Você está na página 1de 21

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

1

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

LEI DA CONSERVAÇÃO DAS MASSAS ou LAVOISIER

01) (FCMSC-SP) A frase: “Do nada, nada; em nada, nada pode transformar-se” relaciona-se com as idéias de:

a)

Dalton.

b)

Proust.

c)

Boyle.

d)

Lavoisier.

e)

Gay-Lussac.

C 2 H 6 O + 3 O 2 2 CO 2 + 3 H
C 2 H 6 O + 3 O 2 2 CO 2 + 3 H 2 O
a)
Dalton.
b)
Boyle.
c)
Proust.
d)
Charles.
e)
Lavoisier.
a)
o princípio de Heisenberg.
b)
a lei de Lavoisier.
c)
o segundo postulado de Bohr.
d)
o princípio de Avogadro.
e)
a lei de Hess.
I.
A massa se conserva.
II.
III.
As moléculas se conservam.
Os átomos se conservam.
São corretas as afirmativas:
a)
I e II apenas.
b)
II e III apenas.
c)
I e III apenas.
d)
I apenas.
e)
III apenas.
I. A massa se conserva.
II. As moléculas se conservam.

III.

IV. Ocorre rearranjo dos átomos.

Os átomos se conservam.

02) Dada a seguinte reação de combustão do etanol:

De acordo com a estequiometria da reação, 10g de etanol reagem com 21g de oxigênio, produzindo 19g de gás carbônico e 12g de água. Pode-se afirmar que o texto acima está de acordo com a lei de:

03) (UFG-GO) Existem, pelo menos, duas correntes de pensamento que explicam o surgimento da vida em nosso planeta; uma é denominada “criacionista” e a outra, “evolucionista”. Considerando-se as leis e os princípios da Química, o “criacionismo” contraria

04) Acerca de uma reação química, considere as seguintes afirmações:

05) Acerca de uma reação química, considere as seguintes afirmações:

uma reação química, considere as seguintes afirmações: Está correto o que se afirma em: a) I

Está correto o que se afirma em:

a)

I e II, apenas.

b)

III e IV, apenas.

c)

I, III e IV, apenas.

d)

II, III e IV, apenas.

e)

I, II, III e IV.

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

2

06) Comparando reagentes e produto na reação CO (g) + 1 / 2 O 2 (g) CO 2 (g), pode-se dizer que apresentam iguais:

I. Número de átomos.

II. Número de moléculas.

III. Massa.

Dessas afirmações, apenas:

a)

I é correta.

b)

II é correta.

c)

III é correta.

d)

I e II são corretas.

e)

I e III são corretas.

07) Considerando a reação 2 NO + O 2 2 NO 2 , efetuada a
07) Considerando a reação 2 NO + O 2 2 NO 2 , efetuada a pressão e temperatura constantes, podemos
afirmar que, durante a reação, permanecem constantes:
a)
A massa e o volume totais do sistema.
b)
A massa total e o número total de moléculas.
c)
A massa total e o número total de átomos.
d)
O volume total e o número total de moléculas.
e)
O volume total e o número total de átomos.
08) A afirmativa “Numa reação química, a soma das quantidades dos reagentes é igual à soma das
quantidades dos produtos da reação”.
a)
É sempre verdadeira na química.
b)
Só é verdadeira quando as quantidades forem em massa.
c)
Só é verdadeira quando as quantidades forem em volume.
d)
É verdadeira quando as quantidades forem em massa ou em número de moléculas.
e)
É verdadeira quando as quantidades forem em volumes ou em número de moléculas.
09) (Faesa)Considerando a reação abaixo:
+
Dados: nitrogênio =
; oxigênio =
efetuada à pressão e temperatura constantes, podemos afirmar que, durante a reação, permanecem
constantes:
a)
A massa e o volume totais do sistema.
b)
A massa total e o número de moléculas.
c)
A massa total e o número de átomos.
d)
O volume total e o número total de moléculas.
e)
O volume total e o número de total de átomos.
10) A reação entre 23g de álcool etílico e 48g de oxigênio produziu 27g de água, ao lado de gás carbônico.
A massa de gás carbônico obtida foi de:
a)
44g.
b)
22g.
c)
61g.
d)
88g.
e)
18g.

11) Dada a seguinte reação de combustão do etanol:

C 2 H 6 O + 3 O 2 2 CO 2 + 3 H 2 O

De acordo com a estequiometria da reação, 10g de etanol reagem com certa massa de oxigênio, produzindo 19g de gás carbônico e 12g de água. Pode-se afirmar que a massa de oxigênio necessária para reagir completamente com todo o álcool usado é de:

a)

12g.

b)

18g.

c)

21g.

d)

32g.

e)

64g.

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

3

12) (Fuvest-SP) Quando 96g de ozônio se transformam completamente, a massa de oxigênio comum produzida é igual a:

a) 32g. b) 48g. c) 64g. d) 80g. e) 96g. 13) (UFMG-MG) Em um experimento,
a)
32g.
b)
48g.
c)
64g.
d)
80g.
e)
96g.
13) (UFMG-MG) Em um experimento, soluções aquosas de nitrato de prata, AgNO 3 , e de cloreto de sódio,
NaC , reagem entre si e formam cloreto de prata, AgC , sólido branco insolúvel, e nitrato de sódio,
NaNO 3 , sal solúvel em água.
A massa desses reagentes e a de seus produtos estão apresentadas neste quadro:
Reagentes
Produtos
AgNO 3
NaNO 3
NaC
AgC
1,699g
0,585g
X 0,850g
Considere que a reação foi completa e que não há reagentes em excesso.
Assim sendo, é CORRETO afirmar que X, ou seja, a massa de cloreto de prata produzida é:
a)
0,585 g.
b)
1,434 g.
c)
1,699 g.
d)
2,284 g.
e)
2,866 g.
14)Dois frascos, A e B, contendo diferentes reagentes, estão hermeticamente fechados e são colocados
nos pratos de uma balança, que fica equilibrada como mostra o diagrama abaixo.
A
Ba (N0
3 )
2 B
H 2 SO 4
Zn
Na 2 S0 4
Os frascos são agitados para que os reagentes entrem em contato. As seguintes reações ocorrem:
Frasco A: Na 2 SO 4 + Ba(NO 3 ) 2 2 NaNO 3 + BaSO 4 (precipitado branco)
Frasco B: Zn (s) + H 2 SO 4 ZnSO 4 + H 2 (g)
Podemos afirmar que:
0
0
Com o andamento das reações o braço da balança pende para o lado do frasco A.
1
1
Com o andamento das reações o braço da balança pende para o lado do frasco B.
2
2
Com o andamento das reações os braços da balança permanecem na mesma posição.
3
3
Este experimento envolve uma reação ácido–base.
4
4
Este experimento envolve uma reação de oxidação–redução
15)Dado o fenômeno abaixo:
metano
+
oxigênio
gás carbônico
+
água
(x
+
3)g
(6x
+ 2)g
(6x
-
8)g
(3x +
3)g

Podemos afirmar que:

a)

Estão reagindo 5g de metano com 32g de oxigênio.

b)

A massa de água produzida é de 33g.

c)

São obtidos 38g de gás carbônico.

d)

O oxigênio usado pesa 32g.

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

4

16) Dois frascos, A e B, contendo diferentes reagentes, estão hermeticamente fechados e são colocados nos pratos de uma balança, que fica equilibrada como mostra o diagrama abaixo.

