Você está na página 1de 1

O QUE VAI PARA O LIXO: ALTERNATIVA CONSCIENTE AO DESCARTE DO ÓLEO COMESTÍVEL

Flávia Pereira de Araújo 1 (flavia.araujo@proideias.com)

Sérgio Francisco Tavares de Oliveira Mendonça 2 (sftom@cin.ufpe.br)

( 1 UFRPE/ 2 UFPE)

Frente aos constantes desafios em tecermos a cada novo dia medidas racionais à pre­ servação dos recursos naturais, como noticiado por todos os meios de comunicação, o planeta pede socorro. E, pensando em medidas simples e acessíveis a qualquer inte­ grante da sociedade, propomos aos alunos da Escola Odete Antunes desenvolvermos um trabalho de conscientização do aluno sobre o seu papel como gerador de resíduos, atingindo escolas, conseqüentemente as suas residências, propagando esta ação, através da multiplicação e disseminação de técnica de reciclagem do óleo, em especi­ al o utilizado nas cozinhas domésticas e/ou industriais, no cozimento de alimentos para a fabricação caseira do sabão. Após utilizarmos o óleo de cozinha somos obriga­ dos a descartá­lo. Na literatura, encontramos algumas formas corretas de fazer esse descarte. Uma delas, e se disponível, é a decomposteira; uma outra é o descarte do óleo na terra onde plantamos alguma coisa; os componentes orgânicos do óleo aju­ dam na fertilidade do solo, ou mesmo colocar o óleo num saco plástico e lançá­lo no lixo comum, em vez de jogá­lo no ralo da pia ou vaso sanitário, direcionados aos esgo­ tos, que mesmo com tratamento adequado, tem uma carga orgânica desnecessária, o que reduz a sua eficiência. O procedimento metodológico consiste no recolhimento de óleo de cozinha, depois de utilizado, com a adição de água e soda cáustica em esca­ mas (requer cuidados no manuseio, tendo em vista ser altamente corrosivo), para a fa­ bricação do sabão caseiro, podendo ser utilizado após alguns dias, tão logo a dissolu­ ção da soda cáustica. Os resultados esperados com a aplicação desta atividade reme­ tem a formas diferenciadas, atitudinais, vislumbrando principalmente a preocupação ekos , e superação dos limites impostos pela cultura do consumo em sempre descartar resíduos no meio ambiente, sem a preocupação crítica e por que não, econômica e impactos sociais dessas atitudes.

Palavras-chave: Meio Ambiente; Reciclagem; Óleo Comestível.