Você está na página 1de 8

p 

 



 
p ! ',!
-. /!

 
 

 
 
 
 
!"#

Processo cognitivo envolvido no controlo consciente do pensamento e da acção

Definem-se como funções integradoras que cobrem os objectivos dos processos cognitivos necessários à
Definem-
realização de tarefas complexas, requerendo:

1) A $%!
$%!,, o  em memória a curto termo (memória de trabalho) e o 

sequencial das informações;

2) A %&'" de um plano suportado numa estratégia auto-


auto-concebida;

3) A capacidade para  



!() em função das modificações das mensagens
ambientais;

4) A &'" de respostas impertinentes ligadas aos estímulos interferentes ou distractores;

* + o programa de resposta até à sua realização completa


p ! ',!
-. /!

!
 2!
3
4
!,!
!!5

01) !/)

0&)
p ! ',!
-. /!

6 75
pOórtex
6 75
pOórtex Pré-
Pré-Frontal Ventro
Ventro--Mesial)
Alternância entre tarefas múltiplas, operações ou conjuntos mentais

Mudança da atenção ou mudança de tarefas que parecem ser importantes na falha do controlo cognitivo
± Modelo do Oontrolo Atencional (Norman & Shallice):
³rede anterior da atenção´ ± as substituições executivas
executivas--orientadas são primeiramente reguladas pelos
LF¶s, incluindo cíngulo anterior
³rede posterior da atenção´ ± em que a alternância visual é primeiramente regulada pelos LP¶s e áreas
mesiais do encéfalo

 8  8 79:)5
pOórtex
 8  8 79:)5
pOórtex Pré-
Pré-Frontal Dorso
Dorso--Lateral)
Monitorização e actualização de representações da memória de trabalho
Requer monitorização e codificação da informação que entra e que tem relevância para a tarefa e, depois
de rever apropriadamente os itens, substitui a informação antiga por nova informação mais relevante.
Este processo requer ³sequenciação temporal´ para manter a ³pista´ da informação que é relevante e a
que não é.

6; 75
pOórtex
6; 75
pOórtex Órbito-
Órbito-Frontal)
Oapacidade para inibir deliberadamente respostas dominantes, automáticas ou predominantes, quando
necessário
p ! ',!
-. /!


.!!5
planeamento
organização
iniciação
inibição
auto--monitorização
auto
atenção selectiva
pensamento abstracto
resolução de problemas
flexibilidade mental

Oircuitos
p ! ',!
-. /!

:s termos ³LF¶s´ e ³executivo´ não são conceptualmente idênticos.

Apesar de haver uma forte evidência de que os LF¶s têm um papel importante no controlo
executivo do K, alguns pacientes c/ lesões nos LF¶s não apresentam alterações nas tarefas
que implicam activação destas áreas encefálicas (Shallice & Burgess, 1991), enquanto
outros pacientes com lesões fora destas áreas podem demonstrar um compromisso severo
nestas tarefas (Anderson, Damásio, Jones & Tranel, 1991).

: termo anatómico µLobo Frontal¶


Frontal¶ e o termo funcional µexecutivo¶ não são necessariamente
sinónimos.

Desta forma, o termo a ser utilizado deve ser Š 8 


 <
p ! ',!
-. /!

!1 '"
-. /5
perseveração
dificuldades de organização
dificuldades na resolução de problemas
dificuldades na abstracção do pensamento
inflexibilidade mental
diminuição da auto-
auto-monitorização
desinibição
diminuição da atenção selectiva
dificuldades mnésicas
baixa fluência
abaixamento do QI factor G
dificuldade na ordenação temporal de eventos
p ! ',!
-. /!

=
?&1%
p@5
=
?& =
+!%
p45
=

compromissos primariamente comportamentais apatia
desinibição abulia, desinteresse
capacidade critica comprometida diag diferencial depressão
impulsividade dif mnésica imediata (verbal e visual)
dificuldades na tomada de decisão Mémóeia Verbal Associativa (fáceis)
desinteresse pelos défices
baixa auto-
auto-monitorização

=
!
!>%
p5 A
compromissos primariamente cognitivos

dificuldades de planeamento e encontrar objectivos
défice na flexibilidade cognitiva 4
compromisso da memória de trabalho (Memória @
Dígitos)
Memória Verbal Associativa (pares difíceis)

Você também pode gostar