A Ba (N0 3 ) 2 B Na 2 S0 4
A
Ba (N0
3 )
2 B
Na 2 S0 4
mostra o diagrama abaixo. A Ba (N0 3 ) 2 B Na 2 S0 4 H

H 2 SO 4

Zn

Com o andamento das reações o braço da balança pende para o lado do frasco
Com o andamento das reações o braço da balança pende para o lado do frasco A.
Com o andamento das reações o braço da balança pende para o lado do frasco B.
Com o andamento das reações os braços da balança permanecem na mesma posição.
As reações satisfazem a lei de Lavoisier.
I.
II e IV.
III.
I e II.
III e IV
47g.
15g.
40g.
87g.
2g.
2,76g.
2,24g.
1,76g.
1,28g.

Os frascos são agitados para que os reagentes entrem em contato. As seguintes reações ocorrem:

Frasco A: Na 2 SO 4 + Ba(NO 3 ) 2 2 NaNO 3 + BaSO 4 (precipitado branco)

Frasco B: Zn (s) + H 2 SO 4 ZnSO 4 + H 2 (g)

Podemos afirmar que:

I.

II.

III.

IV.

É (são) verdadeira(s), apenas, a(s) afirmação(ões):

a)

b)

c)

d)

e)

17) Num recipiente foram misturados 5g de hidrogênio com 42g de oxigênio. Após a reação pudemos observar, ao lado do oxigênio, a formação de 45g de água. A massa do oxigênio em excesso é de:

a)

b)

c)

d)

e)

18)De acordo com a lei de Lavoisier, quando fizermos reagir completamente, em ambiente fechado 1,12g de ferro com 0,64g de enxofre, a massa, em gramas, de sulfeto de ferro obtida será de:

a)

b) c) d) e)
b)
c)
d)
e)

0,48g.

19)Provoca-se reação da mistura formada por 10,0g de hidrogênio e 500g de cloro. Após a reação, constata-se a presença de 145g de cloro remanescente, junto com o produto obtido. A massa, em gramas, da substância formada é:

a) 155g.

b) 290g.

c) 365g.

d) 490g.

e) 510g.

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

5

20)Os pratos A e B de uma balança foram equilibrados com um pedaço de papel em cada prato e efetuou- se a combustão apenas do material do prato A. Esse procedimento foi repetido com palha de aço em lugar de papel. Após cada combustão, observou-se:

   

Com papel

 

Com palha de aço

A

A

e B no mesmo nível

A e B no mesmo nível

B

A abaixo de B

A abaixo de B

C

A acima de B

A

acima de B

D

A acima de B

A abaixo de B

E

A

abaixo de B

A

e B no mesmo nível

A B
A
B

21) (Ceeteps-SP) A queima de uma amostra de palha de aço produz um composto pulverulento de massa:

menor que a massa original da palha de aço igual à massa original da palha
menor que a massa original da palha de aço
igual à massa original da palha de aço
maior que a massa original da palha de aço
igual à massa de oxigênio do ar que participa da reação
menor que a massa de oxigênio do ar que participa da reação
4g.
6g.
8g.
10g.
12g.
do ar que participa da reação 4g. 6g. 8g. 10g. 12g. a) b) c) d) e)

a)

b)

c)

d)

e)

22) 18g de um metal são adicionados a 40g de enxofre. Após a reação, verifica-se a formação de 50g de sulfeto do metal ao lado de excesso de enxofre. A massa de enxofre que não reagiu foi de:

a)

b)

c)

d)

e)

23) (UNICAMP) Numa balança improvisada, feita com um cabide, como mostra a figura abaixo, nos recipientes (A e B) foram colocadas quantidades iguais de um mesmo sólido, que poderia ou ser palha de ferro ou ser carvão.

Foi ateado fogo à amostra contida no recipiente B. Depois de cessada a queima, o arranjo tomou a seguinte disposição:

cessada a queima, o arranjo tomou a seguinte disposição: a) Considerando o resultado do experimento, decida

a) Considerando o resultado do experimento, decida se o sólido colocado em A e B era palha de ferro

ou carvão.

Justifique.

b) Escreva a equação química da reação que ocorreu.

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

6

24)Querendo verificar a Lei da Conservação das Massas (Lei de Lavoisier), um estudante realizou a
24)Querendo verificar a Lei da Conservação das Massas (Lei de Lavoisier), um estudante realizou a
experiência esquematizada abaixo:
solução de
erlenmeyer
HNO 3
K
CO
2
3 (S)
(2)
solução final
vazio
(2)
(2)
(1)
(1)
(1)
1000g
995g
A reação que ocorre é a seguinte: K 2 CO 3 (s) + 2 HNO 3 (aq) 2 KNO 3 (aq) + H 2 O (l) + CO 2 (g)
Terminada a reação, o estudante verificou que a massa final era menor que a massa inicial. Assinale a
alternativa que explica o ocorrido:
a)
A lei de Lavoisier não é válida nas condições normais de temperatura e pressão.
b)
A lei de Lavoisier não é válida para reações em soluções aquosas.
c)
De acordo com a lei de Lavoisier a massa dos produtos é igual à massa dos reagentes quando
estes se encontram no mesmo estado físico.
d)
Para se verificar a lei de Lavoisier é necessário que o sistema seja fechado, o que não ocorreu na
experiência realizada.
e)
Houve excesso de um dos reagentes, o que invalida a lei de Lavoisier.
25)(Covest-94) Na preparação de pães e bolos, utiliza-se fermento para crescer a massa. Considere uma
receita preparada com 150g de farinha de trigo, 100g de açúcar, 50g de manteiga, 300g de ovos e 20g
de fermento. Depois de crescida, a mistura pesará aproximadamente:
a)
1240g.
b)
620g.
c)
um valor intermediário entre 620g e 1240g.
d)
1860g.
e)
um valor intermediário entre 1240g e 1860g.
LEI DAS PROPORÇÕES DEFINIDAS ou LEI DE PROUST
26) (Covest-2000) O etanol é obtido da sacarose por fermentação conforme a equação:
C 12 H 22 O 11 (aq) + H 2 O (l)
4 C 2 H 5 OH (aq) +
4 CO 2 (g)
Determine a massa de etanol obtida pela fermentação de 171g de sacarose. As massas molares da
sacarose e do etanol são, respectivamente, 342 g e 46 g.
27) (Covest-98) Quantos gramas de cálcio serão necessários para produzir 84g de óxido de cálcio?
Dados: O = 16 g/mol; Ca = 40 g/mol.
28) (Covest-2009) A decomposição do carbonato de cálcio, por aquecimento, produz óxido de cálcio e
dióxido de carbono. A partir de 100 g de carbonato de cálcio, e sabendo-se as massas molares: Ca
(40 g/mol), C (12 g/mol) e O (16 g/mol), é correto afirmar que:

a)

pode-se obter no máximo 40 g de óxido de cálcio.

b)

se tivermos este sistema em equilíbrio, o mesmo será deslocado no sentido de produtos, caso aumentemos a pressão sobre o mesmo.

c)

pode-se obter no máximo 1 mol de dióxido de carbono.

d)

pode-se obter no máximo 200 g de produtos.

e)

se forem consumidos 50 g de carbonato de cálcio, serão produzidos 1 mol de óxido de cálcio.

CaCO 3 (s)

CaO (s)

+

CO 2 (g)

100g

56g

44g

1 mol

1 mol

1 mol

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

7

29) 8g de hidróxido de sódio reagem com quantidade suficiente de ácido sulfúrico produzindo 14,2g de sulfato de sódio e certa quantidade de água. Que massa de hidróxido de sódio é necessária para, em reação com o ácido sulfúrico, produzir 35,5g de sulfato de sódio?

a) 7,1g.

b) 14,2g.

c) 21,3g.

d) 20g.

e) 16g.

