Você está na página 1de 4

IED

Master
DESIGN EDITORIAL

Os programas de Pós-Graduação oferecidos pela Faculdade de Tecnologia do Istituto Europeo di Design


estão em conformidade legal e atendem as Resoluções CNE/CES nº 1, de 3 de abril de 2001 e nº 1, de 8
de junho de 2007 do MEC - Ministério da Educação. O curso está estruturado em disciplinas (360h) e ao
final do programa, o aluno deverá apresentar um trabalho de conclusão, projeto ou monografia, conforme
a modalidade eleita para aquela turma (40h), totalizando 400h.

OBJETIVO
O Curso de Pós Graduação em Graphic Editorial Design tem por objetivo apresentar conteúdos de apro-
fundamento profissional, tanto nos suportes tradicionais quanto nas novas mídias digitais e multiplataformas.
Com forte ênfase estratégica, o programa contempla a aproximação com o mercado editorial, proporcionando
ao longo das disciplinas experiências multidisciplinares essenciais.

PÚBLICO
O curso está direcionado aos formados e profissionais que atuam no cenário laboral que procuram
aprimoramento e capacitação para grandes realizações no mercado editorial do novo século.

COORDENAÇÃO
Rodrigo Silveira
Rodrigo Silveira é um dos grandes nomes na direção de arte na área editorial e gráfica. Recentemente,
foi Editor de Arte do Portal Abril.com e também Diretor de Arte e de Criação da CDN Interativa. Além disso,
realizou inúmeros roteiros e foi editor de animações dirigidas pelo ilustrador Carlo Giovani. Rodrigo Silveira
trabalhou com Angeli, Allan Sieber, José Simão, Marcelo Tas, Alemão Guazzelli, Carlo Giovani, Dimitre Lima
e com os grupos Nação Zumbi, Ultramen, Trio Mocotó, M.Takara, Cidadão Instigado, Turbo Trio, dentre outros. Em
2004, ganhou prêmio-destaque na categoria cds_dvds na 7ª Bienal de Design Gráfico e em 2009 ganhou
prêmio de melhor hq no festival nextcomic, realizado em Linz, Áustria. Também foi indicado como finalista
no prêmio abril de jornalismo, na categoria celular.
DESIGN EDITORIAL

• Brand Equity: Valor pelo Consumidor • Tecnologias Globais e Sociedade Contemporânea


O que uma empresa lhe diz? O governo? Uma organização As tecnologias de produção e gestão desenvolvem-se
civil? Ou um profissional liberal? Hoje, junto às qualidades continuamente e buscam ser universais, pretendem ser
objetivas do trabalho ou produto ofertado, as marcas usadas e compreendidas por todos os indivíduos e de
trazem mensagens com valores éticos e querem se juntar formas concorrentes ou similares. As tecnologias são
à cultura do indivíduo como forma de fidelizá-lo e de se globais, porém, os indivíduos e seu grupo social não o
sustentarem a longo prazo. Entender por que isso ocorre são, estes obedecem a um histórico cultural e um modo
e como os indivíduos de diferentes esferas culturais en- de vida próprio. Compreender o impacto gerado pelo modo
tendem as mensagens é fundamental para o profissional de operação universalizante das tecnologias dentro dos
de comunicação levar entendimento ao seu público-alvo. ambientes particularizados é a chave para o profissional
de comunicação definir a qualidade da mensagem que
pretende levar ao seu público-alvo.
• Semiótica do Design
A comunicação é estruturada sintaticamente através da
• Design Editorial
composição de sinais e a semiótica é a ciência que estuda
sistemas de signos. Em todas as formas de expressão Analisa os fundamentos teóricos do Design Gráfico apli-
encontram-se elementos que, juntos, constituem a forma e cando-os ao ambiente editorial. O objetivo da disciplina é
o conteúdo de mensagens direcionadas ao entendimento estudar o relacionamento forma - função enfatizando os
do usuário. Esta disciplina trará as bases conceituais da aspectos estruturais, formais, tipográficos e reticulares. A
semiótica, os fundamentos e formas para a compreensão disciplina também apresenta recursos que as novas tec-
do objeto de trabalho do profissional de comunicação e de nologias oferecem tais como os conceitos de pluralidade
design. As imagens e as formas comunicam e é através e acessibilidade aos novos suportes como fontes atuais
delas que surgem as manifestações resultantes do objeto e diferenciadas de comunicação.
de design, das imagens e dos textos, em todas as suas
plataformas. Pela semiótica e pela semiologia o aluno
• Planejamento Editorial
entenderá como expressar suas idéias através do design.
A disciplina apresenta a formação do pensamento editorial
por meio da análise do processo criativo e da produção.
• Comunicação e estratégia empresarial
Serão tratados tópicos tais como o conceito do veículo;
Como estruturar e definir em longo prazo a comunicação elaboração de pauta editorial, fonte criativa de temas a
empresarial se as tecnologias não cessam de se desen- serem abordados pelo veículo; estruturação de projeto
volverem? Como programar soluções de marketing em gráfico; gestão de produção editorial e o modus operandi
condições constantemente em transformação? Primordial da produção editorial. A disciplina também aborda temas
é entender o ambiente econômico e cultural em que se como a administração, a captação e a planificação de
encontra a marca e seu mercado de atuação – para onde verbas para o desenvolvimento de veículos editoriais.
caminham seus consumidores e concorrentes, estabelecer
• Mídia e Criatividade
um planejamento que defina orçamento e metas de che-
gada, mas que este não seja um caminho rígido. Essas A disciplina tem por objetivo a exploração e o aprofunda-
são as chaves para que o profissional de comunicação mento das diversas mídias sob o ponto de vista do Design
estabeleça prioridades pontuais que insiram oportuni- Editorial, fazendo com que visões estereotipadas sejam
dades tecnológicas e que o levem a atingir seu objetivo superadas por meio de novos olhares, experiências e lin-
de forma a estar sempre em vantagem em relação ao seu guagens gráficas.
concorrente, gerando assim maior valor percebível para
a sua marca.
• A Ilustração e o Concept Design
Análise do papel da ilustração na construção de conteú-
dos. Forma e função das diferentes linguagens da ilus-
tração.
DESIGN EDITORIAL

