P. 1
Antibióticos

Antibióticos

|Views: 1.187|Likes:
Publicado pormarcos272000
antibióticos
antibióticos

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: marcos272000 on Mar 07, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/09/2013

pdf

text

original

ESTUDOS EM PATOLOGIA HUMANA

Antibiótiocos
Prof. Cléber Fontoura Marcolan, MSc. MSc.

Antibióticos

Quimioterapia: é o tratamento de moléstias com substância químicas.

Quimioterápico: são substâncias químicas sintetizadas em laboratório. Antibióticos: são substâncias químicas produzidas por microrganismos. Ex.: Gênero Streptomyces. Gênero Penicilium e Cephalosporium.

Antibióticos

Quimioterápicos e antibióticos podem ter ação, antifúngica, antiviral e antiblástica. Antibacteriano. Podendo levar a inibição do crescimento, à inativação ou à morte do agente infeccioso.

Antibióticos

Grupos de Antibióticos
Inibidores da Síntese da Parede bacteriana; Antagonista do Folato; Inibidores da Síntese de Proteínas; Atuam ao nível de Membrana citoplasmática; Agem no DNA;

Espectro de Ação
Pequeno espectro:

Antibióticos

Atuam sobre um tipo ou um grupo de microrganismo Ex.: Isoniazida. Espectro ampliado: Atuam sobre G+ e um n° significativo de G-. n° GEx.: Ampicilina. Amplo espectro Afetam ampla variedade de esp cies microbianas Ex.: Cloranfenicol.

Inibidores da Síntese da Parede Celular

Antibióticos

Antibióticos
F-lactâmicos

Outros Antibióticos

Vancomicina Bacitracina

Penicilinas Penicilina G Penicilina V Meticilina Oxacilina Ampicilina Amoxicilina Piperacilina

Cefalosporinas

Carbapenêmicos Imipenem

Monobactâmicos Aztreonam

1ª Geração Cefalexina Cefalotina Cefazolina Cefadrocil

2ª Geração Cefaclor Cefoxitina Cefuroxima

3ª Geração Cefotaxima Ceftazidima Ceftriaxona

Antibióticos

Inibidores da F-lactamase
*Ácido clavulânico *Sulbactam *Tazobactam

Antibióticos

Inibidores da Sintese da Parede Celular
Mecanismo de ação Interferem com o último passo da síntese da parede bacteriana, expondo a membrana, osmoticamente menos estável. Transpeptidases, Proteínas ligantes e Autolisinas

Inibidores da Síntese de Folato

Sulfadiazina Sulfametoxazol Sulfasalazina
Inibidores da Redução de Folato

Trimetoprima Pirimetamina
Inibidores da Síntese e Redução de Folato

Cotrimozaxol

Inibição da Síntese do Tetraidrofolato
Precursor da pteridina

PABA (ácido paraminobenzóico)

Sulfonamidas

Diidropteroato-sintetase

X

Ácido diidropteróico

Ácido glutâmico Diidrofolato-sintetase
Ácido diidrofólico

Trimetoprima

Diidrofolato redutase
Ácido Tetraidrofólico

X

Inibidores da Síntese de Folato

Mecanismo de Ação:

inibição da incorporação de PABA no ácido fólico; impede a redução do diidrofolato para tetraidrofolato.

Inibidores da Síntese de Proteínas

Antibióticos

Tetraciclinas

Aminoglicosídeos

Macrolídeos Azitromicina Claritromicina Eritromicina

Outros

Tetracilina Doxiciclina

Amicacina Gentamicina Neomicina Estreptomicina Tobramicina

Cloranfenicol Clindamicina Lincomicina

Antibióticos

Inibidores da Síntese de Proteínas
Mecanismo de ação A ligação destes fármacos as subunidades 30s e 50s do ribossomo bacteriano, bloqueia o acesso de RNAt ao RNAm no sítio aceptor, inibindo, assim, a síntese de proteínas.

Antibióticos

Inibidores da Síntese de Proteínas
Mecanismo de ação

30S

50S

Inibem a replicação do DNA bacteriano

Antibióticos

Fluoroquinolônicos

Quinolônicos

Rifampicina

Metronidazol

Ciprofloxacina Enoxacina Lomefloxacina Norfloxacina Ofloxacina

Ácido Nalidíxico

Antibióticos

Inibem na replicação de DNA bacteriano
Mecanismo de ação - Interferem com ação da DNA-girase (topoisomerase DNAII) durante a reprodução da bactéria.

Antibióticos Atuam ao nível de Membrana citoplasmática

Mecanismo de ação Estes antibióticos assemelham-se aos detergentes assemelhamcatiônicos, provocando sua desorganização. Ex.: Polimixinas Obs: não agem com os fosfatídeos de colina(cel animal)

Antibióticos

Anti-sépticos do trato urinário
Mecanismo de ação - A metenamina em pH ácido produz aldeído que é tóxico para a maioria das bactérias. - A nitrofurantoína é reduzida por bactérias sensíveis formando um composto ativo que inibe várias enzimas e lesa o DNA.

Antibióticos

FIM

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->