30) Com respeito à tabela: carbono + oxigênio gás carbônico 12g x 44g y 16g
30) Com respeito à tabela:
carbono + oxigênio gás carbônico
12g
x
44g
y
16g
z
I) O valor de “x” é 32g.
II) O valor de “y” é 6g.
III) O valor de “z” é 22g.
IV) Os cálculos usaram as leis de Lavoisier e Proust.
a)
apenas I, II e III são corretas.
b)
apenas I e III são corretas.
c)
apenas I e II são corretas.
d)
apenas I é correta.
e)
todas são corretas.
31) Com respeito à tabela:
carbono + oxigênio gás carbônico
12g
x
44g
y
16g
z
I) O valor de “x” é 32g.
II) O valor de “y” é 6g.
III) O valor de “z” é 20g.
IV) Os cálculos usam as leis de Lavoisier e Proust.
a)
apenas I, II e III são corretas.
b)
apenas I e II são corretas.
c)
apenas II e IV são corretas.
d)
apenas I, II e IV são corretas.
e)
todas são corretas.
32) (Fempar-PR) Hidrogênio reage com oxigênio na proporção 1: 8, em massa, para formar água. A partir
da reação descrita e completando com valores, em gramas, os espaços preenchidos com X, Y e Z na
tabela a seguir, teremos, respectivamente:
massa de
massa de
massa de
massa em
sistema
hidrogênio
oxigênio
água
excesso
I 5g
32g
x
y
II 7g
z
63g
4g
a)
32; 1 e 56.
b)
36; 2 e 52.
c)
32; 2 e 56.
d)
36; 1 e 56.

e) 36; 1 e 60.

33) Podemos produzir gás metano reagindo 6g de carbono com 2g de hidrogênio. Pode-se afirmar que no metano temos:

a) 10% de carbono e 90% de hidrogênio.

b) 15% de carbono e 85% de hidrogênio.

c) 25% de carbono e 75% de hidrogênio.

d) 60% de carbono e 40% de hidrogênio.

e) 75% de carbono e 25% de hidrogênio.

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

8

34)Analise os dados abaixo referentes a uma série de três experiências realizadas, envolvendo uma determinada reação (os dados constantes nesta tabela correspondem às quantidades estequiometricamente envolvidas na reação).

 

REAGENTES

 

PRODUTOS

   

A

B

C

D

M

A

M

B

M

C

7,0g

2 M A

24,0g

15,0g

m’ D

12,5g

m’’ B

m’’ c

35,0g

Na terceira experiência houve formação de 35,0g de “D”. A massa de C na terceira experiência foi de:

a) 25,0g. b) 37,5g. c) 45,0g. d) 75,0g. e) 105,0g. 35)Qualquer que seja a procedência
a)
25,0g.
b)
37,5g.
c)
45,0g.
d)
75,0g.
e)
105,0g.
35)Qualquer que seja a procedência ou processo de preparação do NaCl, podemos afirmar que sua
composição é sempre 39,32% de sódio e 60,68% de cloro, com base na lei de:
a)
Lavoisier.
b)
Dalton.
c)
Proust.
d)
Richter.
e)
Avogadro.
36) (Vunesp) Foram analisadas três amostras (I, II e III) de óxidos de enxofre, procedentes de fontes
distintas, obtendo-se os seguintes resultados:
Amostra
Massa de enxofre
Massa de oxigênio
Massa da amostra
I 0,32 g
0,32 g
0,64 g
II 0,08 g
0,08 g
0,16 g
III 0,32 g
0,48 g
0,80 g
Estes resultados mostram que:
a)
as amostras I, II e III são do mesmo óxido
b)
apenas as amostras I e II são do mesmo óxido
c)
apenas as amostras II e III são do mesmo óxido
d)
apenas as amostras I e III são do mesmo óxido
e)
as amostras I, II e III são de óxidos diferentes
37) (UPE-2008-Q1) A Terra é o terceiro planeta em órbita do Sol, de forma aproximadamente esférica, mas
sua rotação produz uma deformação, tornando-a elipsoidal. Na tabela abaixo, constam algumas
características físicas de nosso planeta com alguns valores aproximados.
(Considere a Terra com a forma esférica)
Características Físicas da Terra
Inclinação axial
23,45º
Diâmetro equatorial
2,0 x 10 4 km
Área da superfície
5,10 x 10 8 km 2
Densidade média
5.500kg/m 3

Determinações estimativas revelam que há, na Terra, 7,7 x 10 24 kg de ferro. Com esse dado, é correto afirmar que a percentagem em massa de ferro, encontrada na Terra, é igual aproximadamente a

a)

b)

c)

d)

25,5%.

18,0%.

45,8%.

35,0%.

π = 3

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

9

m

Fe = 7,7 x 10 24 Kg

 

V

terra = 4/3 π R 3

D

= 2 x 10 4 Km

R = 10 4 Km = 10 7 m

V

terra = 4/3 x 3 x (10 7 ) 3

=

4 x 10 21 m 3

d terra =

m terra / V terra

m terra =

22 x 10 24 corresponde a 100%

d terra x V terra = 5,5 x 10 3 x 4 x 10 21 = 22 x 10 24 Kg.

7,7 x 10 24 corresponde a x%, portanto x = 35%

38) (Fuvest-SP) A embalagem de um sal de cozinha comercial com reduzido teor de sódio,
38) (Fuvest-SP) A embalagem de um sal de cozinha comercial com reduzido teor de sódio, o chamado “sal
diet”, traz a seguinte informação:
“Cada 100 g contém 20 g de sódio
Isso significa que a porcentagem (em massa) de cloreto de sódio nesse sal é aproximadamente igual a:
Observação: o sal diet é composto principalmente de cloreto de potássio.
Dados: Na = 23 g/mol; NaCl = 58 g/mol.
a) 20%.
b) 40%.
c) 50%.
d) 60%.
e) 80%.
39) (UPE-2008-Q1) Um adulto inspira por dia, aproximadamente, 2,50 kg de oxigênio e expira 1.744 g do
mesmo gás no processo de respiração. Sabendo-se que 1,0 cm 3 deste gás pesa 1,4 x 10 -3 g, pode-se
afirmar como CORRETO que:
Dado: O = 16 g/mol.
a)
540,0 L representam a quantidade de oxigênio fixada nos glóbulos vermelhos, por dia, no processo
de respiração de um adulto.
b)
50,0 mols de oxigênio por dia são inspirados por um adulto no processo de respiração, para a
manutenção de suas atividades vitais.
c)
a quantidade de ar atmosférico que fornecerá a quantidade mínima de oxigênio requerida por dia,
por um adulto, no processo de respiração, é igual a 2.000 g.
d)
no processo de respiração de um adulto, são fixados, nos glóbulos vermelhos, aproximadamente,
250,0 mols de moléculas de oxigênio em 10 dias.
e)
1.250 L é a quantidade de oxigênio fixado nos glóbulos vermelhos, por dia, no processo de
respiração de um adulto.
m
O2 = 2,5 Kg = 2500 g de oxigênio inspirado
m
O2 = 1744 g de oxigênio expirado
m
O2 = 756 g de oxigênio absorvidos
1 mL pesa 1,4 x 10 – 3 g
x
mL pesa 756g x = 540000 mL = 540 L
40) (UPE-2008-Q1) O dióxido de carbono, conhecido mundialmente como gás causador do Efeito Estufa, é
perigoso para a saúde humana, quando em concentrações superiores a 5 x 10 3 ppm. Em relação à
remoção desse gás do interior de um ambiente, é CORRETO afirmar que

ma( k) = 39u, ma( Li) = 7u, ma( 0 ) =16u, ma

a)

1 mol de hidróxido de lítio remove mais CO 2 do ambiente do que um mol de superóxido de potássio.

b)

Para cada dois mols de hidróxido de lítio que reagem com dióxido de carbono, são retirados 132,0g desse gás do ambiente.

c)

Um mol de superóxido de potássio remove, em gramas, quatro vezes mais dióxido de carbono do que 1 mol de hidróxido de lítio.

d)

1,0g de superóxido de potássio remove, em gramas, uma quantidade menor de dióxido de carbono do que a quantidade removida do mesmo gás, por 1,0g de hidróxido de lítio.

e)

1 mol de hidróxido de lítio, quando reage exatamente com 1,0 mol de dióxido de carbono, produz meio mol de oxigênio nascente.