• A Fotografia e a Revista WORKSHOP 1


Dividido em três partes, a disciplina apresenta os tipos de fotografia Revista Cultural – Número Zero
existentes, os fundamentos da fotografia, a metodologia, iluminação Objetivo: Analisar e compreender a
e o enquadramento no design gráfico e editorial. A disciplina também finalidade da revista proposta, desen-
apresenta os formatos de arquivos que podem ser utilizados para cada volvendo projeto editorial conforme os
suporte, a construção de narrativas visuais potencializando o discurso conceitos apresentados.
que se pretende apresentar em cada matéria ou seção editorial.
WORKSHOP 2
Objetivo: Desenvolvimento de projeto
• Mercado Editorial Brasileiro
editorial e gráfico de uma revista com-
Palestra oferecida por um profissional atuante no mercado editorial e portamental integrando seus conteúdos
que aborda as diversas perspectivas atuais. as novas tecnologias.

WORKSHOP 3
Revista Comportamental para
público jovem
Objetivo: Desenvolvimento de revista
com enfoque no universo da moda, ar-
quitetura e das artes, inovando desde a
escolha do material, os processos, até
os elementos comunicados

ORIENTAÇÃO DE PROJETO FINAL


O Projeto Final é etapa necessária e
obrigatória para receber a certificação
de conclusão do curso. Ao longo do
percurso formativo, o aluno escolherá
o tema do seu projeto final e durante o
módulo específico, será orientado por
professores.
DESIGN EDITORIAL

DOCENTES PROFESSORES E PALESTRANTES


Nossos docentes são designers reconhecidos na área, profissionais Ana Puglia
e diretores de empresas leader e de agencias com importancia interna- Eduardo Louis Jacob
cional, convivem diariamente com a realidade empresarial e produtiva. Endrigo Chiri Braz
Essa contribuição permite que as rápidas transformações dos contextos
Fábio Sadao
produtivos encontrem resposta imediata no conteúdo dos cursos.
Jorge Colombo
PARCERIAS Kiko Farkas
Lincoln Seragini
No Istituto Europeo di Design, o aluno entrará em contato com em-
Marcelo Naddeo
presas durante todo o curso. Deste modo, compreenderá processos
e desafios do trabalho criativo aplicado à produçãode bens de consumo Paula Marchiori
para o mercado. No IED o projeto pedagógico contempla momentos Rico Lins
de vivência profissional simultaneamente ao processo formativo, isso Rodrigo SilveirA
porque o IED mantém parcerias com empresas públicas e privadas,
Sara Goldchmit
estúdios de design, agências governamentais e ONGs. Os projetos
integrados com empresas propo rcionam desafios diferenciados. Sérgio Lage
As empresas participam na direção, coordenação e supervisão dos Sylvio de Ulhoa Cintra
projetos nos quais estão envolvidas. Estas colaborações são concreti-
zadas por meio de workshops, projetos e palestras que enriquecem os
alunos com a experiência e com grande chance de ver o seu próprio
projeto comercializado; ao mesmo tempo, as empresas se beneficiam
dos resultados obtidos com uma linguagem inovadora e criativa.

| A CASA DO ARTISTA | ABEST | ABRE | ABIT | ALBERFLEX | ALITALIA


| BIBLIOTECA MARIO DE ANDRADE | BRASTEMP | BOX 1824 | CANAL | CASA
COR | CENTRO CULTURAL SÃO PAULO | CCSP | CHILLI BEANS | CNC FLEX
| COLUNNA | DECA | DIESEL | DIVINA | DOC DOG | ECKO | FIORENTINO
PRODUÇÕES E EVENTOS | FAZENDO ONDA | FIRST | FOCH | FOLHA DE
SÃO PAULO | GANADERIA | IBGM | IDEA ZARVOS | IESB | ISTITUTO CRIAR
| ISTITUTO INOVA | INTERFACE | ISTITUTO ITALIANO DI CULTURA | IKKO
ISHP | I-STICK | LE POSTICHE | MABE | MANGELS | MASISA | MAX HAUS
| MICASA | MIOLO | MUSEU DA IMAGEM E DO SOM | MUSEU DA LINGUA POR-
TUGUESA | NEUMANN | OFICIO MODA | OSRAM | OVO DESIGN | PHILIPS
PROJETO CIDADE ESCOLA APRENDIZ | Q&E | REEBOK | RIVA | SAMSUNG
SCMC | SEBRAE | SEDEC – ESTADO DE ALAGOAS | SENAC | SOLVAY | SP TURIS
| SWAROVSKI | TOK&STOCK | TURMA DO BEM | VAZ |WGSN | WHIRPOLL
| WISE UP | YOOX | ZUPI

IED São Paulo - Rua Maranhão, 617


São Paulo - SP - tel.: +55 11 3660 - 8000
www.ied.edu.br | designsampa.com