d e n d o d o q u e o p r o b lem a está p e d in d o .
APLICANDO O PRINCÍPIO
FUNDAMENTAL DA DINÂMICA
v2
Como R = m.a e acp = ou acp = ω 2 .R
R
teremos :
v2
Rcp = m. ou Rcp = m. ω 2 .R
R

1
UM AUTOMÓVEL NUMA PISTA CÁLCULO DA MÍNIMA
SOBRELEVADA VELOCIDADE PARA GIRAR
DENTRO DO GLOBO DA MORTE
É possível fazer a curva
mesmo sem atrito.

r
N N cos α

α
Isolando o carro:
Observe que: Ncos α = P
Nsen α = R cp Nsen α
r
P

O PÊNDULO
CORPO PRESO A UM FIO
GIRANDO NA VERTICAL
CÔNICO

Quando ele passa pelo Qual a expressão


ponto mais baixo da matemática para a
sua trajetória: resultante R
centrípeta?

Tcos θ = P ; T sen θ = R cp as equações serão:


m.v 2
E se ele estivesse T cos θ = m.g ; T sen θ = ou T sen θ = ω 2 .R
R
passando pelo ponto
mais alto?

O PÊNDULO
FÍSICO
O GLOBO DA MORTE

Observe que: Rcp = T - P cos θ


Que função tem a RESPOSTA: Acelerar o corpo se
resultante tangencial ele estiver descendo, ou freá-
P.sen θ? lo, se ele estiver subindo.

2
ESTRADA COM DEPRESSÃO
OU LOMBADA
r
N
r
N

r
P

r
P

Na lombada: R cp = P - N
Qual a expressão
Na depressão: R cp = N - P
para a resultante
centrípeta sobre o EXPLIQUE!
carro ao passar
pelos pontos A e B?
É SÓ REPRESENTAR AS FORÇAS.