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

10

1 K 2 O 4 + 1 CO 2

142g

1 mol

1 K 2 CO 3

+

3/2 O 2

1g x mol, então: x = 7,04 x 10 2 mol

2 LiOH +

1

CO 2

1 Li 2 CO 3

+ 1 H 2 O

48g

1 mol

1g

x mol, então: x = 2 x 10 2 mol

41) (UPE-2008-Q2) Suponha que sobre um cilindro de revolução de 4,0cm de altura e 1,0cm de diâmetro, constituído de uma substância MX, escoe água numa vazão estimada de 1,7 L/dia, proveniente de uma torneira com defeito. O tempo necessário para que toda a substância, MX, seja solubilizada é: (suponha que toda a água resultante do vazamento não evapora e é absorvida pelo cilindro)

2 dias. 0,5h. 1,2h. 720 min. 0,5 dia. D = 1 cm r = 0,5
2 dias.
0,5h.
1,2h.
720 min.
0,5 dia.
D = 1 cm r = 0,5 cm
h = 4 cm
V = π . r 2 . h = 3 . (0,5) 2 . 4 = 3 cm 3
m = d . V = 0,85 . 3 = 2,55g
massa que solubiliza em 1 L de água
Kps = [M + ].[X – ] 4 x 10 – 4 = S . S S = 2 x 10 – 2 mol/L
ou m = 2 x 10 – 2 . 150 = 3g
volume que solubiliza 2,55g
3g 1 L
2,55g V
1,7 L
1 dia
0,85 L
x
V = 0,85 L
x = 0,5 dia ou 720 min
18 g de água e 6 g de excesso de oxigênio.
29 g de água.
18 g de água e 2 g de excesso de hidrogênio.
27 g de água e 2 g de excesso de hidrogênio.
27 g de água e 2 g de excesso de oxigênio.
18 g.
19 g.
impossível de ser prevista.

Dados: π = 3, d(MX) = 0,85g/mL, M(MX) = 150,0g/mol, Kps = 4,0 X 10 4

a)

b)

c)

d)

e)

42) A lei de Proust diz: “Quando qualquer substância composta é formada, seus elementos se combinam entre si, numa proporção em massa rigorosamente definida”. Sabendo-se que a água é formada numa proporção em massa igual a 1 g de hidrogênio para 8 g de oxigênio, a combinação de 5,0 g de hidrogênio com 24 g de oxigênio resultará em:

a)

b)

c)

d)

e)

43) Sabe-se que 2 g de hidrogênio reagem completamente com 16 g de oxigênio. Se colocarmos para reagir 6g de hidrogênio com 32 g de oxigênio, a massa de água que se formará será:

a) 36 g.

b) 38 g.

c)

d) e)
d)
e)

44) (UPE-2008-Q2) Adiciona-se a um béquer, contendo 800,0 mL de uma solução aquosa de ácido clorídrico, 1,20 mols/L, 40,0g de uma amostra de carbonato de cálcio impuro. Após o término da reação, verificou-se que o gás obtido nas CNTP ocupou um volume igual a 4,54L. Dados: Vm = 22,7L/mol, ma(Ca) = 40u, ma(C) = 12u, ma(O) = 16u

É CORRETO afirmar, em relação a essa reação, que:

a)

a quantidade de ácido clorídrico contida no béquer é insuficiente para consumir todo carbonato de cálcio.

b)

o carbonato de cálcio utilizado nessa reação tem pureza igual a 65%.

c)

após o seu término, há um excesso de 0,16 mol de ácido clorídrico.

d)

o carbonato de cálcio apresenta um grau de impurezas de 30%.

e)

há um excesso de 0,56 mol de ácido clorídrico após o término da reação.

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

11

2 HCl

+

CaCO 3

CaCl 2

+

CO 2

+

H 2 O

Problema

V = 0,8 L 1,2 mol/L n 1 = 0,8 . 1,2 n 1 = 0,96 mol

40g (impuro)

4,54 L

Equação

2 mol

1 mol

22,7 L

x mol

y mol

4,54 L

x = 0,4 mol

e

y = 0,2 mol ou 20g

45) (Fuvest-SP) A dose diária recomenda do elemento cálcio para um adulto é de 800
45) (Fuvest-SP) A dose diária recomenda do elemento cálcio para um adulto é de 800 mg. Suponha certo
suprimento nutricional à base de casca de ostras que seja 100% CaCO 3 . Se um adulto tomar
diariamente dois tabletes desse suplemento de 500 mg cada, qual a porcentagem de cálcio da
quantidade recomendada essa pessoa está ingerindo?
Dados: Ca = 40 g/mol; O = 16 g/mol; C = 12 g/mol.
a) 25%.
b) 40%.
c) 50%.
d) 80%.
e) 125%.
46) (FESP-96) O quociente entre as massas m B / m A de dois elementos que reagem exatamente entre si é
igual a 1,5. Juntando-se 240,0g de A e 240,0g de B, após o término da reação, pode-se concluir que:
a)
Os elementos A e B, reagem completamente originando 480,0 g do produto formado.
b)
A massa do produto formado é 400,0 g e há excesso de 80,0 g do elemento B.
c)
A massa do produto formado é 400,0 g e há excesso de 80,0 g do elemento A.
d)
Há excesso de 8,0 g do elemento B e 72,0 g do elemento A.
e)
A massa do produto formado é de 320,0g e há excesso de 160,0g de A.
47) (UFMG) Um frasco que contém, 1 L de água oxigenada (H 2 O 2 ), na concentração de 1 mol/L, foi
armazenado durante um ano. Após esse período, verificou-se que 50% dessa água oxigenada se tinha
decomposto, como mostrado na equação:
2 H 2 O 2 (aq) 2 H 2 O (l) + O 2 (g)
Considerando-se essas informações, é correto afirmar que a massa de oxigênio produzida nesse
processo é:
a)
8g.
b)
16g.
c)
17g.
d)
32g.
e)
64g.
48) (FATEC) Quando se aquece uma porção de esponja de aço, constituída principalmente por ferro (Fe),
em presença de oxigênio do ar, ela entra em combustão formando óxido de ferro (III) como único
produto. Logo, se 1g de esponja de aço for aquecida e sofrer combustão total, a massa do produto
sólido resultante será:
Dados: O = 16 g/mol; Fe = 56 g/mol.
a)
menor que 1 g, pois na combustão forma-se também CO2 (G).
b)
menor que 1 g, pois o óxido formado é muito volátil.
c)
igual a 1 g, pois a massa se conserva nas transformações químicas.
d)
maior que 1 g, pois o ferro é mais denso do que o oxigênio.
e)
maior que 1 g, pois átomos de oxigênio se ligam aos de ferro.

