Você está na página 1de 2

REUNIÃO DO CONSELHO DELIBERATIVO – 09.02.

2011

ASSUNTO A SER ANALIZADO: REGULAMENTO DO CLUBE.

Ao tomar conhecimento de um conjunto de normas intitulado REGULAMENTO PARA USO


DAS INSTALAÇÕES DO REAL VILLE CLUB , criado indevidamente pela “Comissão do Clube”
e, por estar em desacôrdo com o nosso Regulamento Interno, este Conselho se reuniu nesta data
para análise e discussão do assunto.
Conforme determina o ITEM 6 – CAP. II do Regulamento Interno a Administração poderá
constituir comissões temporárias a serem formadas por moradores/proprietários para fins
específicos e, em carácter de colaboração.
O ITEM 4 – CAP. IX do Regulamento Interno acima vai além: O Regulamento Interno só
poderá ser modificado pela Diretoria em conjunto com o Conselho Deliberativo com vigência
após aprovação da Assembléia, especialmente convocada para este fim.
Portanto, de acôrdo com os fundamentos legais acima, a Comissão do Clube não tem
competência para criar ou aprovar regulamentos.
Quanto ao direito de uso da estrutura de lazer do Clube, o Paragrafo IV do Art. 9º do
Regulamento do Real Ville Club é bem claro: O USO DO CAMPO DE FUTEBOL, DAS
QUADRAS E PISCINAS QUE COMPOEM A ESTRUTURA DE LAZER DO CLUBE TERÃO
SEU USO LIMITADO AOS PROPRIETÁRIOS, MORADORES E INQUILINOS, BEM COMO
SEUS DEPENDENTES.
CONCLUSÃO : Por ter sido criado com fundamento do ITEM 62 do ESTATUTO SOCIAL, o
Regulamento do Clube é parte integrante do Regulamento Interno, cujas normas devem ser
cumpridas rigorosamente.
Em razão dos fatos, compete à Diretoria, em especial, conforme determina o Art. 18 – Paragrafo
I – Seção III – Cap. VIII do Regulamento do Clube: ESTABELECER NORMAS, ORIENTAR E
CONTROLAR TODAS AS ATIVIDADES E SERVIÇOS DO REAL VILLE CLUB.
Assim sendo, em razão do não comparecimento dos conselheiros convocados, estou encami-
nhando aos mesmos, cópia deste Relatório, aos quais solicito suas manifestações formais no prazo
de 3 (treis) dias, caso discordem do mesmo.
Nossa participação no caso, dá-se em razão das atribuições estabelecidas pelo ITEM 20.A do
ESTATUTO SOCIAL, ou seja: ASSESSORAR A DIRETORIA E FISCALIZAR SUA AÇÃO
NAS SOLUÇÕES DOS PROBLEMAS.
Informo ainda que , após cumprido o prazo acima citado, estarei enviando à Diretoria o presente
Relatório.

Pindamonhangaba, 10 de fevereiro de 2011

_____________________________
Jose' Vicente da Silva
= Presidente =