P. 1
EFBE_Resenha_Chauí_1

EFBE_Resenha_Chauí_1

|Views: 37|Likes:
Publicado porMaria A C Araujo

More info:

Published by: Maria A C Araujo on Feb 22, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/22/2011

pdf

text

original

Resenha: Ideologia e Educação Marilena de Souza Chauí

Maria Aparecida Cruz de Araujo – R.A.: 624466-1

São Paulo 2006

Pág. 1

transcreve uma conferência realizada por ela na Faculdade de Educação da Unicamp em 23 de novembro de 1979. H) O que Seria o Professor? Na época em que ocorreu essa conferência.CHAUÍ. f) A Dinâmica de grupo. Weber e Marx. Comte. Com ênfase no discurso “sobre” e no discurso “de” que quase nos permitem apontar em quais momentos surge o discurso ideológico. A Professora demonstra que a ideologia tem a função de apagar as diferenças de classe. Ideologia e Educação in: Educação e Sociedade. mas não tão abertamente assim. Nesse trabalho a Professora de filosofia. Os temas são: a) Quem Silencia o Discurso da Educação? b) A Noção de Maturidade e a Confecção de Currículos e Programas de Ensino. embasada nos conceitos de ideologia formulados pelos autores Tracy. 5 jan/1980. como instrumento de dominação. a Professora efetua indagações sobre os problemas comuns sobre a pedagogia decorrentes na época e propõe temas para discussão e reflexão. de assegurar a coesão social e a aceitação crítica como decorrência da ordem natural das coisas. nesse período já era possível fazer indagações sobre os problemas sociais e sugerir reflexões sobre tais problemas. p. que em sua concepção a ideologia adquire um sentido negativo. 2 . Inicialmente resume a noção de ideologia e a conceitua em um sentido restrito. o país encontrava-se no final do Regime Militar e ainda havia uma forte influência da ideologia liberal. Mas com o evento da Abertura política. Durkheim. Mostra-nos os mecanismos lacunar ou ocultamento de alguma coisa que não podem ser explicados sob pena de desmascarar a ideologia. de fornecer aos membros das classes sociais o sentimento da identidade social. g) Educação como Formação e Como Conscientização. Pág. e) Os Recursos Áudio-Visuais. M. Marilena Chauí. d) O Critério da Auto-Avaliação. n. c) Escola e Comunidade. 24-40. Sobretudo em Marx.

os interlocutores do seu discurso. devemos trabalhar sempre como um mediadores e condutores do aluno da melhor forma que lhe nos for possível. Ela deixou para nós. Pág. A ideologia da classe hegemônica dominante e a produção do senso comum foram inculcados nas classes oprimidas e até hoje estamos acomodados com os habitus que foram impostos por essa hegemonia. A escola popular pode ser o melhor espaço da construção contra-ideológica e contra-hegemônica. os novos professores devemos ter o cuidado de não apagar a figura do aluno enquanto aluno. no discurso da Professora. Ela tem o papel de desenvolver o senso crítico e nunca perder de vista a realidade. ficou claro que a causa dos problemas citados era justamente a ideologia do regime político da época que apagava a ideologia da pedagogia. Mesmo sabendo que todos nós possuímos a nossa ideologia. Cabe ao professor ter uma ação intencional e ter conhecimento científico suficiente para pegar o aluno na realidade em que ele vive e aprofundar seus conhecimentos.Em momento algum. tirar as nossas próprias conclusões sobre o assunto. 3 . nós.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->