49) (PUC-MG) As espécies químicas que apresentam a mesma composição centesimal são:

Dados: H = 1 g/mol; C = 12 g/mol; O = 16 g/mol.

a)

CO 2 e CO.

b)

CH 4 e C 2 H 6 .

c)

C 6 H 6 e C 3 H 4 .

d)

C 6 H 12 O 6 e C 2 H 4 O 2 .

e)

C 12 H 22 O 11 e C 6 H 12 O 6 .

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

12

50) (PUC-RS) Considerando-se os compostos orgânicos:

Dados: H = 1 g/mol; C = 12 g/mol; O = 16 g/mol.

I.

C

III. CH 4 .

C

II.

3 H 6 2 H 5

.

OH.

Pode-se afirmar que a alternativa os compostos em ordem decrescente de porcentagem de carbono presente é:

a) I, II, III. b) I, III, II. c) II, III, I. d) II, I,
a)
I, II, III.
b)
I, III, II.
c)
II, III, I.
d)
II, I, III.
e)
III, II, I.
51)O quociente entre as massas de dois elementos A e B, que reagem exatamente entre si originando o
composto AB, é igual a 0,75. Misturando-se 24,0g de A e 40,0g de B, ao término da reação, verifica-se
que:
a)
houve a formação de 64,0 g de AB.
b)
houve a formação de 56,0 g de AB, com excesso de 8,0 g de A.
c)
80 % da massa de B reagiram completamente com 24,0 g de A.
d)
16,0 g de A reagem integralmente com 40,0 g de B.
e)
não há reação, porque as massas postas em contato não são estequiométricas.
52)Considere as substâncias
M, P, Q, R, componentes da equação M
+
P
Q
+
R.
Ao se utilizar
10,0 g de P, obteve-se 4,0 g de Q; em outra experiência utilizou-se 10,0 g de M e obteve-se 20,0 g de R.
Concluiu-se que, num terceiro experimento, a massa de R obtida a partir de 5,0 g de P é:
a) 2,0 g.
b) 5,0 g.
c) 6,0 g.
d) 10,0 g.
e) 20,0 g.
53)Na reação genérica A + B C + D a relação entre as massas de A e B é igual a 0,6 e de B e C é igual a
2. Colocando-se 80 g de B para reagir com A, pode-se afirmar que a massa formada de D é igual a:
a) 40 g.
b) 48 g.
c) 80 g.
d) 88 g.
e) 100 g.
54) O composto B 5 H 9 poderia ser um excelente combustível para foguetes em virtude da grande quantidade
de energia liberada na sua combustão.
B 5 H 9
+
O 2
B 2 O 3
+
H 2 O
Quantos mols de oxigênio (O 2 ) são consumidos na combustão completa de um mol de B 5 H 9 ?
a)
4.
b)
6.
c)
9.
d)
10.
e)
18.

55) Na reação representada pela equação

K (s) + H 2 O (l) KOH (aq) + 1/2 H 2 (g)

Houve consumo de 5,0 mols de água. A quantidade de gás formado, em mols, é igual a:

a) 5,0.

b) 3,0.

c) 2,5.

d) 1,0.

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

13

56) (UNICAP-98) Segundo a equação H 2 (g) + 1 / 2 O 2 (g) H 2 O (g) + energia

0 0 2g de hidrogênio gasoso reagem com 16g de oxigênio gasoso, para produzir 18g
0
0
2g de hidrogênio gasoso reagem com 16g de oxigênio gasoso, para produzir 18g de água, no
estado gasoso. Estes dados estão de acordo com a lei de Lavoisier.
1
1
A
lei de Proust ou lei das proporções definidas nos permite determinar a porcentagem de
hidrogênio no protóxido de hidrogênio, que é de 11,11%.
2
2
Observando a equação, 1 molécula de H 2 poderá reagir com meia molécula de O 2
apenas porque essa se encontra no estado gasoso.
3
3
Ao colocarmos 4g de hidrogênio para reagir com 4g de O 2 , notaremos que o oxigênio estará em
excesso.
4
4
O
sinal da energia é positivo, porque se trata de uma reação endotérmica e, portanto, ao
queimarmos 1g de hidrogênio, a reação absorverá a metade da energia posta em jogo no
processo.
57) A tabela a seguir, com dados relativos à equação citada, refere-se a duas experiências realizadas.
Então, podemos afirmar que:
C
+
O 2
CO 2
1ª experiência
12g
32g
X g
2ª experiência
36g
Y g
132g
a)
X é menor que a soma dos valores das massas dos reagentes da 1ª experiência.
b)
X = Y.
c)
Y é igual ao dobro do valor da massa de carbono que reage na 2ª experiência.
d)
32/Y = X/132.
e)
Y = 168.
58) (Covest-2008) O rótulo de um produto alimentício contém as seguintes informações nutricionais:
Porção de 150 g
Quantidade por porção
%VD(*)
Carboidratos
6 g
2%
Proteínas
1 g
2%
Gorduras totais
1 g
3%
Sódio
50 mg
2%
(*) Valor diário (para satisfazer as necessidades de uma pessoa). Percentual com base em uma dieta
de 2.000 cal diárias.
Com base nesta tabela, avalie as afirmativas abaixo.
0
0
O
percentual, em massa, de carboidratos neste alimento é de (6/150) x 100.
1
1
Na dieta de 2.000 cal, são necessárias 50 g de proteínas diariamente.
2
2
A
tabela contém somente 10% dos ingredientes que compõem este alimento.
3
3
Para satisfazer as necessidades diárias de sódio, somente com este produto, uma
pessoa deveria ingerir 7,5 kg deste produto.
4
4
Este produto contém um percentual em massa de proteína igual ao de carboidratos.
0
- 0 Verdadeiro: Como indicado na fórmula.
1
– 1 Verdadeiro: Se 1 g corresponde a 2%, então, 50 g corresponde a 50x2/1 = 100%.
2
– 2 Falso: A tabela contém 8,05 g, e a porção é de 150 g, o que dá bem menos de 10%.
3
– 3 Verdadeiro: Se 150 g corresponde a 2%, então 7,5 kg (7.500 g) corresponde a 100%.
4
– 4 Falso: O percentual em massa de carboidratos é (6/150) x 100, e o de proteínas é (1/150) x 100

59) Adicionando-se 4,5g de gás hidrogênio a 31,5g de gás nitrogênio, originam-se 25,5g de amônia, sobrando ainda nitrogênio que não reagiu. Para se obterem 85g de amônia, a quantidade de hidrogênio e de nitrogênio necessária é, respectivamente:

a) 15 e 70g.

b) 10,6g e 74,4g.

c) 13,5g e 71,5g.

d) 1,5g e 83,5g.

e) 40g e 45g.

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

14

60)(Covest-2008) A preocupação com o meio ambiente levou ao desenvolvimento de metodologias verdes (pouco poluentes), que procuram reduzir a produção de rejeitos e a utilização de reagentes tóxicos. Um exemplo de metodologia verde é a síntese descrita abaixo do ácido adípico, utilizado na preparação do náilon-66. Considere as massas molares do cicloexeno e do ácido adípico iguais a 82 e 146 g·mol 1 , respectivamente.

Na 2 WO 4. 4H 2 O [CH 3 (n-C 8 H 17 )N] HSO
Na 2 WO 4. 4H 2 O
[CH 3 (n-C 8 H 17 )N] HSO 4
aquecimento
O
2 WO 4. 4H 2 O [CH 3 (n-C 8 H 17 )N] HSO 4 aquecimento

HO

OH

+

4 H 2 O

O ácido adípico com a elevação da temperatura para 327ºC, foi expulso do recipiente 1/4
O
ácido adípico
com a elevação da temperatura para 327ºC, foi expulso do recipiente 1/4 de mol do gás CO 2 .
ao aquecer o recipiente até 327ºC, todo o gás carbônico contido no recipiente foi expulso.
+
2 NaOH
Na 2 CO 3 +
1 mol
0,5 mol
H 2 O
a impureza do óxido de magnésio é aproximadamente igual a 75%.
foi consumido na reação exatamente 0,60 mol do óxido de magnésio.

Calcule a massa de ácido adípico em kg que será formada a partir de 41 kg de cicloexeno, considerando que o rendimento da reação é 85%. Assinale o número inteiro mais próximo.

Resposta: 62

A estequiometria da reação: 1 mol de cicloexano gera 1 mol de ácido adípico. Se o rendimento da reação fosse de 100%, teríamos 41 kg (correspondente a 0,5 x 10 3 mol) de cicloexano que iria gerar 73kg (correspondente a 0,5 x 10 3 mol), mas a reação apresenta um rendimento de 85%; logo, teremos 73kg x 0,85, o que corresponde a 62 kg.

61) (UPE-2009-Q2) Um recipiente aberto de volume “V”, contendo 1 mol de CO 2 (g) a 27ºC, foi aquecido a 327ºC. O gás expulso do recipiente foi convenientemente recolhido e insuflado sobre uma solução aquosa de hidróxido de sódio, suficiente para consumir todo gás. Em relação às transformações, é CORRETO afirmar que:

Dados: ma(C) = 12u, ma(Na ) = 23u, ma( O ) = 16u, ma( H ) = 1u

a)

b)

c)

após o término da reação do gás carbônico, expulso do recipiente, com a solução aquosa de NaOH, constatou-se que se formou 0,50 mol de um sal de sódio.

d)

e)

após o término da reação do gás carbônico expulso do recipiente, com a solução aquosa de NaOH, verifica-se que foram formados 2,0 mols de um sal de sódio.

o gás carbônico não reage com o hidróxido de sódio, pois, sendo um óxido básico, só reagiria com ácidos em solução aquosa

Para transformações em recipientes aberto teremos a relação: n 1 . T 1 = n 2 . T 2 1 . 300 = n 2 . 600 n 2 = 1/2 mol, isto é, foi expulso 0,5 mol de CO 2 que reagiram com o NaOH

CO 2

1 mol

0,5 mol

62) (UPE-2009-Q2) Uma amostra de óxido de magnésio impura, pesando 800,0 mg, foi adicionada a um béquer contendo 400,0 mL de uma solução de ácido sulfúrico 0,05 mol/L. Após a reação, titulou-se o excesso de ácido com hidróxido de sódio 0,10 mol/L, gastando-se para a completa neutralização 100,0mL. Dados: ma(Mg ) = 24 u, ma( S ) = 32 u. Sobre as reações que ocorreram nessas transformações, é CORRETO afirmar que:

a) b) c) d)
a)
b)
c)
d)

foi consumido 0,025 mol de hidróxido de sódio, para neutralizar o ácido sulfúrico em excesso.

3,92 mols de ácido sulfúrico foram consumidos na reação de neutralização com o hidróxido de sódio.

e) foi consumido 0,015 mol de ácido sulfúrico na reação com o óxido de magnésio.

MgO

+

H 2 SO 4

MgSO 4 + H 2 O

nº de mol total do H 2 SO 4 = 0,05 x 0,4 = 0,02 mol número de mol em excesso de H 2 SO 4

H 2 SO 4 + 2 NaOH

Na 2 SO 4 +

H 2 O

n a

n b

1

2

2 n a = m b x

V b

2 x n a = 0,10 x 0,1 n a = 0,01 : 2 = 0,005 mol, então foi consumido:

n a = 0,02 – 0,005 = 0,015 mol do ácido

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

15

CÁLCULO DE FÓRMULAS

63) A fórmula da sacarose é C 12 H 22 O 11 . A afirmativa falsa é:

a)

Um mol de sacarose contém 11 átomos de oxigênio.

b)

A molécula de sacarose é constituída por 45 átomos.

c)

Na fórmula da sacarose figuram três símbolos químicos diferentes.

d)

A sacarose é uma substância composta.

e)

Uma molécula de sacarose possui 12 átomos de carbono.

64) A porcentagem ponderal de carbono existente na molécula de benzeno, C 6 H 6 , é de, aproximadamente:

Dados: H = 1 u.; C = 12 u.

a) 6%. b) 8%. c) 12%. d) 50%. e) 92%. 65) (UNESP) considera as afirmações
a)
6%.
b)
8%.
c)
12%.
d)
50%.
e)
92%.
65) (UNESP) considera as afirmações I, II e III, a respeito da nicotina, cuja fórmula molecular é C 10 H 14 N 2 .
I.
C 10 H 14 N 2 é também a fórmula empírica da nicotina.
II.
Cada molécula de nicotina é formada por 10 átomos de carbono, 14 átomos de hidrogênio e 2
átomos de nitrogênio.
III.
1 mol de moléculas de nicotina contém 10 mols de átomos de carbono, 14 mols de átomos de
hidrogênio e 2 mols de átomos de nitrogênio.
Estão corretas as afirmações:
a) I, apenas.
b) I e II, apenas.
c) II e III, apenas.
d) I e III, apenas.
e) I, II e III.
66) (VUNESP) A porcentagem em massa de carbono na uréia, é:
Dados: H = 1 g/mol; C = 12 g/mol; N = 14 g/mol; O = 16 g/mol.
H
N C
N H
2
2
O
a) 12%.
b) 20%.
c) 27,27%.
d) 35,2%.
e) 60%.
67) (UNOPAR-PR) A expressão “ouro 18 quilates” designa de uma liga muito usada em joalharia, na qual
existem 18 partes de ouro, em massa, para um total de 24 partes, em massa, sendo o restante
constituído geralmente por cobre e/ou prata. Pode-se afirmar que, no “ouro 18 quilates”, a
porcentagem, em massa, de ouro é:
a)
18%.
b)
24%.
c)
25%.
d)
43%.

e) 75%.

68) (UNISA-SP) As fórmulas mínimas de acetileno (C 2 H 2 ), glicose (C 6 H 12 O 6 ), água oxigenada (H 2 O 2 ) e sulfato de sódio (Na 2 SO 4 ) são respectivamente:

a) C 2 H 2 , C 6 H 12 O 6 , H 2 O 2 e Na 2 SO 4 .

b) C 2 H 2 , CH 2 O, H 2 O 2 e Na 2 SO 2 .

c) CH, CH 2 O, HO e Na 2 SO 4 .

d) CH, C 3 H 4 O 3 , HO e Na 2 SO 4 .

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

16

69) A composição centesimal de uma substância é de 40% de carbono, 6,7% de hidrogênio e 53,3% de oxigênio. A fórmula mínima dessa substância é:

Dados: H = 1 u.; C = 12 u.; O

a) CH 2 O.

b)

c)

d)

e)

C

C

2 H 3 2 H 4

O 2 . O.

C

C

12 HO 3 H 6 O

16 .

6 .

= 16 u.

70) A composição centesimal de uma substância é 40% de carbono, 6,7% de hidrogênio e 53,3% de oxigênio. O peso molecular da fórmula mínima é:

Dados: C = 12 u.; H = 1 u.; O = 16 u. a) 26.
Dados: C = 12 u.; H = 1 u.; O = 16 u.
a) 26.
b) 28.
c) 34.
d) 30.
e) 32.
71) A fórmula mínima de uma substância é CH 2 e sua massa molecular é 70 uma. A fórmula molecular
dessa substância é:
Dados: H = 1 uma; C = 12 uma
a) C
3 H
6 .
b) C
5 H
.
10
c) C
5 H
.
12
d) C
3 H
8 .
e) C
10 H 5 .
72) (Fuvest-SP) Uma substância X tem fórmula mínima CH 2 NO e massa molecular 88 uma. O número de
átomos existentes na molécula X é:
Dados: H = 1 u; C = 12 u; N = 14 u; O = 16 u
a)
4.
b)
5.
c)
6.
d)
8.
e)
10.
73) Uma substância orgânica de massa molecular 42 é representada pela fórmula mínima CH 2 . O número
de átomos de carbono em cada molécula da substância é:
Dados: H = 1 u; C = 12 u.
a) 2.
b) 3.
c) 4.
d) 5.
e) 6.
74) Uma substância de fórmula mínima C 2 H 3 O 2 tem massa molecular igual a 118. A sua fórmula molecular
é: Dados: H = 1u; C = 12 u; O = 16 u
a) C
O
2 .
2 H 3
b) C
O
2 .
2 H 6
c) C
O
2 .
4 H 3
d) C
O
4 .
4 H 6
e) C
6 H 9 O
6 .

75)

Uma substância tem massa molecular 200 e contém 72% de carbono, 16% de oxigênio e 12% de hidrogênio. Qual a sua fórmula molecular? Dados: H = 1 u.; C = 12 u.; O = 16 u.

a)

b)

c)

d)

e)

C

C

C

C

C

6 H 12 O

10

11

12

13

H

H

H

H

16

20

24

28

O

O

O

O

4

3

2

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

17

76) (Ibero-Americana-SP) A fórmula molecular de um óxido de fósforo que apresenta 43,6% de fósforo, 56,4% de oxigênio (% em massa) e massa molecular 142 é:

Dados: O = 16 u.; P = 31 u.

a) P 2 O 3 .

b) PO 5 .

c) P 3 O 2 .

PO 2 . P 2 O 5 .

e)

d)

77) (CARLOS CHAGAS) Uma substância possui fórmula mínima C 4 H 5 N 2 O e massa molecular 194 u. O número de átomos de nitrogênio contidos em uma única molécula da substância vale:

Dados: C = 12 u; H = 1 u; N = 14 u; O = 16 u.

a) 1. b) 2. c) 3. d) 4. e) 5. 78) A fórmula mínima de
a) 1.
b) 2.
c) 3.
d) 4.
e) 5.
78) A fórmula mínima de uma substância é CH 2 e sua massa molecular é 70 uma.
Dados: H = 1 uma; C = 12 uma
0
0 fórmula molecular dessa substância é C 5 H 10 .
A
1
1 peso molecular da fórmula mínima é 14 u.m.a.
O
2
2
A
massa molar deste composto é igual a 70g.
3
3
Neste composto encontramos 12 mols de átomos.
4
4
Em 70g deste compostos existem 6,02 x 10 23 moléculas.
79) (FESP-PE) A pirita de ferro, conhecida como ouro dos trouxas, tem a seguinte composição centesimal:
46,67% de Fe e 53,33% de S. Sabe-se também que 0,01 mol de pirita tem massa correspondente a
1,20 g. A fórmula que corresponde à pirita é:
Dados: Fe = 56 g/mol; S = 32 g/mol.
a) FeS 2 .
b) FeS.
c) Fe 2 S.
d) Fe 2 S 3 .
e) Fe 3 S.
80) (PUCCAMP) Em 0,5 mol de quinina, substância utilizada no tratamento da malária, há 120g de carbono,
12g de hidrogênio, 1 mol de átomos de nitrogênio e 1 mol de átomos de oxigênio. Pode-se concluir que
a fórmula molecular da quinina é:
Dados: C = 12 u; H = 1 u; N = 14 u; O = 16 u.
a)
C
H
20
12
b)
C
H
N 2 O
N 2 O
2 .
2 .
20
24
c)
C
H
NO.
10
12
d)
C
H
6 N 2 O 2 .
10
e)
C
5 H 6 NO.
81) (ITA-SP) Um certo composto A X B Y contém 9,1% em massa de A e o resto sendo de B. Se a massa
atômica do elemento A for 30 u e a de B for 100 u, será possível concluir que:
a)
X/Y = 1.
b)
X/Y = 1/2.

c) X/Y = 1/3.

d) X/Y = 2.

e) X/Y = 3.

82) (Covest-2005) Uma substância pura foi analisada em laboratório e foram obtidos os seguintes resultados: Teor de H = 0,4 g, teor de C = 2,4 g e teor de O = 3,2 g. Sendo a fórmula mínima desta substância H C m O n , calcule a soma +m+n. Dados H (A = 1), C (A = 12), O (A = 16).

Resposta: 04

Justificativa:

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

18

83) Uma dada substância X é um aromatizante utilizado na industria alimentícia como essência artificial de morango. Calcule as fórmulas percentual, mínima e molecular dessa substância sabendo que a decomposição de 5,8g desse composto fornece 3,6g de carbono, 0,6g de hidrogênio e 1,6g de oxigênio. Dados: substância X = 116 g/mol; carbono = 12 g/mol; hidrogênio = 1 g/mol; oxigênio = 16 g/mol.

84) (Mackenzie-SP) Ao se analisar um óxido de elemento não metálico Y, encontrou-se a proporção de 1,5 mols de átomos de oxigênio para 1 mol de átomos de Y. A fórmula desse óxido pode ser:

a) OF 2 . b) SO 3 . c) CO 2 . d) 3 .
a) OF
2 .
b) SO
3 .
c) CO
2 .
d)
3 .
e)
Fe 2 O
N 2 O 3
.
85) (PUC-SP) Em um laboratório foram realizadas reações entre ferro (Fe) e bromo (Br 2 ), produzindo um
brometo de ferro. Os dados obtidos estão resumidos na tabela abaixo:
ferro
bromo
brometo de ferro
massa inicial
40g
120g
0g
massa final
12g
0g
148g
massa inicial
7g
40g
0g
massa final
0g
x g
37g
Assinale a alternativa que indica corretamente, respectivamente, o valor de “x” e a fórmula do brometo
de ferro.
Dados: Fe = 56 u; Br = 80u.
a)
10g e FeBr 4 .
b)
10g e FeBr 3 .
c)
20g e FeBr 2 .
d)
5g e FeBr 2 .
e)
30g e FeBr 3 .
86) O urânio é usado como combustível em usinas nucleares, inicialmente na forma de óxido de urânio IV
(UO 2 ). Uma pequena amostra de 0,169g de urânio metálico foi aquecida a 800-900 o C no ar, produzindo
um óxido verde escuro. Considere que o urânio metálico foi completamente convertido a óxido de urânio
que as massas molares de urânio e oxigênio são respectivamente 238g/mol e 16g/mol. Assinale a
alternativa CORRETA.
e
a)
Foram produzidos 0,169 g de óxido de urânio com o aquecimento do metal.
b)
Foram produzidos 7,1 x 10 -4 mol de óxido de urânio após a transformação completa do metal.
c)
Foram consumidos 0,338 g de oxigênio para a formação do óxido de urânio nestas condições.
d)
Devem ser consumidos 2 mol de oxigênio na formação do óxido de urânio para esta reação ocorrer.
e)
Nenhuma das alternativas anteriores.
87) Nas viagens espaciais, para eliminar o CO 2 produzido pela respiração dos tripulantes, faz-se necessário
o
uso de determinadas substâncias no interior da cápsula espacial. Existem três substâncias que
podem consumir o gás carbônico produzido, conforme as equações químicas apresentadas abaixo:
2Na 2 O 2 (s) +
2CO 2 (g)
Mg(OH) 2 (s) + CO 2 (g)
→ 2Na 2 CO 3 (s) +
→ MgCO 3 (s) +
O 2 (g)
H 2 O (l)
2LiOH
+
Li 2 CO 3 (s) +
(s)
CO 2 (g)
H 2 O (l)

Um dos critérios para escolha da substância a ser utilizada pode ser o maior consumo de CO 2 por grama da substância. Considere uma viagem com duração de três meses feita por dois tripulantes adultos e, ainda, que um adulto elimina cerca de 20 mol de CO 2 por dia. (DADOS: Massas atômicas relativas: Na = 23; O = 16; C = 12; Mg = 24; H = 1, Li = 7)

Assinale a alternativa correta.

a) A cápsula espacial deverá conter, no mínimo, 105 kg de hidróxido de magnésio.

b) A cápsula espacial deverá conter, no mínimo, 1.800 mol de peróxido de sódio.

c) A cápsula espacial deverá conter, no mínimo, 3.600 mol de hidróxido de lítio.

d) A cápsula espacial deverá conter, no mínimo, 3.600 mol de hidróxido de magnésio.

e) A cápsula espacial deverá conter, no mínimo, 245 kg de hidróxido de lítio.

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

19

88)(Covest-2008) O principal componente inorgânico dos ossos no corpo humano é a hidroxiapatita, Ca 10 (PO 4 ) 6 (OH) 2 , que constitui 70% da massa óssea. O corpo humano possui em sua composição 1,5% em massa de cálcio, concentrado justamente no esqueleto. Qual será, aproximadamente, a massa óssea de uma pessoa com 70 kg? (Massas atômicas: Ca = 40; P = 31; O =16; H = 1. Considere que a massa molar da hidroxiapatita é 1.000 g/mol.)

a) 1.000 g. b) 1,05 kg c) 2.500 g. d) 3,75 kg. e) 25 kg.
a)
1.000 g.
b)
1,05 kg
c)
2.500 g.
d)
3,75 kg.
e)
25 kg.
89) A equação de ustulação da pirita (FeS 2 ) é:
4 FeS 2(s) + 11 O 2(g) 8 SO 2(g) + 2 Fe 2 O 3(s)
Qual a massa de óxido férrico obtida, em kg, a partir de 300 kg de pirita, que apresenta 20% de
impurezas, com a reação tendo um rendimento de 90%?
Dados: Fe = 56 g/mol; S = 32 g/mol; O = 16 g/mol.
LEIS VOLUMÉTRICAS
90) (FESP-90) Analise atentamente as afirmativas abaixo e assinale na coluna I as proposições verdadeiras
(corretas) e na coluna II as proposições falsas (incorretas):
0
0 Volumes iguais de gases quaisquer, contém o mesmo número de moléculas, apenas
quando estão estiverem submetidos às CNTP.
1
1 Uma molécula–grama de qualquer substância, quando submetida as CNTP, ocupa o
volume de 22,4 litros.
2
2 Uma molécula de água pesa 18,0g e, é constituída por dois átomos de hidrogênio e um
de oxigênio ligados covalentemente.
3
3 Uma substância composta quando fracionada por determinado processo químico, pode
originar uma outra substância composta.
4
4 Em qualquer reação química em condições padrão, há uma conservação do número de
moléculas de cada substância participante da reação.

91) (Covest-90) Como produto da eletrólise da água, recolhe-se gás oxigênio no eletrodo positivo (ânodo) e gás hidrogênio no eletrodo negativo (cátodo). Assinale que afirmativa representa a razão entre os volumes dos gases recolhidos, nas mesmas condições de temperatura e pressão.

a)

1 volume de oxigênio para 1 volume de hidrogênio.

b)

2 volumes de oxigênio para 1 volume de hidrogênio.

c)

1 volume de oxigênio para 3/2 volumes de hidrogênio.

d)

1 volume de oxigênio para 2 volumes de hidrogênio.

e)

3/2 volumes de oxigênio para 1 volume de hidrogênio.

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

20

92) (CESGRANRIO) De uma reação, em que todos os participantes são gases, obtêm-se as seguintes informações:

 

REAGENTES

PRODUTOS

Substâncias

X

a Y b

Z

2

XZ 2

Y

2 Z

Volumes

2 L

7 L

4 L

6 L

Onde X, Y e Z são símbolos de elementos químicos. Os reagentes estão presentes nas quantidades estequimétricas e o rendimento da reação é 100%. Os volumes foram medidos nas mesmas condições de temperatura e pressão. A fórmula molecular da substância X a Y b é:

a) b) XY 3 . X 2 Y 6 . c) X 4 Y 6
a)
b)
XY 3 .
X 2 Y
6 .
c)
X 4 Y
6 .
d)
X 2 Y
3 .
e)
X 3 Y
2 .
93) Considere como gasosos todos os participantes da reação a seguir (equação não-balanceada):
Reagentes
Produtos
Substância
A
+
D
+ B
x B
y
2 A D
2
2 D
Volume
2 L
13 L
8 L
10 L
em que A, B e D, são símbolos de elementos químicos. Os reagentes estão presentes nas quantidades
estequiométricas e o rendimento da reação é 100%. Os volumes foram medidos nas mesmas
condições de temperatura e pressão.
A
fórmula molecular da substância A x B y é:
a)
A
3 B
2 .
b)
A
4 B
10 .
c)
AB 3 .
d)
A
2 B
6 .
e)
A
4 B
6.
94) (MACKENZIE-SP) Para a equação abaixo, têm-se valores estequimétricos colocados nos quadros (I) e
(II):
N 2 + 3 H 2 2 NH 3
(I)
28g
6g
34g
(II)
22,4 L
67,2 L
44,8 L
(0°C e 1 atm)
É
correto afirmar que, usando somente esses valores, verifica-se que a lei de:
a)
Proust pode ser aplicada com os valores de (I) somente.
b)
Lavoisier pode ser aplicada com os valores de (II), embora não seja obedecida.
c)
Gay-Lussac pode ser demonstrada com os valores de (II) e que a lei de Lavoisier é demonstrada
com os valores de (I).
d)
Gay-Lussac pode ser aplicada usando-se os valores de (I) e (II).
e)
Proust está demonstrada com os valores de (II).

95) Para areação 2 SO 2(g) + O 2(g) 2 SO 3(g) , quantos litros de trióxido de enxofre (SO 3 ) seriam produzidos a partir de 10 litros de O 2 , considerando-se que todos os volumes foram medidos nas mesmas condições de temperatura e pressão?

a)

b)

c)

d)

5 L.

10 L.

20 L.

30 L.

Prof. Agamenon Roberto

LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS

www.agamenonquimica.com

21

96) Em certo reator foram adicionados 6 litros de gás hidrogênio. Considerando a reação a seguir, calcule o volume, em litros, de amônia gasosa produzido. Considere que os gases estão submetidos a iguais condições de pressão e temperatura.

H 2(g) + N 2(g) NH 3(g)

a) 1 L. b) 2 L. c) 3 L. d) 4 L. e) 5 L.
a)
1 L.
b)
2 L.
c)
3 L.
d)
4 L.
e)
5 L.
97) 2 litros de oxigênio (O 2 ) transformados em ozônio (O 3 ), sob pressão e temperaturas constantes,
produzirão, aproximadamente:
a)
1,0 L.
b)
1,3 L.
c)
1,5 L.
d)
2,0 L.
e)
3,0 L.